Tetraplégico recupera movimentos nas mãos após implantar chips de inteligência artificial no cérebro

Foto: Feinstein Institutes for Medical Research

Um homem tetraplégico recuperou os movimentos do corpo. Isso foi possível com ajuda de microchips com algoritimos de inteligência artificial (IA), que foram implantados em seu cérebro. O caso aconteceu nos Estados Unidos.

A tecnologia implantada em Keith Thomas permitiu uma reconexão do cérebro com a medula espinhal, formando uma ponte para que a informação transitasse novamente entre os membros e o cérebro.

A cirurgia durou mais de 15 horas, mas, logo após o procedimento, ele conseguiu sentir o toque de sua irmã. Em seguida, ele também recuperou movimentos e sensações nas mãos e sensibilidade nos braços e pulsos.

Um dos especialistas por trás do procedimento mostrou-se otimista em ajudar mais pessoas usando IA.

“Achamos que é possível aplicar este tipo de tecnologia e essa nova abordagem em outras partes do corpo, como membros inferiores, pernas. É uma ideia parecida com, essencialmente, sobrecarregar a medula espinhal e, se nós pudermos acordar alguns desses circuitos que foram danificados e que estão adormecidos há anos, então, o céu é o limite”, disse o especialista.

Em entrevista, Keith Thomas destacou que o mais importante para ele é poder recuperar alguma independência após o procedimento. Ele havia perdido o movimento do tronco e dos membros após quebrar o pescoço após um mergulho em uma piscina rasa.

CNN Brasil


Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
© 2021 Direitos Reservados - Jean Souza