Homicídios

Ex-jogador do Corintians é preso por suspeita de homicídio em Ipueira

O provável acusado de praticar o homicídio na manhã dessa segunda feira em Ipueira acaba de ser detido pela PM-RN. Tayrone já estava cruzando o município de Serra Negra do Norte, já na divisa do Rio Grande do Norte com o Estado da Paraíba.

Tayrone era jogador profissional do Atlético Clube Corintians, de Caicó. O crime, segundo relatos de pessoas próximas, pode ter relação passional, já que Tayrone é o atual companheira da ex-esposa da vítima, até então identificado como Douglas.

Blog do Jair Sampaio
Exportação » Rio Grande do Norte

Egito quer comprar cabra Boer do RN e pagar à vista em dólar

A cabra Boer atinge a puberdade precocemente, geralmente cerca de 6 meses de idade e é considerado um animal de baixa manutenção, sendo que a fêmea possui leite suficiente para alimentar seu filhote. Foto: José Aldenir / Agora RN

O Egito, que a exemplo de todo o Oriente Médio tem uma relação milenar com cabras e ovelhas, quer pagar à vista em dólar por cada exemplar da raça Boer, entre seis a 18 meses de idade, que puder conseguir no Nordeste, de longe a região que mais cria caprinos e ovinos no Brasil.

Seiscentos dólares por uma fêmea Pura de Origem; US$ 1,5 mil por um reprodutor PO e US$ 300 pelo chamado PA (Puro por Avaliação), desde que tenha registro junto à Associação Brasileira de Caprinos e Ovinos (Ancoc).

Nesta quarta-feira, o presidente da Associação Norte-rio-grandense de Caprinos e Ovinos, Alexandre Confessor, foi convocado às pressas pelo presidente da entidade nacional, em Recife, Arlindo Ivo, a ajudar na mobilização de produtores para atender à demanda do governo egípcio.

“A demanda inicial era por 65 mil cabeças, mas com não temos tudo isso no Brasil, caiu para 15 mil e agora estamos correndo para atender a um embarque mais modesto de 3.500 exemplares de Boer por ano, mas tenho certeza que poderemos ampliar esse número rapidamente”, afirmou Confessor ao Agora RN.

Ele explica que essa janela de oportunidade se abriu com o fechamento sanitário da África do Sul, um dos maiores criadores mundiais de caprinos e ovinos, que atravessa problemas com surtos de febre aftosa e scrapie, uma doença neurodegenerativa fatal que acomete o sistema nervoso dos animais.

Sem caprifeiras no ano passado por causa da pandemia do novo coronavírus, os produtores não puderam se capitalizar e a oportunidade de fazer dinheiro com exemplares vivos podem, segundo Confessor, oxigenar as finanças do setor.

Ele explica que a Ancoc poderá realizar a certificação dos animais aptos e que o valor pago em dólar equipara- -se ou mesmo supera ao realizado em leilões locais, com a vantagem de ser à vista e não em 24 parcelas, com toda a possibilidade de calote que isso implicava.

“É também a possibilidade de usarmos um contrato como esse para reorganizar a nossa cadeia produtiva, retomando e ampliando negócios a partir de um novo nicho, no caso, com o Oriente Médio”, explica Confessor.

Segundo ele, há muitos produtores de Boer que não certificaram seus animais, mas podem resolver isso desde que um técnico da Ancoc examine o exemplar e realize o atestado. Uma vez feito isso, é só esperar o embarque do caminhão para o Recife, de onde a encomenda seguirá por navio para o Egito, com todo o acompanhamento profissional que essa operação exige.

“Levantei a informação, só um embarque desse entre Recife e o porto de Alexandria, no Egito, custa a bagatela de US$ 100 mil”, diz o presidente da Ancoc.

Essa possibilidade de negócios foi aberta em setembro de 2019 durante uma missão comercial da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, ao Oriente Médio, quando participou de um seminário na Federação das Câmaras Egípcias de Comércio e defendeu a diversificação da pauta comercial agrícola entre Brasil e Egito.

Na ocasião, a ministra reuniu-se com o ministro da Agricultura e Recuperação de Terras, Ezz el-Din Abu Steit, para tratar do processo de importação de uva e alho egípcios e o envio de ovinos e caprinos para o Egito para beneficiar criadores do Nordeste brasileiro.

Em 2018, as exportações agropecuárias do Brasil para 22 países árabes e integrantes da Organização para a Cooperação Islâmica, totalizando 55 países, somaram US$ 16,13 bilhões ou 19% do total das vendas externas do agro brasileiro, um porcentual superior ao que foi exportado para a União Européia (16%).

Segundo os dados mais recentes, das 9.592.079 cabeças de ovinos e caprinos do Brasil, 93% do rebanho está no Nordeste, com 8.944.461 animais. O Rio Grande do Norte tem 4,35% do total do rebanho caprino nacional, ou seja, 405.983 caprinos, o que equivale ao sexto maior rebanho do país.

O QUE O BOER TEM

Raça que anda por aqui desde o fim dos anos 80, o Boer era caro demais para ser disseminado rapidamente entre os produtores. Carne com baixo percentual de gordura (menos de 3%), colesterol, gordura saturada e calorias, é muito macia, saborosa e suculenta quando comparada às outras raças de caprinos.

A cabra Boer atinge a puberdade precocemente, geralmente cerca de 6 meses de idade e é considerado um animal de baixa manutenção, sendo que a fêmea possui leite suficiente para alimentar seu filhote, o que dispensa o fornecimento de concentrado.

Marcello Holanda / Agora RN
Currais Novos » Notícias

AMSO divulga nota conjunta com dezesseis municípios e confirma cancelamento do Carnaval 2021; Currais Novos está entre as cidades

Veja na matéria a nota completa

Em decisão conjunta a Associação dos Municípios da Microrregião do Seridó Oriental-AMSO divulgou nota, neste segunda-feira (18), através do presidente Fernando Bezerra, que é prefeito de Acari, informando que os municípios não organizarão ou farão qualquer investimento para a realização do Carnaval em 2021. As prefeituras reconhecem a importância cultural da festa dentro do calendário de eventos, fortalecendo a economia, mas são conscientes do decreto apresentado pelo Governo do Estado que indica regras quanto aos eventos e aglomerações na pandemia da Covid-19.

Veja a nota completa:

NOTA CONJUNTA

Os Municípios, representados pelas Prefeituras adiante relacionadas, em consonância com a orientação das autoridades sanitárias em relação a pandemia do COVID19, acompanhando a recomendação do Governo do Estado do Rio Grande do Norte quanto a eventos e consequentes aglomerações, mesmo reconhecendo a importância das festas populares para a economia e para a cultura, lamentam informam que não organizarão ou farão qualquer investimento para a realização do Carnaval no presente exercício de 2021.

Informam, também, no que se refere a licenças municipais, que não autorizarão a realização de festas e eventos similares durante o período do calendário dedicado aos festejos de Carnaval.

Pedem a população em geral que redobre a atenção em relação aos protocolos de higiene, distanciamento e uso frequente de máscaras, considerando a gravidade da pandemia do COVID19.

Currais Novos, sede da AMSO, no dia 18 de janeiro de 2021.

Prefeitura Municipal de Acari
Prefeitura Municipal de Bodó
Prefeitura Municipal de Campo Redondo
Prefeitura Municipal de Carnaúba dos Dantas
Prefeitura Municipal de Cerro Corá
Prefeitura Municipal de Cruzeta
Prefeitura Municipal de Currais Novos
Prefeitura Municipal de Equador
Prefeitura Municipal de Florânia
Prefeitura Municipal de Jardim do Seridó
Prefeitura Municipal de Lagoa Nova
Prefeitura Municipal de Ouro Branco
Prefeitura Municipal de Parelhas
Prefeitura Municipal de Santana do Seridó
Prefeitura de São Vicente
Prefeitura Municipal de Tenente Laurentino Cruz

Blog do Ismael Medeiros
Coronavírus » Rio Grande do Norte » Vacina

RN vai receber 82 mil doses da CoronaVac;

Primeira vacina foi aplicada na tarde deste domingo 17, em São Paulo – Foto: Governo de São Paulo / Reprodução

O Ministério da Saúde inicia nesta segunda-feira (18) o processo de distribuição das quase 6 milhões de doses da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan feita em parceira com o laboratório chinês Sinovac, para todos os estados e o Distrito Federal. As caixas já estão no Departamento de Logística da Saúde (DLOG), em São Paulo, segundo nota divulgada pela pasta.

A distribuição das vacinas será feita com aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e caminhões com áreas de carga refrigeradas. As companhias aéreas Azul, Gol, Latam e Voepass também farão o transporte gratuito das caixas de vacinas para todos os estados que necessitem de transporte aéreo.

Depois que o governo federal entregar as vacinas aos estados, os governos estaduais irão se encarregar de levar as vacinas até os municípios em parceria com o Ministério da Defesa.

Os primeiros voos sairão de São Paulo, primeiramente para o Distrito Federal e para as capitais de 10 estados: Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondônia, Roraima e Santa Catarina.

“Nesta segunda-feira, às 7h, a distribuição das vacinas irá para todos os estados brasileiros, para que cada governo possa dar início ao plano de vacinação. O DLOG vai fracionar, agora, as quantidades corretas para cada estado. A Força Aérea Brasileira vai fazer a entrega nos pontos focais. A partir daí, os estados fazem a distribuição local”, disse Eduardo Pazuello, ministro da Saúde.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, a vacinação começa em todo o país na quarta-feira (20), às 10h.

Neste domingo (17), em reunião extraordinária, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial da CoronaVac. Minutos depois, o Governo de São Paulo deu início à vacinação. A enfermeira Mônica Calazans, que atua na linha de frente de combate à Covid-19, foi a primeira a ser vacinada.

Agora RN
Rio Grande do Norte » Vacina

Atenção: Cadastro no RN+Vacina começa a partir do meio-dia desta segunda

A plataforma RN+Vacina vai começar a receber os cadastros dos cidadãos potiguares a partir do meio-dia desta segunda-feira (18). A ferramenta foi desenvolvida em parceria do Governo do Estado e o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais/UFRN) para planejamento, acompanhamento e gestão do processo de vacinação contra a covid-19 no Rio Grande do Norte.

O cadastro é feito com os dados pessoais e informações quanto aos grupos de risco e comorbidades, se for o caso. Apesar desta primeira etapa de vacinação, em todo o mundo, ser restrita aos grupos prioritários, é recomendado que todas as pessoas façam o cadastro, que irá auxiliar na criação de um banco de dados com o perfil da população potiguar.

“Essas informações serão fundamentais para a gestão de todo o processo que está sendo desenvolvido pelo Governo do Estado e por todos os municípios”, explicou o coordenador do Lais, professor Ricardo Valentim.

Com a efetivação do cadastro, cada cidadão terá o seu cartão de vacina virtual, recebendo notificações das datas, dentro do calendário nacional de vacinação, em que o seu grupo receberá a vacina, além de todas as informações sobre o processo.

O cartão ficará disponível na própria plataforma do RN+Vacina.

A vacinação em todo país está prevista para começar às 10h de quarta-feira (20), anunciou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, neste domingo (17) logo após a Anvisa autorizar o uso emergencial das vacinas de Oxford e Coronavac. Às 7h desta segunda-feira, um ato simbólico em Guarulhos, na Grande São Paulo, marcou o início da distribuição dos imunizantes para todos os estados brasileiros e Distrito Federal.

Neste domingo, uma reunião da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) com representantes de todas as regionais de saúde discutiu o Plano Estadual de Operacionalização e o início da Vacinação no Rio Grande do Norte. Participaram, em quatro momentos diferentes, 254 pessoas, envolvendo secretários municipais de saúde, coordenadores de Atenção Primária dos municípios, coordenadores de vigilância/imunização dos municípios, profissionais vacinadores, Cosems, gerentes de Ursap e equipes técnicas – rede de frio.

A reunião teve como alicerce informações essenciais para a preparação de todos os profissionais para a vacina da maneira mais eficaz e correta. A previsão é que o estado receba as doses do Instituo Butantan, com previsão da aplicação de 239 mil doses na primeira fase. Na ocasião foi apresentado o plano e as estratégias da distribuição e manejo dos imunizadores.

A previsão é que as vacinas cheguem em solo potiguar na manhã desta segunda-feira, passe por conferência e armazenamento, preparação das remessas, distribuição para as centrais regionais até a retirada nas centrais, num prazo de até 72 horas.

Os imunobiológicos serão distribuídos com apoio do Corpo de Bombeiros e a escolta será realizada pela Política Militar e Polícia Rodoviária Federal. No ato da distribuição para as regionais todos serão comunicados do horário a ser agendado para a retirada as doses nas regionais, para que a distribuição ocorra da maneira mais célere possível.

As informações são da Tribuna do Norte
Saúde » Vacina

Pazuello diz que vacinação contra covid continuará ‘todos os anos’, assim como acontece com ‘H1N1, sarampo e outras doenças ao longo da nossa vida’

Foto: Wanderley Preite Sobrinho/UOL

Depois de anunciar para hoje o início da vacinação contra a covid-19 em todo o Brasil, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que o Brasil continuará vacinando contra o novo coronavírus ao longo dos próximos anos.

“A outra ideia que não podemos deixar de pensar é que este modelo se repetirá no ano que vem”, afirmou o ministro ao lado de 19 governadores e vice-governadores no Centro de Distribuição Logística do Ministério da Saúde, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

“Continuaremos tomando vacina contra o coronavírus e suas variantes todos os anos em estratégia de vacinação definida pelo SUS (Sistema Único de Saúde), e isso vai entrar numa normalidade, como [a vacina para] H1N1, sarampo e outras doenças ao longo da nossa vida”, disse Pazuello.

Durante o anúncio, Pazuello aproveitou para antecipar a campanha de vacinação, antes prevista para começar na quarta-feira (20). A decisão foi tomada enquanto conversava com os governadores. Primeiro, em uma roda de conversa, ele sugeriu iniciar a vacinação às 14h de amanhã, mas ao iniciar o evento afirmou que seria possível começar a campanha ainda hoje “no final do expediente”.

Ele afirmou que a maioria dos imunizantes seria transportado hoje pela FAB (Força Aérea Brasileira) e que por isso as vacinas chegarão por volta das 14h de hoje na maioria dos estados brasileiros.

“A gente pode colocar a ideia de hoje, ao final do expediente, os estados começarem no município principal a vacinar. Com isso a gente adianta (…) Acho que a gente pode começar hoje ao final do expediente”, disse.

Vacinação terá duas doses

Pazuello também negou a intenção de vacinar o maior número possível de brasileiros com todas as doses disponíveis —adiando a aplicação da segunda dose—, como sugeriu na reunião a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT). A estratégia vem sendo usada no Reino Unido e é cogitada por outras nações a fim imunizar o maior número possível de pessoas na primeira fase de imunização.

“Nós não podemos fazer isso. O Butantan são duas doses em tempo curto, e tem de ser feito. Esse assunto já foi tratado em todos os níveis”, afirmou Pazuello, em referência às discussões na Anvisa (Agência Nacional de Saúde) em nos fóruns de governadores e prefeitos.

Mudança de discurso

Embora o governo federal seja acusado de minimizar a pandemia, Pazuello defendeu a manutenção das medidas preventivas mesmo após o início da campanha de vacinação.

“A vacina não determinam o fim das medidas preventivas”, disse. “O início da vacinação não nos desobriga a continuar com o uso de máscara e medidas de prevenção e afastamento social. Continuaremos vivendo desta forma até termos a pandemia controlado aos níveis normais de qualquer doença.”

UOL

Educação » Enem

46,9% dos inscritos não apareceram para fazer o Enem no RN

A taxa de ausência no primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ficou em 46,9% no Rio Grande do Norte. Dos 129.102 candidatos aptos, 60.505 não compareceram aos locais de prova nesse domingo (17). O número é menor do que o registrado nacionalmente, que foi de 51,5%.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 68.597 candidatos foram aos 358 locais de provas em 40 municípios do RN.

Em coletiva na noite de domingo (17), o ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse que a abstenção se deve ao medo da pandemia e às campanhas contrárias à realização do exame. Contudo, ele considerou uma aplicação vitoriosa. “Fico satisfeito com o que fizemos no meio de uma pandemia”, disse.

Blog da Gláucia Lima
Coronavírus » Rio Grande do Norte » Vacina

Fátima propõe usar lote de vacinas de uma vez, mas ministro nega e manda guardar para 2ª dose

A governadora Fátima Bezerra (PT) participa na manhã desta segunda-feira 18 de uma cerimônia simbólica de entrega das vacinas pelo Ministério da Saúde em Guarulhos, São Paulo. A representante do Rio Grande do Norte questionou o titular da pasta Eduardo Pazuello sobre a possibilidade de utilização de todo o lote de vacinas, cerca de seis milhões de doses, já nesta primeira etapa.

O questionamento da chefe do Executivo potiguar acontece porque a decisão do Ministério da Saúde é de resguardar parte do lote inicial para a segunda dose, que deverá ser aplicada em até 28 dias após a primeira. A sugestão da petista era de vacinar mais pessoas (primeira dose), com o estoque reservado para a segunda. O argumento é de que o intervalo seria relativamente longo para a aplicação das vacinas.

“Gostaria de colocar aqui, o debate para que possamos usar esse primeiro lote de vacinas agora, evidentemente com a garantia do Ministério da Saúde de fazer a reposição desse primeiro lote em momento oportuno. Estou colocando isso porque se nós não trabalharmos nesse contexto, tendo como alvo os grupos prioritários, principalmente os profissionais da saúde, e incluir também os profissionais da educação. É nesse sentido que faço essa colocação”, sugeriu Fátima.

A fala da governadora foi prontamente rebatida pelo ministro da saúde. “Esse debate não é o momento aqui. Esse debate já aconteceu e já está batido com Conas, Conasems, governadores e com toda a parte técnica do Butantan e da Anvisa. Nós não podemos fazer isso. A vacina do Butantan são duas doses em tempo curto e ela precisa ser trabalhada desta forma. Agradeço a sua sugestão, governadora, mas esse debate já foi feito”, respondeu Pazuello.

Agora RN

Carregar mais artigos

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!