Chuvas

Reservas hídricas do Rio Grande do Norte beiram a metade da capacidade

Foto: IGARN

As reservas hídricas do Rio Grande do Norte tiveram novo aporte com as últimas chuvas e chegaram a 48,37% da sua capacidade total. O dado foi atualizado nessa segunda-feira (16), pelo Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn).

Os reservatórios acumularam mais 29 milhões e meio de metros cúbicos de água em relação à última semana. Atualmente, o total das reservas está em 2,1 bilhões de metros cúbicos, dos 4,3 bilhões da capacidade de armazenamento.

Maior reservatório do estado, a barragem Armando Ribeiro Gonçalves acumula 1.355.200.266 m³, percentualmente, 57,11% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. No relatório divulgado no dia 10 de maio, o manancial estava com 1.341.655.788 m³, equivalentes a 56,54% do total.

O segundo maior manancial do RN, Santa Cruz do Apodi, acumula 252.711.380 m³, correspondentes a 42,14% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. Este é o mesmo volume apresentado no relatório anterior.

A barragem Umari, localizada em Upanema, acumula 200.955.783 m³, equivalentes a 68,63% da sua capacidade total, que é de 292.813.650 m³. No dia 10 de maio, o reservatório estava com 192.916.519 m³, correspondentes a 65,88% da sua capacidade total.

Atualmente, 7 açudes permanecem com 100% de suas capacidades, são eles: Santana (Gangorra), localizado em Rafael Fernandes; Flechas, localizado em José da Penha; o açude público de Marcelino Vieira; Passagem, localizado em Rodolfo Fernandes; o açude público de Encanto; Beldroega, localizado em Paraú; e Pataxó, localizado em Ipanguaçu.

O açude Apanha Peixe, localizado em Caraúbas, continua recebendo águas e já acumula 9.933.333 m³, correspondentes a 99,33% da sua capacidade total, que é de 10 milhões de metros cúbicos. Na última terça-feira, 10 de maio, o reservatório estava com 8.083.333 m³, equivalentes a 80,83% da sua capacidade total.

Já o açude Riacho da Cruz II, localizado em Riacho da Cruz, que já sangrou nesta quadra chuvosa, acumula 9.520.968 m³, correspondentes a 99,13% da sua capacidade total, que é de 9.604.200 m³. Na data do último relatório divulgado, o manancial estava com 100% da sua capacidade.

Outro reservatório que está recebendo águas é o Morcego, localizado em Campo Grande, que acumula 5.694.118 m³, equivalentes a 84,88% da sua capacidade total, que é de 6.708.331 m³. Na terça-feira da semana passada o manancial estava com 5.017.975 m³, percentualmente, 74,80% da sua capacidade total.

A barragem de Pau dos Ferros acumula 35.435.874 m³, correspondentes a 64,61% da sua capacidade total, que é de 54.846.000 m³. Na última terça-feira, o reservatório estava com 32.274.911 m³, percentualmente, 58,85% da sua capacidade total.

Para saber sobre os volumes de todas as barragens do Rio Grande do Norte, o cidadão pode acompanhar no site: http://sistemas.searh.rn.gov.br/monitoramentovolumetrico.

Situação das lagoas

A lagoa de Extremoz, responsável por parte do abastecimento da Zona Norte de Natal, acumula 9.854.622 m³, equivalentes a 89,43% da sua capacidade total, que é de 11.019.525 m³. No último relatório divulgado, a lagoa estava com 9.745.412 m³, equivalentes a 88,44% da sua capacidade total.

Já a lagoa do Bonfim, responsável pelo abastecimento da adutora Monsenhor Expedito, acumula 38.431.461, percentualmente, 45,61% da sua capacidade total, que é de 84.268.200 m³. No dia 10 de maio, a lagoa estava com 38.282.181 m³, equivalentes a 45,43% da sua capacidade total.

A lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, está com 11.074.800 m³, que correspondem a 100% da sua capacidade. No relatório anterior, o manancial estava com 11.009.429 m³, equivalentes a 99,41% da sua capacidade.

Esporte

Atleta curraisnovense é destaque no Norte/Nordeste de atletismo com duas medalhas

A atleta do município de Currais Novos, Luana Noberto, conquistou duas medalhas – uma de prata e outra de bronze – no Norte e Nordeste de Atletismo Adulto, que foi realizado em Recife, Pernambuco, No último sábado, 14, e domingo, 15.

A medalha de prata foi conquistada no revezamento 4×100 metros, e a bronze na prova de salto em distância com a marca de 5,50 metros.

Luana tem apenas 15 anos de idade, pertence ao Projeto de Iniciação ao Atletismo, da Prefeitura de Currais Novos e disputou a competição na capital pernambucana, integrando a seleção do Rio Grande do Norte.

A jovem, apesar da pouca idade, já desponta como um talento no atletismo potiguar.

Saúde

Em quatro meses, número de casos de dengue soma quase três vezes o total de notificações do ano passado

Foto: Reprodução/EPTV

Em quatro meses, até o último dia 7 de maio, o Rio Grande do Norte registrou quase três vezes o total de casos de dengue notificados no estado ao longo de todo o ano de 2021, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) divulgados nesta terça-feira (17).

Segundo o boletim epidemiológico, o estado chegou a 11.427 casos prováveis de dengue – uma incidência de 323,93 casos para cada 100 mil habitantes.

O número é 14 vezes superior ao registrado no mesmo período do ano passado (de janeiro até o início de maio), quando o estado registrou 806 casos prováveis.

Além disso, os números registrados até o início de maio superam em quase três vezes o total de casos nos 12 meses do ano passado: 4.301, segundo o Ministério da Saúde.

Em abril, o estado já tinha superado o total de casos registrados no ano passado.

Dirante do aumento de casos, a Sesap afirmou que retomou as discussões no Comitê Operacional de Emergências, do qual também participam o Ministério Público, o Conselho Estadual de Saúde e o Conselho de Secretários Municipais de Saúde do RN.

Segundo a responsável técnica pelo Programa Estadual de Controle da Dengue, Silvia Dinara, o trabalho com os carros de UBV é algo que deve ser colocado como última medida.

“Antes disso, todos devemos ser vigilantes para que consigamos combater o mosquito nos nossos quintais, residências, ruas e bairros. Convidamos toda a população para fazer sua parte. Além disso, publicamos um plano de contingência para controle das arboviroses e estamos estimulando os municípios a elaborarem os seus planos de ações com base no estadual, para que todas essas ações sejam efetivadas de forma oportuna e obtenham sucesso. Tudo isso está sendo pensado de forma regionalizada e descentralizada, para que as ações impactem nos territórios”, declarou.

A Sesap reforçou que a população deve contribuir com os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, que transmite a doença. São ações como manter os quintais livres de possíveis criadouros do mosquito; esfregar com bucha as vasilhas ou reservatórios de água de animais; não colocar lixo em terrenos baldios; manter caixas de água sempre tampadas e cuidar de qualquer local que possa acumular água parada.

g1

Policial

Juíza encontrada morta no Pará trabalhava no RN há 6 anos

Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

A juíza Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira, que foi encontrada morta dentro de um veículo no estacionamento de um prédio em Belém, no Pará, nesta terça-feira (17), trabalhava no Rio Grande do Norte há seis anos.

A magistrada de 47 anos era titular da Vara Única de Martins, município da Região Oeste do estado, onde ocupava também a diretoria do fórum daquela comarca.

Em nota, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte lamentou a morte da juíza, integrante do seu quadro.

“O presidente do Tribunal de Justiça do RN, desembargador Vivaldo Pinheiro, lamenta a morte da magistrada Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira, 47 anos, ocorrida no Estado do Pará. Natural de Barra de Santana, na Paraíba, a magistrada ingressou no Poder Judiciário do RN em 2016, era titular da Vara Única de Martins e ocupava a diretoria do fórum daquela comarca”, diz a nota.
“Em nome de todo o Poder Judiciário do RN, o desembargador presidente se solidariza com parentes e amigos neste momento de perda e dor”, complementa.

“A magistrada deixa um casal de filhos, irmãos e sobrinhos, a quem dedicamos nossas orações para que recebam o conforto necessário neste momento de tristeza e dor, assim como rogamos aos emissários divinos que a acolham e a amparem na morada celestial”.
Juíza é encontrada morta
A Polícia Civil do Pará investiga a morte da juíza Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira, encontrada morta dentro de um veículo no estacionamento de um prédio em Belém, no Pará, nesta terça-feira (17).

A magistrada era natural de Barra de Santana, na Paraíba, e era prima da vereadora de Campina Grande, Ivonete Ludgério (PSD).

Mônica Andrade era juíza na cidade de Martins, no Rio Grande do Norte, e estava com frequência em Belém, segundo os familiares. Ela era casada com um magistrado do Pará. O corpo apresentava um ferimento por arma de fogo.

A Polícia Civil disse que o caso é investigado pela Divisão de Homicídios e que “está adotando todas as medidas cabíveis para a elucidação do ocorrido”. A Polícia Científica foi acionada para a remoção do corpo

Mônica teria sido encontrada morta pelo companheiro, o juiz João Augusto Figueiredo de Oliveira Júnior. Ao se deparar com a situação, ele teria levado o carro e o corpo para a delegacia.

O Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) disse que ainda não vai se manifestar sobre o caso.

g1

Rio Grande do Norte

Governo do RN regulamenta serviço disque-defesa para enfrentamento à LGBTfobia

Foto: Reprodução

No Dia Internacional de Enfrentamento à LGBTfobia, esta terça-feira (17), a governadora Fátima Bezerra assinou o decreto que Regulamenta a Lei Estadual nº 8.225, de 12 de agosto de 2002, que institui o serviço de disque-defesa de combate à violência contra a população LGBTQI+ no Estado do Rio Grande do Norte.

A Lei é de autoria de Fátima Bezerra quando deputada estadual. O Decreto disciplina o objeto e o âmbito de aplicação da Lei, conceituação interna, acompanhamento e atendimento, órgão executor das ações, a Rede Estadual de Proteção e Enfrentamento à LGBTfobia, medidas de monitoramento, avaliação e divulgação. A regulamentação contribui para a ampliação dos canais de denúncias sobre violências e violações de direitos contra a população LGBTI+ no RN e fortalece a produção de dados e indicadores referentes à LGBTfobia.

“Esta Lei, que é de minha autoria como deputada estadual, regulamenta o funcionamento do serviço para proteção dos direitos da população LGBTQI+. Aqui cabe perguntar: por que esse tempo todo, 20 anos, sem regulamentação? Esta é uma pauta de defesa de direitos, de proteção. Quantos governos passaram nestes 20 anos? O que se põe por trás disso?, devemos perguntar. E tem outras leis que vamos também fazer sair do papel, com muita discussão séria e responsável”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

Ela confirmou que o Governo do Estado trabalha em projeto de Lei para criar o Departamento de Proteção à Pessoa com Vulnerabilidade (DPPV), que funcionará no âmbito da Polícia Civil para tratar dos crimes de intolerância. “O Rio Grande do Norte é território onde o Governo não abaixa a cabeça, inclusive para a homofobia”, pontuou a Governadora.

Policial

R$ 3 milhões em cocaína em tabletes são apreendidos escondidos dentro de veículo no RN

Foto: Reprodução

Um homem foi preso por transportar um veículo com cerca de 31 tabletes de cocaína escondidos, na tarde desta terça-feira (17), em Mossoró, na Região Oeste do RN. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o condutor seguia de Fortaleza, no Ceará, para Natal.

O material recolhido possui 25 kgs e é avaliado em R$ 3 milhões. O condutor estava utilizando um carro Onix 10 MT LT2, que foi interceptado por volta das 14h15.

Todo o material, juntamente com o suspeito, foi encaminhado à Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC) de Mossoró, para realização dos procedimentos cabíveis.

BG

Covid-19

Sem mortes há um mês, RN tem menor número de leitos covid desde início da pandemia

Foto: Alex Régis

O Rio Grande do Norte está há 32 dias sem mortes registradas em decorrência da Covid-19 e, neste momento, o estado tem a menor oferta de leitos críticos voltados ao atendimento de pacientes acometidos pelo novo coronavírus. Agora, 50 leitos estão disponíveis e a maior parte está ocupada por pessoas não idosas.

De acordo com a Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap), a situação favorável é fruto, principalmente, dá vacinação em todas as faixas etárias, esforço feito em parceria entre Governo do Estado e municípios potiguares. Como exemplo, no grupo acima dos 60 anos a cobertura vacinal atingiu toda a população estimada com as duas doses e está em 90% para a dose de reforço até agora.

Esse reforço da vacinação entre os idosos pode explicar o perfil de momento entre os internados. Segundo o portal Regula RN, 62,5% dos internados são não idosos, enquanto 37,5% são pessoas com mais de 60 anos.

A baixa procura por leitos fez com que o Estado também desmobilizasse as UTIs voltadas exclusivamente ao tratamento da covid. Se no auge da pandemia havia 418 leitos de UTI Covid em funcionamento no estado, agora, há 50, número inferior ao dia 1º de maio de 2020, quando começou o acompanhamento sobre a disponibilização das vagas.

“Com o avanço da vacinação conseguimos uma melhora gradativa, tanto na transmissão como nos casos de internação, sendo a maioria dos internados ainda sem seu esquema vacinal completo. Reforçamos a importância da vacina em todos os públicos para continuarmos num cenário confortável e esperançoso”, afirma o secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia.

De acordo com a Sesao, O Rio Grande do Norte conta com 2.959.606 pessoas vacinadas com a primeira dose, o que representa 93% da população. Com a segunda dose são 2.669.722, totalizando 84%. Com a terceira dose são 1.535.563, 48% da população. Ao todo, 7.253.122 doses foram aplicadas em todos os municípios.

Tribuna do Norte

Educação

Estudante do IFRN de Currais Novos conquista 1º lugar em concurso nacional de redação

Após tomar conhecimento do Concurso Nacional de Redação, promovido pela Sociedade Brasileira de Química (SBQ) e realizar uma pesquisa sobre as contribuições dessa disciplina para o desenvolvimento sustentável e soberano do Brasil, a estudante Lívia Araújo dos Santos, de 16 anos, escreveu uma redação e, com ela, conquistou o primeiro lugar na categoria “Estudantes da Rede Pública de Ensino”.

O tema proposto se dividia em duas partes: a contribuição da Química para o desenvolvimento sustentável e para o desenvolvimento soberano do Brasil. Sobre a temática da sustentabilidade, a estudante argumentou acerca da Química Verde, que “se preocupa em reduzir possíveis danos químicos ao ambiente, reduzir substâncias nocivas para a natureza e para o homem”, explicou Lívia. Ela conta que achou o tema interessante, importante e que deveria ser discutido, “especialmente num momento tão ligado à Ciência, como o que a gente está”, disse.

Já na questão sobre a contribuição para a soberania do país, a estudante – do Curso Técnico em Alimentos do Campus Currais Novos – ressaltou que a indústria química é a base para as demais indústrias brasileiras. Segundo a jovem, isso se deve aos insumos provenientes da Química, “por exemplo, o suporte que ela dá para a biotecnologia e para a nanotecnologia”. Em seu processo de preparação, a estudante contou com a orientação do professor Rafael Ventura. O docente comemora a conquista da estudante: “A gente tenta incentivar bastante os alunos para participar desse tipo de evento, por crer no sucesso deles. Ganhar é muito legal, mas o importante é participar”.

Além da Etapa Nacional, a estudante, natural de Jardim do Seridó, a 255 quilômetros de Natal, ficou em primeiro lugar na Etapa Regional da Região Nordeste, com a redação intitulada “Química, desenvolvimento e sociedade”.

Química de um lado, leitura e escrita de outro

O primeiro contato da estudante com os conhecimentos químicos aconteceu no nono ano do Ensino Fundamental. A partir daí, ela passou a estudar sobre o assunto, tanto por questões acadêmicas quanto por interesse pessoal. A jovem conta que a Química tornou-se cada vez mais presente no Curso Técnico em Alimentos, por isso, “é muito importante continuar se aprofundando nesse âmbito”.

O que também segue cativando Lívia é o hábito de ler e escrever. “A partir do momento em que você começa a ter contato com a leitura e com a escrita, você passa a ter uma visão mais clara e crítica do mundo. Então, é de fundamental importância ter esses elementos para compreender o mundo ao seu redor”, destaca. Para o futuro, a jovem revela ainda não ter certeza de qual carreira deseja seguir, mas afirma que a escrita chama sua atenção. “Espero que ela esteja bem presente na minha futura profissão”, finalizou.

Pais: inspiração e fãs número um

Lívia, desde cedo, mantém um relacionamento íntimo com os livros e com a leitura, hábito herdado pela mãe, professora. Por volta dos cinco de idade, a “Livinha”, como era e ainda é chamada pelos pais, já admirava a estante de sua mãe, repleta de livros. “Despertava bastante minha curiosidade. Sempre pegava alguns [livros] infantis que ela [sua mãe] usava para dar aula”, lembra. A pequena Lívia cresceu, e, com ela, sua relação com a leitura. O gosto pela escrita veio junto. E foi esse gosto que a fez produzir a redação do Concurso. “No primeiro momento, nem passou pela minha cabeça chegar até aqui”, revelou.

Lívia mora com seus pais e seu irmão mais novo. Quando ainda não sabia ler, sua mãe, Zulmira Maria de Araújo, professora da rede pública, lhe contava histórias. Um tempo depois, “Livinha” já estava independente em suas leituras, mas recorda que o incentivo da mãe “teve um peso enorme” em sua relação com as palavras. “Eu me inspiro muito nela, que sempre lutou e continua lutando pelos seus sonhos”, declarou a estudante.

SaibaMais

Eventos

Lançamento da 49ª ExpoSeridó acontece nesta semana; veja programação

Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (17), acontece o lançamento da 49ª Exposição Agropecuária de Caicó, no auditório da Emater, na cidade seridoense. A ExpoSeridó acontece nos dias 27, 28 e 29 de maio no Parque Monsenhor Walfredo Gurgel. No dia 26, os animais serão recebidos no local.

O evento será aberto pela governadora Fátima Bezerra e pelo prefeito de Caicó, Dr. Tadeu. Em seguida, acontece o show de abertura com a dupla caicoense Hugo e Heitor e, na sequência, sobe ao palco a banda Cavaleiros do Forró. A entrada no evento é gratuita em todos os dias.

No sábado (28), sanfoneiros regionais se apresentam durante todo o dia na Exposição. À noite, haverá encontro de sanfoneiros no palco principal.

Ainda no sábado, acontece o tradicional Leilão Seridó Terra do Leite, onde estarão disponíveis para arremate cerca de 40 lotes de animais de alta qualidade. O leilão é promovido pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte – EMPARN.

O Secretário de Agricultura de Caicó, Cledinaldo Oliveira, disse que serão disponibilizados 35 mil reais em prêmios no leilão.

Durante toda a 49ª Exposição Agropecuária de Caicó também ocorrerá a comercialização de artesanato, máquinas agrícolas e carros.

Portal da Tropical

Emprego

Brasil precisará qualificar 9,6 milhões de pessoas até 2025, diz CNI

Foto: José Paulo Lacerda/CNI/Direitos reservados

O Brasil precisará qualificar 9,6 milhões de pessoas até 2025 para atender necessidades projetadas pelas indústrias, de forma a repor inativos, atualizar funcionários ou preencher as novas vagas programadas para o setor. É o que prevê o Mapa do Trabalho Industrial 2022-2025, divulgado nesta segunda-feira (16) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Deste total, dois milhões precisarão de qualificação visando formação inicial para a reposição de inativos ou para o preenchimento de novas vagas. Os 7,6 milhões restantes serão via formação continuada para trabalhadores que precisam se atualizar para exercer funções.

Segundo a CNI, “isso significa que 79% da necessidade de formação nos próximos quatro anos serão em aperfeiçoamento”.

Cadeia produtiva
De acordo com a entidade, essas projeções têm por base a necessidade de uso de novas tecnologias e mudanças na cadeia produtiva que tanto influenciam – e transformam – o mercado de trabalho. Assim sendo, acrescenta a CNI, cada vez mais o Brasil precisará investir em aperfeiçoamento e requalificação.

O levantamento hoje divulgado, feito pelo Observatório Nacional da Indústria, tem por finalidade identificar demandas futuras por mão de obra e orientar a formação profissional de base industrial no país.

As áreas com maior demanda por formação são transversais (que permitem ao profissional atuar em diferentes áreas, como técnico em segurança do trabalho, técnico de apoio em pesquisa e desenvolvimento e profissionais da metrologia, por exemplo), metal mecânica, construção, logística e transporte, e alimentos e bebidas.

Portal da Tropical

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
© 2021 Direitos Reservados - Jean Souza