Crescimento das vendas do comércio no período natalino deve ser menor em 2013

O crescimento das vendas do comércio no Natal 2013 deve ser menor do que o do ano que passou. A expectativa é da Associação Comercial do Rio Grande do Norte que estima um crescimento de 6,5%, percentual menor do que o  alcançado em 2012 que foi 8%.

Os motivos que devem colaborar para a redução são a alta dos juros para financiamentos e compras a crédito, alta do dólar e as informações pessimistas sobre a economia, o que gera uma preocupação entre os consumidores.

Os  setores que mais devem se destacar nas vendas são os de vestuário , brinquedos , e eletrodomésticos. As  TVs de LED,acima de 42", devem ficar entre  os produtos mais vendidos no período natalino por causa dos jogos da Copa de 2014.

Segunda parcela do 13º salário deve injetar R$ 1,5 bilhão na economia

O pagamento da segunda parcela do 13º salário deve injetar R$ 1,5 bilhão na economia. Cerca de 1,1 milhão de trabalhadores, entre ativos e aposentados, vão receber um complemento no orçamento de aproximadamente R$1.250. A expectativa é que boa parte das pessoas poupe o valor recebido e use para pagar as dívidas que aparecem no começo do ano. Mas com a chegada das férias e do período natalino, é comum que as pessoas usem o dinheiro para comprar presentes e viajar.

De acordo com a Associação Comercial do RN, 35% das pessoas usam o 13º salário para quitar as dívidas de cartões de crédito, prestação ou financiamentos de automóveis e imóveis. 30 % dos trabalhadores compram presentes. Afinal esta é a principal data promocional do ano e mais esperada pelo comércio para aquecer as vendas.

O início das férias, somado as datas e festejos natalinos leva 10 % das pessoas a viajarem usando o décimo terceiro salário. Apenas 8% poupam e 17% usam para fazer compras diversas ou para reformar e melhorar um imóvel.

Postado por: Jean Souza / Virgínia Coelli

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
© 2021 Direitos Reservados - Jean Souza