Covid-19

COVID: Imagens de exames mostram diferenças nos pulmões de vacinados e não vacinados

Os pacientes vacinados têm uma parte maior dos pulmões coloridos em preto, o que significa que há pouco ou nenhum dano | Imagem: Divulgação

Um dos principais motivos para tomar a vacina contra o coronavírus é que, caso aconteça a infecção, o quadro clínico do paciente com Covid-19 não se agrave nem demande tratamento intensivo. Como prova da eficácia do fármaco, um radiologista da Escola de Medicina da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, divulgou duas radiografias de tórax que revelam grandes diferenças no pulmão entre pacientes vacinados contra a Covid-19 e os que não se imunizaram.

Nas imagens de tomografia computadorizada, é possível observar um impacto chocante do vírus nos órgãos internos das pessoas não vacinadas, em comparação aos que receberam o imunizante. Os pacientes vacinados têm uma parte maior dos pulmões coloridos em preto, o que significa que há pouco ou nenhum dano.

O exame do indivíduo imunizado mostra mais áreas pretas nos pulmões, sinalizando maior presença de ar e bom funcionamento, mesmo infectado. Já o exame do paciente sem nenhuma dose tem áreas mais claras, mostrando bloqueios no órgão e limitação no fluxo de oxigênio.

“A carga da doença ou da infecção é muito mais expressiva em um indivíduo não vacinado do que em um vacinado”, afirma Awan ao The Sun.

De acordo com o especialista, as radiografias apresentadas provam quão eficazes são os fármacos administrados, e que as imagens podem ser mais convincentes do que as estatísticas sobre os danos do coronavírus. Além disso, o profissional reforça as evidências de que os sintomas de uma pessoa vacinada são mais leves do que os de pacientes não imunizados.

“Aqueles que não são vacinados têm mais chances de sofrer falta de ar total e precisar ser entubados. Sendo assim, há uma maior propensão a irem para a UTI”, pontua.

O médico espera que as imagens mudem a opinião dos não vacinados. No Brasil, de acordo com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a maioria das hospitalizações por Covid-19 é de pessoas que não tomaram o imunizante contra a doença.

A carga da doença ou a carga da infecção é muito mais expressiva em um indivíduo não vacinado do que em um paciente imunizado

“As únicas pessoas que estão realmente adoecendo são as que recusam a vacinação”, declara Sam Durrani, chefe de equipe do Deer Valley Medical Center.

Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, pessoas não vacinadas têm 11 vezes mais chance de morrer de Covid-19 do que aqueles que receberam a injeção. A agência diz ainda que menos de 1% dos imunizados que são contaminados acaba falecendo em decorrência da infecção.

Metrópoles

Economia » PIS/PASEP

Trabalhador já pode consultar se tem direito ao pagamento do abono salarial PIS/Pasep

Foto: LUIS LIMA JR

Os trabalhadores já podem consultar na Carteira de Trabalho Digital ou no portal gov.br para saber se terão direito a receber o abono salarial PIS/Pasep. Cerca de 22 milhões de brasileiros vão receber o benefício a partir de 8 de fevereiro deste ano, com valor total de mais de R$ 20 bilhões, segundo o Ministério do Trabalho e Previdência.

O serviço de consulta já está disponível pelo link https://www.gov.br/pt-br/servicos/sacar-o-abono-salarial, para saber se tem direito ao abono, qual o valor, a data de pagamento e o banco para recebimento. Além disso, o canal 158 do Ministério do Trabalho e Previdência estará à disposição para esclarecimentos, bem como o atendimento presencial das unidades regionais da pasta.

Para ter acesso às informações do abono salarial na Carteira de Trabalho Digital será necessário que o trabalhador atualize o aplicativo, depois acesse a aba “Benefícios” e “Abono Salarial”, para verificar o valor, dia e banco de recebimento.

Quem tem direito

Para ter direito ao benefício é preciso estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, ter trabalhado formalmente (com carteira assinada) por pelo menos 30 dias em 2020 e receber até dois salários mínimos (R$ 2.424). Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Rais (Relação Anual de Informações Sociais) ou no eSocial, conforme categoria da empresa

Trabalhadores do setor privado, inscritos no PIS, receberão o abono salarial deste ano no período de 8 de fevereiro a 31 de março, pela Caixa. Para servidores públicos, militares e empregados de estatais, inscritos no Pasep, o pagamento vai de 15 de fevereiro a 24 de março, pelo Banco do Brasil.

Já aqueles que moram em municípios em situação de emergência por causa das chuvas vão receber o valor no dia 8, independentemente da data de nascimento.

Confira abaixo as datas de pagamento

PIS

Nascidos em janeiro – 8 de fevereiro
Nascidos em fevereiro – 10 de fevereiro
Nascidos em março – 15 de feverfeiro
Nascidos em abril – 17 de fevereiro
Nascidos em maio – 22 de fevereiro
Nascidos em junho – 24 de fevereiro
Nascidos em julho – 15 de março
Nascidos em agosto – 17 de março
Nascidos em setembro – 22 de março
Nascidos em outubro – 24 de março
Nascidos em novembro – 29 de março
Nascidos em dezembro – 31 de março

Pasep

Finais de inscrição 0 e 1 – 15 de fevereiro
Finais de inscrição 2 e 3 – 17 de fevereiro
Final de inscrição 4 – 22 de fevereiro
Final de inscrição 5 – 24 de fevereiro
Final de inscrição 6 – 15 de março
Final de inscrição 7 – 17 de março
Final de inscrição 8 – 22 de março
Final de inscrição 9 – 24 de março

Valor

O valor do abono é proporcional ao período em que o empregado trabalhou com carteira assinada em 2020. Cada mês trabalhado equivale a um benefício de R$ 101, com períodos iguais ou superiores a 15 dias contados como mês cheio. Quem trabalhou 12 meses com carteira assinada receberá o salário mínimo total, de R$ 1.212.

A partir de fevereiro, o trabalhador do setor privado também poderá consultar a situação do benefício e a data de pagamento nos aplicativos Caixa Trabalhador e Caixa Tem.

No caso dos trabalhadores vinculados ao Pasep, a consulta do saldo é na página Consulte seu Pasep. Há também a opção de ligar para a Central de Atendimento do Banco do Brasil (4004-0001, capitais e regiões metropolitanas, ou 0800 729 0001, interior).

R7

Imposto de Renda

Receita abre segunda-feira consulta a lote residual do IR

Foto: Marcelo Casall Jr

Contribuintes que caíram na malha fina da Receita Federal nos últimos anos por inconsistências nas declarações do Imposto de Renda, mas que acertaram as pendências com o Leão, poderão consultar o lote residual de restituições a partir das 9h da próxima segunda-feira (24).

Mais de 240 mil contribuintes receberão o crédito bancário no dia 31 deste mês. O pagamento da restituição será feito diretamente na conta bancária informada na declaração de Imposto de Renda.

A soma dos valores restituídos é R$ 281.936.411,15. Desse total, R$ 96.664.742,30 referem-se a contribuintes que têm prioridade legal – idosos acima de 60 anos, pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e cidadãos cuja maior fonte de renda seja o magistério.
Foram contemplados ainda 197.438 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 16 de janeiro deste ano.

Para consultar o lote residual, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, clicar em Meu Imposto de Renda e, em seguida, em Consultar a Restituição. Se identificar alguma pendência na declaração, pode retificá-la, corrigindo as informações erradas.

A Receita Federal disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que permite consultar informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Tribuna do Norte

Covid-19 » Educação

Escolas do RN não vão exigir passaporte vacinal para estudantes

Foto: Magnus Nascimento

A Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC/RN) não pretende adotar o passaporte vacinal para estudantes de escolas da rede estadual de ensino do Rio Grande do Norte. O início do ano letivo de 2022 nas unidades escolares da rede está marcado para o dia 7 de fevereiro. A medida, que tem a comprovação da imunização contra a covid-19 como regra para a circulação em estabelecimentos, começou a valer nesta sexta-feira (21) em ambientes como bares, restaurantes e similares, conforme estabelecido em decreto.

No caso das escolas estaduais, a SEEC informou que o passaporte para os estudantes não será exigido. “A Secretaria segue as orientações do Comitê Cientifico do RN e não existe esse direcionamento. A SEEC estima que grande parte do seu público de alunos esteja vacinado, pois é formada por adolescentes”, explicou a pasta.

Para os trabalhadores, de acordo com a pasta, a norma que continua válida é o que está estabelecido no Decreto Nº 31.022, de outubro do ano passado. O texto em questão determina aos trabalhadores do serviço público estadual, “o dever funcional de vacinação contra a covid-19”. O documento determina que, “no prazo de cinco dias úteis a contar da publicação do Decreto”, os servidores apresentem a comprovação do esquema vacinal em conformidade ao calendário de imunização”.

O texto foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), em 27 de outubro de 2020. “Os trabalhadores da educação, enquanto parte do quadro de servidores do Estado, apresentaram o comprovante no ano passado”, explicou a SEEC. A pasta disse, ainda, que conta com um protocolo de biossegurança aprovado pelo Comitê Científico e adotado nas escolas. A estratégia continua sendo utilizada a fim de tentar mitigar a possibilidade de contaminação pela covid-19.

“O protocolo garantiu o retorno das aulas presenciais, iniciado em julho de 2021 e foi eficaz quando nossas escolas alcançaram 100% de ocupação. Ele será novamente utilizado neste ano, reforçando a necessidade de manter todas as orientações”,esclareceu a pasta.

O aumento de casos registrados nos últimos dias no Rio Grande do Norte não deve influenciar na data de retorno às aulas, pelo menos por enquanto, segundo a SEEC. “Neste momento, o retorno está mantido. Caso as autoridades sanitárias apontem que ele pode representar algum risco, essa decisão pode ser revista”.

A intenção é que as aulas iniciem em formato 100% presencial. Para o ano letivo de 2022 são ofertadas 229 mil vagas nas escolas do Estado. As matrículas na rede seguem até o dia 31 de janeiro para alunos ingressantes. Até esta sexta-feira (21), pais ou responsáveis puderam fazer a transferência do aluno para uma escola da rede municipal.

Os procedimento são feitos pelo Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc). As vagas já consolidadas serão divulgadas no dia 25 de janeiro às 18h. Estudantes que queiram buscar vagas remanescentes, podem fazê-lo entre o dia 31 de janeiro e 2 de fevereiro.

Tribuna do Norte

Rio Grande do Norte

Passaporte da vacina começa a ser exigido em shoppings, bares e restaurantes do RN

Foto: Cedida

A obrigatoriedade de apresentação do passaporte vacinal contra a Covid-19 em bares, restaurantes e shopping entrou em vigor nesta sexta-feira (21) no Rio Grade do Norte. A medida, que segue até o dia 16 de fevereiro, foi determinada pelo Governo do Estado e foi publicada no Diário Oficial do Estado de terça-feira (18).

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), em conjunto com os demais órgãos estaduais e municipais competentes, fiscalizará o cumprimento das medidas sanitárias.

Em um shopping da Zona Norte de Natal, a medida está sendo aplicada. No local, só entra quem comprovar que completou o esquema vacinal contra Covid-19. Diversos clientes foram barrados no hall de entrada, pois estavam sem o documento. Alguns deles informaram que não sabiam da medida, enquanto outros a criticaram.

De acordo com o decreto, segmentos socioeconômicos de alimentação, a exemplo de bares e restaurantes, bem como centros comerciais, galerias e shopping centers que utilizem sistema artificial de circulação de ar deverão realizar o controle de entrada de cada indivíduo nas suas dependências, mediante comprovação do esquema vacinal em conformidade ao calendário de imunização.

Segundo o decreto, os eventos de massa, sociais, recreativos e similares, inclusive aqueles sem assento para o público, deverão exigir, para acesso ao local, a comprovação do esquema vacinal em conformidade ao calendário de imunização.

Para cumprimento da fiscalização, o Estado do Rio Grande do Norte disponibilizará suas forças de segurança aos Municípios, por meio das operações do Programa Pacto Pela Vida.

Além disso, o decreto reforça a necessidade do uso de máscara. Os órgãos públicos e os estabelecimentos privados devem fornecer as máscaras de proteção facial a seus servidores, funcionários e colaboradores.

Agora RN

Rio Grande do Norte » Saúde

Criança de 1 ano morre com suspeita de pneumonia no RN, é o segundo caso nos últimos dias

Foto: © EBC

Uma criança de 1 ano morreu com suspeita de pneumonia na madrugada desta sexta-feira (21), no Hospital Regional de Pau dos Ferros, na região do Alto Oeste potiguar. Na quarta-feira (19), uma outra criança de 2 anos também faleceu com sintomas gripais na mesma unidade hospitalar.

Ambos os casos são investigados pela Secretaria de Estado e Saúde Pública (Sesap).

O Hospital Regional de Pau dos Ferros publicou nas redes sociais uma nota oficial lamentando a morte da criança e alertando a população do município a manter cuidados contra a doença.

“Fazemos um apelo à toda população do Alto Oeste para se cuidarem. Usem máscaras, evitem aglomerações, se estiverem com síndromes gripais, por favor, mantenham isolamento. Em caso de quadro com síndromes gripais não saiam de casa. Não é só a Covid, a Influenza também pode acarretar a síndrome inflamatória sistêmica, e isso pode prejudicar nossas crianças”, diz a nota.

A menina de 2 anos fez teste para Covid-19 e para influenza. A Sesap informou que aguarda os resultados para se posicionar.

Covid-19 matou 25 crianças no Rio Grande do Norte; 12 tinham menos de 4 anos
A Covid-19 matou 25 crianças no Rio Grande do Norte. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Os óbitos compreende o período de março de 2020, quando a pandemia causada pelo coronavírus teve inicio, até a última sexta-feira (14).

O documento, que a reportagem do Agora RN teve acesso, mostra que a maioria das vítimas infantis tinham entre um e quatro anos. Ao todo, 11 crianças dessa faixa etária faleceram pela doença. Outras três tinham entre 10 e 14 anos.

Os dados revelam, ainda, que uma vítima tinha menos de um ano de idade. Outras 7 tinham entre 5 e 9 anos de idade.

Desde o inicio da pandemia, a Covid-19 matou 6.392 no estado potiguar até segunda-feira (17), de acordo com o Boletim Epidemiológico da Sesap. As crianças, portanto, correspondem 0,39% desses óbitos.

Agora RN

Policial

Polícia Militar apreende cerca de 100 quilos de maconha em mangue na Zona Oeste de Natal

Foto: Divulgação/PM

Policiais militares do 9⁰ Batalhão apreenderam na tarde desta sexta-feira (21) cerca de 100 quilos de maconha em uma área de mangue do bairro Felipe Camarão, na Zona Oeste de Natal.

O material foi encontrado por volta das 12h. Os policiais militares que realizavam patrulhamento próximo à travessa Traíri perceberam pessoas em atitude suspeita no mangue.

Ao notar a presença dos militares, os suspeitos fugiram e atiraram contra os policiais militares. Houve confronto, porém ninguém ficou ferido.

No local, tinha cerca de 100 kg de maconha, balanças de precisão, facas e um vasto material para embalar as drogas e comercializar. Ainda foi encontrado um simulacro de arma de fogo.

O material apreendido foi levado pelos policiais para a Delegacia de Plantão da Zona Sul.

g1 RN

Vacinação

Após aprovação da Anvisa, Ministério da Saúde avalia Coronavac para crianças

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

O Ministério da Saúde afirmou, nesta quinta-feira (20), que irá avaliar na íntegra a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de autorizar o uso da Coronavac para crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos, para sua inclusão no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19.

O pedido inicial realizado pelo Instituto Butantan contemplava a faixa de 3 a 17 anos. Entretanto, a equipe técnica da Anvisa indicou lacunas nos estudos de efetividade e segurança para a população de 3 a 5 anos de idade e em imunossuprimidos.

De acordo com Gustavo Mendes, gerente-geral de Medicamentos e Produtos Biológicos da Anvisa, quando houver mais dados disponíveis, a agência poderá avaliar a ampliação da faixa etária para 3 a 5 anos.

A fórmula e a dosagem para a faixa etária de 6 a 17 anos são as mesmas da vacina aplicada em adultos. As vacinas devem ser ministradas em duas doses, com intervalo de 28 dias.

O Butantan possui, até o momento, 15 milhões de doses do imunizante em estoque para distribuição aos estados e municípios.

São Paulo já iniciou a vacinação do público com a Coronavac nesta quinta-feira. Onze crianças foram imunizadas em uma cerimônia simbólica na Escola Estadual Brigadeiro Faria Lima, na capital paulista.

O governador João Doria (PSDB) anunciou que outras cem crianças também iriam receber o imunizante no local e na cidade de São Bernardo do Campo, no grande ABC.

CNN Brasil

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
© 2021 Direitos Reservados - Jean Souza