Arquivos:

Haiti » Mortes

Número de mortos no Haiti passa de 2.100; novo tremor é registrado

Foto: Ralph Tedy Erol/Reuters

Um terremoto de magnitude 4,9 atingiu o Haiti na noite desta quarta-feira (18), informou o UGSG, instituto dos Estados Unidos que monitora os tremores em todo mundo. Os edifícios tremeram na cidade de Les Cayes, no sul do país (assista ao vídeo acima).

O Haiti ainda não se recuperou do potente terremoto de magnitude 7,2 de sábado (14) e da passagem do ciclone tropical Grace na segunda-feira (17). O governo informou que, com o novo fenômeno, o número de mortos subiu para 2.189. Doze mil pessoas se feriram e outras 32 são consideradas desaparecidas.

O forte terremoto de sábado destruiu 2.868 edificações e danificou 5.410, disseram as autoridades. A situação deixou no limite os hospitais e os danos bloquearam estradas por onde são transportados suprimentos vitais para as vítimas.

No domingo (15), um terremoto de magnitude 5,9 foi notificado pelo o Centro Sismológico Europeu do Mediterrâneo (EMSC, na sigla em inglês). O tremor aconteceu a uma profundidade de 8 km (4,97 milhas), disse a EMSC.

O primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, decretou estado de emergência por 30 dias. Henry lamentou as mortes e disse, em nota, que já mobilizou recursos do governo para dar apoio às vítimas.

Ditadura, golpes e tragédias

A nação mais pobre das Américas tem um longo histórico de ditaduras e golpes de Estado. Nos últimos meses, o Haiti enfrenta também uma crescente crise humanitária, com escassez de alimentos e aumento nas taxas de violência.

O PIB per capita do país é de US$ 1,6 mil por ano (cerca de R$ 8,5 mil), e cerca de 60% da população vive com menos de US$ 2 por dia (pouco mais de R$ 10). O Haiti tem 11,3 milhões de habitantes, faz fronteira com a República Dominicana na ilha Hispaniola, no Caribe, e tem um dos menores IDHs (Índice de Desenvolvimento Humano) do mundo: 0,51.

Colonizado em 1492, após a chegada de Cristóvão Colombo à América, o Haiti foi o primeiro país do continente a conquistar a sua independência e a primeira república a ser liderada por negros, quando derrubou o domínio francês no começo do século XIX.

Covid-19 » Diminui » Mortes

Óbitos por Covid no RN caem 65,3% em julho

Dados da ferramenta Coronavírus RN, do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, (LAIS/UFRN), mostram que o número de óbitos por covid-19 no Rio Grande do Norte caiu 65,35% em julho passado, se comparado ao mês anterior.

Conforme mostra o LAIS/UFRN, os casos confirmados da doença no Estado reduziram ainda mais: 67,74% no mesmo período.

Os números de julho ainda estão sob revisão, mas, se confirmados, o RN registrará os índices mais baixos da pandemia em 2021 até o momento.

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
© 2021 Direitos Reservados - Jean Souza