Arquivos:

Esporte

‘Guardiola queria treinar o Brasil antes da Copa, mas não quiseram’, revela Daniel Alves

Na véspera do aniversário de um ano da goleada sofrida pela seleção brasileira, por 7 a 1, para a Alemanha, Daniel Alves fez uma importante revelação: Pep Guardiola desejou treinar o Brasil e prometeu ter um projeto para levar a equipe ao hexa em casa, mas foi ignorado.

Em entrevista ao programa Bola da Vez, que vai ao ar na íntegra às 21h30 desta terça-feira, o lateral direito do Barcelona falou sobre a intenção do técnico catalão em comandar a seleção na Copa de 2014. Só que o medo de o povo não aceitar um estrangeiro atrapalhou.

“Eu pago por ser linguarudo, mas não conto mentira. Antes da Copa, o Pep queria treinar a seleção brasileira e não quiseram. O Pep falou que queria fazer a gente campeão do mundo e tinha toda a estratégia e não quiseram. Falaram que não sabiam se o Brasil iria aceitar. Se não aceitamos o melhor do mundo, que pode nos fazer melhores, você não se preocupa com a seleção brasileira”, disse.

“Desde que eu estou na seleção, ele já tinha o time na cabeça, já tinha a equipe que ele queria para treinar o Brasil”, aumentou.

Daniel Alves também revelou que Guardiola tinha o plano de receber apenas se o trabalho desse o resultado esperado pelo povo e mostrou indignação com o fato de o técnico não ter sido aceito na seleção.

“O Pep é o melhor treinador do mundo. O cara mais gestor esportivo que eu vi. Um cara que revolucionou o futebol, um time, uma equipe. Tivemos a chance de ter o cara sem ter que gastar, se o problema é dinheiro. A intenção dele era só receber se tivesse o resultado esperado pelo povo brasileiro. Você deixa passar uma oportunidade dessa? Você não pensa na seleção brasileira”, afirmou.

 

ESPN
Policial

Deprov prende na Grande Natal acusado de ser um dos maiores receptadores do Estado; carreta adulterada é apreendida

Francisco Evaniel da Silva (49 anos).

Francisco Evaniel da Silva (49 anos).

Uma ação conjunta, da Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) e da Polícia Militar, resultou na prisão em flagrante de Francisco Evaniel da Silva (49 anos), um dos maiores receptadores de carga do Estado na tarde desta terça-feira (07). Ele foi detido por policiais militares na cidade de São José Mipibú, no momento em que tentava dar apoio logístico para uma carreta que estava “atolada” na região de Laranjeira do Abdias. Uma guarnição da PM passava pelo local e decidiu verificar a placa do veículo.

” A PM fez a verificação e descobriu que a carreta estava com a placa trocada e sinais de adulteração. Os policiais militares entraram em contato com a Deprov ainda na noite de segunda-feira (06). Conduzimos Francisco Evaniel para a Especializada e verificamos que ele já responde a quatro processos por receptação”, detalhou o delegado Márcio Delgado, titular da Especializada.

Segurança

Município apresenta estudo sobre Plano de Cargos da Guarda Municipal de Natal

Foto: Carla França

Foto: Carla França

Uma comissão formada por representantes da Guarda Municipal se reuniu, nesta terça-feira (7), com o secretário Municipal de Governo, Jonny Costa, a secretária municipal de Administração, Jandira Borges, e o secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Social, Osório Jácome. Na ocasião, eles receberam um estudo, desenvolvido pela Semad, sobre o Plano de Cargos e Salários da categoria.

De acordo com Jonny Costa, o estudo não é uma proposta definitiva do Plano, ele apresenta uma readequação do plano original apresentado pelos Guardas Municipais. O produto final, destacou o secretário, será construído com a ajuda da categoria, dentro da realidade orçamentária e financeira do Município.

“A Semad buscou adequar os pedidos da categoria à realidade do Município. Foram analisados os interesses dos servidores da Guarda Municipal e a compatibilização desses interesses às condições reais do município. Agora, essa comissão vai analisar o estudo da Semad e, numa próxima reunião, apresentará a opinião da categoria. E assim vamos construir o Plano de Cargos”, explicou Jonny Costa.

A nova reunião com a comissão dos Guardas Municipais está marcada para a próxima semana.

 

Notícias

Avança no Senado projeto que obriga aéreas a indenizar atraso em até 100% o valor da passagem

Aeroporto Santos Dumont em dia de cancelamentos e atrasos de voos – Márcia Foletto / Agência O Globo.

Aeroporto Santos Dumont em dia de cancelamentos e atrasos de voos – Márcia Foletto / Agência O Globo.

A indenização a passageiros pelas companhias aéreas por atrasos nos voos poderá ser obrigatória, caso o Código Brasileiro de Aeronáutica (CBA) seja modificado conforme previsto no PLS 101/2015, aprovado nesta terça-feira na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA). A matéria vai à Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), antes de seguir para a Câmara dos Deputados.

Hoje, o código prevê que, em caso de atraso acima de quatro horas, o transportador deve realocar o passageiro em outro voo ou devolver o valor da passagem, se assim o passageiro preferir. Pelo projeto, além dessa regra, as companhias teriam que pagar indenizações que variam de 10% a 100% do valor da passagem, de acordo com o tamanho do atraso no voo.

O autor do projeto, senador Reguffe (PDT-DF), propõe para atraso superior a 2 horas uma indenização de 10% do valor da passagem. Se o atraso for superior a 4 horas, a indenização será de 20% do valor pago. Se for superior a 8 horas, sobe para 50% do preço do bilhete. E se for superior a 12 horas, a indenização deve ser de 100% do valor da passagem. As companhias somente não pagariam as indenizações caso o atraso, cancelamento ou interrupção de voo ocorra devido a más condições meteorológicas, “desde que devidamente comprovadas pelos órgãos competentes”.

Já para casos de atraso por mais de quatro horas em aeroporto onde o voo faz escala, o passageiro seria indenizado em 100% do valor pago pela passagem. Reguffe estabelece ainda que as medidas propostas não impedem que o consumidor recorra à Justiça em caso de danos morais e materiais sofridos.

— O projeto tem por intuito garantir ao consumidor uma indenização independentemente de ele entrar na Justiça ou não. Se o passageiro achar que seu dano foi ainda maior que a indenização proposta, ele ainda tem o direito de entrar na Justiça e pedir um acréscimo nessa indenização. É um projeto que visa criar um regramento, pois as indenizações hoje variam muito, dependendo do juiz — ressaltou.

O relator, senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), apresentou voto favorável, lido na reunião pelo senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA).

 

O Globo
Mundo

Pesquisa mostra que 90% das notas de real contêm cocaína

Um estudo feito pela Universidade Federal Fluminense (UFF) revelou que cerca de 90% das notas de real em circulação no Brasil apresentam traços de cocaína. A quantidade é pequena, mas a frequência é tanta que evidencia a disseminação da droga no Rio de Janeiro e em outros dez municípios. As informações são do O Globo.

“É virtualmente impossível não pegar notas com a droga. Elas estão distribuídas por toda a parte”, explica o pesquisador Wagner Pacheco, do Departamento de Química Analítica da UFF.

A ideia era realizar no Brasil um estudo já feito na Europa e Estados Unidos. A pesquisa mostrou que a contaminação das notas de real seguem a mesma lógica vista nas de euro e dólar. “Esse é o cenário atual dos grandes centros do mundo”, afirmou Ricardo Cassella, químico que trabalhou em parceria com Pacheco.

Os especialistas explicam que existem três possíveis razões para o fato. O primeiro é o grande número de usuários e traficantes que enrolam as notas para aspirarem a droga. Outro ponto é que o material que constitui a nota é umido, o que facilita a impregnação da cocaína. O terceiro motivo é a intensa circulação do dinheiro e a mistura de notas nas máquinas de saque e nos bancos.

Uma das pesquisadoras do projeto, Vanessa Gomes Kelly Almeida, detectou que a concentração média por nota é de 50 a 300 microgramas, porém a distribuição é tão ampla que aumenta a quantidade por nota, podendo chegar até a 774 microgramas.

É importante destacar que, apesar do fato indicar uma grande disseminação da droga, ele não representa riscos à saúde. “São traços insignificantes para fazer qualquer diferença a uma pessoa. Para se ter ideia, um micrograma é um milhão de vezes menor que um grama”, esclarece Ricardo Cassella.

A universidade pretende agora construir uma espécie de assinatura química da droga no Rio de Janeiro. Estudos de outros grupos já indicaram que a composição muda de um estado para outro em função das substâncias misturadas à cocaína pura, como o paracetamol e a lidocaína.

 

Terra
Educação » Política

Secretária Justina Iva presta esclarecimentos na CMN sobre situação de professores da rede municipal

Foto: Marcelo Barroso

Foto: Marcelo Barroso

A Comissão de Educação da Câmara Municipal de Natal (CMN) se reuniu no início da tarde desta terça-feira (7) com a secretária de Educação, Justina Iva, que foi convocada para prestar esclarecimentos sobre a Portaria Nº 100/2015, publicada no Diário Oficial do Município no dia 8 de maio. O documento impede que professores da rede municipal de ensino, que não estejam em readaptação por motivos de licença médica ou afastamento, prestem serviços em outros espaços pedagógicos existentes nas escolas.

De acordo com a Secretaria de Educação (SME), mais de 400 professores habilitados para ministrar disciplinas curriculares estão ocupando cargos indevidamente, distribuídos em salas de vídeo, laboratórios de informática, laboratórios de ciências, apoio administrativo, coordenação de disciplina, reforço/apoio escolar e coordenação do Programa Saúde na Escola (PSE). Desses professores, 94 estão atuando apenas em laboratórios de informática, sem ministrar suas disciplinas.

“Os professores que fizeram concurso para ministrar disciplinas, devem ministrá-las. Precisam estar em sala de aula. Acontece que muitos professores, sem nenhuma justificativa aparente, foram distribuídos para outros cargos nas escolas e nós estamos reorganizando. Isso é responsabilidade”, justificou Justina Iva.

Membro da Comissão de Educação, a vereadora Amanda Gurgel (PSTU) se posicionou contrária à medida e apresentará projeto de Decreto Legislativo com vistas ao cancelamento da Portaria Nº 100/2015. O Decreto, que também será assinado pela vereadora presidente da Comissão, Eleika Bezerra (PSDC), deverá ser votado em plenário na CMN ainda neste mês de julho.

“Do jeito que está, a Portaria vem com uma concepção ignorante desses espaços. É como se eles não tivessem funções de suporte pedagógico, como as salas de aulas, e por isso não podem ser ocupados por profissionais em perfeito estado de Saúde. Precisa ser alguém doente para ficar lá?”, questionou Amanda Gurgel. “Vamos apresentar o Decreto Legislativo para derrubar essa portaria”, disse.

Um dos objetivos da Portaria, segundo a Secretaria, é evitar desperdício dos recursos públicos, uma vez que os profissionais em ‘desvio de função’ precisam ser substituídos em sala de aula. Além disso, a SME alega se respaldar no Estatuto do Magistério (Lei Complementar Nº 58, de 13 de setembro de 2014), que prevê que os profissionais do magistério público municipal devem exercer as funções do magistério, sendo essas entendidas como as atividades de docência.

 

Televisão

Marcelo Rezende critica colunista por texto contra redução da maioridade penal

Nesta segunda-feira (6), o apresentador Marcelo Rezende, do “Cidade Alerta”, publicou um texto especial no site de notícias da Record, respondendo a coluna do jornalista Antônio Prata, da Folha de S.Paulo.

Na ocasião, o colunista se mostrou contra a redução da maioridade penal, tema que tem feito a sociedade debater amplamente a violência no país. No texto intitulado “Durkheim e o picolé”, Rezende critica Prata por tê-lo apontado como um apresentador que torna a violência um espetáculo e por defender a redução da idade penal, enquanto 87% da população se mostra a favor da medida.

“As pessoas querem ver sangue em programas policiais na voz eufórica de um Marcelo Rezende ou qualquer outro desses Galvões Buenos da barbárie”, disse o jornalista da Folha.

“É contra a redução da idade penal. Ou melhor, ele e os seis que lhe adornam a unanimidade são contra o que 87% da população brasileira são a favor. 87% que não aguentam mais menores e maiores matando e roubando, políticos afanando e a corrupção se alastrando. Para o nosso Antônio Prata, 87% dos brasileiros só não relincham por modéstia. Agora entendi perfeitamente que ‘nem tudo que reluz é ouro’. É Prata”, escreveu o apresentador da Record.

Rezende ainda comentou sobre a “euforia” de seu programa, de acordo com apontamento do jornalista. “Não consigo reproduzir a eloquência do texto, mas de mim – ou em mim – ele vê euforia na narração da história que inventou. Temo dizer que nosso Prata fica me assistindo – e melhor não dizer porque isso o envergonharia diante dos seis que o fazem uma unanimidade”.

Atualmente, o “Cidade Alerta” tem marcado médias de audiência entre 9 e 11 pontos no Ibope na Grande São Paulo.

 

UOL
Governo

Kelps Lima diz que Governo tem que investir em Educação

Foto: João Gilberto

Foto: João Gilberto

Kelps Lima (SDD) criticou o Governo do Estado em não priorizar a educação, na sua avaliação. Na sessão plenária desta terça-feira (7) na Assembleia Legislativa, o parlamentar disse desaprovar a escolha do Governo em priorizar a Segurança e não a Educação do Estado, referindo-se ao anúncio da implantação do Programa Ronda Cidadã.

“Lembro aqui da situação da Escola Lígia Navarro, em Pitangui, que tem mais de 600 alunos e não tem professores, não tem transporte escolar. Esse é o símbolo da nossa educação, que não funciona, não forma. Estamos cheios de analfabetos funcionais. Enquanto isso, o governador anuncia o Ronda Cidadã, que eu desafio daqui a 40 dias a população telefonar e a polícia chegar em três minutos como está sendo anunciado”, disse ele.

Para o deputado, um Estado ou um País que não tem uma boa Educação, não tem desenvolvimento econômico. No pronunciamento, o deputado também criticou o fato do Governo ter prometido a terceira ponte para a Zona Norte de Natal e ainda o “esvaziamento” do Programa de Erradicação das Drogas (Proerd) para a realização e concretização do Ronda Cidadã. “O Proerd tem R$ 40 milhões para educação e prevenção. Esse dinheiro não poder ser utilizado no Ronda Cidadã”.  Kelps Lima ainda falou sobre a pesquisa da Fiern sobre a aprovação do Governo Robinson Faria.

Em aparte, Galeno Torquato (PSD) disse que o Governo do Estado está implantando o Ronda Cidadã, o que foi cobrado pela oposição em plenário. José Dias (PSD) disse que a única boa ação do Governo é o pagamento dos salários, que aconteceu graças à aprovação da unificação dos fundos previdenciários pela Assembleia. Já Gustavo Fernandes (PMDB) questionou o resultado da pesquisa divulgada pela Fiern. Segundo ele, não é a realidade que se vê no Estado. Jacó Jácome (PMN) demonstrou preocupação em relação ao Proerd. O parlamentar citou dados sobre o programa e ressaltou a importância para crianças e adolescentes do Estado.

O Líder do Governo na Assembleia, Fernando Mineiro (PT), participou da discussão e informou que o Ronda Cidadã não utilizará recursos financeiros do Proerd. Segundo ele, a segurança foi um dos pontos apontados pela pesquisa da Fiern como de maior prioridade para a população e também falou sobre as ações do Governo para a Educação, como a convocação de professores concursados.

Dison Lisboa (PSD) disse que atual gestão melhorou o Estado. “Não é o ideal ainda, mas o Governo está bem melhor que antes e eu torço para que melhore”. Ricardo Motta (PROS) elogiou o pronunciamento de Kelps Lima e fez uma análise das ações do Governo. Afirmou que é visível a boa vontade dos gestores, mas que ainda é preciso avançar, sobretudo na melhoria das estradas. “A Assembleia está pronta para ajudar o Rio Grande do Norte”, concluiu Motta.

Ministério Público

Ministério Público apresenta relatório de gestão à Assembleia Legislativa

O aumento no número de cidadãos atendidos pelo Ministério Público, passando de 15.202 em 2013 para 21.299 em 2014 é um dos resultados que o Ministério Público Estadual (MPE/RN) apresentou na manhã desta terça-feira (7) aos deputados estaduais na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Segundo o procurador Geral de Justiça, Rinaldo Reis, um dos focos das mudanças foi a gestão administrativa, incluindo modernização, capacitação e treinamento de pessoal e ainda a gestão de tecnologia da informação, entre outros aspectos. O presidente da Assembleia Ezequiel Ferreira presidiu a reunião, que contou com a presença da maioria dos deputados da Casa.

Rinaldo Reis fez um balanço das ações do biênio 2013-2014 e disse que a ação do MPE nos próximos dois anos será pautada por um combate mais firme à criminalidade. Ele ressaltou o apoio da Assembleia Legislativa em mudanças que tiveram que ser realizadas na estrutura do órgão, relativas ao organograma. “Nosso organograma teve pequenas modificações que conseguimos fazer graças ao apoio decisivo da Assembleia em aprovar a Lei que criou a função de coordenador regional, distribuídos em 6 regiões do Estado”, afirmou.

Rinaldo Reis citou dados da execução financeira do órgão. Em 2014 o MPE executou 94,74% do orçamento que lhe foi destinado. Até 31 de dezembro de 2014, 69% do orçamento foi destinado às despesas com pessoal, 26% com despesas correntes e 4,20% em capital. O procurador também citou dados relativos ao patrimônio: atualmente são 42 prédios próprios e 18 terrenos para construção de sedes próprias, entre outros imóveis cedidos e locados.

Capacitação
Um dos aspectos ressaltados por Rinaldo Reis foi o investimento em capacitação de pessoal. Atualmente, cerca de 15 membros do MPE cursam o mestrado profissional sem se ausentar de suas atividades e na modernização administrativa, com a aquisição do Data Discovery Qlikview, uma solução em gestão da informação, que dá suporte para decisões institucionais, ao fornecer diagnósticos organizacionais e ambientais.

Portal da transparência, transmissões online das sessões, mais segurança nas instalações físicas e nas informações e um programa de vigilância eletrônica das sedes foram outras inovações implementadas. “Não tivemos medo de inovar, buscar novos métodos de trabalho, novas formas de preenchimento de cargos e sempre para essas ações foi necessária a ajuda da Assembleia Legislativa”, destacou Reis.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PMDB) disse que a transparência na prestação de contas e os números apresentados engrandecem o MPE pelo seu trabalho e competência. “Em nome desta Casa, quero dizer que o Poder Legislativo continuará sendo parceiro do Ministério Público como sempre foi, ajudando-o como sempre o ajudou e este sentimento é o de toda Casa legislativa e de todos os 24 deputados estaduais. Nos honra ter nesta Casa a prestação de contas e a transparência que o procurador Rinaldo Reis faz dos seus dois anos. Quero parabenizá-lo em nome de toda a Assembleia Legislativa”, concluiu Ezequiel.

Política » Turismo

Henrique Alves empossa novo Secretário Nacional de Políticas do Turismo

O novo Secretário Nacional de Políticas do Turismo (SNPTur), Junior Coimbra, assumiu o cargo na manhã desta terça-feira (7), em Brasília (DF). A cerimônia, realizada no Ministério do Turismo, contou com a presença do ministro Henrique Alves, do presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, parlamentares, secretários de turismo e demais autoridades e representantes do setor.

É a primeira vez que um membro do Conselho Nacional de Turismo assume o cargo na Secretaria Nacional de Políticas do Turismo. Para o ministro Henrique Alves, esse fato simbólico mostra o comprometimento do ministério com o setor, pois dará importância àqueles que vivem o dia a dia do turismo no país. “É um segmento enraizado em todas as regiões brasileiras, que permeia 52 atividades econômicas e contribui para gerar emprego e renda aos brasileiros. Por isso é preciso fortalecer o setor, e a SNPTur vai trabalhar sob essa perspectiva. O objetivo será alinhar ações dos governos em conjunto com os membros do Conselho Nacional de Turismo”, lembrou.

Alves também citou projetos que vem articulando à frente da pasta, especialmente aqueles que contribuem para incrementar a competitividade do turismo brasileiro. Entre eles, a isenção de visto para entrada dos norte-americanos no país durante os Jogos Olímpicos e a criação de áreas especiais de interesse turístico, que permitirá, por exemplo, que parques nacionais sejam explorados de forma sustentável, atraindo investidores.

Em seu discurso, Coimbra agradeceu a indicação e mencionou os desafios que irá assumir nessa nova etapa. “Considerando que estamos nos preparando para receber uma Olimpíada, vou ajudar no processo de reposicionamento do turismo dentro da política de governo. Em um ano de ajustes, entendo que o setor pode ser uma das saídas para superar os desafios atuais do país”, falou.

À frente da SNPTur, Coimbra destacou que, entre suas expectativas, está a construção de uma agenda positiva para melhorar o ambiente de negócios para a iniciativa privada. “Quero implantar a primeira grande conferência nacional do turismo para ouvirmos as bases municipais e estaduais, com intuito de alinhar nossas políticas para o setor”, completou.
Perfil – Natural do município de Filadélfia (TO), Junior Coimbra é formado em jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão e mantém o cargo de diretor nacional de Relações Institucionais da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (2015-2016), entidade membro do Conselho Nacional de Turismo.

Em sua experiência política, exerceu o cargo de deputado federal. Na Câmara dos Deputados, Coimbra foi presidente da Comissão Especial da Desvinculação de Receitas da União (DRU), vice-presidente da Comissão de Finanças e Tributação (CFT), além de ter sido o relator de projetos importantes como da Secretaria da Micro e Pequena Empresa e do Pronatec. Ele também exerceu o cargo de deputado estadual, vereador de Palmas e prefeito do município tocantinense de Itaporã.

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!