Economia

Governo quer autorização para registrar rombo de quase R$ 100 bilhões em 2016

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa.

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa.

Pressionado pelo PT a fazer mais gastos para estimular a economia num momento em que as receitas estão em queda livre, o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, informou, nesta quarta-feira, que vai pedir ao Congresso autorização para alterar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016 e registrar um rombo de R$ 96,65 bilhões, ou 1,55% do Produto Interno Bruto (PIB), nas contas públicas. Caso o Legislativo dê o sinal verde, este será o terceiro ano consecutivo de déficit primário.

Barbosa admitiu que “ninguém está confortável” com esse resultado e que ele vai elevar a dívida pública. Mas afirmou que um novo déficit é necessário diante da recessão atual. O ministro ponderou que o papel do governo é agir para estimular a economia para que haja uma recuperação da renda, do emprego e da arrecadação de impostos.

— Ninguém está confortável com um déficit desses, mas estamos indo para o segundo ano de retração. Com certeza isso vai acarretar num aumento temporário da dívida, mas, nesse momento, é necessário que o governo ajude a recuperar a economia. Se cortarmos ainda mais os investimentos, isso vai prejudicar a recuperação. Cabe ao governo estabilizar o emprego e a renda — disse ele.

O Globo

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!