Arquivos:

Copa do Mundo » Esporte » Futebol » Seleção

Olé Centenário: Paulinho vira carrasco, Brasil goleia Uruguai e pode garantir vaga na terça

Teve direito a carrasco. Teve mais um show de Neymar. Teve dois golaços. Teve outra boa atuação do Brasil. Teve mais uma vitória. Com a goleada de 4 a 1 sobre o Uruguai na noite desta quinta-feira, no Estádio Centenário, a Seleção seguiu imbatível sob o comando de Tite nas eliminatórias. A sétima vitória seguida, com três gols de Paulinho, um de Neymar e ”Olé” em Montevidéu, deixou a equipe com um pé na Copa do Mundo da Rússia em 2018. Uma vitória sobre o Paraguai na próxima terça, em São Paulo, pode selar a classificação. A Seleção precisa vencer e torcer por tropeços de Equador e Chile.

Globo Esporte.com
Copa do Mundo » Rio Grande do Norte

Arena das Dunas teve o maior lucro entre estádios da Copa

Arena teve 'lucro' de R$ 20 milhões, o maior entre os 12 estádios da Copa.

Arena teve ‘lucro’ de R$ 20 milhões, o maior entre os 12 estádios da Copa.

Um levantamento divulgado nesta sexta-feira (12) aponta a Arena das Dunas como o estádio mais lucrativo entre os 12 que foram utilizados na Copa do Mundo, que completa exatamente um ano hoje. Ao todo, a principal praça esportiva do Rio Grande do Norte teve um lucro de R$ 20 milhões. O estudo foi feito pelo jornal Folha de São Paulo.

De acordo com o levantamento, além da Arena das Dunas, somente os estádios Mineirão, Beira Rio e Itaquerão apresentaram lucro, com base no balanço divulgado pelos órgãos que administram cada um dos 12 estádios do Mundial do Brasil.

Ficaram no prejuízo a Arena Pantanal, Arena da Baixada, Arena da Amazônia, Estádio Nacional Mané Garrincha, Fonte Nova, Arena Pernambuco, Castelão e Maracanã. No caso do estádio carioca, déficit foi de R$ 77,2 milhões, R$ 28 milhões a mais que os sete estádios que ficaram no vermelho juntos.

Voltando a Arena das Dunas, é preciso esclarecer ainda que o número poderia ser negativo. O estádio teve incluso em seu balanço R$ 105 milhões destinados ao pagamento do financiamento para a sua construção, segundo informações da OAS, empresa que administra o equipamento. Embora não tenha vindo de receitas pela sua utilização, serviu para garantir o saldo positivo neste primeiro ano de funcionamento.

Outro caso que merece atenção é o Itaquerão. O novo estádio do Corinthians foi o terceiro mais lucrativo, porém, ainda não entraram no balanço as parcelas de pagamento dos empréstimos realizados para sua construção. A partir de julho deste ano, o clube paulista vai pagar R$ 5 milhões por mês ao BNDES, que custeou a obra, dentro de um período de 12 anos.

Especialistas consultados pela Folha indicam ainda que a baixa qualidade dos jogos, aliado aos horários das partidas e o alto custo de operação explica o déficit da maioria dos estádios. ” A viabilidade das arenas depende da qualidade do espetáculo que queremos no Brasil”, disse Denio Cidreira, diretor da Odebretcht Properties, empresa que participa da administração do Maracanã, da Fonte Nova e da Arena Pernambuco.

Copa do Mundo » Esporte

Alegando risco político na Rússia, Alemanha quer sediar Copa de 2018

A tensão política entre Rússia e Ucrânia e os conflitos no Leste europeu fizeram o presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla em alemão), Wolfgang Niersbach, defender a mudança da sede da Copa de 2018 para a Alemanha. Em entrevista ao diário alemão “Bild”, o dirigente afirmou que a competição que será sediada pela Rússia está sob risco: “Observamos com muita preocupação o desenvolvimento político na Rússia, algo que não era previsível quando se tomou a decisão de entregar ao país a tarefa de organizar a Copa de 2018”.

Niersbach está à frente de um grupo de políticos alemães que defende a ideia de mudar a sede do próximo Mundial, especialmente após a conquista da Copa no Brasil. O dirigente chegou a afirmar que a alteração seria justa com a atual campeã: “Naturalmente a Alemanha seria, como campeã mundial, a alternativa adequada para celebrar a Copa do Mundo. O melhor seria realizá-la em parceria com Polônia e Ucrânia, que também possuem estádios modernos”, disse o dirigente.

Pesa como argumento para os alemães a estrutura dos estádios do país, que sediou a Copa há apenas oito anos. A boa média de público do Campeonato Alemão também é um dos trunfos de Niersbach. Agora, a federação recebeu apoio de políticos de partidos que fazem parte do governo Ângela Merkel. No entanto, a Fifa, que enfrenta pressões por causa da escolha do Qatar como sede da Copa em 2022, não se pronunciou sobre as declarações dos alemães.

O Globo
Copa do Mundo » UFRN

Mérito: Fifa envia carta elogiando a participação da UFRN na Copa do Mundo

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte recebeu uma carta da Fifa agradecendo a concessão do espaço para funcionamento do Centro Oficial de Treinamento durante o período de Copa do Mundo em Natal. De acordo com a agência de comunicação da Universidade, a carta classificava o mundial do Brasil como uma “memorável jornada” e ressalta que a entidade não pode “deixar de demonstrar o grande apreço por todo esforço despendido na direção de um objetivo em comum”.

Para o Chefe do Serviço Executivo, Ricardo Trade, e o Gerente Geral de Competição e Serviços às Equipes, Frederico Nantes, a expectativa é que a estrutura esportiva que fica como legado seja usada para a formação de novos atletas e para o desenvolvimento do esporte. “Esperamos que a UFRN possa dar continuidade na utilização da instalação esportiva para formação de novos atletas, realização de partidas oficiais, amistosos e eventos e com isso impulsionem o desenvolvimento do esporte no país”.

Com informações da Tribuna do Norte
Copa do Mundo

Felipão custava “só” R$ 1,5 milhão por mês para a CBF

O vexame da derrota por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo não foi a única causa da demissão de Luiz Felipe Scolari. O presidente da CBF, José Maria Marin, deixou vazar a informação de que treinador recebia um salário de R$ 1,5 milhão por mês, entre salários e encargos trabalhistas.

Ao contrário de todos os clubes brasileiros, a CBF paga 100% do salário em carteira, o que aumenta muito o custo mensal. Marin alegou à direção da CBF, como justificativa para a demissão do treinador que é incompatível manter gastos de R$ 1,5 milhão após os resultados da Copa.

O presidente da CBF reclamou também aos dirigentes mais próximos da dificuldade de trabalhar com Felipão devido ao seu temperamento e de não aceitar dicas nas escalações.
Desde o anúncio da demissão de Felipão, no domingo, Marin e seu vice-presidente, Marco Polo Del Nero, procuram um substituto. O mais provável é que a CBF anuncie primeiro o nome do ex-lateral-esquerdo Leonardo, atualmente dirigente, para a função de coordenador técnico e depois acerte com um novo treinador.

IG
Acontecimento » Copa do Mundo » Internet

Omitindo informações: Google escondeu textos ‘humilhantes’ sobre 7×1 do Brasil

Ainda sobre a Copa do Mundo. Uma unidade do Google escondeu notícias e textos avaliados muito “negativos” ou “humilhantes” sobre a derrota da seleção brasileira por 7 a 1 contra a Alemanha, nas semifinais. A informação é da Folha de São Paulo.

Em uma “redação experimental” da gigante da internet, uma equipe de cientistas, tradutores e redatores adaptou o conteúdo surgido na Copa que poderia ser “viralizado” (compartilhado rapidamente) nas redes sociais.

No serviço “Google Trends” em português, textos sobre “humilhação” ou “vergonha” (termos entre os mais pesquisados no Google Brasil no dia do jogo) não foram listados.

Copa do Mundo » Emoção » Sucesso

Copa no Brasil: Fifa dá nota 9,25 para organização do evento

O presidente da Fifa elogiou a organização do Brasil e disse que a Rússia terá uma missão muito maior de agora em diante.

O presidente da Fifa elogiou a organização do Brasil e disse que a Rússia terá uma missão maior de agora em diante.

Joseph Blatter, presidente da Fifa, deu nesta segunda (14), durante entrevista, a nota 9,25 ao Brasil pela organização da Copa do Mundo, assim como apontou que a qualidade do jogo em campo foi “excepcional”.

Na África do Sul, palco do Mundial de 2010, Blatter deu nota 9 para o evento. Agora, ele destacou: “passamos a noite debatendo a nota e chegamos à conclusão que o Brasil tirou nota 9,25″. Em seguida, ele usou bom humor ao comentar o número atribuído aos brasileiros. “A perfeição não existe. Quem tira 10 teve algum tipo de acordo com o professor”, disse, para depois completar: “mas o Brasil melhorou a Copa em relação ao que vimos na África do Sul”.

Blatter também enfatizou que o alto nível técnico das partidas e a boa organização do Mundial fará a Rússia ter uma missão dura na organização da próxima edição da competição, pois terá o bom desempenho do Brasil como organizador como referência. “Foi minha décima Copa. O que a faz tão especial é o futebol e a qualidade do futebol. Foi uma Copa especial. Começou o torneio com um futebol ofensivo. Antes, eles se observaram. Desta vez, vimos ‘boom, boom’”, afirmou o suíço, ao lembrar da coragem exibida pelas seleções de buscar o ataque.

Estadão Conteúdo
Copa do Mundo

No final da Copa, Dilma recebeu vaias e xingamentos tímidos

Dilma entre caras e bocas no momento em que foi vaiada no Maracanã.

Dilma entre caras e bocas no momento em que foi vaiada no Maracanã.

Como se não bastasse a revolta dos brasileiros externada com xingamentos em outros momentos ao longo da Copa do Mundo, a presidente Dilma Rousseff foi novamente vaiada por parte do público do estádio Maracanã, no Rio, quando entregava a taça para Philipp Lahm, capitão da seleção da Alemanha.O som das vaias se misturava à celebração da torcida pela equipe alemã, que venceu a Argentina por um a zero e se tornou tetracampeã mundial de futebol na noite do domingo (13).

Aos 18 min do segundo tempo, a presidente Dilma Rousseff ouviu o primeiro grito de xingamento contra ela na final da Copa entre Argentina e Alemanha, no Maracanã. Tímido e sem tomar conta do estádio, o coro repetiu a frase dita na abertura da Copa. “Ei, Dilma, vai tomar no c…”, gritou uma parcela dos torcedores no estádio. Dilma assistiu ao jogo sentada na tribuna de honra entre a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente da Fifa, Joseph Blatter.

Copa do Mundo » Destaque

Copa do Mundo: Messi conquista Bola de Ouro, e Neymar fica com Chuteira de Bronze

Neuer e Messi se cumprimentam, observados por José Maria Marin, presidente da CBF (Foto: André Durão).

Neuer e Messi se cumprimentam, observados por José Maria Marin, presidente da CBF (Foto: André Durão).

O argentino Lionel Messi foi eleito o melhor jogador da Copa do Mundo de 2014. Com quatro gols em sete jogos, o jogador conduziu a Argentina na campanha do vice-campeonato. Apesar da conquista individual, “La Pulga”, graças à análise do Grupo de Estudos Técnicos da FIFA , recebeu o troféu com cara de poucos amigos. Quem também acabou premiado foi o brasileiro Neymar. Ganhou a Chuteira de Bronze, por ser o terceiro na lista de artilheiros pelos seus quatro gols.

Mesmo com o prêmio, Messi não teve atuação destacada durante a partida deste domingo (13). O jogador parou na boa marcação dos defensores da Alemanha. Thomas Müller ficou com a Bola de Prata, e o holandês Robben, com a de Bronze. Campeões, os alemães ganharam um prêmio individual. Neuer conquistou a Luva de Ouro de melhor goleiro da Copa. Em sete partidas no torneio, sofreu apenas quatro gols. O volante francês Pogba ficou com o troféu de revelação, para jogadores nascidos depois de 31 de dezembro de 1992.

A Colômbia levou dois prêmios. James Rodriguez foi o Chuteira de Ouro, com seis gols em cinco partidas. Além disso, a seleção ganhou o Prêmio Fifa Fair Play, por ter sido a que passou da primeira fase e foi punida menos vezes com cartões. Foram cinco amarelos em cinco jogos. Artilheiro da Copa de 2010, o alemão Thomas Müller ficou com a Chuteira de Prata desta vez, pelos seus cinco gols em sete partidas.

Neymar acabou com a Chuteira de Bronze pelo segundo critério de desempate. Com quatro gols e uma assistência, mesmo número de Messi, ficou à frente por ter jogado menos minutos do que o argentino (457 contra 693) – Van Persie, da Holanda, balançou a rede o mesmo número de vezes, mas não deu passe para que algum companheiro marcasse.

G1
Copa do Mundo

Tetracampeã: Alemanha vence a Copa do Mundo 2014

Seleção alemã conquista o tetracampeonato na Copa do Mundo.

Seleção alemã conquista o tetracampeonato na Copa do Mundo.

Vinte e quatro anos depois e novamente com vitória sobre a Argentina, a Alemanha vence a Copa do Mundo e torna-se tetracampeã, assim como a Itália e com um título a menos que a seleção brasileira. Organização, disciplina, técnica e carisma marcaram a campanha dos europeus, que nas semifinais golearam o Brasil por 7 a 1, no Estádio do Mineirão. Autor do gol que deu o título para a Alemanha, a oito minutos do fim da prorrogação, Mario Götze foi escolhido o melhor em campo.

Os alemães terminam o Mundial invictos e com o melhor ataque da competição. Liderada por Messi, eleito quatro vezes melhor jogador do mundo, a seleção argentina segurou o ataque alemão até os sete minutos do segundo tempo da prorrogação. Em 120 minutos de jogo, Alemanha e Argentina disputaram cada espaço do campo. Vindo de duas prorrogações, os argentinos aparentaram estar mais cansados nos instantes finais da prorrogação do que os alemães.

Com o título, a Alemanha torna-se a terceira tetracampeã de futebol, e a primeira seleção europeia a vencer uma Copa do Mundo fora do continente europeu. O time de Joachim Löw receberá a Taça da Copa das mãos da presidenta Dilma Rousseff. O time levará para Berlim uma réplica banhada a ouro do troféu.

Com o título, os alemães repetem a história de Brasil e Itália na conquista do tetracampeonato. Depois de se tornar tricampeão em 1970, o Brasil só voltou a vencer em 1994, 24 anos depois. Já a seleção italiana, conquistou o tri em 1982 e duas décadas e quatro anos voltou a erguer a taça. Assim como a agora tetracampeã Alemanha, cujo o último título havia sido em 1990.

Agência Brasil

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!