Brasil

MUTIRÃO: Mais de 1,7 milhão de cartas e encomendas são entregues no fim de semana pelos Correios

Nesta segunda-feira (25), no Rio Grande do Norte, 90,84% do efetivo está presente e trabalhando – o que corresponde a 1220 empregados. Do efetivo total dos Correios no Brasil, 90,77% está presente e trabalhando — o que corresponde a 98.545 empregados.

No último fim de semana (23 e 24), em todo país foram entregues mais de 1,7 milhão de objetos postais (entre cartas e encomendas) como resultado do mutirão realizado nas localidades onde há paralisação parcial — a ação faz parte do Plano de Continuidade de Negócios. Mais de 6,2 mil empregados participaram da ação, que tem o objetivo de manter o serviço em dia.

A rede de atendimento está aberta em todo o país e todos os serviços, inclusive o SEDEX e o PAC, continuam sendo postados e entregues em todos os municípios do país, sem exceções. Os serviços com hora marcada (Sedex 10, Sedex 12, Sedex Hoje, Disque Coleta e Logística Reversa Domiciliária) estão com postagens suspensas para os seguintes destinos: Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Piauí e Rio Grande do Sul, e para algumas cidades do interior de São Paulo. O volume dos serviços com hora marcada postado para esses destinos representa apenas 0,5% de todas as encomendas entregues pelos Correios e a suspensão foi realizada com o intuito de redirecionar os recursos para os demais serviços, que são os mais utilizados pelos clientes.

Negociações – Na tarde da última sexta-feira (22), os Correios e a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect) chegaram a uma proposta de Acordo Coletivo de Trabalho para o biênio 2017/2018, que contempla reajuste de 3% nos salários e benefícios a partir do mês de janeiro de 2018 e manutenção do ACT 2016/2017. Os Correios aguardam, agora, o resultado das assembleias da Findect e confiam no bom senso dos trabalhadores para fechar o acordo coletivo.

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), por sua vez, iniciou a paralisação nas bases de seus sindicatos filiados antes do fim das negociações. Essa atitude coloca em risco não apenas a qualidade dos serviços prestados pelos Correios aos clientes e à população brasileira, mas também prejudica o esforço de todos os empregados que, ao longo deste ano, trabalharam para reverter a situação financeira da empresa.


Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!