Arquivos:

Notícias

Oi libera chamadas para qualquer operadora a partir de novembro

A Oi começou a divulgar um vídeo pela internet em que convoca os seus clientes a esperarem por uma revolução no mercado de comunicação brasileiro. Fazendo suspense, a operadora diz que a partir de hoje, 3 de novembro, “o seu jeito de se comunicar vai mudar”.

Oficialmente, a companhia não diz que tipo de novidades preparou para os seus consumidores, mas analisando a mensagem subliminar que o comercial produzido tenta passar, e segundo fontes próximas da operadora, a principal boa notícia é o fim da cobrança diferenciada para números de operadoras concorrentes, chamado de “efeito clube”, que obrigava muitos usuários a ficar em uma prestadora de forma forçada, apenas porque a maioria das pessoas da sua região eram clientes de determinada empresa.

Turismo

Brasil é o único país latino que vai encerrar 2015 com redução na oferta de voos comerciais

O Brasil é o único país latino que vai encerrar 2015 com redução na oferta de voos comerciais. Em dezembro, o País vai registrar uma queda de 3% no volume de passagens aéreas à venda no mercado de acordo com projeções da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), que consideram voos domésticos e internacionais. Essa é uma reação das empresas aéreas ao pior cenário macroeconômico para o setor nos últimos dez anos. Com o dólar alto e a economia em recessão, as empresas operam no vermelho e os investidores colocam em xeque a viabilidade financeira das companhias.

O Brasil responde por cerca de um terço do tráfego aéreo da América Latina, que fechará o ano com expansão de 5% da capacidade, segundo dados dos sete maiores mercados (veja ao lado). O maior crescimento será no México (13%), seguido de Colômbia (12%) e Chile (11%).

No mercado brasileiro, o corte de oferta já começou. Em setembro o volume de assentos oferecido caiu 1,74% em relação ao mesmo período de 2014, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Por enquanto, a redução vem das líderes TAM e Gol, enquanto as duas empresas menores, a Azul e a Avianca, apenas desaceleram um movimento de expansão.

Nos próximos meses de 2015 e 2016, a retração deve ser ainda maior. A presidente da TAM, Claudia Sender, disse que até o fim de novembro terá implementado a redução de 10% na malha doméstica, anunciado em julho. “Vamos avaliar os próximos passos conforme tivermos mais clareza especialmente sobre o patamar de câmbio. Somos parte de um grupo multinacional (a Latam, com sede no Chile) e podemos transferir capacidade para mercados mais fortes”, afirmou.

A Gol prevê corte de 2% a 4% na capacidade no segundo semestre deste ano. “Vivemos o pior cenário para aviação brasileira da história da Gol. A única alternativa gerenciável é reduzir oferta”, disse o presidente da Gol, Paulo Kakinoff, em entrevista no início do mês.

O Estado apurou que a Gol deverá ampliar esse movimento no ano que vem, com redução de frota. A companhia aluga entre três e quatro aviões por ano para empresas europeias durante o verão europeu, baixa temporada no Brasil. Ano que vem o número de aviões “alugados” deve ficar entre nove e 12.

Segundo estimativas do sócio da Bain&Company, André Castellini, há um excesso de oferta nos voos nacionais entre 15% e 20%. Outras duas fontes do setor estimam que há uma necessidade de retirada de “pelo menos 10%” do volume de assentos disponíveis nos voos domésticos para que as companhias possam operar com lucro.

Mudança. O movimento de redução de oferta em um mercado competitivo gera uma queda de braço entre as empresas. “Numa rota em que há excesso de oferta, TAM, Gol e Azul, por exemplo, têm um voo diário com prejuízo. A rota poderia ser rentável se uma delas saísse. Mas quem vai sair? Isso vai beneficiar quem fica”, explica uma fonte do setor. “Mas, se ninguém quiser sair, todo mundo vai queimando caixa.”

Desde 2012, a Gol e a TAM tentam recuperar sua rentabilidade parando de ampliar a frota e abandonando algumas rotas deficitárias. A Azul e a Avianca continuaram a trazer aviões para o País – a oferta delas cresceu 125% e 180% de setembro de 2011 para o mesmo mês deste ano, período em que as duas líderes cortaram juntas quase 15% dos seus assentos.

Com a crise econômica se agravando, a Azul e a Avianca já falam em mudar de estratégia. A Azul tem frota suficiente para ampliar em 15% sua oferta de passagens aéreas nacionais em dezembro, mas está voando menos e vai aumentar sua capacidade em apenas 3,9%, explica o presidente da Azul, Antonoaldo Neves. Em 2016, a previsão é de que o impacto na oferta varie de uma redução de 1% até uma alta de 3%. “Nossos jatos poderiam voar 12 ou 13 horas por dia, mas voam 10 horas. Não é eficiente. Podemos nos desfazer de aeronaves”, disse. A empresa poderá antecipar a devolução de cerca de 15 aeronaves Embraer 190 que eram da Trip, empresa comprada por ela em 2012. Mesmo assim, ele diz que a empresa vai manter os planos de recebimentos de oito Airbus A320 no fim de 2016.

Já a Avianca deve expandir em 15% sua oferta este ano, segundo o presidente da empresa, José Efromovich. O motivo é que a companhia deu sequência ao seu plano de substituição dos seus Fokker 100, modelos com 100 assentos, por aviões Airbus 320, com 162 lugares. “Lamentavelmente esse plano nos coloca numa posição de expansão de oferta em um cenário de recessão”, disse Efromovich. A empresa não tem projeções ainda para 2016. “Estamos vivendo uma incógnita política e econômica no Brasil que é ruim para a aviação comercial.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

 

Estadão Conteudo
Notícias

Pela segunda vez em 15 dias mulher é fotografada sem roupa nas ruas de Passa e Fica

Em menos de 15 dias, os moradores e transeuntes da rodovia estadual RN 093, mas precisamente no trecho que corta a zona urbana do município de Passa e Fica, uma jovem já foi fotografada pelo menos duas vezes, a ultima foi na manhã desse domingo, as margens da rodovia e diante da placa de acesso a um dos principais atrativos turísticos do RN e PB. Não se sabe as razoes que levam essa jovem agir dessa forma, alguns atribuem ao uso de entorpecentes e outros a um possível distúrbio mental. Enquanto não se sabe a qualquer momento pode se encontrar com a peladona da fronteira.

Regional Online
Notícias

Seridó, nas trilhas da tradição

Inaugurado em 1959, o açude Gargalheiras, em Acari, foi eleito uma das sete maravilhas do Rio Grande do Norte no ano de 2007, mas o reservatório não resistiu aos últimos quatro anos seguidos de estiagem — 2012, 2013, 2014 e 2015 — e secou.

Inaugurado em 1959, o açude Gargalheiras, em Acari, foi eleito uma das sete maravilhas do Rio Grande do Norte no ano de 2007, mas o reservatório não resistiu aos últimos quatro anos seguidos de estiagem — 2012, 2013, 2014 e 2015 — e secou.

Chegar ao topo da Serra da Capelinha, em Parelhas, no Seridó, exige algum esforço. Mas a subida é recompensada com a vista do pôr do sol lá do alto. Um espetáculo e tanto! E quando esse cenário de cinema ganha uma trilha sonora ao vivo bem apropriada, com músicas de Luiz Gonzaga e Dominguinhos, aí não tem adjetivo que descreva a sensação. Só vivenciando pra saber.

A contemplação do crepúsculo de cima da serra e ao som da sanfona é, sem trocadilho, um dos pontos altos do roteiro Seridó Tradição, elaborado e promovido com exclusividade pela Pé na Estrada Trilhas Ecológicas, empresa que atua no segmento de esportes radicais e de aventura, trilhas ecológicas e vivências em ambientes naturais.

A preocupação em ter contato com a história dos lugares visitados e seus moradores é outro diferencial da Pé na Estrada. O roteiro Seridó Tradição começa, por exemplo, em um pequeno sítio em Currais Novos onde vive o casal de agricultores Chicão e Cida. Depois de apresentar sua propriedade e contar como conseguem conviver com a seca, eles servem aos visitantes um delicioso café da manhã regional, com pamonha, canjica, cuscuz, bolo, queijo de coalho, tapioca e outras iguarias do sertão — tudo feito lá mesmo.

A próxima parada é em Parelhas, para conhecer o Sítio Arqueológico do Mirador, onde estão preservadas pinturas rupestres de 9.000 anos. As gravuras encontram-se na serra às margens da Barragem do Boqueirão, que resiste com 10% de sua capacidade de água. Depois da visita, conduzida pelo guia Dean Carvalho, que sabe tudo do lugar, a programação continua com o almoço no restaurante Recanto Verde, um lugar simples e agradável, com convidativas redes à sombra de árvores, para o descanso após um banquete preparado com o melhor da culinária seridoense.

O roteiro é retomado com a subida da Serra da Capelinha, por volta das 16h, pra que se chegue ao topo antes de escurecer. A caminhada é bem mais longa e íngreme que a primeira, mas o esforço é válido. De um lado, dá pra ver a Barragem do Boqueirão. Do outro, uma pequena cadeia de montanhas da Serra da Borborema, onde o sol se despede.

Lá no alto, os pequenos sanfoneiros parelhenses Alan e Pedro dão um show com um repertório de gente grande. Eles arrocham o fole e Dominguinhos, Luiz Gonzaga, Beethoven e Ernesto Nazaré ecoam na serra enquanto o sol se põe. Uma maravilha de espetáculo protagonizado pela música e natureza.

A noite reserva ainda uma ótima prosa nos alpendres centenários da Fazenda Rajada com o proprietário Carlos Alberto, incentivador do turismo local, e com o professor e historiador Helder Macedo, que dá uma “senhora” aula sobre a história do Seridó, desde a colonização e extermínio dos índios Tarairiu, passando pelo ciclo do gado e a saga da família do coronel Quincó (antigo proprietário da fazenda). O poeta popular Divino Sena declama versos e a cozinha serve as mais finas iguarias de uma ceia sertaneja.

A dormida é na Pousada Gargalheiras, em Acari, de onde dá pra ter uma panorâmica do açude de mesmo nome, que se encontra seco. O roteiro termina com a trilha por dentro dele, conduzida pelo guia local Ivan. Em duas horas de caminhada, o que se vê são apenas cenas de seca para belas fotografias — canoas em chão rachado onde outro dia havia água, interessantes formações rochosas antes submersas, um pouco de verde, garças e vacas. Os acarienses esperam que chova logo (e muito), para ver o Gargalheiras cheio novamente e a barragem sangrar. Para que ele volte aos seus melhores dias, quando foi eleito uma das sete maravilhas do RN.

Tribuna do Norte
Policial » Religião

Vaticano tem duas prisões por vazamento de documentos

O Vaticano anunciou nesta segunda-feira que dois membros de uma comissão criada pelo Papa Francisco para estudar revisões financeiras junto à Santa Sé foram presos sob suspeita de vazamento de documentos confidenciais a jornalistas. As prisões vêm à tona apenas alguns dias antes da publicação de dois livros que devem colocar em pauta escândalos que marcam os bastidores da Igreja Católica.

Foram detidos o sacerdote espanhol Lucio Anjo Vallejo Balda e a especialista em comunicação e mídias sociais italiana Francesca Chaouqui. Eles foram levados sob custódia pela polícia do Vaticano no fim de semana. Francesca, entretanto, foi liberada na segunda-feira, depois de concordar em cooperar com a investigação, informou o Vaticano.

Balda, que tem 54 anos e é membro do Opus Dei, foi acusado de divulgar documentos confidenciais, um caso que lembra os vazamentos que minaram o pontificado de Bento XVI. Ele foi detido por ordem do Promotor de Justiça, segundo um comunicado da Santa Sé, que destaca como a divulgação de notícias e documentos confidenciais é “um crime sob a lei IX do Estado da Cidade do Vaticano, de 13 de julho de 2013”.

Já Francesca Chaouqui, de 33 anos, foi consultora para a reforma econômica e organizacional da Santa Sé. A jovem assessora do Vaticano era conhecida por seus tuítes polêmicos e sua amizade com um dos jornalistas que revelou os documentos do escândalo “Vatileaks” em 2012.

Divulgar documentos confidenciais tem causado transtornos ao Vaticano desde o vazamento de uma série de documentos, incluindo material pessoal pertencente ao Papa Bento XVI, que Gianluigi Nuzzi publicou no best-seller “Sua Santidade “.

Após a publicação desse livro, o mordomo pessoal do Papa, Paolo Gabriele, foi preso sob a acusação de vazamento dos documentos a Nuzzi. Gabriele foi julgado e foi condenado em outubro de 2012 a 18 meses de prisão. Ele foi perdoado dois meses depois por Bento.

Ecos do escândalo Vatileaks voltaram a repercutir no mês passado no Vaticano, quando um jornal italiano anunciou que o Papa Francisco tinha um tumor cerebral tratável. Mas o Vaticano negou a notícia.

As novas prisões vêm à tona apenas alguns dias antes da publicação de dois livros – “Avareza”, de Emiliano Fittipaldi, e “Merchants no Templo”, de Gianluigi Nuzzi – que pretendem levantar a tampa de antigos e novos escândalos no Vaticano. O Vaticano disse, nesta segunda-feira, que os próximos livros foram “fruto de uma grave traição da confiança do Papa”. E os autores foram avisados de que escritórios de advocacia do Vaticano estão considerando medidas legais.

O livro de Nuzzi será publicado em vários países na quinta-feira. A publicação pretende mostrar bastidores de lutas travadas por Francisco e seus assessores mais próximos para realizar uma reforma na Igreja. O conteúdo foi produzido com base em “documentos inéditos e gravações em fita”, segundo o material de divulgação do livro. A obra sugere que as finanças do Vaticano estavam em tal caos que Bento XVI não tinha escolha a não ser renunciar.

 

 

O Globo
Policial

Acusado de crime que chocou o RN em 2009 vai a júri popular nesta terça

Maria Luiza, de 15 anos, foi morta em 2009 (Foto: Arquivo da família)

Maria Luiza, de 15 anos, foi morta em 2009
(Foto: Arquivo da família)

O julgamento de Kleisson de Souza Freitas da Silva, um dos acusados de ter matado a estudante Maria Luiza Fernandes Bezerra, de 15 anos – crime que chocou o Rio Grande do Norte em 2009 – está marcado para esta terça-feira (3). De acordo com o sistema do Tribunal de Justiça do RN (TJRN), o júri popular acontece no Fórum Miguel Seabra Fagundes, em Natal, a partir das 8h. O acusado está preso no Centro de Detenção Provisória de Parnamirim.

Em novembro de 2014, o outro acusado de ter participado da morte da estudante foi a júri popular. Thiago Felipe Rodrigues Pereira, o ‘Thiago Cabeção’, de 28 anos, foi condenado a 26 anos e três meses de prisão em regime fechado. Ele foi condenado por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado, roubo qualificado, vilipêndio (maltrato de cadáver) e ocultação do corpo.

Kleisson de Souza Freitas da Silva (Foto: Arquivo Pessoal)

Kleisson de Souza Freitas da Silva (Foto: Arquivo Pessoal)

Na ocasião Kleisson não foi julgado porque o advogado dele estava viajando e não pôde comparecer ao júri. A defesa então alegou insanidade mental de Kleisson Souza e pediu a realização de um laudo de sanidade mental. No dia 2 de dezembro de 2014 a juíza Eliane Alves Marinho autorizou a realização de um exame de sanidade mental no acusado. O exame foi realizado no dia 17 de agosto de 2015. Segundo o advogado Arsênio Pimentel, o resultado do exame considerou o acusado semi-imputável (indivíduo que, embora aparentemente são, não tem plena capacidade de entender o caráter ilícito do fato). “Em razão desta condição mental, a pena pode ser reduzida em até 2/3 caso o réu seja condenado”, observou o advogado.

Assim como Thiago, Kleisson Souza também foi denunciado pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado, roubo qualificado, estupro, vilipêndio (maltrato de cadáver) e ocultação do corpo.

O crime

Maria Luiza saiu de casa no dia 21 de abril de 2009 (feriado de Tiradentes) para se encontrar com o namorado em uma lan house. Ela não chegou ao destino. Seis dias depois, o corpo da adolescente foi encontrado nu e já em avançado estado de decomposição em um lixão no bairro de Felipe Camarão, na Zona Oeste de Natal. A perícia constatou que a adolescente foi estuprada e estrangulada.

O promotor Augusto Flávio Azevedo conta que o assassinato de Maria Luiza teve uma “combinação de desejo e estímulo de droga”. “Há um desejo reprimido pela moça da parte de um dos acusados, o Thiago, e um flagrante do envolvimento de ambos os acusados com drogas. Os dois andavam juntos. Era um dia esquisito e chuvoso quando a menina foi pega a força e colocada em um carro. Ela sofreu diversos abusos, foi morta e o corpo foi desovado”, acrescentou.

G1
Esporte

No surf, natalense desbancou Medina e virou carrasco de lenda do esporte

Ítalo Ferreira está em sua 1ª temporada na WSL aos 21 anos.

Ítalo Ferreira está em sua 1ª temporada na WSL aos 21 anos.

Logo em sua etapa de estreia na elite do surfe, na Austrália, no começo de 2015, ele eliminou ninguém menos que Kelly Slater, dono de 11 títulos mundiais. Não pararia por aí. Na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, foi a vez de vencer Mick Fanning, detentor de três títulos mundiais. E voltaria a bater Slatter, nas ondas de Fiji, para virar carrasco da lenda do esporte na temporada.

Nesta sexta-feira (30), ele até perdeu a final da etapa de Portugal, a penúltima da Liga Mundial de Surfe (WSL), para o compatriota Filipe Toledo. Mas não sem antes deixar pelo caminho Gabriel Medina. Ele, aliás, já havia ganho uma bateria do atual campeão mundial no começo da competição no mar de Peniche. Acabou desbancando o amigo e referência, que ainda luta pelo bi mundial, sonho agora mais distante. Tudo isso aos 21 anos.

E o UOL veio ao Rio Grande do Norte saber quem é Ítalo Ferreira. Natural de Baía Formosa, Ítalo começou a surfar ainda criança e pedia pranchas emprestadas a seus primos para cair no mar. Apaixonou-se pelo esporte. Começou a treinar no Instituto Marazul, onde pegava ondas com o conterrâneo Jadson André, que também faz parte da “Brazilian Storm” (Tempestade Brasileira, em tradução livre do inglês) – termo cunhado na WSL para descrever a geração de jovens e talentosos surfistas tupiniquins que invadiram o circuito mundial.

Ítalo Ferreira chegou à elite do surfe em 2015 após ficar em 7ª lugar no World Qualyfing Series (WQS), divisão de acesso do esporte, no ano passado. E chegou com tudo, esbanjando aéreos, com estilo ousado de surfar e sem medo dos grandes nomes do esporte. Como pode-se ver pelo seu retrospecto até aqui.

Policial

Presos usam ‘teresa’ e três fogem de penitenciária em Mossoró

Três presos fugiram na madrugada desta segunda-feira (2) da Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró, cidade da região Oeste do Rio Grande do Norte. De acordo com a direção da unidade, os detentos serraram uma grade da cela do Pavilhão 1 e usaram uma ‘teresa’ (corda improvisada com lençóis) para escalar e pular o muro.

Segundo José Fernandes, vice-diretor do presídio, a fuga aconteceu pouco depois da meia-noite. Os presos que escaparam foram identificados como Jonathan Renan Bezarra Xavier, Reginaldo Marques de Oliveira e Renato Oliveira dos Santos. Ao todo, 28 homens estavam na cela no momento da fuga. A Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio tem capacidade para 200 presos, mas possui atualmente 417 apenados.

G1 RN
Mundo

Terremoto de 6,3 graus sacode norte do Chile e causa pânico

Terremoto de magnitude 6,3 graus na escala Richter sacudiu neste domingo o norte do Chile e causou pânico nos moradores de algumas localidades, embora não haja até o momento informações sobre vítimas e danos materiais.

Segundo o Centro Sismológico Nacional da Universidade de Chile, o tremor de terra foi sentido às 12h16 locais (13h16), com epicentro a 37 quilômetros ao noroeste de Socaire e a 1.718 quilômetros ao norte de Santiago, capital do país.

Já o hipocentro do tremor foi registrado a 123 quilômetros de profundidade, explicou o Centro Sismológico.

Segundo as emissoras de rádio da região, em várias localidades do estado de Antofagasta o tremor causou pânico nos moradores, que abandonaram rapidamente suas casas e correram para locais abertos.

 

Terra
Política

Deputada se arrepende após aprovar projeto que dificulta aborto pós-estupro

Apesar de ter votado a favor do projeto de lei que cria dificuldades para mulheres vítimas de estupro serem submetidas a um procedimento legal de aborto, a deputada federal Renata Abreu (PTN-SP) já considera mudar seu posicionamento. Entre as mulheres que participaram da votação, somente ela e Gorete Pereira (PR-CE) apoiaram o texto.

“Sinceramente, tenho repensando os pontos relativos ao B.O. [Boletim de Ocorrência] e ao corpo de delito. Inicialmente, pensava que a obrigatoriedade para a realização deles seria positiva para evitar a banalização do aborto. Mas, depois da votação, passei a conversar com mulheres que foram vítimas de estupro e percebi que a questão não é tão simples assim”, conta ao iG Renata.

“Movimentos de mulheres que sofreram estupro me mostraram que, normalmente, a primeira atitude das vítimas é a reclusão. E obrigá-las a passar por mais uma humilhação ou mesmo evitar buscar ajuda por temor a ela seria penalizar essas mulheres. Assim, se esses dados que me passarem estiverem realmente corretos, mudarei, sim, meu voto, e farei campanha para os colegas me apoiarem.”

Aprovado com ampla folga na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados – 37 votos a 14 –, na semana passada, o projeto que prevê a obrigatoriedade de exame de corpo de delito e registro de Boletim de Ocorrência para comprovar a violência sexual em caso de gravidez indesejada ainda precisa passar pelo Plenário da Casa antes de ir ao Senado e, consequentemente, para sanção presidencial. E é no voto ao lado de 513 deputados que a deputada pode mostrar um novo lado para a questão.

 

IG

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!