Arquivos:

Florânia » Vaquejada

Iniciada a venda de ingressos para a Vaquejada de Florânia com Pedrino Pegação, Raynel e Gianini

Essa promete reunir todo o Seridó

Florânia inicia a temporada das grandes vaquejadas do Seridó em 2017. E pra festa ficar ainda maior, três grandes shows animarão o público no sábado, 01 de abril. São eles: Raynel Guedes, que vem se destacando em todo o RN como um dos melhores repertórios do momento; o fenômeno Pedrinho Pegação, sucesso em todo o Brasil; e Gianini Alencar, destaque em todo o RN pelo seu talento e carisma.

Os ingressos já estão a venda em toda a região. Confira os locais e garanta já o seu:

FLORÂNIA: Vanderléia Variedades

TENENTE LAURENTINO: Griffs

SÃO VICENTE: Deluxe

CURRAIS NOVOS: Online For Men

Primeira remessa: R$ 30,00.

Brasil » Vaquejada

Senado aprova em primeiro turno PEC que autoriza prática da vaquejada

Parque de Vaquejada Dr Silvio Bezerra de Melo – Currais Novos/RN

O plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (14), em primeiro turno, por 55 votos a 8 (e 3 abstenções), a proposta de emenda à Constituição (PEC) que viabiliza a prática da vaquejada. De acordo com a PEC, “não são cruéis as práticas desportivas que utilizem animais, desde que sejam manifestações culturais”.

A PEC foi proposta depois que o STF derrubou, em outubro do ano passado, uma lei do Ceará que regulamentava esse tipo de prática, por entender que a atividade impõe sofrimento aos animais e fere os princípios constitucionais de preservação do meio ambiente. Após a decisão do Supremo, o Congresso aprovou, um mês depois, uma lei que tornou a vaquejada manifestação cultural nacional e patrimônio cultural imaterial, sancionada pelo presidente Michel Temer em novembro de 2016.

Vaquejada

Temer sanciona lei que eleva vaquejada à Patrimônio Cultural Imaterial

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O presidente Michel Temer sancionou a Lei 13.364, que eleva vaquejada e demais eventos do segmento à condição de manifestação cultural e patrimônio cultural imaterial.

Com a nova lei, vaquejada, montarias, prova de laço, apartação, bulldog, provas de rédeas, provas dos Três Tambores, Team Penning e Work Penning e paleteadas, são consideradas expressões culturais. A sanção foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

Leia a decisão do presidente na íntegra:
LEI No 13.364, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2016
Eleva o Rodeio, a Vaquejada, bem como as respectivas expressões artístico-culturais, à condição de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA
Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1o Esta Lei eleva o Rodeio, a Vaquejada, bem como as respectivas expressões artístico-culturais, à condição de manifestações da cultura nacional e de patrimônio cultural imaterial.

Art. 2o O Rodeio, a Vaquejada, bem como as respectivas expressões artístico-culturais, passam a ser considerados manifesta-ções da cultura nacional.

Art. 3o Consideram-se patrimônio cultural imaterial do Brasil o Rodeio, a Vaquejada e expressões decorrentes, como:

I – montarias;

II – provas de laço;

III – apartação;

IV – bulldog;

V – provas de rédeas;

VI – provas dos Três Tambores, Team Penning e Work Penning;

VII – paleteadas; e

VIII – outras provas típicas, tais como Queima do Alho e
concurso do berrante, bem como apresentações folclóricas e de mú-
sicas de raiz.

Art. 4o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 29 de novembro de 2016; 195° da Independência e 128° da República.

MICHEL TEMER
Alexandre de Moraes

STF » Vaquejada

Vaquejada motiva disputa entre legislativo e STF

Os parlamentares evitam falar abertamente em confronto com o judiciário, mas acreditam que houve um equívoco por parte do STF.

Os parlamentares evitam falar abertamente em confronto com o judiciário, mas acreditam que houve um equívoco por parte do STF.

Em mais um confronto com o Supremo Tribunal Federal (STF), o Congresso Nacional  articula uma proposta para reverter a decisão da Corte que tornou a vaquejada ilegal no início de outubro.  A reação parlamentar foi imediata e, na semana seguinte, quatro projetos com o objetivo de regulamentar a prática foram protocolados.

No inicio de novembro, em tramitação expressa, senadores aprovaram de forma simbólica a proposta que elevava vaquejadas e rodeios a manifestação nacional. A matéria aguarda a sanção do presidente Michel Temer.

Os parlamentares evitam falar abertamente em confronto com o judiciário, mas acreditam que houve um equívoco por parte do STF. A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) crítica o fato de que a Corte não ter realizado nenhuma audiência pública sobre o tema.

Tribuna do Norte
Lei » Vaquejada

VAQUEJADA: Comissão do Senado aprova projeto que torna vaquejada manifestação cultural

vaquejadaregularizada

Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado aprovou nessa terça-feira (01)  o projeto de lei que torna a vaquejada patrimônio cultural imaterial e manifestação da cultura nacional. A proposta é uma tentativa de reverter decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de considerar a prática inconstitucional, por estar ligada a maus-tratos de animais.

Durante a discussão do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 24/2016, do deputado Capitão Augusto (PR-SP), o senador Roberto Muniz (PP-BA) defendeu a vaquejada e disse que a prática é diferente das touradas, por exemplo, em que não há “carinho” entre o homem e os animais, segundo ele. Sobre as acusações de maus-tratos nos eventos, o senador disse que o bem-estar dos animais também está comprometido em outras situações e que isso não justifica a decisão judicial. “Colocar um animal pet dentro de um apartamento ou dentro de uma gaiola de 50 centímetros quadrados é cuidar do bem-estar do animal?”, questionou.

O PLC aprovado hoje pela comissão do Senado transformar as práticas de montarias, provas de laço, apartação, bulldog, provas de rédeas, provas dos Três Tambores, Team Penning e Work Penning, paleteadas e outras provas típicas, como Queima do Alho e concurso do berrante, em expressões artístico culturais, e as eleva à condição de manifestações da cultura nacional e de patrimônio cultural imaterial.

O GLOBO
Justiça » Vaquejada

Projeto que regulamenta a Vaquejada já tramita

vaquejada1

O Projeto de Lei (PLS 337/2016) do Senador Raimundo Lira que regulamenta a prática da Vaquejada já está tramitando na Comissão de Educação, Cultura e Esporte – CE do Senado Federal

O projeto restabelece a Vaquejada e a considera “manifestação cultural, com características esportivas, caracterizada pela perseguição promovida ao bovino por vaqueiros montados a cavalo, com o objetivo de conduzi-lo e derruba-lo na areia”.
Na CE, o projeto de Raimundo Lira também está aguardando recebimentos de emendas, mas deve tramitar em outras comissões antes de seguir para votação em Plenário, a exemplo da Comissão de Constituição Justiça e Cidadania. Recentemente, ao defender a matéria na tribuna do Senado Federal, Lira lembrou que a Vaquejada, originalmente, representava o encerramento festivo do trabalho de marcar e castrar o gado. “Era a festa da apartação. Feita a separação, acontecia a vaquejada, com provas que mostravam a habilidade dos vaqueiros na lida com o gado”, disse.
Com o tempo, observou Raimundo Lira, a atividade se tornou uma tradição, uma prática cultural, o que justificaria sua manutenção. Além do valor cultural, o Senador lembrou que as vaquejadas geram mais de 600 mil empregos diretos no país, sem contar os indiretos.
Na última terça-feira, vaqueiros e pessoas ligadas à prática da Vaquejada em todo o País foram a Brasília pedir urgência na legalização da Vaquejada e realizaram uma cavalgada em frente ao Congresso Nacional, oportunidade em que receberam o apoio do senador Raimundo Lira.

Celebridades » Vaquejada

ATRIZ ALEXIA PARA OS NORDESTINOS: ‘Calem a boca! Pagamos o Bolsa Família a vocês’

Nesta terça-feira (25), a atriz Alexia Dechamps causou polêmica em audiência pública em Brasília na Câmara dos Deputados, para decidirem se proíbem ou não a vaquejada no Brasil

A atriz Alexia Dechamps causou polêmica em audiência pública em Brasília na Câmara dos Deputados

Segundo informações da colunista Fabíola Reipert, do site ‘R7’, a modelo Maria Paula Maia, de Maceió (Al), estava no local e ficou indignada com a falta de respeito de Alexia com os nordestinos que estavam no local.

A atriz disse para eles: “Calem a boca que nós já pagamos o Bolsa Família de vocês”.

Alexia participava da audiência pública saindo em defesa dos animais, porém acabou sendo criticada pela forma como tratou as outras pessoas no local.

Do blog: Essa parece que não estudou ou não teve educação em casa!

Fama ao Minuto
Apoio » Notícias » Vaquejada

VAQUEJADA: Ministro da Agricultura defende debate sobre regulamentação da vaquejada

vaquejada

“Entendo que essa cultura é muito forte e tem que ser preservada”, disse o ministro em nota.

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, propôs que seja discutida a proposta de regulamentação dos esportes que envolvam cavalos e bois, como a vaquejada

O mesmo foi ao encontro dos vaqueiros, que protestaram na Esplanada dos Ministérios, e, de acordo com sua assessoria, vestiu chapéu e gibão emprestados por eles. Depois, se reuniu no gabinete com representantes da Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ).

“Vamos avaliar, com o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal, como podemos permitir que haja a manifestação cultural, o esporte, a geração de empregos e a proteção dos animais”, disse o ministro Blairo em nota distribuída por sua assessoria.

O Ministério lembra que o assunto já é discutido na Câmara dos Deputados e ganhou força depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou inconstitucional uma lei do Ceará que permitia as vaquejadas.

Vaquejada

VÍDEO: Caminhões de vaquejada já ocupa toda esplanada dos Ministérios para o movimento desta terça-feira

O trânsito na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, sofrerá mudanças nesta terça-feira (25). A área entre o Congresso Nacional e a rodoviária do Plano Piloto recebe hoje o movimento em favor das vaquejadas, e os organizadores informaram que pretendem levar cerca de mil animais de montaria ao local e 500 caminhões.

Na noite desta segunda os dois lados da esplanada dos ministérios já estavam ocupados pelos caminhões que começaram a chegar na noite de domingo na capital federal.

Os organizadores fizeram um acordo com o governo para seguir ao centro de Brasília em pequenos grupos, de modo a evitar confusão no trajeto.

Vaquejada

VAQUEJADA: Vaqueiros de C. Novos e outros municípios do país se unem hoje para carreata em direção à Esplanada dos Ministérios

Vaqueiros de Currais Novos

Vaqueiros de Currais Novos

Os vaqueiros, tratadores, veterinários, dentre outros envolvidos com a vaquejada das comitivas do Rio Grande do Norte e outros estados brasileiros devem sair do Parque Leão, em Brasília, às 22h desta segunda-feira em direção à Esplanada dos Ministérios, para que todos já amanheçam em frente ao Congresso Nacional amanhã.

Na programação nacional que inicia às 8h de terça-feira (25), está prevista a realização da missa do vaqueiro, ao ar livre. Em seguida, às 10h, haverá um ato público na Esplanada. Ao meio-dia, vaqueiros vestidos de trajes típicos receberão uma bênção na Catedral de Brasília. Às 17h, ocorrerá o principal momento da mobilização: a cavalgada “Vaquejada Legal”. À noite, artistas se apresentarão em prol da prática esportiva. A previsão de término das atividades é às 21 h.

De Currais Novos saiu uma comitiva formada por vaqueiros e amantes do esporte.

Vaqueiros de todo o país já reunidos

Vaqueiros de todo o país já reunidos

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!