Arquivos:

UFRN

UFRN adquire kits e começa a testagem para Covid-19

Foto: Divulgação

A UFRN começou a realizar nessa quarta-feira (26), testes para detecção do Covid-19 em pacientes do estado. Foram adquiridos kits para realização de três mil exames com recursos próprios da instituição e do seu Instituto de Medicina Tropical (IMT).

Seguindo o protocolo do Ministério da Saúde (MS), todas as amostras estão sendo coletadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Lacen/RN) e, em seguida, testadas no IMT e no Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas (DACT). Desde a semana passada, o DACT já estava atuando na identificação de arboviroses e outras infecções respiratórias para reduzir a demanda do Lacen, que precisa concentrar sua força de trabalho nos exames de detecção do novo vírus.

UFRN

Startup da UFRN produz máscaras para doar a instituições e profissionais de saúde

Foto: Divulgação/UFRN

Diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), gestos de solidariedade são vistos em várias áreas da sociedade. Desta vez, a iniciativa partiu de empresários da Void3D, startup potiguar especializada na confecção de produtos por impressão 3D.

A empresa decidiu produzir e doar máscaras de proteção contra o vírus para instituições e profissionais da saúde empenhados na contenção e tratamento da doença.

A startup é vinculada à Inova Metrópole, a incubada sediada no Instituto Metrópole Digital (IMD) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Para viabilizar a produção, 10 impressoras da empresa foram reservadas para a confecção das máscara.

Agora os profissionais solicitam o apoio da sociedade com a doação de valores que deem suporte à iniciativa. Para participar, o interessado poderá se cadastrar por meio deste link. Até a publicação desta matéria, o grupo já tinha arrecadado mais de R$ 13 mil com um total de 175 apoiadores. A meta é chegar aos R$ 50 mil.

“A Void3D está disponibilizando toda a infraestrutura para a confecção dessas máscaras e pede o auxílio de todos para que continuemos com as doações”, comenta Arthur Andrade, diretor da startup. As máscaras são feitas para serem usadas em conjunto com a versão de tecido, de modo a evitar que gotículas de saliva cheguem ao rosto de quem a usa.

Até o momento, a startup já conseguiu produzir pouco mais de 160 máscaras de proteção. Esses produtos estão sendo confeccionados com o apoio de profissionais de saúde especializados, de maneira a aumentar a eficiência na proteção do usuário contra a propagação do coronavírus. Ao longo da semana, mais aprimoramentos serão feitos para aumentar a eficácia dos equipamentos.

Segundo Arthur Andrade, a ação contemplará diferentes instituições de saúde da capital, como os hospitais Giselda Trigueiro e Walfredo Gurgel, além de maternidades e profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A impressão das máscaras também conta com o apoio de outras instituições, como a BlinDog – startup da Inova Metrópole especializada na criação de produtos para cachorros cegos –, laboratórios da UFRN e demais pessoas que utilizam essa tecnologia em casa.

Respiradores

Além das máscaras de proteção, os empreendedores também estão pesquisando formas imprimir respiradores – itens essenciais para tratar casos graves da Covid-19. Esse trabalho está sendo desenvolvido em parceria com pesquisadores da UFRN, que se empenham no estudo e desenvolvimento desses equipamentos via impressão 3D.

“Como essa parte da iniciativa ainda está em fase de pesquisa, decidimos circular somente as máscaras, até o momento. Mas acreditamos que é somente uma questão de tempo para que esses respiradores estejam prontos e sendo utilizados”, explica Andrade.

UFRN

UFRN, UFERSA e IFRN suspendem aulas por tempo indeterminado

Salas de aulas param durante o Coronavírus – Foto: Divulgação

O vice-reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Hênio Miranda, anunciou nesta terça-feira (17), em pronunciamento na Universitária FM, a suspensão das aulas na instituição por tempo indeterminado por causa do novo coronavírus.

Acompanhando a UFRN, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) e o Instituto Federal do RN (IFRN) também anunciaram a paralisação das atividades presenciais. Funcionários seguirão com as atividades normais.

Na segunda-feira (16), a UFRN havia decidido que não iria modificar o calendário acadêmico, após uma reunião com o Comitê Covid-19 da UFRN, que é composto por especialistas. Após a decisão, alunos e sindicalistas se manifestaram contra a atitude.

Uma petição online foi assinada por alunos da instituição, que pediam a suspensão, temendo o avanço do vírus. Ao todo, 8.654 pessoas fizeram parte da lista.

UFRN

UFRN suspende aulas por tempo indeterminado

O vice-reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Hênio Ferreira, anunciou nesta terça-feira (17), em pronunciamento na Universitária FM, a suspensão das aulas na instituição por tempo indeterminado por causa do novo coronavírus.

Na segunda-feira (16), a UFRN havia decidido que não iria modificar o calendário acadêmico, após uma reunião com o Comitê Covid-19 da UFRN, que é composto por especialistas.

RN

No Rio Grande do Norte, o número de casos suspeitos subiu de 14 para para 33 nas últimas horas.

O número foi atualizado nesta manhã, em boletim epidemiológico publicado pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). De acordo com o órgão, o Estado segue com apenas 1 caso confirmado da Covid-19, cuja paciente não apresenta mais os sintomas da doença.

Agora RN
UFRN

UFRN autoriza ensino à distância para alunos e professores em grupo de risco

Campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Foto: Divulgação

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) publicou nesta segunda-feira (16) uma portaria em que autoriza que professores com mais de 60 anos, gestantes, lactantes ou com doenças crônicas impeditivas deem aula por ensino à distância. Os estudantes que estão nas mesmas condições também devem aderir ao ensino à distância.

A portaria nº 445/2020-R, assinada pelo reitor da instituição José Daniel Diniz Melo, é válida pelos próximos 60 dias e serve como medida de precaução ao novo coronavírus (Covid-19). No RN, o primeiro caso foi confirmado na quinta-feira passada.

O documento também autoriza o teletrabalho para servidores nas mesmas condições de professores e alunos. A publicação frisa, no entanto, que seja assegurada a quantidade mínima de servidores para o funcionamento dos serviços essenciais do setor.

UFRN

Sem energia elétrica, UFRN suspende aulas pela manhã nesta sexta (13)

Campus central da UFRN, em Natal

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) suspendeu as aulas na manhã desta sexta-feira (13) por causa da falta de energia elétrica em toda a área do campus central.
Em nota, a reitoria da UFRN informou que está sendo realizado um serviço na subestação elétrica, que sofreu infiltração decorrente das últimas chuvas.

“Tão logo seja resolvido o problema, a situação será normalizada”, concluiu a instituição.

Saúde » UFRN

Coronavírus: UFRN auxilia o estado com medidas de emergência

Desde que surgiram os primeiros casos do novo coronavírus (Covid-19) no mundo, em dezembro do ano passado, a UFRN tem se movimentado no sentido de ajudar o estado a enfrentar esse problema. A Universidade, por meio do Departamento de Infectologia (Dinfec), auxiliou na elaboração do Protocolo Clínico para Manejo de Pacientes, que dispõe sobre todos os procedimentos adequados para o atendimento de pacientes afetados pelo coronavírus. Nessa quinta-feira, 27, a Secretaria de Saúde Pública (Sesap) divulgou a existência de cinco casos suspeitos no RN.

O infectologista e professor do Dinfec, André Prudente, diretor do Hospital Giselda Trigueiro, referência para o atendimento de doenças infecto-contagiosas, é atualmente a principal fonte para falar sobre o assunto. No último dia 17, ele coordenou uma capacitação sobre o Covid_2019 para profissionais da saúde. A aula aconteceu no auditório do Instituto Internacional de Física (IIF/UFRN), que depois foi disponibilizada na plataforma digital da Sesap. Para quem tiver interesse em conhecer mais sobre o assunto, acesse aqui.

A UFRN tem colaborado ainda por meio da divulgação de medidas a serem tomadas pela população para evitar que a contaminação se espalhe. Spots de rádio foram produzidos pela Superintendência de Comunicação (Comunica), em parceria com a Secretaria de Saúde Pública, para serem distribuídas às rádios do estado. A parceria é extensiva para realização de outras mídias e processos comunicativos.

Sinais, sintomas e cuidados

Apesar de muito se falar sobre o novo coronavírus, ainda se sabe pouco sobre ele e ainda não foi produzida nenhuma vacina preventiva. O Governo do RN divulgou uma lista de documentos para tirar dúvidas e informar acerca do Covid-19, o que inclui quais procedimentos adotar, de acordo com as recomendações internacionais, e como se propaga o coronavírus.

Segundo o Protocolo Clínico, os sinais e sintomas mais comuns provocados são febre, tosse, dor na garganta, congestão nasal, dor de cabeça, mal-estar e dores musculares. Pessoas com baixa imunidade, idosos e crianças podem apresentar quadro atípico que pode evoluir para infecção do trato respiratório inferior e pneumonia grave.

O Protocolo prevê internação em caso de complicação clínica. Os pacientes com suspeita de infecção viral devem ser orientados a permanecerem em domicílio até que os sintomas passem. Os cuidados gerais são idênticos ao de qualquer doença de transmissão aérea: higienizar as mãos com frequência, evitar contato com pessoas que apresentem sintomas respiratórios e cobrir boca e nariz ao tossir.

Com informações da UFRN
UFRN

Professores da UFRN aprovam paralisação para o próximo dia 14

UFRN

Os professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) vão realizar paralisação das atividades no próximo dia 14 de junho. A decisão aconteceu em plebiscito encerrado nesta quarta-feira, 5, através de sistema eletrônico. Foram 507 (78,8%) votos a favor e 136 (21,2%) contra a suspensão das atividades.

Com a aprovação, os docentes da universidade vão aderir ao movimento nacional de “Greve Geral” agendada para o dia 14 de junho. A ação foi organizada por entidades sindicais. A data marca um período de mobilizações e protestos contra os recentes contingenciamentos dos recursos para a instituição de ensino.

“A nossa responsabilidade neste momento não é pequena. Depende do nosso poder de mobilização a construção de um amplo movimento de resistência”, avalia Wellington Duarte, presidente da Associação dos Docentes da UFRN (Adurn).

O dirigente falou da representatividade e da legitimidade do processo de consulta, que permitiu o posicionamento de um número expressivo dos docentes. “O resultado do plebiscito é, antes de tudo, a consolidação de uma forma democrática de consultar os professores e de reforçar o papel das assembleias na medida em que ela inicia o debate, cabendo à Direção do Sindicato dialogar com toda a categoria”, afirmou.

Agora RN
UFRN

Novo reitor da UFRN é empossado em Brasília

José Daniel Diniz Melo é o novo reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

José Daniel Diniz Melo foi empossado reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) nesta terça-feira, 28, em Brasília, em solenidade na sede do Ministério da Educação (MEC).

A solenidade contou com a presença do ministro da Educação, Abraham Wintraub, e da ex-reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz. O mandato é até 2023.

Na próxima sexta-feira, 31, José Daniel Diniz irá empossar na sexta-feira, 31, o vice-reitor Henio Ferreira de Miranda, em cerimônia no auditório da Otto de Brito Guerra, na reitoria do Campus da UFRN.

Agora RN
UFRN

UFRN cancela posse de novo reitor no Teatro Riachuelo

A UFRN divulgou nota comunicando o cancelamento da solenidade de posse do novo reitor no Teatro Riachuelo, que estava marcada para o dia 3 de junho.

A universidade, que anteriormente tinha afirmado que não sairia do orçamento dela a quantia de quase R$ 27 mil pelo aluguel do espaço, na nota de hoje se resume apenas a dizer que o cancelamento respeita o momento geral pelo qual passam as Universidades no Brasil.

Confira a nota na íntegra:

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), tendo em vista a posse do Reitor eleito, a se realizar no próximo dia 28 de maio, no Ministério da Educação, em Brasília-DF, programou a consequente transmissão de cargo para o dia 3 de junho de 2019, no Teatro Riachuelo, em Natal-RN.

Assim procedendo, considerou a absoluta falta de local diverso com capacidade para acomodar o número de professores, técnicos-administrativos, estudantes, autoridades e demais convidados em Natal/RN, bem como de espaço em condições de acessibilidade e logística compatíveis com a referida solenidade, agindo sempre pautada nos princípios da legalidade, moralidade, publicidade, impessoalidade e eficiência que regem a administração pública.

Não obstante a importância histórica, cultural e simbólica do evento, realizado desde a fundação da universidade, como ato público de prestação de contas de uma gestão que finda e de compromisso do projeto proposto pela nova gestão, a UFRN optou pelo cancelamento da solenidade do dia 3, em respeito ao contexto geral das universidades federais.

Assessoria de Comunicação da UFRN

Portal no Ar

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!