Arquivos:

Natal » Turismo

Natal é o segundo destino mais procurado por turistas para Reveillon

A capital do Rio Grande do Norte é o segundo destino mais procurado pelos turistas que querem viajar para celebrar o novo ano. A pesquisa foi feito pela agência online de viagens Hotel Urbano.

O levantamento apontou os dez destinos mais pesquisados para a virada do ano entre 2015/2016. A maioria das opções apontadas está no litoral brasileiro.

De acordo com o levantamento, as cinco cidades mais procuradas foram Rio de Janeiro (RJ), Natal (RN), Porto Seguro (BA), Foz do Iguaçu (PR) e Gramado (RS).

O co-fundador e diretor comercial do Hotel Urbano, Antônio Gomes, afirmou que os brasileiros não deixaram de viajar, mesmo em momento de crise, e para isso, está mais seletivo nas viagens.

“Devido a alta do dólar e ao momento delicado que vive a economia brasileira, notamos que os viajantes tem dado preferência para os destinos nacionais”, completou Antônio Gomes.

Completando a lista dos destinos mais procurados para o Réveillon estão Salvador (BA), Fortaleza (CE), Porto de Galinhas (PE), Búzios (RJ) e Poços de Caldas (MG).

Portal no Ar
Turismo

Aeroporto Aluízio Alves espera 21 mil passageiros no último fim de semana do ano

O último fim de semana do ano promete ser movimentado no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. De acordo com a Inframérica, consórcio que administra o terminal aéreo, são esperados 21 mil passageiros entre embarques, desembarques e conexões.

Apenas no mês de dezembro são 318 voos extras no aeroporto, número 20,5% maior que no ano passado. Em janeiro já estão confirmados 577 voos extras, podendo haver acréscimos, de acordo com novas autorizações concedidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Para evitar que os passageiros percam os voos, é recomendado verificar a documentação antes de sair de casa, adiantar o check-in por aplicativos ou no site das empresas aéreas, chegar 1h30 antes do horário para voos nacionais e 2h30 antes para voos internacionais.

Desde o dia 10 de dezembro está acontecendo a Operação Fim de Ano nos 15 principais aeroportos do país, incluindo o de São Gonçalo do Amarante. O reforço na mão de obra durante o mês pode chegar a até 5,70%.

Tribuna do Norte
Natal » Turismo

Natal avança na competitividade no turismo

Natal está entre os dez destinos mais competitivos do país em infraestrutura geral e em aspectos ambientais, de acordo com o Índice de Competitividade do Turismo Nacional 2015, divulgado nesta quarta-feira (9) pelo Ministério do Turismo. A cidade avançou também no índice geral da competitividade, passando da 25ª posição para a 22ª entre 65 destinos pesquisados.

A capital potiguar é a 6ª cidade mais competitiva do país em aspectos ambientais e a 7ª em infraestrutura geral, duas das 13 dimensões avaliadas na pesquisa, que mede anualmente a evolução dos destinos. A cidade está no nível 4 da escala de competitividade que tem 5 níveis. O índice foi desenvolvido pelo MTur em parceria com o Sebrae Nacional e a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Turismo

Lideranças do Alto Oeste reivindicam ações para incremento do turismo na região

A região Oeste quer mais visibilidade e aumentar a geração de emprego e renda para a população através do turismo sustentável, aproveitando o potencial de seus municípios. Esta reivindicação foi externada por prefeitos e vereadores da região na audiência pública realizada na manhã desta segunda-feira (30), na Assembleia Legislativa, uma iniciativa do deputado Carlos Augusto Maia (PTdoB).

“Vivemos um dos piores períodos de estiagem e temos procurado trabalhar soluções efetivas na assistência aos produtores rurais e às populações que sofrem com a falta de água. Mas há outra frente em que devemos trabalhar também com todo afinco, numa missão igualmente imposta pela realidade da seca, que é a busca por alternativas econômicas para o sertão, a fim de que possamos valorizar mais nossas riquezas e gerar emprego e renda e o turismo pode ser esse caminho”, afirmou Carlos Augusto.

Na audiência pública foi apresentado o projeto Circuito das Serras, iniciativa do professor Gilton Sampaio, que reúne empresários, comerciantes e pessoas dos mais diversos setores, que estão voluntariamente trabalhando para expandir o turismo no interior, principalmente na região serrana. O projeto já tem várias ações e se materializará em forma de livro, a ser lançado em breve, com ampla cobertura fotográfica e descrição de todos os atrativos, contemplando as potencialidades dos municípios. Será um verdadeiro tratado dos potenciais turísticos em todas as suas vertentes: turismo religioso, de aventuras, cultural, ecológico, entre outros. Além do propositor, o debate contou com a presença da bancada de deputados que representam a região: Galeno Torquato (PSD), Getúlio Rêgo (DEM), Gustavo Fernandes (PMDB) e Raimundo Fernandes (PROS). Ricardo Motta (PROS) também participou da audiência.

ALRN
Currais Novos » Turismo

Pólo Seridó de Turismo se reuniu em Currais Novos nesta sexta, 27, pra discutir atualização do mapa turístico da região

Os municípios integrantes do Pólo Seridó de Turismo se reuniram na manhã desta sexta-feira (27) no auditório do Campus UFRN em Currais Novos para discutirem a atualização do mapa turístico da região, além de discutirem outros assuntos como a categorização do turismo no Brasil, programa de regionalização do setor, e os critérios de atualização que definirá quais municípios do polo irão compor o mapa do turismo do RN. O encontro contou com a participação de secretários municipais de turismo, além da participação do professor Marcelo Taveira, secretário executivo do polo; professora Carolina Todesco, coordenadora do curso de turismo do campus UFRN/Currais Novos, e de Carmem Vera, coordenadora operacional da Secretaria Estadual de Turismo. Para a coordenadora da secretaria de turismo de Currais Novos, Socorro Góes, o encontro é importante para a definição da categorização e discussão de assuntos relevantes sobre a atividade na região. “Estamos desenvolvendo um trabalho importante no turismo com o objetivo de incentivar a atividade no município e assim fortalecer a economia local”, disse. A reunião acontecerá até a tarde desta sexta-feira e contará com palestras sobre a nova fase do programa de regionalização do turismo, categorização dos municípios, e sobre os critérios de mapeamento do turismo brasileiro.

ASSECOM
Turismo

Governador destaca turismo durante encontro com embaixador do Brasil em Lisboa

O governador Robinson Faria visitou na tarde desta quinta-feira (19) o embaixador do Brasil em Lisboa, Mário Vilalva, por ocasião do cumprimento da agenda de divulgação turística do Rio Grande do Norte em Portugal. O encontro ocorreu na sede da Embaixada e contou com as presenças da primeira dama e secretária de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social, Julianne Faria, da secretária de comunicação do RN, Juliska Azevedo, e do vice-presidente da Emprotur, Haroldo Filho.

Ao embaixador, o governador falou sobre a atração de investimentos para o RN e destacou os potenciais econômicos do estado, além do trabalho que vem sendo feito em divulgação turística. Mário Vilalva, cujo pai foi ex-combatente de guerra da Marinha e que conhecia Natal, ressaltou a importância da divulgação do Rio Grande do Norte como destino, incentivou o governador a investir na atividade e usou como exemplo o cenário de Portugal, que tem quase 11 milhões de habitantes e recebe 17 milhões de turistas por ano. O embaixador ainda abordou o intercâmbio com o Brasil em relação ao turismo, com treinamento, know-how, atendimento ao público e estratégias do turismo.

Turismo

TAP confirma a Robinson Faria mais um voo semanal Lisboa-Natal para dezembro

O governador Robinson Faria reuniu-se, nesta manhã (quinta, 19) com a presidência da TAP linhas aéreas, na sede da empresa, em Lisboa, Portugal, acompanhado pelo secretário de Turismo, Ruy Gaspar e pelo vice-presidente da Emprotur, Haroldo Azevedo Filho.

Robinson foi recebido pelo Presidente Executivo Fernando Pinto e o vice-presidente Luiz da Gama Mor. Na ocasião, o governador expôs os investimentos que estão sendo realizados pelo Rio Grande do Norte em Portugal, em especial a campanha realizada em parceria com a Agência Abreu.

A presidência da TAP elogiou a campanha de divulgação que está sendo lançada pelo Rio Grande do Norte naquele país. “A Abreu é nossa grande parceira, a escolha foi correta e terá resultados. Está sendo feito na hora certa. É um projeto maravilhoso”, disse Luiz da Gama Mor, destacando que a ação deverá incrementar o fluxo para Natal.

O governador Robinson Faria tratou de possíveis parcerias a serem realizadas diretamente entre o Governo e a TAP e da ampliação da malha viária da companhia para Natal. “O turismo é uma de nossas prioridades, por se tratar de uma das principais atividades econômicas de nosso Estado. Hoje o RN é um estado muito atraente e competitivo, com a redução do querosene de aviação”, destacou.

A TAP mantém atualmente três voos diretos semanais entre Lisboa e Natal, sendo atualmente a principal companhia para a ligação entre a capital potiguar e a Europa. Em dezembro, será incluído mais um voo semanal. “É o único destino no Brasil para o qual aumentamos o fluxo na nossa baixa temporada”, destacou o presidente da companhia.

Evento

As 15h, o governador será recebido na Embaixada do Brasil em Portugal. Às 19h, Robinson concederá entrevista coletiva à imprensa de Portugal e, em seguida, participará de evento de lançamento da campanha de divulgação do Rio Grande do Norte em parceria com a Agência Abreu.

Na última terça, foi realizado evento semelhante voltado para diretores de mais de 50 agências localizadas no Norte de Portugal e representantes do Trade Turístico naquela região. Hoje, o evento será para cerca de 100 agências Abreu presentes no restante do país e para a imprensa.

 

Turismo

Navio Seabourn Quest inicia nova temporada de cruzeiros no RN

Drone da Central Criativa.

Foto: Drone da Central Criativa.

Como previsto, o navio Seabourn Quest, do grupo Carnival, atracou no Porto de Natal às 10h desta terça-feira (17), trazendo 450 passageiros dos Estados Unidos, tendo passado pelo Caribe e por Manaus. Daqui o navio de 32.000 toneladas cúbicas de espaço, distribuídas por 198m. de comprimento e 28m. de largura, em 15 decks de acesso público, segue com destino a Recife, capital de Pernambuco.

Os passageiros estão distribuídos em 225 amplas suítes de luxo, das quais 202 têm varanda e sete têm acesso facilitado para cadeiras de rodas. O navio dispõe de seis bares e salões para serem aproveitados a bordo, assim como um centro de fitness, salão de shows, piscinas, saunas, e uma marina retrátil que permite os hóspedes nadarem, praticarem o snorkel, windsurf, caiaque, ou ski aquático, sem terem que se ausentar do navio.

A Previsão da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) é receber 15 cruzeiros na nova temporada, que se iniciou em novembro de 2015 e se estenderá até abril de 2016, com expectativa de receber 9 mil turistas e movimentar até R$ 4 milhões na economia do Estado.

Os turistas foram recepcionados por funcionários da CODERN, e receberam informações turísticas por meio da Secretaria de Turismo de Natal, e Emprotur (Empresa de Promoções Turísticas do RN). A Funcarte (Fundação Cultural Capitania das Artes) realizou uma exposição de artesanatos e produtos locais. ‘Flávio Show e Trio de Forró’ fizeram os turistas entrar no clima alegre pelo forró pé de serra, marca do Nordeste.

Foto: Canindé Soares

Foto: Canindé Soares

Foto: Canindé Soares

Foto: Canindé Soares

Foto: Canindé Soares

Foto: Canindé Soares

 

BG
Turismo

Henrique defende desenvolvimento do Turismo para crescimento econômico do país

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, divulgou, durante a manhã desta segunda-feira (9), duas propostas para fomentar a economia do país. Participando do seminário Motores do Desenvolvimento que discute o crescimento econômico do país, Henrique disse que busca a facilitação para a entrada de turistas estrangeiros no país e também a viabilização de áreas especiais de interesse turístico. Para o ministro, a atividade precisa ser mais valorizada no país.

Apresentando dados sobre a importância econômica do fluxo de turistas no país, Henrique admitiu que não tinha o real conhecimento sobre a dimensão que o Turismo tem para o Brasil. Segundo o ministro, a atividade corresponde a 3,7% do PIB do Brasil, gerando 3 milhões de empregos diretos, e interage com 52 atividades comerciais, industriais e de serviços no país, com aproximadamente 6,4 milhões de turistas por ano. Apesar disso, o ministro disse que atividade ainda sofre preconceito.

“Há um preconceito absurdo e até má vontade com o Turismo. Poderíamos explorar muito mais dando a importância necessária, fazendo com que os próprios brasileiros continuem viajando no Brasil”, disse o ministro, afirmando ainda que 78% dos brasileiros que querem viajar têm o foco no território nacional.

Turismo

Brasil é o único país latino que vai encerrar 2015 com redução na oferta de voos comerciais

O Brasil é o único país latino que vai encerrar 2015 com redução na oferta de voos comerciais. Em dezembro, o País vai registrar uma queda de 3% no volume de passagens aéreas à venda no mercado de acordo com projeções da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), que consideram voos domésticos e internacionais. Essa é uma reação das empresas aéreas ao pior cenário macroeconômico para o setor nos últimos dez anos. Com o dólar alto e a economia em recessão, as empresas operam no vermelho e os investidores colocam em xeque a viabilidade financeira das companhias.

O Brasil responde por cerca de um terço do tráfego aéreo da América Latina, que fechará o ano com expansão de 5% da capacidade, segundo dados dos sete maiores mercados (veja ao lado). O maior crescimento será no México (13%), seguido de Colômbia (12%) e Chile (11%).

No mercado brasileiro, o corte de oferta já começou. Em setembro o volume de assentos oferecido caiu 1,74% em relação ao mesmo período de 2014, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Por enquanto, a redução vem das líderes TAM e Gol, enquanto as duas empresas menores, a Azul e a Avianca, apenas desaceleram um movimento de expansão.

Nos próximos meses de 2015 e 2016, a retração deve ser ainda maior. A presidente da TAM, Claudia Sender, disse que até o fim de novembro terá implementado a redução de 10% na malha doméstica, anunciado em julho. “Vamos avaliar os próximos passos conforme tivermos mais clareza especialmente sobre o patamar de câmbio. Somos parte de um grupo multinacional (a Latam, com sede no Chile) e podemos transferir capacidade para mercados mais fortes”, afirmou.

A Gol prevê corte de 2% a 4% na capacidade no segundo semestre deste ano. “Vivemos o pior cenário para aviação brasileira da história da Gol. A única alternativa gerenciável é reduzir oferta”, disse o presidente da Gol, Paulo Kakinoff, em entrevista no início do mês.

O Estado apurou que a Gol deverá ampliar esse movimento no ano que vem, com redução de frota. A companhia aluga entre três e quatro aviões por ano para empresas europeias durante o verão europeu, baixa temporada no Brasil. Ano que vem o número de aviões “alugados” deve ficar entre nove e 12.

Segundo estimativas do sócio da Bain&Company, André Castellini, há um excesso de oferta nos voos nacionais entre 15% e 20%. Outras duas fontes do setor estimam que há uma necessidade de retirada de “pelo menos 10%” do volume de assentos disponíveis nos voos domésticos para que as companhias possam operar com lucro.

Mudança. O movimento de redução de oferta em um mercado competitivo gera uma queda de braço entre as empresas. “Numa rota em que há excesso de oferta, TAM, Gol e Azul, por exemplo, têm um voo diário com prejuízo. A rota poderia ser rentável se uma delas saísse. Mas quem vai sair? Isso vai beneficiar quem fica”, explica uma fonte do setor. “Mas, se ninguém quiser sair, todo mundo vai queimando caixa.”

Desde 2012, a Gol e a TAM tentam recuperar sua rentabilidade parando de ampliar a frota e abandonando algumas rotas deficitárias. A Azul e a Avianca continuaram a trazer aviões para o País – a oferta delas cresceu 125% e 180% de setembro de 2011 para o mesmo mês deste ano, período em que as duas líderes cortaram juntas quase 15% dos seus assentos.

Com a crise econômica se agravando, a Azul e a Avianca já falam em mudar de estratégia. A Azul tem frota suficiente para ampliar em 15% sua oferta de passagens aéreas nacionais em dezembro, mas está voando menos e vai aumentar sua capacidade em apenas 3,9%, explica o presidente da Azul, Antonoaldo Neves. Em 2016, a previsão é de que o impacto na oferta varie de uma redução de 1% até uma alta de 3%. “Nossos jatos poderiam voar 12 ou 13 horas por dia, mas voam 10 horas. Não é eficiente. Podemos nos desfazer de aeronaves”, disse. A empresa poderá antecipar a devolução de cerca de 15 aeronaves Embraer 190 que eram da Trip, empresa comprada por ela em 2012. Mesmo assim, ele diz que a empresa vai manter os planos de recebimentos de oito Airbus A320 no fim de 2016.

Já a Avianca deve expandir em 15% sua oferta este ano, segundo o presidente da empresa, José Efromovich. O motivo é que a companhia deu sequência ao seu plano de substituição dos seus Fokker 100, modelos com 100 assentos, por aviões Airbus 320, com 162 lugares. “Lamentavelmente esse plano nos coloca numa posição de expansão de oferta em um cenário de recessão”, disse Efromovich. A empresa não tem projeções ainda para 2016. “Estamos vivendo uma incógnita política e econômica no Brasil que é ruim para a aviação comercial.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

 

Estadão Conteudo

Últimos Eventos

06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!