Arquivos:

Tragédia Miguel Josino

Órgãos do procurador Miguel Josino ajudarão sete pacientes

Depois da captação e exames preliminares, a Central de Transplantes de Órgãos do RN confirmou que as córneas, rins, fígado e o coração do procurador-geral do Estado, Miguel Josino Neto, ajudarão a salvar a vida de sete pacientes. A família do jurista havia autorizada a retirada dos órgãos após a confirmação da morte cerebral, ontem (19).

Tragédia Miguel Josino

Em coma, Miguel Josino não responde a estímulos externos

Procurador-geral do Estado, Miguel Josino, segue internado no Hospital do Coração.

Procurador-geral do Estado, Miguel Josino, segue internado no Hospital do Coração.

A situação do procurador-geral do Estado, Miguel Josino, permanece inalterada desde a noite de ontem (18). Na manhã de hoje (19), o jurista foi submetido a novos exames clínicos. Ainda não houve a divulgação de boletim médico pelo Hospital do Coração, mas familiares confirmaram que o quadro permanece inalterado e Miguel Josino não responde a estímulos externos. O procurador será submetido a exame mais detalhado por volta do meio-dia de hoje.

Miguel Josino está hospitalizado desde o fim da tarde de ontem, quando caiu de seu apartamento, que fica no primeiro andar, para o salão de festas do prédio em que mora, no bairro de Candelária, zona Sul de Natal. No momento da queda de uma altura de aproximadamente três metros, Josino bateu a cabeça e foi levado inconsciente pelo Samu até o hospital.

Ao chegar à unidade médica, os médicos realizaram exames clínicos e Josino foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os exames demonstraram que Josino não apresentava resposta motora a estímulos externos. Com isso, ele permanece em coma profundo, respirando através de aparelhos e com condições hemodinâmicas instáveis.

Ainda não há a confirmação sobre qual será o exame realizado por Josino até o início da tarde de hoje, mas a tendência é que seja avaliada a atividade cerebral através de um eletroencefalograma, que observa a atividade elétrica cerebral, ou um ultrassom doppler de carótida, que indica se há fluxo sanguíneo no cérebro.

Exames

O caso de Miguel Josino é grave, mas ainda não é possível constatar se o procurador-geral do Estado teve morte cerebral. Para o diagnóstico sobre a situação, é preciso que uma série de procedimentos sejam realizados. A norma é padrão para todo o Brasil.

Para a observação se um paciente ainda tem atividade cerebral, pelo menos três exames precisam ser realizados. Somente após os três é possível constatar se há ou não a morte cerebral de um paciente, que é um estado irreversível.

Sem comentar casos específicos, o neurocirurgião Cleiton Vieira, do Instituto de Neurocirurgia Potiguar (INP), explicou que o protocolo para que seja dado um diagnóstico de morte cerebral é rígido e não deixa brechas para erros.

No primeiro momento, o médico realiza o exame clínico para saber se o paciente responde a estímulos externos, apurando se há as chamadas respostas de tronco e motoras. Caso não haja resposta do corpo do paciente, é aberto um protocolo específico para que outro médico, no intervalo mínimo de seis horas, realize novo exame para apurar a situação.

Na nova avaliação, se o paciente continua sem responder a estímulos externos, é determinada a realização de exames detalhados para observar a atividade cerebral: o eletroencefalograma ou ultrassom doppler de carótida, que avaliam se há atividade elétrica cerebral e fluxo sanguíneo no cérebro, respectivamente. Somente um dos exames já é suficiente para o diagnóstico.

“Não há diagnóstico de morte cerebral sem a certeza absoluta, até porque é uma situação irreversível e em que todos os médicos têm a cautela para que se passe a informação às famílias”, explicou Cleiton Vieira.

Tribuna do Norte
Tragédia Miguel Josino

NOTA OFICIAL ACERCA DO ESTADO DE SAÚDE DO PROCURADOR-GERAL MIGUEL JOSINO

O Procurador-Geral do Estado, Miguel Josino Neto, de 48 anos, está internado em coma na UTI do Hospital do Coração de Natal, para onde foi levado hoje à tarde pelo SAMU.

Miguel Josino Neto chegou desacordado, e foi avaliado pelos neurocirurgiões Eduardo Ernesto e Nilson Pinheiro Junior, da equipe do Hospital do Coração, que constataram que ele sofreu traumatismo craniano e medular.

O quadro é considerado muito grave, ele encontra-se respirando através de aparelhos e com condições hemodinâmicas instáveis. No momento, aguarda-se a evolução das próximas 12 horas, quando serão feitos novos exames para reavaliação do prognóstico e novas condutas.

Últimos Eventos

03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!