Arquivos:

Tragédia Miguel Josino

Órgãos do procurador Miguel Josino ajudarão sete pacientes

Depois da captação e exames preliminares, a Central de Transplantes de Órgãos do RN confirmou que as córneas, rins, fígado e o coração do procurador-geral do Estado, Miguel Josino Neto, ajudarão a salvar a vida de sete pacientes. A família do jurista havia autorizada a retirada dos órgãos após a confirmação da morte cerebral, ontem (19).

Tragédia Miguel Josino

Em coma, Miguel Josino não responde a estímulos externos

Procurador-geral do Estado, Miguel Josino, segue internado no Hospital do Coração.

Procurador-geral do Estado, Miguel Josino, segue internado no Hospital do Coração.

A situação do procurador-geral do Estado, Miguel Josino, permanece inalterada desde a noite de ontem (18). Na manhã de hoje (19), o jurista foi submetido a novos exames clínicos. Ainda não houve a divulgação de boletim médico pelo Hospital do Coração, mas familiares confirmaram que o quadro permanece inalterado e Miguel Josino não responde a estímulos externos. O procurador será submetido a exame mais detalhado por volta do meio-dia de hoje.

Miguel Josino está hospitalizado desde o fim da tarde de ontem, quando caiu de seu apartamento, que fica no primeiro andar, para o salão de festas do prédio em que mora, no bairro de Candelária, zona Sul de Natal. No momento da queda de uma altura de aproximadamente três metros, Josino bateu a cabeça e foi levado inconsciente pelo Samu até o hospital.

Ao chegar à unidade médica, os médicos realizaram exames clínicos e Josino foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os exames demonstraram que Josino não apresentava resposta motora a estímulos externos. Com isso, ele permanece em coma profundo, respirando através de aparelhos e com condições hemodinâmicas instáveis.

Ainda não há a confirmação sobre qual será o exame realizado por Josino até o início da tarde de hoje, mas a tendência é que seja avaliada a atividade cerebral através de um eletroencefalograma, que observa a atividade elétrica cerebral, ou um ultrassom doppler de carótida, que indica se há fluxo sanguíneo no cérebro.

Exames

O caso de Miguel Josino é grave, mas ainda não é possível constatar se o procurador-geral do Estado teve morte cerebral. Para o diagnóstico sobre a situação, é preciso que uma série de procedimentos sejam realizados. A norma é padrão para todo o Brasil.

Para a observação se um paciente ainda tem atividade cerebral, pelo menos três exames precisam ser realizados. Somente após os três é possível constatar se há ou não a morte cerebral de um paciente, que é um estado irreversível.

Sem comentar casos específicos, o neurocirurgião Cleiton Vieira, do Instituto de Neurocirurgia Potiguar (INP), explicou que o protocolo para que seja dado um diagnóstico de morte cerebral é rígido e não deixa brechas para erros.

No primeiro momento, o médico realiza o exame clínico para saber se o paciente responde a estímulos externos, apurando se há as chamadas respostas de tronco e motoras. Caso não haja resposta do corpo do paciente, é aberto um protocolo específico para que outro médico, no intervalo mínimo de seis horas, realize novo exame para apurar a situação.

Na nova avaliação, se o paciente continua sem responder a estímulos externos, é determinada a realização de exames detalhados para observar a atividade cerebral: o eletroencefalograma ou ultrassom doppler de carótida, que avaliam se há atividade elétrica cerebral e fluxo sanguíneo no cérebro, respectivamente. Somente um dos exames já é suficiente para o diagnóstico.

“Não há diagnóstico de morte cerebral sem a certeza absoluta, até porque é uma situação irreversível e em que todos os médicos têm a cautela para que se passe a informação às famílias”, explicou Cleiton Vieira.

Tribuna do Norte
Tragédia Miguel Josino

NOTA OFICIAL ACERCA DO ESTADO DE SAÚDE DO PROCURADOR-GERAL MIGUEL JOSINO

O Procurador-Geral do Estado, Miguel Josino Neto, de 48 anos, está internado em coma na UTI do Hospital do Coração de Natal, para onde foi levado hoje à tarde pelo SAMU.

Miguel Josino Neto chegou desacordado, e foi avaliado pelos neurocirurgiões Eduardo Ernesto e Nilson Pinheiro Junior, da equipe do Hospital do Coração, que constataram que ele sofreu traumatismo craniano e medular.

O quadro é considerado muito grave, ele encontra-se respirando através de aparelhos e com condições hemodinâmicas instáveis. No momento, aguarda-se a evolução das próximas 12 horas, quando serão feitos novos exames para reavaliação do prognóstico e novas condutas.

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!