Sem categoria

Após pesquisa, campanha contra estupro chega a 42 mil adesões na internet

Campanha já conta com a adesão de mais de 42 mil usuários na internet.

Campanha já conta com a adesão de mais de 42 mil usuários na internet.

A campanha #eunãomerecoserestuprada, reação ao resultado da pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que mostrou o quanto o Brasil ainda é machista, já conta com a adesão de mais de 42 mil usuários na internet. Em uma rede social, a página do evento tem 251 mil pessoas debatendo o tema. Portais internacionais de notícia deram destaque, na manhã de domingo, ao protesto virtual. O estudo que motivou a manifestação na internet apontou que 65,1% da população concorda total ou parcialmente que mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas. Ontem, a atriz Alinne Moraes e a cantora de funk Valesca Popozuda aderiram à campanha pelas redes sociais.

No sábado, organizadores da campanha foram até a Delegacia da Mulher e denunciaram usuários que postaram ameaças na página do evento em uma rede social. Um investigador, especializado em crimes cibernéticos, já trabalha para tentar identificar os agressores. A estimativa é de que mais de 100 pessoas possam ser responsabilizadas pelas ameaças. A jornalista Nana Queiroz, 28 anos, publicou na internet um texto com imagem de um dos agressores que segurava um cartaz com os dizeres eu já estuprei e estupro de novo. A Polícia Civil vai priorizar a identificação de quem postou ameaças diretas aos organizadores da campanha.


Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!