Rio Grande do Norte » Saúde

RN: Médico denuncia falta de medicamento para pacientes com leucemia

Hematologista Enildo Alves

O médico hematologista Enildo Alves criticou na quarta-feira, 8, a demora no repasse do medicamento Glyvec (Mesilato de Imatinibe) para os pacientes diagnosticados com leucemia mielóide crônica no Rio Grande do Norte. Para ele, que também foi vereador em Natal, o registro da falta do medicamento ocorre há uma semana.

“A maior quantidade dos meus pacientes é oriunda da região do Seridó potiguar. O Glyvec, que é utilizado para cuidar destes pacientes, custa cerca de R$ 10 mil”, aponta o médico, que presta serviço na unidade de oncologia do Hospital do Coração, em Natal.

“Minha preocupação é de que o Governo do Estado resolva este problema. Até a semana passada, eu fiz a prescrição e não tinha o medicamento, mas a informação é que não estava sendo repassado pela Secretaria Estadual de Saúde [Sesap]”, reclamou o médico, em entrevista ao programa “A hora é agora”, apresentado por Renato Dantas, na rádio 97,9 FM.

Procurada pelo Agora RN, a Secretaria Estadual de Saúde apontou que o medicamento Mesilato de Imatinibe é fornecido em Ministério da Saúde. Segundo a Sesap, o repasse já foi regularizado. “No início de abril houve falta, mas foi regularizado e todos os prestadores foram atendidos”, informou a pasta, em nota oficial.

No Rio Grande do Norte, ainda de acordo com a pasta, 114 pessoas são atendidas com o medicamento para o tratamento da leucemia mielóide.

Agora RN

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!