Arquivos:

Currais Novos » Saúde

Período chuvoso aumenta possibilidades de doenças e requer cuidados com a saúde

A chegada do período de chuvas em Currais Novos “acende” o alerta na Secretaria Municipal de Saúde, em especial na Vigilância em Saúde.

As chuvas são bem vindas, mas podem potencializar o crescimento de criadouros dos mosquitos que transmitem a dengue e outras doenças.
Para ajudar na prevenção, a Secretária Municipal de Saúde reforça os cuidados e as visitas pelas equipes de endemias.

“Não podemos relaxar nesse combate. Por isso, pedimos à população para manter os quintais limpos, eliminando qualquer foco de água parada e tomar os cuidados necessários”, afirma a Secretária Municipal de Saúde, Alana Moraes.

A Secretária reforça o pedido para que a população deixe os agentes de endemias fazerem as fiscalizações. “Precisamos manter a fiscalização para que não tenhamos problemas no futuro. Não deixem de atender os nossos servidores”, afirmou Alana.

Com a ocorrência de chuvas, como as que acontecem nesse período do ano, pode aumentar os riscos de aparecimento de doenças como leptospirose, hepatites infecciosas, diarreias agudas, febre tifoide, dengue, chikungunya, zika, doenças dermatológicas e respiratórias infecciosas, e acidentes por animais peçonhentos.

“A população precisa redobrar os cuidados, principalmente, com os alimentos consumidos, bem como a higiene pessoal, do ambiente e com a água, especialmente para quem utiliza água de reservatórios, tambores e poços artesianos”, alerta a Secretária.

De acordo com Alana, alguns cuidados são necessários, principalmente com a água. “Filtrar ou ferver a água evita doenças diarreicas, que podem causar desidratação grave, especialmente em crianças. A água usada para beber, para uso pessoal e para fazer comida deve ser tratada, antes do seu uso”, orienta.

Saúde

Cai para 13 número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil

Atualização do monitoramento do coronavírus do Brasil

Em atualização do monitoramento do coronavírus do Brasil, o Ministério da Saúde informou nesta terça-feira (4) que o país possui 13 casos suspeitos de infecções pelo novo vírus em quatro estados: Rio de Janeiro (1), Rio Grande do Sul (4), Santa Catarina (2) e São Paulo (6).

O número de casos que já foram considerados suspeitos e foram descartados foi de 16, ainda segundo o MS.

Mesmo sem caso confirmado, o governo declarou emergência e enviou projeto de lei ao Congresso com regras sobre quarentena.

Saúde

Sesap libera R$ 15 milhões para reduzir superlotação no Walfredo Gurgel

Corredores do hospital estão servindo de leitos para os pacientes

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) liberou recursos do governo do estado para melhorias no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal.

Considerado o maior do estado, o hospital passa por dificuldades de atendimento devido à estrutura. Na última segunda-feira (3), quase 100 pacientes estavam internados nos corredores da unidade.

Saiba mais: Maior hospital público do RN tem quase 100 pacientes em macas nos corredores

Além disso, as macas de 18 viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estavam servindo de “sala de espera”, para que os pacientes ficassem aguardando a liberação de leitos.

Fátima Pereira, diretora do hospital, reconheceu a superlotação da unidade, mas afirmou desconhecer os motivos reais da atual situação.

O secretário adjunto da Sesap, Petrônio Spinelli, disse em coletiva nesta terça-feira (4) que o governo já liberou, este ano, cerca de R$ 40 milhões para a Saúde, oriundos de repasses obrigatórios.

Denúncia

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde RN) denunciou a situação do hospital, na manhã desta terça-feira (4). Quase 100 pacientes estavam internados em macas espalhadas pelos corredores da unidade.

Ainda de acordo com o sindicato, o Walfredo Gurgel, atualmente, conta apenas 8 técnicos de enfermagem – o que dá uma média de apenas 1 técnico para cada 12 pacientes.

Agora RN
Francisco do PT » Saúde

Francisco do PT destina meio milhão em emendas para a saúde do RN

Como forma de contribuir com a melhoria da saúde do Rio Grande do Norte, o deputado estadual Francisco do PT destinou, em emendas parlamentares, o valor total de meio milhão.

Segundo Francisco do PT, as emendas irão atender demandas em vários municípios, resultado de um amplo diálogo. “Ao longo do ano o nosso mandato procurou conhecer a realidade da saúde no estado, sempre ouvindo os anseios e as sugestões da população, gestores e dos setores ligados à saúde, para assim melhor formular as emendas”.

Os recursos serão investidos na aquisição de ambulância e de equipamentos para atenção básica, bem como despesas com custeio. Montante também irá para serviços de reforma em hospitais e maternidade.

Saúde

Mais de 7 milhões de pessoas morrem a cada ano de câncer no mundo, diz OMS

OMS estima que 1,5 milhão de mortes anuais por câncer poderiam ser evitadas com medidas adequadas em todo o mundo

Cerca de 7,6 milhões de pessoas no planeta morrem em decorrência do câncer todos os anos, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Do total, 4 milhões têm entre 30 e 69 anos. A menos que sejam tomadas medidas urgentes para aumentar a conscientização sobre a doença e desenvolver estratégias práticas para lidar com o câncer, a previsão para 2025 é de 6 milhões para a mesma faixa etária. Estima-se que 1,5 milhão de mortes anuais por câncer poderiam ser evitadas com medidas adequadas.

A Organização Mundial da Saúde tem como meta reduzir em 25% os óbitos por doenças não transmissíveis até 2025. Celebrado em 4 de fevereiro (esta terça-feira), o Dia Mundial do Câncer chama atenção ao redor do mundo para ações efetivas para ampliar o acesso ao diagnóstico precoce.

Em prol do acesso ágil ao diagnóstico precoce do câncer, foi aprovada no Congresso Nacional a Lei dos 30 Dias, que estabelece o prazo de no máximo um mês para a realização de exames necessários que confirmem o diagnóstico de câncer no sistema público. A lei foi sancionada pelo vice-presidente Hamilton Mourão, no exercício da Presidência em 2019, dentro da campanha de “Outubro Rosa”.

A nova lei se torna efetiva e passa a valer de verdade após o processo de análise e regulamentação encabeçado pelo Ministério da Saúde. A pasta tem até 28 de abril deste ano para fazê-lo. Caso contrário, milhares de pacientes com câncer continuarão poderão ficar desamparados sem um prazo máximo para serem diagnosticados, impedindo o início rápido do tratamento e as chances de cura.

Fevereiro ainda aborda a conscientização de combate à leucemia. A campanha traz a cor laranja e ganha destaque e alerta sobre a prevenção e importância da doação de medula óssea.

A Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed), por exemplo, encara a campanha com seriedade e chama atenção em especial para a doação da medula óssea, que é um procedimento simples que pode ser resolvido com a doação de sangue no Hemornorte.

Para o presidente da Coopmed, Marcelo Cascudo, ações como o Dia Mundial do Câncer são fundamentais para que os temas recebam maior atenção da população e do governo.

“A aprovação da Lei dos 30 dias tem potencial de salvar milhares de pessoas, e essa vitória só foi conquistada graças à mobilização de entidades e profissionais engajados nesta causa”, finaliza.

Agora RN
Saúde » Televisão

Ana Maria Braga revela que foi diagnosticada com câncer de pulmão novamente

Ana Maria já teve dois tumores no mesmo órgão.

Ana Maria Braga revelou nesta segunda-feira, 27, que foi diagnosticada novamente com câncer de pulmão. A apresentadora, que já teve dois tumores no mesmo órgão, deu a notícia ao vivo antes de encerrar o Mais Você, dirigindo-se aos telespectadores.

“É uma notícia importante, que se faz parte da minha vida e é importante para mim, quero dividir com aquelas pessoas que me fazem estar aqui, que são vocês aí do outro lado”, afirmou ela.

“Então, só recordando um pouquinho, eu tive dois pequenos cânceres de pulmão no passado, que vocês me deram força. Um foi operado e outro foi tratado com radiocirurgia. Agora, infelizmente, eu fui diagnosticada com outro câncer de pulmão. É um adenocarcinoma, o nome científico dele, semelhante aos outros, mas que é mais agressivo e que não é passível de cirurgia ou radioterapia”, informou Ana Maria.

A apresentadora contou que descobriu a doença no começo de janeiro e que na última sexta-feira, 24, recebeu o primeiro ciclo do tratamento, que é uma combinação de quimioterapia com imunoterapia. “Eu não sabia, na verdade, se eu ia conseguir chegar aqui hoje. Normalmente, quando se faz uma quimioterapia e imunoterapia como é meu tratamento agora, tem efeitos colaterais Não vai cair cabelo, porque a quimioterapia é diferente, mas tem sintomas que tem dias que você fica mais sensível”, explicou

Ana Maria informou que as sessões do tratamento ocorrem a cada 21 dias, sendo que a próxima está agendada para o dia 14 de fevereiro. “E nós temos férias também, já tínhamos férias marcadas para o dia 7 de fevereiro, pegamos três semanas merecidas do ano todo, volto depois do carnaval. Eu espero poder estar aqui com vocês até dia 7 e vou estar, porque se estou já tão bem na primeira (sessão)”, disse.

A apresentadora começou e terminou o comunicado agradecendo pelo apoio e carinho do público, da equipe e dos dirigentes da TV Globo que lhe permitiram “ser a Ana Maria que eu sou, a amiga que sou, por serem tão meus amigos e me permitirem ser da forma como sempre fui”. Ela encerrou afirmando que tem “muita fé, uma força que vem de Deus” e que acredita que “vai sair dessa com certeza”

Agência Estado
Rio Grande do Norte » Saúde

RN registra aumento de 68,9% nos casos de zika, dengue e chikungunya

O número de casos prováveis de dengue, zika e chikungunya registrados no Rio Grande do Norte aumentou 68,9% em todo o ano de 2019. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), os registros passaram de 32.980 em 2018 para 55.704 ao longo de todo o ano passado.

Os dados da Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige) foram divulgados nesta quinta-feira (23). O boletim encerrado em 28 de dezembro de 2019 aponta para a notificação de 39.056 casos suspeitos de dengue, com 10.792 confirmações, o que representa uma incidência de 1.122,62 casos por 100 mil habitantes.

Em todo o Rio Grande do Norte, o período do ano com maior incidência de dengue aconteceu entre 19 de maio a 31 de agosto, quando foram notificados 20.554 casos suspeitos de dengue.

Quanto a chikungunya, foram notificados no Estado 15.402 casos suspeitos, sendo confirmados 6.310.

Com relação ao zika vírus, foram registrados 1.246 casos prováveis. Foram confirmados 81 casos e descartados 397.

A subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi, destaca a prevenção dessas doenças. “É necessário que todos tomem as medidas de prevenção à proliferação do mosquito Aedes aegypti: receber o agente de combate às endemias em suas residências, eliminar água de vasos de flores, tampar tonéis e tanques, não deixar água acumulada, manter caixas de água e fechadas e colocar o lixo em sacos plásticos, entre outras”, encerra.

Agora RN
Saúde

Ministério da Saúde diz que 11 estados poderão ter surto de dengue em 2020

Os estados do Nordeste, assim como Espírito Santo e Rio de Janeiro, poderão ter um surto de dengue a partir de março de 2020, afirma o Ministério da Saúde.

“A dengue é uma doença sazonal e o quadro é dinâmico e pode mudar em pouco tempo, mas, no momento, os nove estados do Nordeste e as regiões do Sudeste com grande contingente populacional pouco afetadas em 2019 estão no nosso alerta”, afirmou ao G1 o porta-voz do Ministério da Saúde, Rodrigo Said.

O Brasil registrou 1.544.987 casos de dengue no ano passado, com 782 mortes, segundo dados da pasta, um aumento de 488% em relação a 2018, um ano considerado atípico pelo Ministério.

G1
Rio Grande do Norte » Saúde

RN recebe 16 mil doses da pentavalente

O novo esquema será feito com doses da vacina DTP junto à vacina contra Hepatite B para crianças aos 2, 4 e 6 meses, e a pentavalente será ministrada aos 15 meses e aos quatro anos de idade

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap-RN) recebeu nesta segunda-feira, 13, o total de 16 mil doses da vacina pentavalente. Por ser uma quantidade insuficiente para suprir a demanda, um novo esquema vacinal será implantado no Estado.

Alessandra Lucchesi, subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, afirmou que a distribuição das doses deve ser concluída até a próxima segunda-feira, 20. A quantidade, no entanto, é insuficiente para suprir a demanda estadual.

Em virtude da insuficiência, o Ministério da Saúde orientou que um novo esquema vacinal seja implantado, diante da descontinuidade do abastecimento da pentavalente.

O novo esquema será feito com doses da vacina DTP junto à vacina contra Hepatite B para crianças aos 2, 4 e 6 meses, e a pentavalente será ministrada aos 15 meses e aos quatro anos de idade.

Blog do Ismael Medeiros
Saúde

SUS recebe 1.424 novos leitos de UTI em todo o Brasil

No Centro-Oeste, foram habilitados 99 leitos, sendo 56 do tipo adulto, 30 pediátrico, sete neonatal e seis unidades coronarianas

O Ministério da Saúde ampliou em 39% o número de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), em relação a 2018, nos hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS). A medida acrescentou 1.424 leitos para viabilizar o atendimento de casos mais graves de crianças e adultos em todo país.

Segundo a pasta, a ação foi responsável por zerar todos os pedidos de habilitação de leitos solicitados pelos estados em 2019, com investimentos de R$ 185,6 milhões. Atualmente, o SUS conta com 23 mil leitos de UTI Adulto e Pediátrico em todas as regiões do país.

Dos 1.424 novos leitos, 729 são destinados a pacientes adultos, sendo 687 leitos de UTI e 42 em unidades coronarianas; e 695 voltados para o atendimento de crianças. Esse total está dividido em 142 novos leitos pediátricos, 159 neonatal, 287 em Unidade de Cuidados Intermediários Convencionais (UCINCo) e 107 em Unidade de Cuidados Intermediários Canguru (UCINCa).

No Centro-Oeste, foram habilitados 99 leitos, sendo 56 do tipo adulto, 30 pediátrico, sete neonatal e seis unidades coronarianas. No Nordeste foram 297 leitos, das quais 221 adulto, 34 do tipo pediátrico, 20 neonatal, 10 unidades coronarianas, 47 em UCINCo e 32 em UCINCa. Já para o Norte, a pasta habilitou 190 leitos, sendo 105 do tipo adulto, 35 pediátrico, 24 neonatal, um em unidade coronariana e 20 UCINCo.

Na Região Sudeste foram 300 leitos de UTI, dos quais 184 são leitos adultos, 13 pediátricos, 78 neonatal, 25 coronarianos, 203 UCINCo e 67 UCINCa. Na região Sul foram habilitados 144 UTIs, sendo 121 do tipo adulto, 10 do tipo pediátrico, 13 neonatal, 17 UCINCo e oito UCINCa.

Tribuna do Norte

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!