Arquivos:

Educação » Rio Grande do Norte » Saúde

EXTENÇÃO: Projeto do IFRN auxilia atendimento do Hospital Onofre Lopes

Foto: Flora Valverde

A “Experiência no setor de engenharia clínica: manutenção de equipamentos médico-hospitalares”, é o projeto coordenado pela professora Leila Raulino e desenvolvido por seis alunos do Curso Técnico em Equipamentos Biomédicos do Campus Ceará-Mirim do IFRN.

O projeto tem como objetivo dar suporte técnico aos equipamentos do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), tornando-os aptos para o uso.

Há cinco meses o projeto vem sendo desenvolvido pelos alunos Kalisson Renan, Lucas Tadeu, Mylene Sampaio, João Victor, Maria Alice Lopes e Clara Beatriz, que trabalham, em dois turnos, na instalação, manutenção preventiva e corretiva de equipamentos biomédicos, como monitores cardíacos, equipamentos de oxigenação e pressão arterial, cama hospitalar elétrica, ventiladores hospitalares (responsáveis por garantir que o paciente respire), dentre outros.

“A maioria dos hospitais e clínicas do estado recorrem a equipes de fora, ou seja, os pacientes ficam esperando bastante tempo para fazer um exame ou um procedimento, justamente, por não ter uma equipe técnica para consertá-los. Com o Projeto, assim que o aparelho quebra vamos lá e identificamos o defeito e consertamos”, disse aluna Mylene Sampaio.

Segundo ela, o projeto vem dando ênfase à engenharia clínica como ferramenta importante para o gerenciamento dos equipamentos que entram na unidade: sua vida útil, manutenção, correção. “Nosso trabalho tem mostrado o quanto faz a diferença ter uma equipe especializada no próprio hospital, pois as vidas de muitos pacientes dependem desses equipamentos. Fazer esse trabalho num hospital público é contribuir para que a população tenha acesso a um atendimento mais digno e rápido, ajudando a reduzir as desigualdades existentes”, complementou.

Brasil » Notícias » Saúde

PESQUISA: 8 em cada 10 brasileiros admitem automedicação

Uma pesquisa aponta que no Brasil, 79% das pessoas com mais de 16 anos admitem tomar remédios sem prescrição médica. O porcentual é o maior desde que a pesquisa começou a ser feita pelo Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ). Em 2014, 76,2% diziam automedicar-se e em 2016, 72%. O imediatismo e o maior acesso à internet estão entre os motivos para o aumento, de acordo com os coordenadores do estudo.

“O brasileiro está na correria do dia a dia, e o smartphone leva as pessoas a pular etapas. Em vez de passar em um médico, vão diretamente à internet e fazem o autodiagnostico, sem falar com ninguém”, afirma o farmacêutico clínico Ismael Rosa, pesquisador do ICTQ, entidade de pesquisa e pós-graduação na área de Farmácia.

Coordenador do levantamento, Rosa destaca que as pessoas têm recebido um grande volume de informação pelas redes sociais e, muitas vezes, as seguem sem saber se elas estão corretas. Também buscam referências com amigos e parentes, se afastando dos médicos.

O levantamento foi feito em setembro, com 2.126 pessoas a partir dos 16 anos, em 129 municípios das cinco regiões do País. De acordo com a pesquisa, dor de cabeça, febre, resfriado e dores musculares estão entre os principais sintomas que levam o brasileiro a se medicar.

O maior porcentual de automedicação foi observado entre adultos de 25 a 34 anos: 91%. É o caso da assistente financeira Michele Soares, de 34 anos. Mãe de duas crianças, de 2 e 11, ela também medica os filhos. “Se é um sintoma comum, como uma eventual dor de cabeça ou um resfriado, tomo algum analgésico. Meu filho é alérgico e, como sei os sintomas e o tipo de medicação que ele toma, já vejo o que ele precisa e dou o remédio. Mas se eu ou os meus filhos tivermos uma febre persistente, algo mais intenso ou fora do comum, claro, procuro atendimento médico.”

Segundo especialistas ouvidos pelo jornal O Estado de S. Paulo, a automedicação é um problema enfrentado por vários países e que deve ser combatido em casos de sintomas persistentes e uso de medicamentos que necessitam de prescrição médica. No entanto, a utilização responsável de remédios isentos de prescrição em situações pontuais, caracterizada como autocuidado, é uma conduta que pode ser adotada. “Há medicações que aliviam sintomas. Se não (houver a automedicação), as pessoas vão precisar ir para o médico para coisas que são pequenas”, afirma Gustavo Gusso, diretor da Sociedade Brasileira de Medicina da Família e Comunidade e professor de Clínica Geral da Universidade de São Paulo (USP).

Clínico e infectologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Paulo Olzon diz que é preciso ficar atento quando o sintoma fugir do habitual. “Quem está habituado a ter dor de cabeça toma um remédio e ela passa. Passa a ser importante quando são medicações mais tóxicas. Não dá para achar que tem um problema cardíaco e tomar remédio sem a prescrição.”

Fonte: Portal no AR

Ação Social » Notícias » Rio Grande do Norte » Saúde

OUTUBRO ROSA EM CAICÓ: Ilha de Sant’Ana terá programação especial

A prefeitura de Caicó, através da secretaria municipal de Saúde, realiza programação alusiva ao Outubro Rosa no município. No dia 19 de outubro, às 19h30, acontece o desfile “Um toque pela autoestima”, com mulheres portadoras do câncer de mama.

A ação será na Praça do Coreto, em uma parceria da secretaria de Saúde, SESC Seridó e Liga de Combate ao Câncer.

No dia 20 de outubro, a mobilização será na Ilha de Sant’Ana com ações de saúde, palestras, zumba, ginástica e café da manhã, a partir das 7h30. E no dia 24, o Centro Cultural Adjuto Dias receberá a palestra sobre câncer de mama. As Unidades Básicas de Saúde terão suas programações específicas.

Saúde

Saúde estuda incluir duas novas doses no calendário de vacinação

O Ministério da Saúde estuda incluir duas novas doses no calendário de vacinação do país. Atualmente, o Programa Nacional de Imunizações conta com um total de 19 doses. A previsão é de que, no próximo ano, sejam incluídas a vacina pneumo 13 para indivíduos imunodeprimidos – e que só será feita em centros de referência para imunobiológicos especiais – e a vacina meningo ACWY para adolescentes de 12 e 13 anos.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Imunizações, a vacina pneumo 13 previne cerca de 90% de doenças graves como pneumonia, meningite e otite, causadas por um total de 13 sorotipos de pneumococo. Já a meningo ACWY protege contra meningites e infecções generalizadas, causadas pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y.

Animal » Saúde

Dia D da Campanha Antirrábica terá mais de 100 postos de vacinação em Natal

No próximo sábado (29) mais de 100 postos de vacina serão abertos em toda Natal para o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica, que tem como objetivo a imunização de 130.838 animais (entre cães e gatos) até 5 de outubro.

Para otimizar o atendimento para a população, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) distribuiu os pontos de vacinação nas quatro regiões da capital potiguar, sendo que a zona Norte concentra a maior parte, com 40, seguida pela zona Sul (26), Oeste (24) e Leste (20). As listas com todos os locais estão disponibilizadas ao final do texto.

(mais…)

Saúde

Vacinação: campanha contra pólio e sarampo termina hoje

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo termina hoje (14) em todo o país. De acordo com os últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde, cerca de 800 mil crianças ainda não tomaram as vacinas contra as duas doenças. Todas as crianças de 1 ano a menores de 5 anos devem se vacinar independentemente da situação vacinal.

Na faixa etária de 3 e 4 anos, a cobertura vacinal está acima da meta, com 96,95% para sarampo e 95,44% para poliomielite. A maior preocupação do Ministério da Saúde é com a faixa de 1 ano de idade, cuja cobertura ainda está em 85,45%. No total, mais de 10 milhões de crianças foram vacinadas com mais de 22 milhões de doses. A média nacional de cobertura de vacinação em sarampo está em 94,7% e em poliomielite, 93,6%.

Currais Novos » Saúde

Currais Novos diminui índice de focos de dengue de 8,1% para 5,8% em três meses


O último Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes Aegypty (LIRAa) de Currais Novos mostrou uma redução importante de imóveis com focos do mosquito, o que significa a eficiência, comprometimento e trabalho dos Agentes de Endemias do Município que conseguiram com a ajuda da população diminuir o índice de 8,1% (maio) para 5,8% em agosto.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Luciano Oséas, essa redução é resultado do trabalho intensivo dos agentes e de toda equipe de saúde do município. “O trabalho direto nas residências com larvicidas, os bloqueios feitos com máquinas portáteis (UBV), além das abordagens dos Agentes de Saúde, Residentes da UFRN, e o trabalho da mídia local (TV, Rádio, Internet), contribuíram para essa redução”, comentou, ressaltando também a importância do cuidado que os cidadãos devem ter para evitar a proliferação do Aedes Aegypti.

O índice do LIRAa é um dado importante para o controle do mosquito e para um planejamento das ações de combate à dengue no município.

Currais Novos » Saúde

SAÚDE: Currais Novos supera meta e atinge 98,91% na Campanha de Vacinação Contra Pólio e Sarampo

Currais Novos ultrapassou a meta de 95% estipulada pelo Ministério na Saúde na Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e Sarampo com o índice de 98,91% do público alvo (crianças entre 1 à menores de 5 anos) imunizado. Com o “Dia D” extra da campanha no último sábado (01), o município vacinou no total 2.086 crianças, tendo o maior índice de imunização as crianças de 1 ano (106,58%, ou seja, um número maior que o projetado).

Em todo o Brasil, o índice de vacinação da campanha atingiu 86%, e no Rio Grande do Norte este número foi um pouco maior, 86,39%.

Currais Novos » Saúde

SAÚDE: Currais Novos terá “Dia D” de Vacinação Contra Pólio e Sarampo neste sábado, 01


A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo se encerra nesta sexta-feira (31), mas em Currais Novos a imunização acontecerá até o sábado (01 de setembro) com um “Dia D” municipal, onde a Secretaria Municipal de Saúde pretende vacinar o público-alvo (crianças entre 1 e 5 anos) que ainda não foram imunizadas até o momento. De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica Municipal, Currais Novos atingiu 80,28% de cobertura vacinal, mas o recomendado pelo Ministério da Saúde é que esta meta chegue a 95%.

O “Dia D” de Vacinação Contra a Poliomielite e Sarampo em Currais Novos acontecerá das 8h às 17h deste sábado (01 de setembro) nas Unidades Básicas de Saúde (Postos) do Santa Maria Gorete, Sílvio Bezerra de Melo, JK, Dr. Ferreirinha, Manoel Salustino, Expedito Araújo e Centro. É de extrema importância que os pais levem seus filhos para serem vacinados, pois surtos destas doenças têm preocupado órgãos de saúde em todo o país. A vacinação é a única alternativa para que se aumente a cobertura vacinal e impeça a disseminação destas doenças.

Saúde » Sem categoria

Postos de saúde abrem no sábado para vacinar contra pólio e sarampo

Municípios que ainda não atingiram a meta de vacinar 95% das crianças contra a poliomielite e o sarampo devem abrir os postos de saúde no próximo sábado (1º). A orientação foi divulgada hoje (29) pelo Ministério da Saúde. Cerca de 3,3 milhões de poliomielite e o sarampo ainda não foram imunizadas contra as doenças.

A pasta alertou que a organização da mobilização no fim de semana é de responsabilidade de cada município e que, portanto, é necessário verificar com as secretarias municipais quais postos estarão abertos. Até ontem (28), 70% das crianças brasileiras haviam sido vacinadas. Foram aplicadas, ao todo, mais de 15,7 milhões de doses das vacinas.

(mais…)

Últimos Eventos

06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!