Arquivos:

Saúde

Argentina tem 1ª caso de febre amarela importado do Brasil

Turista passou férias em Ilha Grande, no Rio de Janeiro

A Argentina confirmou nesta terça-feira (20) o primeiro caso de febre amarela no país “importado” do Brasil. Trata-se de um jovem de 28 anos, originário de Buenos Aires, que visitou recentemente Ilha Grande, no Rio de Janeiro. “Foi notificado o primeiro caso de febre amarela importado na Argentina, com antecedente de viagem ao Brasil”, disse o Ministério da Saúde, em um comunicado.

Saúde

Segundo estudo, álcool prejudica o cérebro mais que maconha

Ao contrário das bebidas alcoólicas, a maconha não afeta o tamanho ou a integridade da matéria branca ou cinzenta do cérebro, mesmo depois de anos de exposição, segundo um novo estudo.

Enquanto a matéria cinzenta permite que o cérebro funcione, a branca faz a comunicação entre os neurônios. Logo, os cientistas concluíram que o álcool é mais prejudicial para o cérebro do que a maconha, embora os estudos sobre os efeitos mentais da maconha ainda sejam muito limitados.

Daily Mail
Jucurutu » Saúde

JUCURUTU: Prefeito Valdir inaugura unidade de saúde na zona rural

Na manhã desta sexta-feira (02) foi inaugurada mais uma Unidade Básica de Saúde (UBS), em Jucurutu, dessa vez da Comunidade Riachão. A obra foi realizada através de convênio com o Ministério da Saúde e tem 172 metros quadrados de área construída.

A nova UBS contempla sala odontológica, consultório médico, consultório de enfermagem, recepção, cozinha, sanitários adequados para cadeirantes, sala de espera, e espaço para triagem, vacina, curativos, procedimentos e esterilização.

“Nos propusemos a mudar a estrutura física da saúde do município e estamos cumprindo. O objetivo é propiciar um melhor atendimento aos pacientes e melhor condição de trabalho aos servidores. O resultado é mais qualidade de vida para toda a população”, enfatizou o prefeito Valdir Medeiros.

O Sistema Único de Saúde (SUS) preconiza que 80% dos casos de saúde se resolvem na atenção básica, apenas 15% evoluem para média complexidade e 5% para alta complexidade. “Jucurutu prova mais uma vez que sabe investir e cuidar da saúde da sua população”, destacou a secretária de Saúde, Marjorie Ovídio.

Saúde

MILAGRE: Criança que teve o coração atravessado por espeto de churrasco deixa hospital

Depois de uma semana internado, o menino de 11 anos que teve o coração atravessado por um espeto de churrasco em Toritama, no Agreste de Pernambuco, recebeu alta do Hospital da Restauração (HR), na área central do Recife, no início da tarde desta quinta-feira (25). Emoção e agradecimento pela vida de Marivaldo da Silva Júnior marcaram a saída da unidade de saúde.

“Foi um milagre. Agradeço a Deus, primeiramente, e à equipe médica”, declarou a mãe de Marivaldo, a dona de casa Maria das Dores do Nascimento.

Emocionada pela recuperação do filho, ela afirmou ter sentido medo ao longo dos dias em que o filho ficou no hospital. “Ele me acalmava. Dizia ‘mãe, eu tô aqui perto de você’”, contou, sem conseguir segurar as lágrimas.

Apesar da complexidade da cirurgia para retirar o espeto de seu coração, Marivaldo relembrou, com simplicidade, o acidente que aconteceu no dia 18 de janeiro. “Eu estava subindo uma escada e fiquei brincando. O espeto estava na parte de cima e caiu em mim”, contou.

No dia em que teve alta, o acidente e a cirurgia só eram perceptíveis devido ao curativo feito do lado esquerdo do peito. A vitalidade e a timidez do garoto, ao deixar a unidade de saúde, eram comuns a qualquer criança. “Eu estou bem, não estou sentindo nada”, garantiu Marivaldo.

G1PE
Currais Novos » Protestos » Saúde

VÍDEO: Após sepultamento de Thais, protesto se formou em frente ao Hospital de Currais Novos

Familiares, amigos e populares se reuniram em frente ao Hospital na noite desta segunda (22)

Uma multidão se formou em frente ao Hospital Regional de Currais Novos, no início da noite desta segunda-feira (22), após o sepultamento da jovem Thais Araújo, 22 anos, que faleceu no último sábado depois de dar a luz a um menino.

A revolta da população foi devido a publicações feitas por Thais nas redes sociais afirmando que teria procurado, por várias vezes, o Hospital Regional reclamando de problemas na gestação.

Currais Novos » Luto » Policial » Saúde

FINAL TRISTE: Grávida morre no Hospital de Currais Novos durante parto; gestante reclamou do atendimento nas redes sociais

“Entreguei em suas mãos Senhor Jesus, protege a mim e o meu filho”. Esse foi um trecho, um dia antes de morrer, de uma das diversas postagens feitas pela jovem Thaís Araújo, de apenas 22 anos, que esperava pela chegada do seu segundo filho e reclamava muito do atendimento recebido no Hospital Regional de Currais Novos, nos últimos dias em que começou sentir complicações na gestação.

Em outra publicação, Thaís diz: “Senhor, eu não entendo esses médicos, mandam você fazer uma coisa depois é outra, diz que é pra ir pra Santa Cruz que você vai ter bebê lá, aí chega outro médico e não autoriza…”.

A jovem Thaís, que já tinha uma menina de quatro anos e estava ansiosa com a chegada do pequeno João Gabryel, expressou por várias vezes nas redes sociais que procurou a unidade hospitalar porque estava com complicações na gestação, mas não conseguiu resolver o problema. No entanto, o pior estava por vir. Na noite deste sábado (20), Thaís não resistiu e veio a óbito. O bebê sobreviveu.

Familiares acionaram a Polícia e foram até a delegacia de plantão em Caicó prestar um BO, solicitando assim que o fato seja investigado. O corpo da jovem foi encaminhado até o ITEP de Caicó, mas deverá ser conduzido até Natal para uma apuração maior da causa morte.

Diante do fato expressado por Thaís em suas redes sociais, internautas se revoltaram e exigem um melhor esclarecimento do caso, pedindo justiça e citando “negligência médica” no atendimento.

Até o final desta matéria, o Hospital não tinha publicado nenhuma nota explicando o acontecimento.

Currais Novos » Saúde

SAÚDE: Currais Novos será a única cidade do RN à receber o projeto “VER-SUS”

Experimentar novos espaços de aprendizagem no cotidiano do serviço de atenção básica e especializada de saúde é uma das fontes do projeto “VER-SUS”, desenvolvido pelo Ministério da Saúde em parceria com a Rede Unida, Rede Governo Colaborativo em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UNE, CONASS e CONASEMS, e que no Rio Grande do Norte acontecerá exclusivamente em Currais Novos entre os dias 18 e 25 deste mês. O projeto “VER-SUS JUREMA” idealizado na proposta currais-novense, tem coordenação da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Escola Multicampi de Medicina da UFRN, FACISA UFRN, Residência UFRN e alguns movimentos sociais.

O projeto em Currais Novos possibilitará à cerca de 40 pessoas, entre estudantes da área da saúde, residentes e integrantes de movimentos sociais de diversos lugares do país, a despertarem uma nova visão ampliada do sistema de saúde, e os grupos sociais escolhidos para serem acompanhados serão: Comunidade Quilombola “Negros do Riacho”, Comunidade Cigana e alguns terreiros de matrizes africanas. De acordo com Paula Érica, Articuladora das redes de proteção à saúde no município, o projeto será importante para que os integrantes possam observar as vivências e realidades do SUS, além de interagirem com estes grupos. “É preciso inserir esses grupos num cuidado especial quanto à saúde, e nosso projeto foi escolhido entre tantos por esta abordagem, o que será muito importante”, comentou. Todos os participantes ficarão acomodados durante o período do projeto no Centro Pastoral “Dom Heitor de Araújo Sales”/Paróquia da Imaculada Conceição, e na manhã da próxima sexta-feira, 19, os integrantes participarão de uma recepção na Secretaria Municipal de Saúde.

João Bezerra
Saúde » Tecnologia

PERIGO: Celular antes de dormir afeta sono, hormônios e desenvolvimento infantil

Mera expectativa de receber mensagens nas mídias sociais deixa crianças e adolescentes em estado de alerta, prejudicando o sono

Crianças que têm acesso a eletrônicos, como celulares e tablets, na hora de dormir, estão sujeitas a desenvolver uma série de problemas de comportamento e de saúde.

Uma pesquisa do King’s College, de Londres, reuniu dados de 125.198 crianças e adolescentes entre 6 e 19 anos de idade, em diversos países, e detectou efeitos negativos do uso do aparelho no período de descanso em diferentes graus de gravidade. Os pesquisadores verificaram de má qualidade do sono a doenças como obesidade e depressão infantil.

E não são só pesquisadores e pais que têm se preocupado com o assunto. Neste fim de semana, dois grandes grupos de investidores com US$ 2 bilhões em ações da Apple pediram, em carta aberta, que a empresa desenvolva softwares que limitem o uso de smartphones por crianças. Os acionistas citam justamente estudos mostrando o impacto negativo do celular e das redes sociais em excesso na saúde física e mental dos jovensa para justificar o apelo. A Apple ainda não respondeu a eles.

Últimos Eventos

08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão
07/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão
14 e 16 abril
Lagoa Nova/RN

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!