Arquivos:

Rio Grande do Norte

Sessão solene homenageia os 130 anos da Banda da Polícia Militar do Estado

Foto: Eduardo Maia

Foto: Eduardo Maia

A Banda da Polícia Militar do Rio Grande do Norte foi homenageada pela passagem dos 130 anos de existência em sessão solene realizada na manhã desta sexta-feira (17) na Assembleia Legislativa. A comemoração foi proposta da deputada Márcia Maia (PSDB), que destacou a importância da banda como agente de difusão cultural.

“Há, nas Bandas Militares, indubitavelmente, um compromisso com a arte e cultura, uma força e dinâmica capazes de fazê-las sobreviver ao tempo. A Banda de Música da PM tem atuado ao longo de todos esses anos como agente de difusão cultural, buscando dialogar com os diferentes tipos de público, compreendendo e abrangendo a nossa diversidade musical. O repertório permanece tradicional, mas não deixa de demonstrar a boa recepção às novidades da cultura musical”, disse a deputada Márcia Maia.

Márcia Maia destacou ainda a importância da música e das trajetórias de vida que são marcadas por trilha sonora própria. “Quantos momentos de nossa trajetória não possuem uma música especial, aquela que ouvimos e, imediatamente, nos transporta para um instante do nosso passado?”.

A deputada lembrou ainda a necessidade de apoio, para que a Banda coloque em prática o sonho de realizar um projeto para inserção de adolescentes de comunidades carentes onde passarão a ter aulas de teoria e prática musical.

Em seu pronunciamento, Márcia Maia ressaltou que esses músicos sequer contam com uma sede própria para ensaiar. Na ocasião, ela anunciou que o mandato vai lutar por melhores condições para a defesa e manutenção deste patrimônio da cultura potiguar. “Esses profissionais merecem nosso reconhecimento. Já demos entrada no projeto de lei que transforma a Banda de Música da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, de forma oficial, em patrimônio cultural imaterial do estado”, destacou a parlamentar.

Ao falar em nome dos homenageados, o subtenente e regente da Banda, Francisco Vieira Fernandes, falou da atuação dos músicos que se apresentam na abertura anual das atividades legislativas e outras no decorrer do ano, executando hinos do Brasil e do Estado.

“É com o coração carregado de emoção que represento esse efetivo audaz e valente que orgulha a instituição. A Casa nos acolhe e dignifica nosso trabalho, 130 anos da Banda é um fato histórico e mesmo com dificuldades estamos no caminho certo”, disse o regente.

O deputado Hermano Morais (PMDB) também prestigiou a solenidade, que contou ainda com a presença de policiais militares; do comandante da Polícia Militar do RN, Dancleiton Leite; do vereador de Natal Aroldo Alves (PSDB) e demais autoridades.

Banda de música da PM

A Banda de Música da Polícia Militar do Estado foi instituída pela Lei n° 982 de 16 de junho de 1886, cinquenta anos após a criação da Policia Militar do RN. Subunidade mais antiga da Corporação, a banda foi inicialmente formada por dez instrumentistas e alcançou o seu apogeu no ano de 1922, tendo como regente titular o italiano Luigi Maria Smido, assessorado pelo Tenente José Gomes.

Alguns Mestres e Contramestres dedicaram grande parte de sua vida em favor do bom andamento do serviço e engrandecimento da Banda, com destaques para o Major PM Lourival Cavalcanti Duarte, Tenente Juvenal Lira, Tenente Djalma Ribeiro da Silva, Tenente Luís Alcântara Lucas.

 

Ministério Público » Rio Grande do Norte

MPRN deflagra operação e prende secretário de administração de cidade do RN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, através da Promotoria de Justiça da Comarca de Santo Antônio e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), com o apoio da Polícia Militar, deflagrou, na manhã desta sexta-feira (17), a operação “Cérbero”. Na ação, foram expedidos, pela juíza de Direito da Comarca de Santo Antônio, Rossana Maria Andrade de Paiva, mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva, os quais foram cumpridos nas cidades de Parnamirim e Serrinha.

Durante a operação, o secretário de Administração e Obras de Serrinha, Jefferson Marinho Santos, foi preso. No curso da investigação, restou evidenciado que o investigado usava três identidades distintas. Como Jefferson Marinho Santos exercia o cargo de secretário Municipal em Serrinha.

Como Jefferson Marinho Campos constituiu a empresa M&S Serviços e Locações, CNPJ 10.806.752/0001-06 e com a identidade de Jeferson Miguel Marinho adquiriu a empresa Serrinha Derivados de Petróleo LTDA, CNPJ 03.632.203/0002-70.

As duas empresas são contratadas pelo município de Serrinha e já receberam dos cofres públicos o valor de R$ 4.597.152,52 (quatro milhões quinhentos e noventa e sete mil cento e cinquenta e dois reais e cinquenta e dois centavos), entre os anos de 2009 a 2016, conforme informações obtidas junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Ele é investigado pela prática dos crimes tipificados nos arts. 299 (falsidade ideológica), 304 (uso de documento falso), 171 (estelionato) e 312 (peculato), todos do Código Penal.

Rio Grande do Norte » Saúde

Saúde alerta população contra golpes cobrando procedimentos do SUS

Divulgação

Divulgação

A tentativa de golpe financeiro em parentes e amigos de pacientes internados nas unidades da rede pública de saúde do RN volta a preocupar gestores de hospitais. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) alerta a população para os trotes cada vez mais comuns na tentativa de extorsão, cobrando depósitos em altas quantias para o pagamento de procedimentos que são oferecidos gratuitamente pelo SUS.

Um desses casos aconteceu recentemente no Hospital Materno Infantil Maria Alice Fernandes, na zona norte de Natal. A diretora técnica da unidade, Suwame Furtado Ricarte, disse que parentes de uma paciente receberam telefonemas e por pouco não venderam bens para depositar a quantia solicitada. “Os integrantes da quadrilha se passam por médicos da regulação ou da UTI, ou por alguém ligado ao médico que está cuidando do paciente e pedem depósito em dinheiro com a maior urgência possível”, alerta a diretora.

Segundo Suwame, no ano passado a diretoria do Maria Alice chegou a ir à delegacia para prestar queixa das tentativas de golpe e registrar Boletim de Ocorrência (BO). Diante da recorrência do problema, a Sesap alerta que o procedimento não é legal e que os hospitais sob sua gestão são públicos, com 100% dos serviços financiados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Outra orientação é para que as vítimas se dirijam a uma delegacia, informando o fato ocorrido para registrarem um BO a fim de que a polícia tome as providências cabíveis.

Rio Grande do Norte

Governo conquista transferência do Terminal Pesqueiro para o RN

Obra conta com 95,5% de andamento. A mudança permitirá maior agilidade na entrega do equipamento.

Obra conta com 95,5% de andamento. A mudança permitirá maior agilidade na entrega do equipamento.

O último compromisso do governador Robinson Faria em Brasília foi com o novo ministro da Agricultura, Blairo Maggi. No encontro, realizado no início da tarde desta quinta-feira, 16, foi assegurada a transferência de dominialidade do Terminal Pesqueiro ao Estado. Enquanto o equipamento pertencer ao Governo Federal, o governo estadual não terá como intervir e iniciar um novo processo para a conclusão da obra, hoje com 95,5% de andamento. A mudança permitirá maior agilidade na entrega do equipamento.

“O encontro foi bastante positivo. A previsão dada pelo ministro é de que a transferência seja finalizada em cerca de 30 dias. A partir disso, teremos como entrar em ação para atender este que é um dos principais pleitos dos pescadores do nosso estado”, explicou Robinson.

Acompanhado pelo secretário de Estado da Agricultura, Guilherme Morais Saldanha, Robinson Faria conquistou também a prorrogação de dois convênios celebrados com o Governo Federal, um deles referente ao próprio terminal. “O outro convênio prorrogado é relativo ao programa Velas ao Vento, que a partir da próxima semana começará a entregar kits de vela para 870 pescadores em 30 colônias no estado”, explicou Guilherme. “Os beneficiados ainda receberão cursos de capacitação para operar os equipamentos”, assinalou.

Rio Grande do Norte » Segurança Pública

Diretoria de Saúde da Polícia Militar analisa a proposta de profissionais temporários para o setor

Momento da reunião entre Sesed e representantes do quadro de saúde da PM. (Foto: Assessoria de Comunicação Secretaria Segurança).

Momento da reunião entre Sesed e representantes do quadro de saúde da PM. (Foto: Assessoria de Comunicação Secretaria Segurança).

Apresentar ao atual secretário da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Ronaldo Lundgren, as ações realizadas pela Diretoria de Saúde da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Este foi o tema que motivou uma reunião, na manhã desta quinta-feira (16), entre o gestor da Sesed e representantes dos vários setores que formam os quadros de saúde da PM. Na ocasião, foram discutidos a atual estrutura física e recursos humanos, bem como os serviços disponibilizados nesta área para os agentes de segurança e seus dependentes. Também participaram do encontro o secretário de Justiça e Cidadania, Walber Virgulino e o comandante geral da Polícia Militar, Coronel Dancleiton Pereira.

“Tivemos a oportunidade de apresentar ao novo secretário da Sesed os desafios e pleitos da diretoria de Saúde, principalmente no que está relacionado as necessidades de recursos humanos”, disse o diretor de saúde da PMRN, Coronel Roberto Germano. Atualmente, a diretoria de saúde registra uma média mensal de 5 mil atendimentos ambulatórias, o que vem sendo ofertada parte para policiais e bombeiros e parte para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Para oferecer estes atendimentos, a PM conta com 69 oficiais do quadro de saúde e 280 praças.

Para tentar reverter este quadro e ampliar os recursos humanos existentes na Diretoria de Saúde, o secretário Ronaldo Lundgren sugeriu um reestudo da atual Lei de Organização Básica (LOB) dos quadros de Saúde Polícia Militar a fim de levantar a atual necessidade para o setor, bem como uma análise da possibilidade de implementação dos serviços temporários de saúde conforme realizados pelas forças armadas. Um novo encontro deverá ocorrer, já nos próximos dias, para definir as diretrizes visando melhorias para o serviço.

O Mossoroense
Rio Grande do Norte

Assembleia Legislativa contesta informações divulgadas pelo Marcco

ALRN

ALRN

A Assembleia Legislativa vai se posicionar oficialmente na tarde desta quinta-feira (16) sobre a nota publicada pelo Movimento Articulado de Combate à Corrupção (Marcco) acerca do Poder Legislativo.

Técnicos da Casa irão se pronunciar às 16h, no auditório do palácio José Augusto. O pronunciamento será transmitido ao vivo pela Rádio Assembleia e TV Assembleia, nos canais 50 (aberto), 51.3 (digital), 9 e 109 (Cabo) e 16 (Net), além do sinal através da web (http://www.al.rn.gov.br/portal/tv)

Política » Rio Grande do Norte

Vereadora do PDT diz que é cedo para avaliar denúncias contra PMDB do RN

Ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, que afirma ter pago propina a membros da cúpula do PMDB no Rio Grande do Norte.

Ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, que afirma ter pago propina a membros da cúpula do PMDB no Rio Grande do Norte.

Recém-chegada ao PDT do prefeito Carlos Eduardo, a vereadora Júlia Arruda foi comedida ao abordar a delação do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, que afirma ter pago propina a membros da cúpula do PMDB no Rio Grande do Norte.

Questionada se a presença dos peemedebistas no palanque do atual prefeito, diante da possibilidade de uma aliança com vistas à campanha eleitoral, atrapalharia o projeto de reeleição de Carlos Eduardo, a parlamentar informa que prefere não comentar o assunto.

“Eu nem me apropriei ainda desse caso. Sei que não tem nada definido. Nesse momento, apenas se especula que seja o PMDB o partido encarregado de colocar o vice na chapa. Como não tem nada fechado, é uma especulação natural do momento. Vejo que os envolvidos estão se defendendo, encaminhando nota, mas enfim, vamos aguardar. Prefiro não opinar ainda”, declarou.

Rio Grande do Norte

Atrasos do poder público em repasses poderão causar 20 mil demissões no RN

Divulgação

Divulgação

Cerca de 20 mil trabalhadores poderão ficar desempregados no Rio Grande do Norte ao longo dos próximos meses. O diagnóstico foi dado pelo presidente do Sindicato das Empresas Prestadoras de Serviço do Rio Grande do Norte, Edmilson Pereira, em virtude do grande atraso no repasse das verbas às empresas que prestam serviços terceirizados no Estado.

Segundo Edmilson, o saldo devedor do Governo do Estado, da Prefeitura do Natal e da Prefeitura de Macaíba, juntas, já somam aproximadamente R$ 65 milhões. “A maioria das empresas estão sem receber qualquer tipo de repasse há cinco meses, mas existem outras que não recebem nada desde junho do ano passado, ou seja, há um ano”, denunciou ao Portal Agora RN.

O presidente admite que os patrões já estão chegando em seus limites e, em breve, deverão praticar demissões em massa caso nenhuma providência seja tomada por parte do Governo e das Prefeituras na tentativa de quitar (ou amenizar) o rombo financeiro causado nestas empresas.

“Ninguém está suportando esse atraso. Todos os empresários entraram em seus limites financeiros e até mesmo de patrimônio. Não estão conseguindo mais dar prosseguimento ao trabalho. Infelizmente, as demissões virão no momento em que não conseguirem mais pagar absolutamente nada”, encerrou.

Agora RN
Notícias » Rio Grande do Norte

Governador pede agilidade na liberação de recursos para obras hídricas no RN

Divulgação

Divulgação

A garantia dos repasses para a Barragem de Oiticica e a liberação dos recursos para as adutoras emergencial de Caicó e Sertão Central Cabugi foram pontos principais tratados pelo governador Robinson Faria na audiência com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, na tarde dessa quarta-feira (15), em Brasília. A adutora está orçada em R$ 42 milhões, tem 63 quilômetros de extensão e beneficiará 90 mil pessoas no Seridó.

Ao titular da pasta federal, o chefe do Executivo do RN destacou a importância na celeridade da liberação dos valores para execução das obras em função da seca que afeta o estado há cinco anos, e que resulta na crise hídrica e níveis críticos dos maiores reservatórios do estado.

Robinson Faria solicitou que sejam incluídas na Medida Provisória da Presidência da República, que tem como objetivo destinar recursos para obras de combate aos efeitos da seca, as adutoras emergencial de Caicó e Sertão Central Cabugi.

O ministro disse que houve uma discussão levantada pela Casa Civil para selecionar projetos que pudessem atender de maneira emergencial o combate à seca nos estados mais atingidos pela estiagem. Helder Barbalho garantiu, no entanto, que os repasses regulares destinados à conclusão da Barragem de Oiticica estão mantidos.

“Encaminhamos as informações e a defesa para o ministro do Planejamento para que possa subsidiar a Medida Provisória do presidente tratando de recursos para toda a defesa civil do país, um pacote que contempla repasses para combate aos efeitos seca. Vamos monitorar junto ao Ministério do Planejamento e definir quando será feita a edição dessa Medida Provisória. Quero tranquilizar o estado e dizer que esta é uma demanda que está no nosso radar”, disse Barbalho.

O governador Robinson Faria declarou que o momento atual por que o estado passa requer agilidade conjunta. “Todo o esforço do nosso governo e da bancada federal é no sentido de evitar o colapso no sistema de abastecimento de água e garantir recursos importantes para conclusão ou construção de obras fundamentais. Estamos vivendo uma das piores estiagens das últimas décadas, que reduziu o nível dos reservatórios e nos colocou em situação delicada, mas vamos continuar buscando caminhos para a redenção hídrica no estado”, afirmou.

Estiveram presentes na audiência o senador Garibaldi Alves Filho, os deputados federais Fábio Faria, Antônio Jácome, Beto Rosado, Walter Alves e Rafael Motta, o secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do RN, Mairton França, e o presidente da Caern, Marcelo Toscano, entre outras autoridades.

Rio Grande do Norte » Saúde

RN possui 113 casos confirmados de microcefalia, revela Sesap

O Rio Grande do Norte possui 258 casos notificados de microcefalia sob investigação e outros 113 casos já confirmados da doença. Os registros estão distribuídos em 85 municípios. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde Pública (Sesap). Os três municípios com mais casos confirmados são: Natal, com 31 ocorrências, Parnamirim, com  8, e Ceará-Mirim, com 7 casos.

Do total de casos notificados, 4,3% evoluíram para óbito após o parto ou durante a gestação (abortamento espontâneo ou natimorto). Segundo a classificação, 33% permanecem em investigação e 67% foram investigados e confirmados.

Dos óbitos confirmados, 7 apresentaram resultado de exame de imagem com presença de alterações típicas indicativas de infecção congênita, e 5 foram confirmados por critério clínico-laboratorial – com identificação do vírus da zika a partir de amostras provenientes de dois casos de abortamento e dois recém-nascidos.

G1 RN

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!