Rio Grande do Norte

Isolamento social rígido deve ser prorrogado até 24 de junho no RN

Prorrogação de oito dias será determinada via decreto

secretário adjunto de saúde, Petrônio Spinelli, comentou que a vigência do isolamento domiciliar, do distanciamento social e das regras para funcionamento das atividades essenciais serão mantidas até 24 de junho. A prorrogação de oito dias será determinada via decreto.

A medida visa evitar aglomerações e, por efeito, o aumento da disseminação da Covid-19 através das ações adotadas pelo Governo do Rio Grande do Norte, como o programa Pacto pela Vida, que realiza fiscalização nas ruas e estabelecimentos comerciais.

Spinelli detalha, ainda, que as medidas executadas em conjunto com a maioria dos municípios potiguares, apresenta resultados positivos que se traduzem nos números da Covid-19. Segundo o secretário, o quadro começa a registrar uma leve redução na pressão por leitos de UTI no interior, especialmente nos municípios onde as prefeituras entraram em colaboração com a administração estadual para ampliar a assistência à doença.

Já o secretário de Tributação do Estado, Carlos Eduardo Xavier, esclareceu que a prorrogação das medidas também adia a implantação do Plano de Retomada das Atividades Econômicas. O plano está pronto e foi amplamente discutido com o setor produtivo. Mas para que seja iniciado duas condições precisam ser atendidas por recomendação do Comitê Científico, que assessora o Governo do RN, e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A primeira é a redução abaixo de 1 da taxa de transmissibilidade. Ou seja, as autoridades de saúde precisam comprovar que cada pessoa infectada transmite o vírus para menos de uma pessoa. Hoje esta taxa no RN é de 1,5, segundo estudos do Comitê Científico.

A segunda condição é que a taxa de ocupação de leitos estabilize em até 70%. Nesta terça-feira (16) está, em média, acima de 90%. “Sem estas condições atendidas não poderemos iniciar o plano de retomada das atividades normais”, afirmou Carlos Eduardo.

DADOS

Os dados epidemiológicos da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) mostram que a taxa de ocupação de leitos Covid nas redes pública e privada em todo o Estado é de 94% e 751 pessoas estão internadas. Destas, 367 em leitos críticos.

Na região Oeste a ocupação é de 97%, 100% em Pau dos Ferros, Natal e Grande Natal 98,9, Seridó 74%. No município de Guamaré, na região do Mato Grande, onde o Governo do Estado em parceria com a prefeitura abriu 2 leitos, os dois estão ocupados. A parceria vai permitir a abertura de mais leitos nos próximos dias naquela cidade.

A fila de regulação para internamentos tem 8 pessoas com prioridade 1 (uma a menos que o dia anterior) e 45 com prioridade 2 (UTIs e semi-utis, oito a menos).

Os casos confirmados são 15.212 (acréscimo de 998 casos em relação a ontem), suspeitos 24.873, descartados 24.715, óbitos 585 (dois confirmados nas últimas 24 horas e 30 em dias anteriores) e 113 óbitos em investigação.

“Apesar da leve melhora é preciso as pessoas se convencerem a ficar em casa e as prefeituras atuarem em sinergia com o Governo do Estado no Pacto pela Vida. A soma de esforços de todos vai levar às condições para iniciarmos a flexibilização e o plano de retorno às atividades”, afirmou Petrônio Spinelli.

Agora RN

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!