Arquivos:

Política

Henrique não vai mudar a chapa e não convidou Robinson para vice

De um aliado que entra sem pedir licença na cozinha do deputado federal e pré-candidato ao governo do Estado Henrique Eduardo Alves:

– Nunca passou pela cabeça de Henrique mudar a chapa majoritária que vai concorrer ao governo do Estado com ele na cabeça, João como candidato a vice e Wilma de Faria como candidata senadora.

A chapa está fechada. Essa história de convidar o opositor Robinson Faria para ser o vice não passa de fogo de monturo. Vai pra canto nenhum.

Robson Pires
Política

Juiz determina notificação a Wilma para dizer se assume a Prefeitura do Natal até domingo

Wilma deve retornar à prefeitura em breve.

Wilma deve retornar à prefeitura em breve.

O juiz Luiz Alberto Dantas Filho, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal, mandou notificar a vice-prefeita da capital, Wilma de Faria, o presidente da Câmara Municipal de Natal, Albert Dickson, e o vereador Júlio Protásio, para que no prazo de 24 horas se manifestem sobre o pedido de medida liminar impetrado pelo vereador Maurício Gurgel.

Na ação movida pelo vereador Maurício Gurgel, ele pede a determinação de intimação da vice-prefeita para que esta assuma a chefia do Executivo Municipal, interinamente, durante a ausência do Prefeito Constitucional, ou renunciar ao mandato outorgado pelas urnas. Com a utilização de oficial de justiça, caso não seja localizada a vice-prefeita, que sejam intimados o Presidente da Câmara Municipal e o Primeiro Vice-Presidente daquela casa.

Marcos Dantas
Política

Mossoró: Após Cláudia Regina, candidatura de Larissa Rosado também é indeferida

Após Cláudia Regina, agora foi a vez da candidatura da deputada estadual Larissa Rosado (PSB) à Prefeitura de Mossoró, em eleição suplementar, ser indeferida na tarde desta quinta-feira (17). A decisão foi do juiz da 33ª zona eleitoral, José Herval Sampaio Júnior.

Larissa Rosado (PSB) teve o mandato cassado e a inelegibilidade determinada pelo uso abusivo dos meios de comunicação da sua família na campanha eleitoral de 2012.

Corrupção » Política

André Vargas diz que reestuda renúncia ao mandato

O deputado André Vargas (PT-PR) desistiu de renunciar ao mandato parlamentar. Ontem (14), a assessoria dele anunciou que Vargas apresentaria o pedido nesta terça-feira ou amanhã (16). Hoje, em nota, o deputado disse que, diante do que estabelece a Constituição, a renúncia ao mandato seria inócua, pois não surtiria qualquer efeito. “Em face disso, o deputado André Vargas está reestudando a hipótese de renúncia”, diz o comunicado.

O documento distribuído à imprensa reproduz o § 4º do art. 55 da Constituição que diz: “A renúncia de parlamentar submetido a processo que vise ou possa levar à perda do mandato, nos termos deste artigo, terá seus efeitos suspensos até as deliberações finais [conclusão do processo]”.  A assessoria do deputado mostrou aos jornalistas mensagem em que o deputado afirma: “Fui surpreendido com o disparate da posição do Conselho de Ética”.

André Vargas se licenciou do mandato parlamentar no último dia 7, por 60 dias, após denúncias de envolvimento dele com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal, na Operação Lava Jato. Vargas admitiu ter usado um jatinho do doleiro para uma viagem de férias à Paraíba com a família no início deste ano, mas disse que desconhecia as atividades de Youssef.

O deputado anunciou também que iria renunciar à Vice-Presidência da Câmara, após a abertura de processo de cassação do seu mandato pelo Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, no último dia 14. No entanto, até agora ele não apresentou a carta de renúncia à Câmara.

Hoje, o presidente do Conselho de Ética, deputado Ricardo Izar (PSD-SP), disse que a renúncia não impede que o processo prossiga no conselho. “A renúncia do deputado não cessa o processo no Conselho de Ética. Mesmo que ele renuncie, o processo vai prosseguir até o final”, disse Izar.

Segundo Ricardo Izar, há entendimentos na Câmara de que mesmo o deputado apresentando o pedido de renúncia, a presidência da Casa não dará prosseguimento ao pedido até a decisão do Conselho de Ética e do plenário da Casa.

Há também avaliação de que, caso o deputado encaminhe a renúncia, ela deve ser aceita. No entanto, em qualquer situação, o processo no  Conselho de Ética não será paralisado, anulando qualquer efeito da renúncia.

Agência Brasil
Política » Rio Grande do Norte

Filha de ex-prefeito curraisnovense poderá disputar o governo do estado

Eleika Bezerra é filha do ex-prefeito de C. Novos José Bezerra de Araújo.

Eleika Bezerra é filha do ex-prefeito de C. Novos José Bezerra de Araújo.

Curraisnovense de coração, a filha do ex-prefeito de Currais Novos José Bezerra de Araújo, a vereadora natalense (PSDC) vem recebendo pedidos insistentes para disputar as eleições desse ano. Os que a incentivam desejam que Eleika dispute o cargo de governador.

A possibilidade de Eleika ser candidata não está descartada e ela deve se reunir com o seu partido e tomar uma decisão.

O nome de Eleika faz com que os grupos tradicionais da política estadual fiquem assustados, é inegável que com o trabalho que a vereadora vem desempenhando na Câmara de Natal pode fazer dela uma grande alternativa de renovar os quadros da política potiguar.

Corrupção » Política

Deputado “enrolado” André Vargas renuncia

Vargas, que é vice-presidente da Câmara, vinha sofrendo pressão do PT.

Vargas, que é vice-presidente da Câmara, vinha sofrendo pressão do PT.

O deputado federal André Vargas (PT-PR) decidiu renunciar ao mandato parlamentar. A informação foi confirmada pelo gabinete do próprio parlamentar na noite desta segunda-feira. A carta de renúncia deve ser entregue pelo petista nesta terça-feira.

O petista não resistiu às denúncias de seu envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, flagrado na operação Lava-Jato da Polícia Federal (PF). VEJA revelou que o petista atuava como uma espécie de sócio de Yousseff.

Em um diálogo interceptado pela PF, o doleiro combina com Vargas a estratégia de atuação para convencer o Ministério da Saúde a contratar o laboratório Labogen, de propriedade de Yousseff.

Em um dos trechos revelados por VEJA, o doleiro é direto: “Acredite em mim. Você vai ver o quanto isso vai valer. Tua independência financeira e nossa também, é claro”.

Vargas, que é vice-presidente da Câmara, vinha sofrendo pressão do PT, que não queria ser contaminado pelas denúncias em pleno ano eleitoral. A renúncia é o sinal definitivo do isolamento a que ele foi submetido.

Política » Rio Grande do Norte

Rosalba coloca time em campo para viabilizar candidatura

Já não é mais segredo para ninguém que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) buscará a candidatura à reeleição, mesmo a contragosto do presidente nacional do DEM, o senador José Agripino Maia, que pretende apoiar o deputado federal Henrique Eduardo (PMDB) para o governo.

Fonte ligada ao governo informou ao blog que secretários da gestão da democrata já caíram em campo para mostrar ações, na tentativa de reverter o alto índice popular de desaprovação do governo.

O Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, a Arena das Dunas e o RN Sustentável serão as principais ações mostradas pelo governo para defender a continuidade. A arma contra os adversários será falar dos escândalos de corrupção dos governos anteriores.

A governadora, inclusive, já começou a dar entrevistas criticando a união de Henrique com a ex-governadora Wilma de Faria (PSB). Pouco a pouco, a democrata vai mostrando que não é carta fora do baralho e que poderá dar muito trabalho na disputa deste ano, apesar do isolamento político.

BG
Justiça » Política

PRE/RN quer aplicação de multa por propaganda antecipada

A Procuradoria Regional Eleitoral no Rio Grande do Norte (PRE/RN) ingressou nessa terça, 8, com uma representação por propaganda eleitoral antecipada contra o Partido da Solidariedade (SDD) e os pré-candidatos Kelps Lima e Rafael Motta. Para a PRE/RN, os dois não aguardaram o início do período em que a propaganda eleitoral é autorizada para fazer campanha política, durante o carnaval, na cidade de Apodi, onde montaram o Camarote 77 (número do partido) e distribuíram adesivos de campanha com o número da legenda, além de realizar reuniões políticas.

De acordo com a representação, a distribuição de adesivos e os atos dos representados contribuíram decisivamente para difundir o nome dos pré-candidatos, ampliando a popularidade e favorecendo a visibilidade perante a opinião pública. “Quando os demais candidatos, cumpridores da legislação eleitoral em vigor, entram na disputa no período próprio para a propaganda eleitoral, já se encontram em situação absolutamente desigual em relação aos que, pela visibilidade angariada, já se tornaram velhos conhecidos da população.”

Se for julgada procedente pelo Tribunal Regional Eleitoral, a multa aplicada pode variar de R$ 5 a R$ 25 mil. A propaganda eleitoral fora do prazo é irregularidade prevista pelo artigo 36 da lei eleitoral (Lei nº 9504/97). De acordo com a legislação, tal propaganda somente é permitida a partir de 6 de julho.

Política

Fábio Fária assumirá presidência da Câmara

O deputado federal do Rio Grande do Norte, Fábio Faria (PSD), assumirá a presidência da Câmara dos Deputados ainda esta semana.

Fábio é o segundo vice-presidente da casa legislativa e assumirá a função de André Vargas (PT-PR), que pediu licença de 60 dias.

O presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB), fará uma viagem para o exterior de 12 (sexta-feira) a 23 de abril.

Corrupção » Justiça » Política

Menos um: Pressionado, Vargas se afasta da Câmara por 60 dias

Na foto ao lado de Barbosa, deputado fez gesto em apoio a presos do mensalão.

Na foto ao lado de Barbosa, deputado fez gesto em apoio a presos do mensalão.

O vice-presidente da Câmara, André Vargas (PT-PR), encaminhou pedido de licença por sessenta dias à direção da Casa na tarde desta segunda-feira. Em carta, ele alegou que se afasta do posto para cuidar de “interesses particulares”.

Reportagem de VEJA desta semana revelou que, para além das viagens de jatinho nas férias, ele mantinha negócios com o doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato da Polícia Federal. O deputado petista e o doleiro trabalhavam para enriquecer juntos e conquistar a “independência financeira” a partir de contratos fraudulentos com o governo federal. Mensagens de celular interceptadas pela Polícia Federal mostram que Vargas não passava apenas informações do governo ao doleiro. Ele também exercia seu poder para cobrar compromissos de Youssef.

Veja

Últimos Eventos

03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!