Policial

Mentor de estupro coletivo no Piauí é condenado a 100 anos de prisão

Adão José de Sousa, de 43 anos, participou e comandou a violência contra quatro adolescentes em maio de 2015

Três vítimas foram ouvidas. A quarta jovem estuprada, Danielly Rodrigues Feitosa, 17 anos, morreu 10 dias após o crime.

A condenação foi lida pelo juiz Leonardo Brasileiro por volta das 4h desta quarta, após os jurados se reunirem por cerca de duas horas. Formado por cinco mulheres e dois homens, o júri entendeu que Adão de Sousa participou do estupro e comandou os quatro adolescentes que o acompanharam no crime.

A demora ocorreu pela quantidade de crimes imputados ao réu: porte ilegal de arma, estupro qualificado, homicídio qualificado, tentativa de homicídio, corrupção de menores e associação criminosa. Silva nega a participação no crime e diz que não estava na cidade na ocasião.

 

Crime

O crime ocorreu no dia 27 de maio de 2015, quando quatro amigas foram tirar fotos no Morro do Garroto, um dos pontos turísticos do município, e acabaram agredidas, estupradas e arremessadas do alto de um penhasco por Silva e quatro adolescentes.

Os menores infratores foram condenados a cumprir medida socioeducativa por envolvimento nos crimes. Um deles foi assassinado pelos comparsas dentro de um alojamento no Centro Educacional Masculino (CEM), em Teresina (PI).


Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!