Policial

Celulares de procuradores da República são hackeados

Pelo menos dez procuradores do Ministério Público Federal tiveram os celulares hackeados nas últimas duas semanas.

A Procuradoria-Geral da República está investigando os casos. Além de Rodrigo Janot, que teve o aparelho hackeado na véspera de se aposentar do MPF, também foram vítimas o procurador regional Danilo Dias e o subprocurador Nicolao Dino.

Tanto Dias quanto Dino foram da equipe mais próxima de Janot. Dino foi seu vice-PGR.

Também foi vítima o procurador Márcio Barra Lima, da força-tarefa da operação Greenfield.

Em alguns ataques, há roubos de identidade e “sequestro de contas” de aplicativos de mensagens, como Telegram e Whatsapp. Nesses casos, mensagens falsas podem levar os usuários a clicar ou fornecer informações que permitem a fraude.

A Secretaria de Tecnologia da PGR é a responsável pela investigação.

O Globo

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!