Policial

Celulares de procuradores da República são hackeados

Pelo menos dez procuradores do Ministério Público Federal tiveram os celulares hackeados nas últimas duas semanas.

A Procuradoria-Geral da República está investigando os casos. Além de Rodrigo Janot, que teve o aparelho hackeado na véspera de se aposentar do MPF, também foram vítimas o procurador regional Danilo Dias e o subprocurador Nicolao Dino.

Tanto Dias quanto Dino foram da equipe mais próxima de Janot. Dino foi seu vice-PGR.

Também foi vítima o procurador Márcio Barra Lima, da força-tarefa da operação Greenfield.

Em alguns ataques, há roubos de identidade e “sequestro de contas” de aplicativos de mensagens, como Telegram e Whatsapp. Nesses casos, mensagens falsas podem levar os usuários a clicar ou fornecer informações que permitem a fraude.

A Secretaria de Tecnologia da PGR é a responsável pela investigação.

O Globo

Últimos Eventos

03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!