Arquivos:

Policial » Tenente Laurentino

VÍDEO: Helicóptero da PM sobrevoa Serra de Santana na busca do bando que arrombou agência nesta madrugada

A Cidade de Tenente Laurentino foi palco do terror de quadrilhas de assalto a Banco. Desta vez, um grupo de cerca de dez homens, fortemente armados, invadiu a Cidade e explodiu a Agência do Bradesco local. O bando estava em dois veículos, aparentemente duas Pick-ups Fiat Strada.

De acordo com informações, ainda não confirmadas, os bandidos invadiram uma casa, fizeram uma família refém, levando-a para a frente do prédio da Polícia Militar, no intuito de impedir qualquer reação dos Policiais. Muitos tiros foram disparados contra o prédio, atingindo portas e parede. Apesar de tudo, a família teria sido liberada sem maiores danos físicos.

Câmeras de um estabelecimento vizinho à Agência registrou a ação do bando, que se deu por por volta de 01h30 min. desta quarta-feira, 29 de março. A Polícia está em diligências, na tentativa de prender a quadrilha.

Blog de São Vicente
Policial » Tenente Laurentino

NOVO GANGAÇO: Bando fortemente armado metralha delegacia e explode agência bancária em Tenente Laurentino

Armas de grosso calibre foram usadas na ação

Virou rotina em todo o Rio Grande do Norte. Na madrugada de hoje a cidade escolhida pelos bandidos foi a pacata Tenente Laurentino Cruz. Lá, por volta das 1:30 da madrugada, um bando fortemente armado invadiu a cidade, metralhou o destacamento policial e explodiu uma agência bancária do Bradesco.

Imagens de uma loja mostram parte da ação criminosa. A agência ficou destruída. Não foi divulgado o valor roubado pelos bandidos.

Ninguém ficou ferido, e nenhum bandido foi preso.

A quadrilha usou dois veículos pickup’s para invadir a cidade.

Policial

Atirador deixou cartas para explicar atentado no MP, em Natal

Antes de atirar e ferir dois integrantes do Ministério Público do Rio Grande do Norte, o servidor público Guilherme Wanderley Lopes da Silva deixou cartas que revelam que os alvos do atentado eram o procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Norte, Rinaldo Reis, o procurador-geral adjunto Jovino Pereira e o coordenador geral jurídico Wendell Beethovem. Jovino foi atingido na barriga, e Beethovem, nas costas. Os dois passaram por cirurgia e continuam internados em hospital. O atirador segue foragido.

Em coletiva de imprensa no fim da tarde desta sexta-feira, Rinaldo Reis detalhou a situação e disse que as cartas foram entregues para serem analisados pela polícia. Além de apontar os alvos do atentado, o atirador ainda reclamou de medidas administrativas que atingiram servidores.

Segundo Rinaldo Reis, ainda não se sabe a motivação do crime.

— Ele entrou na sala e falou que seria uma recompensa por tudo o que tinha sido feito para ele — relatou.

No entanto, segundo o procurador-geral, não há registros de nenhum processo administrativo contra Guilherme, nem relatos de problemas funcionais com o atirador.

— Nunca houve qualquer constrangimento, por parte da administração, em relação a ele — disse.

O procuradorpgeral afirmou também que não há registros de pedidos de licenças por causa de algum problema psiquiátrico.

Para o procurador, a forma com que o servidor agiu, perseguindo os três alvos, confirma a intenção de atingir ele e as outras duas vítimas.

— Tinham outras pessoas na sala, se ele quisesse atirar à revelia, tinha feito. Porém ele atingiu Wendell e seguiu perseguindo a mim e Jovino — contou.

O caso é investigado pela 5ª Delegacia de Polícia Civil que começou a ouvir testemunhas e familiares do suspeito.

— Nós estamos apurando várias linhas de investigação que nos esclareçam a motivação. Porém, o mais importante agora é prender Guilherme Wanderley. Para isto, nossas equipes estão fazendo um trabalho apurado para identificar as rotas de fuga e as principais pistas que nos mostrem a localização do suspeito — informou o delegado-geral da Polícia Civil, Claiton Pinho.

De acordo com investigações preliminares, a arma usado nos disparos foi um revólver. Guilherme Wanderley entrou em uma sala onde havia uma reunião e simulou que entregaria um documento. Porém, ao entrar na sala, ele já começou a disparar a arma.

— Nós temos certeza que este crime foi premeditado. Estamos em campo para efetuar esta prisão o mais breve possível e, para tal, medidas cautelares já foram solicitadas para garantir a prisão de Guilherme Wanderley — afirmou o delegado.

O Globo
Policial » Rio Grande do Norte

Servidor atira em 2 no MP do RN e cita ‘vingança’

O procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Norte, Rinaldo Reis, foi o primeiro alvo dos disparos feitos por um servidor no final da manhã desta sexta-feira (24) dentro da sede do Ministério Público do Estado. Contudo, o suspeito errou o tiro. Na sequência, em meio ao corre-corre, acabaram baleados o procurador-geral adjunto, Jovino Sobrinho, e o promotor público Wendell Beetoven.

As informações foram confirmadas ao G1 pelo próprio MP, com base em relatos de testemunhas que participavam da reunião na sala de Rinaldo, onde ocorreu o atentado.

Ainda de acordo com as testemunhas, o servidor Guilherme Wanderley Lopes da Silva, de 44 anos, trabalhou normalmente pela manhã. Chegou sem a jaqueta que ele aparece usando nas imagens divulgadas pelo MP e foi direto para sala que ocupa na 1ª Procuradoria de Justiça. Ainda durante o expediente, o servidor juntou alguns documentos e seguiu para a sala de Rinaldo usando a jaqueta branca e armado.

Já dentro da sala, Guilherme se aproximou do procurador-geral e colocou a papelada sobre a mesa. Naquele momento, Rinaldo questionou o servidor sobre o que estava acontecendo. Guilherme respondeu: “A vingança vem a galope”. Em seguida, o servidor sacou a arma, apontou para Rinaldo e puxou o gatilho.

“Por sorte ele errou. Então começou uma correria. Daí o Guilherme atirou na direção dos promotores que tentavam sair da sala. Foi quando o promotor Wendell Beetoven foi atingido nas costas. Já num gabinete anexo, Guilherme fez outros disparos e acertou duas vezes o procurador Jovino Sobrinho”, relatou uma das testemunhas.

Antes de ir para a sala do procurador-geral, segundo outra testemunha, funcionárias do gabinete chegaram a perguntar por que Guilherme estava usando jaqueta, embora estivesse suando bastante. “Ele não respondeu. Apenas disse que precisava falar com Rinaldo com urgência. Então Guilherme abriu a porta da sala e entrou”, acrescentou.

As testemunhas também revelaram que, após os disparos e já em fuga, Guilherme cruzou por seguranças do prédio e avisou para que corressem para a sala do procurador-geral, porque havia “um maluco atirando em todo mundo”.

Depois disso, Guilherme foi para o estacionamento, onde fez novos disparos contra a segurança. Neste terceiro momento ninguém foi ferido, e o servidor fugiu.

Até a publicação desta matéria, a polícia ainda fazia buscas pelo servidor. Nem o Ministério Público nem a Polícia Militar sabem explicar o que pode ter motivado o atentado.

G1 RN
Policial » Segurança

REFORÇO: Força Nacional envia aeronave para apoiar operações em Natal

A Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) enviou para Natal, no último dia (14), um helicóptero para apoiar as operações realizadas na capital potiguar e que fazem parte do Plano Nacional de Segurança Pública.

A será utilizada de acordo com a necessidade das forças de segurança estaduais, que estão atuando em parceria com os 120 integrantes da FNSP que estão na cidade desde o dia 15 de fevereiro – parte do efetivo chegou nos últimos dias. Para as ações com o helicóptero, o Ministério da Justiça enviou uma equipe do Grupamento Aéreo da Força Nacional.

A FNSP tem atuado na ostensividade nas ruas e operações com barreiras itinerantes, apoiando também a Polícia Militar local. As ações ainda contemplam patrulhamento nas áreas bancárias e no combate a redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs).

O apoio às investigações de CVLIs, inclusive, também já começou, com o levantamento de dados e planejamento estratégico para investigação de homicídios, realizado em apoio à polícia civil potiguar. Essas equipes da Força Nacional – são 23 da polícia judiciária e 6 peritos – já estão, respectivamente, estudando inquéritos e confeccionando laudos.

BG
Policial

PM prende suspeitos de roubos e clonagem de veículos no RN

A Polícia Militar prendeu quatro suspeitos de pertencer a uma quadrilha de roubo de carros, comércios, tráfico de drogas e clonagem de veículos. De acordo com a PM, os homens foram presos no bairro da Liberdade, em Parnamirim, na noite desta quinta-feira (16).

De acordo com polícia, os suspeitos foram presos em flagrante e dois tinham mandados de prisão em aberto. “Estávamos atrás deles e conseguimos prendê-los em um local que funcionava como boca de fumo”, disse o major Eduardo Franco, assessor de comunicação da PM.

Os presos foram levados para a Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal. Junto com eles, foram encontrados equipamentos eletrônicos, placas de carro, drogas, vários relógios, um revólver calibre 38 e várias munições. A PM também conseguiu recuperar um carro roubado.

G1/RN
Policial

PF desarticula quadrilhas especializadas em fraudes bancárias no RN

Foto: Divulgação / PF

A Polícia Federal no Rio Grande do Norte, em conjunto com a Polícia Federal na Paraíba, deflagrou na desta quinta-feira (16) uma operação para desarticular organizações criminosas especializadas em fraudes bancárias. Os criminosos se utilizavam de documentos falsificados para obter empréstimos consignados e sacar precatórios judiciais.

A Operação Quimera V conta com cerca de 30 policiais federais, que cumprem 10 mandados judiciais, sendo cinco de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva nas cidades de Natal, Parnamirim, Nova Cruz, Tibau do Sul e Lagoa D’Anta.

Há cerca de dois anos, quando as investigações tiveram início, foi estabelecido um trabalho conjunto entre a PF/RN e a PF/PB e, desde então, os suspeitos envolvidos em fraudes bancárias que atuavam simultaneamente nesses dois estados passaram a ser acompanhados.

G1/RN
Paraíba » Policial

Carro roubado no carnaval de Nova Palemira é recuperado após tentativa de assalto em Cuité

O carro, que era vermelho, teve sua cor alterada pelos bandidos

Na madrugada de ontem (13), bandidos fortemente armados, em um veículo roubado, tentaram assaltar um popular na BR-104, próximo a Cuité-PB. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima ao avistar o grupo na estrada, acelerou o veículo e conseguiu escapar. O carro foi alvejado por vários disparos.

Depois do fracasso na tentativa de assalto, o grupo saiu em perseguição a vítima e, em seguida, perdeu o controle do veículo, quase capotando o carro, que ficou às margens da BR, entre o asfalto e a ribanceira.

Após o ocorrido, os bandidos abandonaram o carro e evadiram-se do local.  No interior do carro foram encontradas várias munições calibre 12.

O veículo HB 20 foi tomado por assalto no dia 28 de fevereiro (último dia de carnaval), entre as cidades de Nova Palmeira e Picuí, no Seridó paraibano, depois de meliantes sequestrarem o proprietário (relembre o caso).

NoticiandoPB
Mossoró » Policial » Violência

VIOLÊNCIA: Em Mossoró, bandidos invadem baile funk e matam cinco pessoas

Eriely Amanda, de 21 anos, foi uma das vítimas da chacina em Mossoró

Criminosos armados invadiram um baile funk, em Mossoró, e mataram cinco pessoas. A chacina aconteceu no final da noite de ontem (11).

As vítimas estavam no evento, chamado de “Primeiro Baile de Favela”, no bairro Boa Vista, quando os bandidos chegaram, entraram e começaram a atirar. Houve correria e outras pessoas acabaram baleadas ou feridas.

Os mortos foram: Eduardo Nunes Farias, de 19 anos; Eriely Amanda de Souza Neves, de 21 anos; Israel Gomes Bezerra, de 19 anos; Kaynan Gomes, conhecido como “Mc Kay”, de 16 anos; e o DJ Lucas Lima Rezende, de 21 anos, que animava a festa.

A polícia ainda investiga o que pode ter motivado o ataque no clube.

Informações, G1RN
Mossoró » Policial

MOSSORÓ: Quadrilha responsável por arrastões na região é presa

Na noite deste sábado (11) policiais militares da Rádio Patrulha do 2º BPM prenderam três integrantes de uma quadrilha suspeita de promover arrastões na cidade de Mossoró.

Os acusados foram identificados como Francisco Arlindo dos Santos, 20 anos, Jailson Paulo da Silva, 24 anos e Antônio Vandeilson Ferreira da Silva, 19 anos. Eles são acusados, também, de assaltos a residências.

Durante a abordagem, a PM apreendeu um carro que foi roubado durante o dia, objetos de vítimas, uma escopeta calibre 12, munições, um rádio na frequência da polícia e luvas e tocas ninja. Os policiais solicitam que vítimas de roubo procurem a DP de Plantão para reconhecimento dos acusados.

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!