Arquivos:

Polícia Federal

Polícia Rodoviária Federal inicia nesta sexta-feira Operação Ano Novo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta sexta-feira(28) a Operação Ano Novo. O objetivo é prevenir e reduzir a ocorrência de acidentes graves, aumentar a segurança e intensificar as ações de combate ao crime durante o período de maior movimentação nas rodovias, que segue até as 23h59 da próxima terça-feira (1º).

Nos próximos cinco dias, a corporação vai intensificar ações na tentativa de coibir condutas que resultam em acidentes de maior gravidade, como o excesso de velocidade, as ultrapassagens indevidas, a embriaguez ao volante, o não uso do cinto de segurança e do sistema de retenção para crianças, além do trânsito irregular de motocicletas e ciclomotores.

“Atividades de educação para o trânsito também serão reforçadas a fim de sensibilizar os cidadãos da importância de condutas defensivas para a prevenção e redução da violência no trânsito”, informou a PRF.

Haverá ainda reforço no policiamento e as equipes de plantão serão posicionadas em horários e locais de maior incidência de acidentes para garantir a segurança e a fluidez no trânsito. Seguem as dicas divulgadas pela PRF para uma viagem segura:

– Planeje sua viagem. Conheça as distâncias, os pontos de parada, se informe sobre os postos de combustíveis e restaurantes à beira da estrada.

– Viaje descansado.

– Faça revisão no seu veículo. O check-up do automóvel é fundamental, mesmo quando as distâncias percorridas são pequenas. Mantenha os faróis acesos para ver e ser visto; pneus calibrados e em bom estado; verifique as condições do limpador de para-brisas.

– Observe as placas que indicam o limite de velocidade e as condições de ultrapassagem. Respeite a sinalização e as normas do Código de Trânsito Brasileiro.

– Informe-se sobre a previsão do tempo nos lugares por onde vai passar.

– Se surgir algum problema durante a viagem, ligue para a PRF por meio do 191.

Polícia Federal

PRF apreende 6 kg de crack em ônibus na BR-101

Durante uma fiscalização realizada pela Polícia Rodoviária Federal, no km 147 da BR 101, em Goianinha-RN, foi abordado, na noite do último sábado (22), um ônibus que fazia a linha Recife-PE/Natal-RN. Na bagagem de um dos passageiros, um jovem de 22 anos, foram encontrados seis tabletes de uma substância com características semelhantes à crack, totalizando 6,5 kg da droga.

No detalhamento da fiscalização, os policiais constataram que a droga seria entregue em Natal e o acusado, que é natural de Fortaleza/CE, já tinha passagem na polícia pelo crime de furto qualificado. Diante do flagrante, o jovem foi preso e encaminhado com a droga para a central de flagrantes em Natal.

Polícia Federal

Polícia Federal desarticula quadrilha suspeita de tráfico de drogas comandada de dentro de presídio

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (21), a Operação TRIGLAV, com objetivo de cumprir seis mandados de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão, na Paraíba e no Rio Grande do Norte, além de ordens judiciais de bloqueio de valores depositados em contas correntes, expedidos pela Vara de Entorpecentes da Comarca de João Pessoa/PB.

A ação tem por finalidade desarticular a associação criminosa, comandada do interior de estabelecimentos prisionais, responsável pelo tráfico de maconha, cocaína e crack oriundos do Rio Grande do Norte e comercializados em todo o estado da Paraíba.

(mais…)

Polícia Federal

Polícia Federal deflagra operações e apura desvios de recursos públicos e corrupção no RN

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (18), as Operações Guaraíras e Titereiros, com o objetivo de apurar fraudes em licitações promovidas por diversas prefeituras do RN e, também, atos de desvios de recursos públicos e corrupção.

Cerca de 117 policiais federais cumprem 33 mandados de busca e apreensão expedidos pela 14ª. Vara da Justiça Federal nas cidades de Natal, Parnamirim, Macaíba, Arez, Passagem, Pedra Grande, Lagoa D’anta, Campo Grande, Goianinha, Monte Alegre, Lagoa de Pedras e Currais Novos.

A investigação teve início há dois anos em face de notícia de que um engenheiro civil, já condenado e processado pela Justiça Federal por fraudar licitações e desviar recursos, seguia praticando crimes, sendo confirmadas as suspeitas e identificados dois grupos distintos atuando no Rio Grande do Norte, sempre fraudando licitações, seja para obras de engenharia, seja para o serviço de transporte escolar.

Polícia Federal » Policial

Barroso prorroga por 60 dias investigações contra Temer

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta quarta-feira, 1, prorrogar por 60 dias as investigações do inquérito dos Portos, que investiga o presidente Michel Temer, segundo apurou o Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado.

No final de junho, antes do início do recesso, Barroso havia autorizado o delegado de Polícia Federal Cleyber Malta Lopes a dar continuidade às investigações no âmbito do inquérito até que a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestasse sobre o pedido de prorrogação feito pela autoridade policial.

Durante o recesso, a Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou parecer ao STF no qual concordava com o pedido da Polícia Federal pela prorrogação por 60 dias.

Agora, depois de ouvida a PGR sobre o pedido da PF, Barroso prorrogou efetivamente as investigações por 60 dias. Segundo o Broadcast Político, ao estender o prazo para a conclusão das investigações, Barroso determinou que já fosse considerado na contagem os 30 dias do período do recesso.

Fonte: Blog do BG

Polícia Federal » Policial » Rio Grande do Norte

Operação da PF investiga desvio de dinheiro público em obras nas rodovias federais no RN

A Polícia Federal iniciou na manhã desta terça-feira (31) uma operação para reunir provas de desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro, entre outros delitos, no Rio Grande do Norte. Os crimes ocorreram entre 2009 e 2010. A ação apura corrupção nos contratos de adequação da BR-101 e as obras de manutenção das rodovias federais do estado.

Ao todo, 27 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos por 120 policiais federais em Natal, Parnamirim e em mais seis estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná e Ceará.

A operação, chamada Via Trajana, é um desdobramento de uma ação anterior realizada pela própria Polícia Federal junto ao Ministério Público Federal, denonimada Via Ápia, deflagrada em 2010. Durante o processo, surgiram novas provas e ficou evidenciada a ação criminosa de outros envolvidos que não foram conhecidos na época.

Segundo a PF, entre os diversos fatos sob apuração, está o pagamento de vantagem pecuniária indevida, propina, em contratos feitos entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes do estado (DNIT-RN) e construtoras responsáveis pelas obras rodoviárias no estado.

A Via Trajana, também conhecida como Via Romana, é a extensão da Via Ápia. Faz-se associação entre as vias romanas e o objeto da investigação.

Fonte: G1 RN

Correios » Polícia Federal » Policial

BRs do estado registram oito roubos de cargas dos Correios

Criminosos fortemente armados roubando cargas de agências dos Correios em rodovias e cidades do Rio Grande do Norte. Essa cena tem se repetido ao longo das últimas semanas e elevado os índices desse tipo de crime no estado. Segundo o inspetor Roberto Cabral, do Núcleo de Comunicação Social da PRF, desde o início do ano foram oito ocorrências de roubo a cargas dos Correios em rodovias federais no RN. No total, foram 16 roubos   aos Correios desde o início do ano no estado. A Polícia Federal investiga os casos.

Um dos casos ocorreu na madrugada desta quarta-feira  (18), quando cinco criminosos roubaram parte da carga de uma carreta dos Correios (Sedex) por volta das 5h. O crime aconteceu próximo ao município de Arez, Região Metropolitana de Natal. Os criminosos interceptaram o veículo utilizando dois carros e contou com o apoio de um caminhão-baú para levar a carga.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a carreta dos Correios seguia na BR-101, na altura do Km 138, próximo à Usina Estivas quando foi abordada pelos assaltantes nos veículos mencionados acima. O motorista da carreta foi obrigado pelos criminosos a seguir por uma estrada de barro que dá acesso à cidade de Arez. Em seguida, mandaram o condutor parar a carreta e o contêiner foi parcialmente esvaziado.

O motorista dos Correios, informou à guarnição da PRF que cerca de cinco a oito elementos participaram da ação. A PRF e a PF realizam buscas na região para localizar o grupo. Até o fechamento desta edição ninguém tinha sido preso. A Polícia Federal informou que vai investigar o caso e que não será liberada informações sobre o andamento do inquérito.

Os Correios informaram que parte da carga roubada foi recuperada e será conferida. Em nota, a assessoria de imprensa dos Correios afirmou que os objetivos eram destinados para todo o Estado e os destinatários que aguardavam correspondências e encomendas devem acompanhar as informações pelo sistema de rastreamento.

“Para investigar e coibir os assaltos, os Correios desenvolvem ações preventivas em parceria com os órgãos de segurança, tanto em nível estadual quanto federal. As ocorrências são imediatamente comunicadas aos órgãos de segurança pública (Polícia Federal e Polícia Militar) para providências investigativas. A fim de preservar a integridade dos empregados, dos clientes e dos objetos, a empresa não divulga dados relacionados à segurança”, disse a instituição em nota.

Há pouco mais de uma semana, na última quarta-feira, 11, um caminhão de Correios também foi alvo de uma quadrilha, na estrada entre Santa Maria e Riachuelo, próximo a cidade de São Paulo do Potengi, na BR-304. Um grupo fortemente armado de fuzis, abordou o veículo e recolheu a carga que estava no interior do caminhão. Após isso, fugiram no carro dos Correios e abandonaram logo depois na BR-304.

A ação criminosa de hoje é o 47º ataque a bancos (públicos e privados), agências e veículos dos Correios e veículos de transportes de valores no Rio Grande do Norte. Na maioria das situações, os grupos chegam fortemente armados, em alguns casos com fuzis, explosivos e até coletes à prova de balas. A atuação dos bandidos geralmente é de madrugada, aproveitando o silêncio das ruas e deixando um rastro de destruição nas agências bancárias.

Após as ações das quadrilhas, bem sucedidas ou não, quem acaba tendo de arcar com o prejuízo, além das instituições financeiras, é a população das cidades afetadas com a criminalidade, que precisa se deslocar para as cidades vizinhas para ter acesso à operações financeiras. Além de arcar com custos para as viagens a outros municípios com bancos, a população ainda corre o risco de andar com altas quantias para suas residências.

Assaltos a correios por cidades no Rio Grande do Norte
Estado registra 16 casos de assaltos envolvendo os Correios, oito deles a veículos em BRs

Georgino Avelino (15/01 – arrombamento da agência com maçarico);

Zona Norte de Natal (20/01 – carro dos correios);

Pureza (20/01 – assalto a agência);

São Tomé (30/01 – arrombamento da agência);

Pipa (01/03 – arrombamento da agência);

Macaíba – (22/03 – roubo de carga de caminhão);

Tangará (29/03 – assalto a agência por dois homens em moto);

Parnamirim (18/04 – assalto a agência Sedex em Passagem de Areia);

Santa Cruz (30/04 – assalto a agência, com um assaltante preso e outro ferido na saída do prédio);

Espírito Santo (03/05 – assalto a agência com reféns);

Extremoz (28/05 – assalto a agência por homens usando roupas do Correios);

Jundiá (21/06 – arrombamento da agência com uso de explosivos);

Pilões (04/07 – arrombamento por 12 homens fortemente armados);

Várzea (04/07 – arrombamento);

Santa Maria – (11/07 – roubo de carga na BR-304);

Arez – (18/07 – roubo de carga na BR-101).

Fonte: Tribuna do Norte

Michel Temer » Polícia Federal » Policial » Política

PF apura nova suspeita de propina milionária a coronel amigo de Temer

A Polícia Federal (PF) investiga novos indícios de pagamentos de propina ao coronel João Baptista Lima Sobrinhoamigo do presidente Michel Temer, referente a contratos do Porto de Santos. No cofre da Argeplan, empresa do coronel, foi encontrada pela PF uma planilha que indicaria o repasse, para Lima, de 17% de um contrato de R$ 50 milhões firmado entre uma empresa de coleta e incineração de resíduos e a Codesp, administradora do terminal santista.

O contrato foi firmado com um consórcio formado pela Transportadora Júlio Simões e a Coletora Pioneira, em 1998, e vigorou por 15 anos. Segundo a PF, a planilha trazia a inscrição 17% ao lado do nome da J.P. Tecnolimp, empresa pertencente ao grupo Julio Simões e que herdou o contrato assinado com a Codesp. Ainda em 1998, segundo as investigações, o consórcio fez um acordo de acionistas com a Eliland, braço de uma offshore no Uruguai.

O contrato foi firmado com um consórcio formado pela Transportadora Júlio Simões e a Coletora Pioneira, em 1998, e vigorou por 15 anos. Segundo a PF, a planilha trazia a inscrição 17% ao lado do nome da J.P. Tecnolimp, empresa pertencente ao grupo Julio Simões e que herdou o contrato assinado com a Codesp. Ainda em 1998, segundo as investigações, o consórcio fez um acordo de acionistas com a Eliland, braço de uma offshore no Uruguai.

Segundo a PF, a Eliland ficaria com cerca de R$ 8,5 milhões a título de dividendos, valor que corresponde justamente aos 17% informados na planilha. Ainda de acordo com a PF, as movimentações financeiras da Eliland eram feitas por Almir Martins Ferreira, contador da Argeplan. Ferreira também foi responsável por contas de campanhas do presidente Michel Temer na década de 1990.

O contador Almir Ferreira e o coronel Lima foram alvos da Operação Skala, autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), em março passado para investigar supostos benefícios do presidente Michel Temer a operadoras portuárias. Ferreira aparece como gerente da Eliland, que tem sede no Brasil em endereço fictício. Em depoimento à Policia Federal, em maio passado, Ferreira disse apenas que se lembrava de um contrato da Eliland com a Rodrimar, mas que não se recordava de valores.

“LARANJA PERFEITO”

Na última sexta-feira, outro sócio da Eliland, o advogado Paulo Siqueira, prestou depoimento à PF em São Paulo. Aos agentes, disse que se considerava um “laranja perfeito” porque cedeu seu nome para ser usado pela offshore, mas que não acompanhou os negócios.

Não é a primeira vez que a Rodrimar é citada no esquema envolvendo o Porto de Santos. A operadora portuária é investigada por suposto favorecimento no decreto dos Portos, assinado por Temer em maio de 2017. A PF investiga a atuação do ex-deputado e assessor de Temer, Rodrigo Rocha Loures, como interlocutor do governo junto ao setor portuário. O ex-assessor do emedebista foi preso, após ser flagrado, em operação controlada da Polícia Federal, recebendo uma mala com R$ 500 mil de um executivo da J&F.

Amigo de Temer desde os anos 1980, quando o presidente foi secretário de Segurança de São Paulo, o coronel Lima também apareceu na delação do Grupo J&F. O executivo Ricardo Saud disse ter mandado entregar no escritório dele R$ 1 milhão em espécie, a pedido de Temer. A Argeplan, empresa de Lima, foi ainda contratada pela Eletronuclear, por R$ 160 milhões, para obras na usina de Angra 3.

Além disso, em delação premiada, José Antunes Sobrinho, sócio da Engevix, disse que “a Argeplan só conseguiu o contrato (com a Eletronuclear) por ser ligada a Michel Temer” e subcontratou a Engevix “porque não tinha capacidade para o serviço”. Segundo Sobrinho, Lima teria recebido R$ 1 milhão pelo negócio.

Lima se tornou sócio da Argeplan em 2011, mas a PF desconfia que ele estava ligado aos negócios da empresa bem antes disso. O GLOBO apurou, em documentos arquivados da Junta Comercial de São Paulo, que, em 1988, Lima assinou um documento na condição de procurador de um antigo sócio da Argeplan.

A mulher do coronel Lima, Maria Rita Fratezi, pagou em dinheiro reformas na casa de Maristela Temer, filha do presidente. Em depoimento à PF, Antonio Carlos Pinto Junior, dono da empresa Qualifac, um dos fornecedores da obra, disse que Maria Rita “insistiu” que queria pagar uma primeira parte em dinheiro vivo, no total de R$ 56,5 mil, mas que recusou e o valor foi depositado em conta corrente.

Em nota, o Grupo Júlio Simões nega qualquer pagamento de vantagens indevidas a qualquer pessoa ou empresa em função do contrato de prestação de serviços no Porto de Santos. “Tal contrato foi vencido pelo menor preço em licitação e tinha validade de 15 anos (1998 a 2013); foi cumprido à risca, sem aditivos sobre prorrogação de vigência ou modificação de preço. Jamais houve sociedade ou acordo de acionista com uma empresa chamada Eliland, a qual desconhecemos”, afirma a nota.

A Codesp informou que está à disposição da Justiça e, “se provocada por quaisquer órgãos (inclusive de investigação) e com pleno conhecimento dos fatos”, adotará as providências necessárias, inclusive instauração de sindicância e processos administrativos.

O advogado do coronel Lima não retornou o contato feito pelo GLOBO, assim como a empresa Pioneira, que integrou o consórcio com a Transportadora Júlio Simões.

Fonte: Blog do BG/O Globo

Polícia Federal » Policial

TRÁFICO: Polícia Rodoviária Federal prende dois traficantes no trevo da Rajada, acesso a Carnaúba dos Dantas

Os suspeitos foram encaminhados até à delegacia de Polícia Civil em Caicó

No final da tarde desta sexta-feira (02), a Polícia Rodoviária Federal prendeu dois homens que levavam três quilos de cocaína para a cidade de Parelhas-RN. Segundo informações preliminares, um deles era chefe do tráfico de drogas local.

O flagrante ocorreu durante fiscalização da PRF na BR-427, próximo ao trevo da Rajada que dá acesso à Carnaúba dos Dantas, quando os policiais abordaram o VW Golf em que estavam.

O veículo estava sem irregularidades, mas os PRFs decidiram realizar uma averiguação no interior do carro e encontraram três tabletes de cocaína escondidas abaixo do tapete do passageiro.

Os policiais confirmaram a suspeita sobre a droga ao realizar o teste preliminar com reagente, dando voz de prisão aos dois traficantes. Eles informaram que obtiveram a cocaína em Natal pelo valor de R$ 45.000,00 e a distribuiriam em Parelhas.

Os dois foram levados à delegacia de Polícia Civil em Caicó, para apuração dos fatos e registro do crime de tráfico de drogas (Lei nº 11.343/2006). Os criminosos poderão receber pena de até 15 anos de reclusão.

Assessoria de Comunicação Social da PRF
Esporte » Polícia Federal

MAIS UM: PF prende Nuzman por suspeita de fraude na escolha do Rio para sediar Olimpíadas

Imagem: Reprodução

A Polícia Federal prendeu hoje (5) o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, e o diretor-geral do Comitê Organizador Rio 2016, Leonardo Gryner. Os dois são investigados por envolvimento num suposto esquema de compra de votos no Comitê Olímpico Internacional (COI) para a escolha dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. (mais…)

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!