Natureza

PERIGO: relatório do Elat aponta 98 mortes por raios em 2014

O Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou o levantamento de mortes causadas por raios em 2014 no País. Os dados referem-se a informações fornecidas pela Defesa Civil, pelo Ministério da Saúde (MS) e pela imprensa.

Foram 98 mortes, uma a menos do que em 2013. As principais circunstâncias de morte permanecem as mesmas de outros anos: 27% das vítimas realizava atividades agropecuárias quando foram atingidas e 20% estava dentro de casa. Entre todas as vítimas, 56% viviam na zona rural.

Os números de São Paulo se destacam em razão de dois acidentes fatais ocorridos no segundo semestre de 2014. Em 7 de novembro, três moradores de rua foram atingidos simultaneamente por um raio e, em 29 de dezembro, quatro banhistas receberam uma descarga em Praia Grande. O episódio do litoral sul foi a segunda maior tragédia provocada diretamente por um raio no Brasil. Em 2014, as cidades com o maior número de vítimas foram: São Paulo (5); Praia Grande (SP) (4); Pauini (AM), Wanderley (BA) e Igarapé Grande (MA) (2) em cada.


Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!