Arquivos:

Pedofilia » Rio Grande do Norte

Operação nacional contra abuso e exploração sexual infantojuvenil tem alvo no RN

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MSP) coordena nesta quinta-feira (28) uma força-tarefa de combate a crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet. Denominada ‘Luz na Infância 4’, a operação é realizada no Distrito Federal e em 26 estados. No Rio Grande do Norte, os policiais trabalham no cumprimento de um mandado de busca e apreensão.

Em todo o país, os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas do MJSP, com base em informações coletados em ambientes virtuais que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva.

“Esse conhecimento produzido foi repassado às Polícias Civis – em especial às delegacias de proteção à criança e ao adolescente, e de repressão a crimes informáticos – que, por sua vez, instauraram inquéritos e solicitaram aos juízes locais para expedição dos mandados de busca e apreensão”, divulgou a Polícia Civil do RN.

As ações simultâneas mobilizam um efetivo de mais de 1.500 policiais em todo o país. Houve também colaboração da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega em Brasília (US Immigration and Customs Enforcement-ICE), oferecendo cursos e capacitações que subsidiaram as quatro fases da Operação Luz na Infância.

G1
Pedofilia » Policial

DESUMANO: PM pede para estuprar filhas de 4 e 14 anos de amante como “prova de amor”

Com medo de ser abusada, a adolescente de 14 anos divulgou a conversa na internet.

Com medo de ser abusada, a adolescente de 14 anos divulgou a conversa na internet.

Uma adolescente de 14 anos divulgou através do whatsapp uma conversa entre sua mãe e um policial militar, onde o homem pedia para manter relações sexuais com a jovem e sua irmã, uma criança de quatro anos de idade, como ‘prova de amor’.

O policial militar é lotado no 14° Batalhão de Polícia Militar com sede em Sousa e reside no estado do Ceará.

No diálogo que aconteceu no Facebook, o policial pede para uma mulher que dope suas filhas, a adolescente de 14 anos e uma criança de quatro anos de idade, para que ele mantenha relações sexuais com as três (a mãe e as duas filhas), a fim de satisfazer sua ‘obsessão’, onde a mulher parece rejeitar o pedido do militar.

A jovem ao flagrar a conversa encaminhou para uma terceira pessoa e o caso se espalhou rapidamente causando a indignação da sociedade que trataram o comportamento de ambos como cruel, repugnante e monstruoso.

De acordo com informações, o Comando do 14º Batalhão de Polícia Militar teve conhecimento do fato e já comunicou ao Comando Geral da Polícia Militar, garantindo que vai apurar com rigor o possível desvio de conduta do militar estadual, o qual inclusive pode ser excluído da corporação, caso seja comprovada a participação do policial militar.

A Polícia Civil também foi informada do ocorrido e deverá instaurar inquérito policial para investigar a conduta da mãe e do policial militar, dependendo do andamento das investigações, ambos podem ser indiciados por favorecimento da prostituição e ou estupro de vulnerável.

A conversa se espalhou rapidamente na internet.

A conversa se espalhou rapidamente na internet.

Pedofilia » Policial

Administrador de site pornô é preso suspeito de aliciar crianças no RN

Suspeito tem 67 anos, é comerciante e administra um site pornô (Foto: Wellington Guedes/G1)

Suspeito tem 67 anos, é comerciante e administra
um site pornô (Foto: Wellington Guedes/G1)

Um comerciante de 67 anos foi preso na manhã desta quarta-feira (6) em Tibau do Sul, no litoral Sul do Rio Grande do Norte, suspeito de aliciar crianças entre 8 e 10 anos. O mandado de prisão temporária foi expedido pela juíza Ana Karina de Carvalho Carlos da Silva, titular da Vara Única da Comarca de Goianinha. Segundo a Polícia Civil, o suspeito é natural de Maringá, no Paraná, e administra uma página com conteúdo pornográfico na internet. Na casa dele os policiais apreenderam várias fotos e vídeos pornôs. O site já foi retirado do ar.

De acordo com o delegado Wellington Guedes, titular da Delegacia da Goianinha, as investigações tiveram início há dois meses após denúncias feitas por familiares das vítimas. “Ele costumava aliciar crianças entre 8 e 10 anos de idade, abordando as vítimas na rua e oferecendo doces para que as elas fossem até a sua casa. Já dentro do imóvel, ele assistia filmes pornográficos na frente das crianças’, disse o delegado.

Quanto ao site pornô, o delegado acrescenta que o conteúdo será analisado. “Vamos ver se existem imagens de menores de idade na página”, disse Guedes.
Ao saber que estava sendo investigado, o comerciante chegou a ir até a Corregedoria da Segurança Pública para denunciar os policiais, alegando que estava sendo perseguido e sofrendo abuso de autoridade. O delegado, entretanto, acredita que ele fez isso para tentar inibir a ação policial.

G1RN

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!