Saúde

OMS: ‘Impacto de mutação do coronavírus sobre produção de vacinas é descartado’

Nesta segunda-feira (21), a Organização Mundial da Saúde (OMS) descartou impactos da variante do novo coronavírus. Essa possibilidade foi confirmada no fim de semana pelo Reino Unido com transmissibilidade 70% maior, sobre a produção de vacinas contra a covid-19.

O diretor executivo do Programa de Emergências em Saúde da entidade, Mark Ryan, destacou que “vacinas já são produzidas visando uma ampla variedade de mutações”. Para a OMS, as vacinas anticovid poderiam ser atualizadas como nova cepa do Sars-cov-2 sem grandes problemas, como já ocorre no caso de imunizantes da gripe comum. O que não pode acontecer é uma mutação da proteína fundamental do novo coronavírus.

Nessa caso, a cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan, fez um alerta para a necessidade de barrar a doença em todo o planeta em meio à segunda onda de infecções. “Baixar a transmissão da covid-19 é importante justamente para evitarmos mutações. Quanto mais o vírus circula, mais ele gera variantes”, alertou Soumya, em coletiva de imprensa.

Blog da Gláucia Lima

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!