Notícias

Henrique Alves diz que leilão para transmitir energia eólica no RN poderá ser antecipado

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, está negociando a antecipação do leilão que vai ampliar a capacidade de transmissão da energia eólica gerada no Rio Grande do Norte.

 

O deputado disse ao ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, que a capacidade de geração instalada já supera a demanda do estado por energia elétrica, mas tem parques eólicos parados por falta de novas linhas de transmissão. “A capacidades das linhas de alta tensão existentes se exauriu e o estado perde novos investimentos”, afirmou Henrique Alves. O ministro disse que vai tentar antecipar para o início do ano  o leilão de novas linhas de transmissão previsto para o final do próximo semestre pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

No encontro com o ministro, também estiveram o Secretário de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte, Rogério Marinho; e representantes da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte e de várias empresas com investimentos em energia no estado. “Já investimos um bilhão de reais e temos mais dois bilhões para ampliarmos nossos negócios no Rio Grande do Norte”, assegurou o empresário Mário Augusto Lima e Silva.

 

Ele disse ter interesse em investir na transmissão de energia e no fornecimento de equipamentos para novos parques eólicos. Mário Augusto também descartou a possibilidade de direcionar os investimentos da empresa para estados concorrentes como Bahia e Rio Grande do Sul.

O presidente da Serveng Energia, Thadeu Penido, disse que os entraves burocráticos já foram superados e que o maior problema enfrentado pelas empresas geradoras é a falta de linhas de transmissão. “Entraves como licenciamento ambiental e do Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Cultural já não nos preocupam. Precisamos vender nossa produção”, disse o investidor, reclamando do atraso na construção de novas redes de transmissão. Outro investidor, Márcio Severi, da CPFL Renováveis, também reforçou a queixa dos demais, reclamando da falta de espaços para transmissão nas redes existentes.

A licitação deverá reparar perdas nos atuais reforços de transmissão com a construção de quatro novos linhões. “Esse prazo, se for cumprido, nos permite a continuidade do processo de desenvolvimento e a expansão de novos parques, já que os geradores, pelas novas regras do leilão, também poderão participar da transmissão da energia gerada no Rio Grande do Norte”, assegurou o secretário Rogério Marinho.

Postado por: Eduardo Bezerra / Assessoria de Imprensa

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!