Notícias

135 mil pessoas não sabem que são soropositivas para HIV

A partir de janeiro, o Ministério da Saúde quer concentrar informações sobre casos de pessoas diagnosticadas com o vírus HIV, causador da Aids, para expandir os trabalhos de prevenção e tratamento de brasileiros.

Segundo o governo federal, atualmente existem no país entre 490 mil e 530 mil pessoas que contraíram o HIV, sendo que 135 mil ainda não sabem que são soropositivas. A notificação compulsória será feita por meio dos serviços de saúde, públicos ou privados. O sistema deve seguir o modelo já usado para computar casos de dengue, hanseníase e outras doenças. Hospitais e Unidades Básicas de Saúde (UBSs) repassarão a quantidade de casos detectados para as prefeituras, que devem informar os estados e, posteriormente, comunicar o Ministério da Saúde. No entanto, segundo a pasta, dados sobre os portadores serão mantidos em sigilo.

"Queremos trazer todas as pessoas para o tratamento. Isso vai auxiliar no reforço do novo paradigma de prevenção, iniciado em agosto", disse o médico Dirceu Greco, diretor do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do ministério. Segundo ele, no segundo semestre deste ano, o Brasil passou a tratar com coquetéis antirretrovirais os portadores do vírus HIV que apresentam taxas de linfócitos CD4 abaixo de 500 – os linfócitos CD4 são o principal alvo do HIV, e seu número diminui com a evolução da doença. Antes, recebia o tratamento apenas quem tinha nível de CD4 em 350 ou abaixo.

"Se a pessoa começar a tratar antes que o nível de CD4 desça para menos de 500, o infectado consegue ter uma qualidade de vida melhor para o resto da vida", explica o especialista.

Postado por: Jean Souza

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!