Arquivos:

Mundo

EUA registram primeira morte de menor de idade por Covid-19

Foto: Divulgação

O novo coronavírus fez na Califórnia a primeira vítima fatal menor de idade nos Estados Unidos, anunciaram nesta terça-feira autoridades sanitárias. O Departamento de Saúde Pública do condado de Los Angeles anunciou hoje 128 casos e três novas mortes, entre elas a de um residente da cidade de Lancaster menor de 18 anos. Não foi revelado o sexo ou a idade da vítima, nem se ela tinha outra doença.

“A Covid-19 não discrimina por idade, raça ou renda”, assinalou Barbara Ferrer, diretora de Saúde Pública do maior condado do país, de 10 milhões de habitantes. Autoridades destacaram que, nas últimas 48 horas, foram reportados 256 novos casos no condado de Los Angeles, que totaliza 662, com 11 mortes.

Um relatório recente dos Centros de Controle de Enfermidades (CDC) dá conta de que os jovens “sofrem da forma mais leve da Covid-19”, sem admissões em UTIs ou mortes no país desde 16 de março. Existem apenas dois casos conhecidos de morte de menor de idade pela doença na China, entre eles um menino que sofria de uma condição intestinal preexistente. A situação do outro é desconhecida.

Mundo

Chefe da OMS diz que ‘só restringir a circulação de pessoas não será suficiente’ contra o covid-19

Chefe da Organização Mundial de Saúde Mike Ryan – Foto: Divulgação

O chefe de emergências da Organização Mundial de Saúde, Mike Ryan disse, que só restringir a circulação de pessoas não será suficiente para combater o novo coronavírus. Mike concedeu entrevista à BBC neste domingo (22).

O medo de Ryan é de um aumento da doença quando as medidas restritivas forem suspensas.”É preciso identificar os doentes, assegurando o devido atendimento médico. Além do isolamento de quem tem o vírus, é preciso monitorar quem teve contato com tais pessoas” disse.

Mundo

Arquiteto do estádio olímpico de Barcelona morre vítima do coronavírus

Arquiteto italiano Vittorio Gregotti – Foto: Divulgação

O arquiteto italiano Vittorio Gregotti, que projetou o estádio olímpico dos Jogos de Barcelona de 1992, morreu neste domingo (15) aos 92 anos, depois de ter sido infectado com o novo coronavírus, informa a imprensa italiana.

Gregotti faleceu em consequência de uma pneumonia depois de ter sido hospitalizado em Milão, informaram a agência de notícias AGI e os jornais Corriere della Sera e La Repubblica.

O arquiteto também projetou o teatro da Ópera Arcimboldi de Milão, entre muitas outras obras.

A esposa de Gregotti, Mariana Mazza, também está internada no mesmo hospital de Milão, de acordo com o Corriere della Sera. O jornal não divulgou detalhes sobre seu estado de saúde.

Mundo

Base que abriga soldados americanos no Iraque é atingida por foguetes

Base americana é atingida por foguetes no Iraque – Foto: Reprodução

A base militar Taji, no Iraque, que abriga soldados americanos, foi atingida por dez foguetes nesta quarta-feira (11). Apesar de nenhum grupo ter reivindicado o ataque, os Estados Unidos acusam facções armadas pró-Irã de serem os responsáveis pelo ataque. As autoridades americanas não registrou vítimas. O presidente americano Donald Trump ainda não se manifestou. O ataque vitimou dois americanos e um britânico, segundo a Folha de S. Paulo.

Esse foi o 22º ataque contra instalações americanas no Iraque desde o fim de outubro de 2019, quando uma série de manifestações contra o governo iraquiano gerou instabilidade o país. Os EUA acusam o Irã de estar por trás da violência na região.

Em janeiro deste ano a situação foi agravada com a morte do general Qassem Soleimani, morto em um aeroporto iraquiano atingindo por drones militares norte-americanos.

Mundo

Trump diz que ‘não há motivo para pânico’ após primeira morte por coronavírus nos EUA

Foto: Aubrey Gemignani

Após o primeiro caso de morte pelo coronavírus registrado nos Estados Unidos, o presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou neste sábado (29), em pronunciamento, que “não há motivo para pânico”.

“Não há motivo para pânico. Temos lidado com essa questão com muito profissionalismo”, pontuou o presidente.

Trump anunciou a adoção de medidas restritivas adicionais para evitar a difusão do vírus no país. A proibição de viagens de norte-americanos para o Irã e para as regiões mais afetadas pelo coronavírus na Itália e na Coreia do Sul estão entre as medidas que devem ser adotadas. Ele também disse que avalia restringir a entrada de pessoas via fronteira com o México, onde também há casos da doença.

Mundo

China tem mais de 78 mil casos de Covid-19

Foto: Divulgação

A China registrou, nesta quarta-feira (26), 78.190 casos de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Com o aumento no número de casos – são 411 a mais que no último levantamento -, o país decidiu que turistas de países atingidos passarão por quarentena de 14 dias ao visitar Pequim, a capital.

Na Europa, a Itália confirmou mais uma morte pelo vírus, aumentando o total para 12, e morreu o primeiro cidadão da França. Na Alemanha, um homem infectado está em estado grave. A Áustria investiga uma morte que pode estar ligada ao vírus, e a Grécia confirmou o primeiro caso da doença.

A Coreia do Sul registrou 1.261 casos da doença, segundo a Associated Press. É o segundo país a ter mais de mil pessoas infectadas. Um soldado americano no país foi diagnosticado com a doença. Com 139 casos e 19 mortes, segundo último levantamento do governo, o Irã é o país com a maior quantidade de vítimas fatais depois da China.

Mundo

Homem mais velho do mundo morre aos 112 anos no Japão

Foto: Reprodução

Chitetsu Watanabe, um japonês considerado o homem mais velho do mundo, faleceu aos 112 anos, anunciaram as autoridades nipônicas nesta terça-feira (25). Watanabe, que nasceu em 5 de março de 1907 em Niigata, ao norte de Tóquio, faleceu no domingo na residência em que morava, situada no mesmo município.

Há menos de duas semanas ele havia sido reconhecido pelo livro Guinness dos recordes como o homem mais velho do mundo, embora existam mulheres de mais idade no mundo. De acordo com Watanabe, que tinha cinco filhos, o segredo de uma vida longa é “não ficar chateado e manter um sorriso no rosto”. Após sua morte, o homem mais longevo do Japão agora é Issaku Tomoe, de 110 anos, de acordo com a agência Jiji Press, mas não está claro se ele também é o mais velho do mundo.

Mundo

Militar brasileiro pega seis anos de prisão na Espanha por transportar cocaína em avião oficial

Foto: Divulgação

Militar brasileiro que foi detido em 2019 na Espanha com 39 quilos de cocaína, quando viajava como parte da tripulação de apoio do presidente Jair Bolsonaro, aceitou nesta segunda-feira cumprir seis anos de prisão”, informou um porta-voz do Judiciário. “A Promotoria reduziu o pedido de prisão de oito anos para seis anos e um dia e a defesa do militar aceitou esta pena”, afirmou o porta-voz do tribunal de Sevilha (Andaluzia), local do julgamento do sargento da Aeronáutica.

O militar foi detido em junho de 2019 com 39 quilos de cocaína em sua mala quando fez escala em Sevilha em um avião de apoio da comitiva de Bolsonaro, que viajaria ao Japão para reunião do G20.

Na ocasião, Bolsonaro classificou o fato como “inaceitável”, exigiu uma investigação e “punição severa ao responsável”. A Força Aérea Brasileira (FAB), responsável pela segurança do avião, anunciou o reforço das medidas de controle para prevenir este tipo de ilícito.

De acordo com a imprensa, o sargento, que entrou para a FAB em 2000, realizou pelo menos 29 viagens no Brasil e ao exterior desde que ingressou em 2010 no Grupo de Transporte Especial (GTE), que é responsável, entre outras funções, por transportar a cúpula do governo.

Por ISTOÉ

Mundo

Palestinos lançam mais mísseis de Gaza, Netanyahu ameaça guerra

Foto: Divulgação

A Jihad Islâmica na Palestina lançou hoje (24), da Faixa de Gaza, uma nova série de mísseis contra a região Sul de Israel. Alguns projéteis ultrapassaram o sistema de defesa antiaéreo, tendo um deles caído no quintal de um jardim de infância. Não há informações sobre vítimas, mas o segundo dia de violência ameaça levar a uma nova onda de hostilidades. A uma semana das eleições legislativas israelenses, o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, ameaçou os governantes do Hamas, movimento radical palestino com uma “guerra” se os disparos a partir da Faixa de Gaza continuarem.

Em declarações à Rádio Militar Israelense, Netanyahu disse ter transmitido ao Hamas a mensagem de que, se o movimento não parasse, os militantes por trás dos ataques, seria um alvo direto. “Só vou para a guerra como última opção, mas estamos preparando algo que nem se imagina”, declarou. Os militares israelenses disseram ter registrado o disparo de 14 mísseis, 12 dos quais foram interceptados pelo sistema de defesa Cúpula de Ferro.

Depois da Jihad Islâmica ter atacado no domingo o Sul de Israel, cerca de 65 mil estudantes foram obrigados a ficar em casa na manhã de hoje nas cidades fronteiriças à Faixa de Faza. Comboios foram impedidos entre as cidades de Ashkelon e Beersheva e várias estradas foram fechadas na região.

Israel também retaliou com ataques aéreos a posições da Jihad Islâmica na Síria, que mataram dois membros do movimento islamita e outros quatro combatentes pró-regime perto de Damasco, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

Os disparos da Jihad Islâmica no domingo já eram uma resposta à morte de um palestiniano que tentou colocar um explosivo perto da barreira fronteiriça que separa a Faixa de Gaza palestina de Israel. Os militares recuperaram depois o corpo com uma retroescavadeira, o que causou indignação. Israel e o Hamas já estiveram envolvidos em três guerras entre 2008 e 2014 e em várias ondas de intensa violência desde então.

Por Agencia Brasil

Mundo

Três foguetes caem perto da embaixada dos EUA no Iraque

Embaixada norte-americana em Bagdá – Foto: Divulgação

Três foguetes atingiram as proximidades da embaixada norte-americana em Bagdá, neste domingo (16), no 19º ataque contra os americanos no Iraque desde outubro do ano passado. A informação é do Exército iraquiano.

Outro foguete causou danos materiais em um centro de apoio logístico de Hash al-Shaabi, uma coalizão de milícias favoráveis ao Irã integrada às forças de segurança, completou o Exército local. Até o momento, porém, o porta-voz da operação militar americana, Myles B. Caggins III, confirmou apenas o bombardeio na base logística.

Os ataques não deixaram vítimas, de acordo com fontes iraquianas e da coalizão. Cerca de 5.200 soldados americanos estão no Iraque junto às forças locais.

Por Folhapress

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!