Arquivos:

Copa do Mundo » Mudança

Copa do Mundo: Felipão sinaliza mudanças para jogo contra a Colômbia

Inquieto com o vindouro confronto com a seleção colombiana Felipão fará mudanças no time brasileiro.

Inquieto com o vindouro confronto com a seleção colombiana, Felipão arquitata mudanças no time brasileiro.

O susto contra o Chile nas oitavas de final mexeu com o Brasil. Torcedores, jogadores e até Felipão se viram diante da necessidade de uma mudança para enfrentar a Colômbia nas quartas e não passar por um vexame em casa.

Por isso, a semana na Granja Comary foi movimentada. Psicóloga acionada, jornalistas eufóricos, Neymar respondão e mudanças no time durante os treinos. Mudança na zaga, mudança no meio, mudança no ataque: as atividades dos últimos dias deixaram claro que Felipão sinalizou que deve promover alterações na equipe titular.

E ao menos uma está garantida, já que Luiz Gustavo levou o segundo amarelo contra os chilenos e desfalca o time na próxima sexta. Para o lugar do cão de guarda, o técnico testou Paulinho, que, após se impor e ter sido o responsável por levantar o emocional do time na disputa de pênaltis, deve ganhar mais uma chance na seleção titular.

Se Paulinho parece estar garantido, Daniel Alves, Fred e Hulk não têm a mesma certeza. O mau rendimento dos jogadores brasileiros contra o Chile fez Felipão quebrar a cabeça para ter ao menos uma opção de variação tática para a próxima partida. Criticado, Daniel Alves foi sacado durante o último treino da semana e viu Maicon entrar em seu lugar. O reserva vai melhor defensivamente e já tem a experiência de jogar uma Copa do Mundo na bagagem.

Fred também precisa se coçar. A ideia de jogar sem um centroavante já não parece mais um absurdo para Felipão como antes. Para segurar a ‘melhor seleção’ da Copa até aqui, a alternativa foi ver como Henrique, jogando de volante, se saia no lugar do camisa 9. Mesmo desempenhando função tática defensiva, Hulk é outro que pode deixar o time para a entrada de mais um zagueiro.

A ‘pegada’ defensiva que Felipão tem demonstrado nos últimos dias preocupa. Muito possivelmente, teremos no Castelão uma Colômbia jogando futebol brasileiro e um Brasil à moda colombiana.

R7
Esporte » Mudança

Novo “dono”: Arena Pantanal deve mudar de proprietário em até 90 dias

O último jogo do Mundial no Arena Pantanal foi na terça (24), quando a Colômbia derrotou o Japão por 4 a 1.

O último jogo do Mundial no Arena Pantanal foi na terça (24), quando a Colômbia derrotou o Japão por 4 a 1.

A busca de ocupação para estádios usados na Copa em estados onde o futebol não tem grande público já começou. A concessão à iniciativa privada da Arena Pantanal, onde foram realizados quatro jogos, será definida a partir desta quinta (26), com a instalação das equipes que definirão as regras para a licitação. A informação foi dada pelo governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), durante coletiva de balanço e avaliação.

O secretário extraordinário da Copa (Secopa), Maurício Guimarães acredita que todo o processo – do lançamento do edital à definição do vencedor – deve durar no máximo 90 dias. Ele disse que o valor da concessão ainda não foi definido, e o investimento para a construção do estádio foi de R$ 620 milhões. O modelo de concessão, segundo Guimarães, pode ser por meio de preço único ou o que estabelece porcentual de faturamento. O certo é que o contrato será de 30 anos.

Durante a coletiva, o secretário disse que o vencedor deve respeitar algumas condições: que sirva de indutor para o futebol mato-grossense, e que a população possa usar a arena como mais uma opção de lazer em Cuiabá. A concessão, segundo o ele, deve atingir todo o complexo poliesportivo que inclui o ginásio Aecim Tocantins e a piscina, na mesma área.

Comunicação » Correios » Mudança

Em baixa: Correios têm problema de eficiência e mudam o foco mediante a diminuição da entrega de cartas

Correios planeja novo foco e fará transformação dos seus serviços numa companhia de logística.

Correios planeja novo foco e fará transformação dos seus serviços numa companhia de logística.

Entregando cartas e pequenas encomendas, os Correios transformaram-se numa das maiores empresas do país. Nunca foi tão difícil, contudo, manter tal posição. O principal negócio da companhia míngua a cada dia, e a estatal, com isso, passou a enfrentar uma crise de eficiência. A estatal sabe que, daqui para frente, será preciso cortar gastos, elevar investimentos e ainda mudar completamente a cara do negócio.

Desde 2009, as receitas cresceram 35%, chegando a R$ 16,7 bilhões, mas os custos aumentaram 60%. No ano passado, o lucro foi de parcos R$ 300 milhões, uma forte queda ante o mais de R$ 1 bilhão obtido em 2012. “O resultado neste ano será igual ou até mais baixo. Resolvemos mudar de patamar. Fazíamos investimentos muito baixos e estávamos ficando com uma estrutura cada vez mais velha. Revertemos isso”, disse Wagner Pinheiro, presidente dos Correios, à Folha de São Paulo.

Com novo foco e para sobreviver, não bastará, porém, tornar-se uma estatal mais enxuta. A ideia é transformar os Correios numa companhia de logística, aproveitando a expansão do comércio eletrônico no país. A estatal já mantém parcerias com varejistas como Magazine Luiza e Ponto Frio, mas quer avançar no segmento com a marca Correios Cargo. Em análise, está a chegada de um sócio para ajudar a companhia nos planos de expansão.

Robson Pires

Últimos Eventos

06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!