Ministério Público » Operação Dama de Espadas

MP inicia devolução de documentos apreendidos na Operação Dama de Espadas

Os documentos apreendidos e já devolvidos não interessam à investigação

Os documentos apreendidos e já devolvidos não interessam à investigação

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) iniciou, nesta sexta-feira (28), a devolução dos documentos apreendidos na Assembleia Legislativa (AL) durante a Operação Dama de Espadas. O MPRN ressalta, em nota, que a documentação em questão não interessa à investigação e será devolvida aos poucos.

Em trabalhos coordenados pelas Promotorias de Defesa do Patrimônio Público de Natal, do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), a operação batizada de “Dama de Espadas” investiga um suposto desvio de R$ 5,5 milhões dentro da AL e de setores administrativos do órgão.

De acordo o MPRN, servidores públicos do órgão, com o auxilio de um gerente do banco Santander, se utilizavam de cheques-salário para desviar os recursos em benefício próprio ou de terceiros. Foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 8ª Vara Criminal de Natal. Um caminhão-baú foi utilizado para recolher os documentos apreendidos na AL durante a operação deflagrada na quinta-feira (20), todos de natureza pública.


Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!