Arquivos:

Maceió » Morte

Mulher é presa suspeita de matar filha de um ano

Uma mulher de 20 anos foi levada para o Presídio Feminino Santa Luzia, em Maceió, como principal suspeita de matar a própria filha de um ano de idade. A criança morreu no sábado (9), no bairro Santa Lúcia. Ela ainda chegou a ser socorrida para o Hospital Geral do Estado (HGE). A Delegacia de Homicídios suspeita que a menina tenha sido morta por agressão física.

De acordo com o delegado Ronilson Medeiros, a mãe foi intimada para prestar depoimentos depois que os médicos que atenderam a menina suspeitaram que a criança teria sido vítima de espancamento.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado pela própria mãe, que alegou que a filha tinha sofrido um choque elétrico na quinta-feira (6), mas que estava tendo convulsões no sábado. Segundo o delegado, ao realizar os primeiros atendimentos ainda na residência da criança, os médicos perceberam algumas manchas no corpo dela, que poderiam ter sido causadas por agressões físicas.

Ainda desacordada, os médicos levaram a menina para o HGE para tentar reanimá-la na unidade de saúde. A criança já chegou morta no hospital. Conforme informações do delegado, outro médico que estava na unidade suspeitou que ela tinha sido vítima de espancamento.

A Polícia Civil foi acionada e solicitou a necropsia. Ronilson afirmou que o resultado apontou para morte por espancamento e que o choque elétrico não poderia ter causado a morte da criança.

“A gente começou a ouvir vizinhos e familiares, e o próprio namorado falou que a mãe batia constantemente na menina. Os vizinhos contaram que ouviam sempre os choros da criança. O médico que fez a necropsia adiantou que foi espancamento”, afirma o delegado. Segundo ele, em depoimento, a mãe negou que tenha agredido a filha nos últimos dias, “mas confessou que teria dado uma surra nela no dia 20 de fevereiro”, confirma Ronilson Medeiros.

Outro detalhe, segundo o delegado, é que a mãe não socorreu a criança para nenhum hospital depois do choque elétrico. A mulher afirmou que a filha levou um choque ao mexer no ventilador, enquanto ela arrumava a casa. A avó materna da menina também foi ouvida e afirmou que, durante o carnaval, quando filha e neta foram para o interior, a criança não apresentava nenhuma mancha ou lesão, o que faz o delegado acreditar que as agressões ocorreram ou na quarta-feira (6) ou na quinta-feira (07)

A mulher foi autuada em flagrante por homicídio qualificado. Ela foi transferida para o Presídio Santa Luzia, onde deve aguardar julgamento. A menina completaria dois anos na próxima quinta-feira (14).

OP9

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!