Lava Jato

Alvo da Lava Jato, Queiroz Galvão recebeu mais de R$ 40 mi por obras do Complexo Viário em Natal

Estavam previstas ainda as obras para padronização de calçadas na capital. No entanto, o projeto não saiu do papel.

Estavam previstas ainda as obras para padronização de calçadas na capital. No entanto, o projeto não saiu do papel.

O Grupo Queiroz Galvão, alvo da 33ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta terça-feira (02), recebeu cerca de R$ 222,4 milhões para a construção do Complexo Viário Dom Eugênio de Araújo Sales, inaugurado no dia 9 de junho de 2014, em Natal.

Desse montante, R$ 179,9 milhões foram repassados pelo Governo Federal por meio de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 42,5 milhões foram pagos pelo município de Natal como contrapartida. A obra é de responsabilidade do consórcio constituído pelas construtoras Queiroz Galvão (60%) e Ferreira Guedes (40%).

Na época, foram entregues as obras do viaduto estaiado, do túnel no cruzamento das avenidas Lima e Silva com São José, além dos túneis das avenidas Jerônimo Câmara e Capitão Mor-Gouveia. Faz parte do complexo o viaduto localizado na BR-101. Estavam previstas ainda as obras para padronização de calçadas na capital. No entanto, o projeto não saiu do papel.


Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!