Justiça

Vara de Ceará-Mirim passa por estruturação para atuar em processos de execução penal da nova Cadeia

Com a inauguração da Cadeia Pública de Ceará-Mirim, no último dia 17 de agosto, a 3ª Vara da comarca de Ceará-Mirim está passando por uma estruturação para atuar nos processos de Execução Penal relativos aos presos da nova unidade, que tem capacidade para 603 presos. O juiz Henrique Baltazar foi designado pela Presidência do Tribunal de Justiça do RN para atuar na unidade até janeiro de 2019, com o objetivo de implantar as novas rotinas necessárias para atender a essa demanda.

Para o magistrado, o fato de se tratar de um novo presídio facilita esse trabalho, pois será possível evitar problemas antes que comecem. “Os servidores do Executivo na direção já são experientes e a ideia é utilizar minha expertise na execução penal”, afirma.

Entre os procedimentos que serão feitos pelo juiz Henrique Baltazar está a coordenação da transferência de presos para a nova cadeia, identificando os processos a que cada um responde. Além disso, será necessário verificar todos os processos de execução penal de quem for transferido para a Cadeia Pública de Ceará-Mirim, conferindo a alimentação de dados no Sistema Eletrônico de Execução Penal Unificada (SEEU).


Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!