Arquivos:

Educação » IFRN

IFRN é reconhecido como melhor Instituto Federal do Brasil

IFRN – Campus Currais Novos

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) ficou em primeiro lugar entre os Institutos do Brasil, conforme o Web Ranking of Universities, e em segundo no que diz respeito às instituições de ensino do RN. O “Webometrics Ranking of World Universities” é uma iniciativa do Laboratório Cybermetrics, um grupo de pesquisa pertencente ao Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC), maior corpo de pesquisadores da Espanha. O sistema classifica universidades em todo o mundo, com base em um indicador composto que leva em conta tanto o volume do conteúdo da instituição na web (número de páginas e arquivos), quanto a visibilidade e o impacto destas publicações online, de acordo com o número de inlinks externos (citações do site) que receberam.

A lista tem como objetivo melhorar a presença das universidades e instituições de pesquisa na internet e promover a publicação em acesso aberto dos resultados científicos, sendo publicada desde 2004 e com atualizações a cada janeiro e julho. Atualmente, ela fornece indicadores para mais de 12.000 universidades em todo o planeta.

“O resultado indica que o Instituto, através dos trabalho de estudantes e servidores, produz conteúdo relevante, o que atrai o interesse de pesquisadores e da sociedade em geral”, comemorou o reitor do IFRN, Wyllys Farkatt Tabosa. Abrangendo tanto materiais como artigos científicos, dissertações e teses como páginas de divulgação institucional, o ranking considera o número de acessos ao material como também compartilhamentos e citações. “É uma notícia para todos os nossos pesquisadores, sejam estudantes ou servidores, que produzem conhecimento e o repercute: em livros, artigos, comunicações em eventos, páginas de redes sociais e na mídia como um todo”, completou.

Para a Diretora de Regulação e Avaliação do Ensino, Tarcimária Gomes, a posição no ranking comprova a qualidade do ensino e das ações desempenhadas pela Instituição. A Diretora lembra no final de 2018, o MEC renovou por oito anos o credenciamento para a oferta de cursos técnicos, superiores de graduação e de pós. Ainda sobre ensino superior, foco do ranking, conquistou o maior Índice Geral de Cursos (IGC) entre os Institutos Federais do Nordeste. “Um dos fatores mais avaliados é a comunicação, tanto com a comunidade interna quanto com a externa. A repercussão dos trabalhos que desenvolvemos, como também o acesso a eles mostra que temos uma comunidade de pessoas produzindo pesquisas relevantes e que a Instituição tem respaldo e credibilidade”, enfatizou.

IFRN

Construindo conexões, mudando vidas: IFRN celebra sua primeira década neste sábado

Escolas de Aprendizes Artífices, Liceu Industrial de Natal, Escola Industrial de Natal, Escola Industrial Federal, Escola Técnica Federal do Rio Grande do Norte e Centro Federal de Educação Tecnológica. Todos esses nomes e uma só entidade de ensino, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, criado pela Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008.

Agora, dez anos depois, o Instituto reúne estudantes, técnicos, professores e a comunidade externa para celebrar. No próximo sábado, 15 de dezembro, uma noite de celebração às histórias construídas com a expansão da instituição terá como sede o auditório do Campus Natal-Central do Instituto. Às 18h30, o evento comemorativo à criação dos Institutos Federais, aberto ao público, contará com apresentações culturais, exibição de vídeos e homenagens, como a entrega do título de Professor Honoris Causa a Belchior de Oliveira Rocha, primeiro reitor do Instituto, e a Francisco das Chagas de Mariz Fernandes, diretor quando a expansão teve início.

Homenagens e exibição de vídeos

Entre a comunidade do Instituto, professores, técnicos, alunos e terceirizados que contribuíram no processo de consolidação do Instituto ao longo de sua primeira década também serão homenageados. Serão entregues medalhas comemorativas pela passagem dos 10 anos. Em um segundo momento, a noite de festa segue com a exibição do vídeo institucional, produzido pela Assessoria de Comunicação Social e Eventos (Asce) da Reitoria. A peça audiovisual conta com depoimentos de servidores, alunos, ex-alunos e demais funcionários dos campi de todo o estado e dá início a uma série de vídeos de cada unidade, que será lançada no decorrer do primeiro semestre de 2019. Para finalizar a noite, uma apresentação cultural, com músicos do instituto, será realizada no espaço das quadras do Campus Natal-Central.

Rede Federal de Educação Profissional

A expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica no Rio Grande do Norte teve início em 1994 com a inauguração da Unidade de Ensino Descentralizada (Uned) de Mossoró. Doze anos depois, o Ministério da Educação, por meio da Setec, iniciou a expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, implantando, em 2006, três novas Uneds: Zona Norte de Natal, Ipanguaçu e Currais Novos. A segunda etapa da expansão começou em 2007, com a construção de outras seis unidades, nos municípios de Apodi, Pau dos Ferros, Macau, João Câmara, Santa Cruz e Caicó. Essas escolas foram inauguradas em 2009, sob uma nova institucionalidade – em vez de unidades descentralizadas de ensino do Centro Federal de Educação Tecnológica, elas já nasceram como campi do novo IFRN. Ainda nesta fase da expansão, foram construídos os campi de Natal-Cidade Alta, Nova Cruz, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante. Paralelamente ao plano de expansão física, o Instituto investiu também na criação do Campus de Educação à Distância, que funciona nas instalações do Campus Natal-Central.

Com o lançamento da 3ª fase da expansão o Rio Grande do Norte foi beneficiado, a partir de 2013, com mais cinco campi: Ceará-Mirim, Canguaretama, São Paulo do Potengi, Lajes e Parelhas. Em 2018, o MEC autorizou a criação do Campus Avançado Jucurutu, que está em fase de implantação.

IFRN

IFRN oferece primeiro doutorado em Educação Profissional da Rede Federal

Doutorado Acadêmico do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP) será ofertado no Campus Natal-Central do IFRN

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), divulgou, na última quinta-feira (6), a autorização de funcionamento do curso de Doutorado Acadêmico do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP) do Campus Natal-Central do IFRN. Além de ser o primeiro curso de doutorado do Instituto, é a primeira oferta de doutorado em Educação da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica do país.

O coordenador do PPGEP, professor José Mateus do Nascimento, celebrou o pioneirismo. “É uma vitória, e a gente fica muito feliz porque começa pelo IFRN que, para o Brasil, sempre esteve na vanguarda de muita coisa”, afirmou. O professor ressaltou que em meados dos anos 90, o Instituto esteve à frente nos cursos de Licenciaturas, ainda na época do Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet).

O reitor do IFRN, Wyllys Abel Farkatt Tabosa, também comemorou a aprovação: “a instituição recebe, com imensa alegria e satisfação, a notícia da aprovação do primeiro doutorado do IFRN. Isso representa mais um marco histórico para a nossa instituição. Estão de parabéns os professores pesquisadores, gestores, técnicos e egressos do Programa que, com determinação e engajamento, se imbuíram da responsabilidade de aprovar mais essa oferta curricular, tornando possível a completude do ciclo de verticalização acadêmica em nossa cultura institucional”, disse.

Avaliação

O corpo docente da PPGEP construiu o projeto de implementação do Programa de Doutorado e submeteu à avaliação da Capes em junho de 2018. Já em setembro os avaliadores da Coordenação vieram ao Instituto, conhecer de perto infraestrutura, professores e estudantes do Programa.

Segundo José Mateus, uma vez vencido o desafio da aprovação, agora é tempo e se debruçar na elaboração do Edital d o primeiro processo seletivo para doutorandos. “Seremos exigentes e rigorosos, conforme o ritual adotado pelo PPGEP durante esses seus cinco anos de seleção. Há um grupo significativo de egressos – e uma demanda represada da sociedade – com interesse em concorrer às quinze vagas ofertadas para turma inicial que ingressará no ano de 2019”, relata. O coordenador acredita que a reunião do colegiado confirme sua perspectiva: “deveremos abrir a seleção em dezembro ou janeiro, com processo seletivo até abril”, finalizou.

O Programa

A Pós-Graduação Acadêmica em Educação Profissional (PPGEP) funciona nas edificações do IFRN, Campus Natal Central, e, desde 2013 tem ofertado Curso de Mestrado Acadêmico aos pesquisadores para o fortalecimento do campo da Educação Profissional. Ao todo já beneficiou mais de 100 participantes envolvidos no processo formativo, contando com um universo de 57 dissertações concluídas e apresentadas publicamente à sociedade. Com a aprovação da oferta de Doutorado do PPGEP a produção de conhecimento sobre Educação Profissional passará a se organizar por meio de três linhas de pesquisa: Políticas e Práxis em Educação Profissional; Formação Docente e Práticas Pedagógicas na Educação Profissional; e História da Educação Profissional.

Educação » IFRN » Rio Grande do Norte

BOAS IDEIAS: Dessalinizador Solar, inovação pensada e desenvolvidas por alunos do IFRN Campus Santa Cruz

Foto: Flora Valverde

Uma ideia que pretende reduzir as desigualdades e contribuir com um problema comum em diversas partes do país: a crise hídrica. Essa é a contribuição que o projeto “Dessalinizador Solar para Tratamento de Água Salobra” busca dar.

O projeto está sendo desenvolvido por três alunos do Instituto Federal do Rio Grande do Norte – Campus Santa Cruz, Larissa Azevedo, Felipe Silva e Mário Santos, com orientação de Mário Salema e César Abrantes, a iniciativa foi exposta na IV Semana de Ciência, Tecnologia e Extensão (Secitex), ocorrida no Campus Natal-Central, entre 29 e 31 de outubro.

O projeto pretende ser uma forma alternativa para obtenção de água potável e se encontra, atualmente, em fase de implementação e análise da qualidade da água tratada. Os alunos mostraram orgulho e entusiasmo ao defenderem a ideia de que a ciência pode, em muitos aspectos, transformar realidades e promover dignidade e a garantia de direitos básicos e indispensáveis para todos.

Fonte: Portal IFRN

Concurso » Currais Novos » Educação » IFRN » Notícias

CONCURSO: Melhores receitas do IFRN

Com o objetivo de valorizar o papel dos discentes, servidores docentes e técnico-administrativos, merendeiras (os) e familiares na promoção de uma alimentação saudável e adequada no ambiente escolar e promover a mobilização da comunidade escolar para a temática da sustentabilidade, o IFRN Campus Currais Novos, por meio da Diretoria de Gestão de Atividades Estudantis (DIGAE), junto com o Grupo de Trabalho e Estudos em Nutrição (GT Nutrição), lança a primeira edição do Concurso Melhores Receitas do IFRN.

O concurso acontecerá no próximo dia 18 de outubro, às 15h00 no refeitório do Campus Currais Novos. Os participantes ganhadores receberão um certificado, uma caneca personalizada e um prêmio surpresa. A Receita ganhadora do concurso poderá ser implantada na merenda escolar, assim como compor o livro das “Melhores receitas do IFRN”.

Educação » IFRN » Notícias » Rio Grande do Norte

EDUCAÇÃO: Alunos do IFRN são finalistas no programa Jovens Embaixadores

Três alunos do IFRN estão entre os quatro finalistas do RN para o programa Jovens Embaixadores. O programa é uma parceria entre as embaixadas do Brasil e dos Estados Unidos.

Estudantes de todo o país são selecionados para viajarem para o país norte americano e participarem de um programa de três semanas – começando por uma visita à capital americana, Washington D.C., seguida por uma estadia em cidades de diversos estados do país. A seleção dos alunos é baseada em sua liderança nas suas comunidades, excelência acadêmica, conhecimentos de língua inglesa, trabalho voluntário e atitude positiva.

O comitê de seleção da embaixada/consulados ainda fará uma revisão entre os finalistas para decidir quais serão os selecionados para o programa. O anúncio da lista de selecionados ocorrerá no dia 31/10. São pré-requisitos para participar: ter nacionalidade brasileira; ter entre 15 e 18 anos; ter pouca ou nenhuma experiência no exterior (caso tenha feito intercâmbio, ele deverá não ter excedido a duração de 20 dias); jamais ter viajado para os Estados Unidos; ter boa fluência oral e escrita em inglês; ser aluno do ensino médio na rede pública; pertencer à camada socioeconômica menos favorecida; ter excelente desempenho escolar; e estar atualmente engajado em atividades de responsabilidade social/voluntariado, além de comprovar já ter realizado ao menos 12 meses – contínuos ou não – de voluntariado.

Conheça os finalistas:

Thaynara de Azevedo Luciano, IFRN Campus Parelhas

Gustavo Henrique Martins, IFRN Campus Canguaretama

Eduardo Jefferson, IFRN Campus São Paulo do Potengi

 

Educação » IFRN » Mineração » Rio Grande do Norte » Tecnologia

PARCERIAS IMPORTANTES: Colaboração tecnológica ressalta importância da mineração na região do Seridó

Da direita para a esquerda, Augusto Neto (aluno), Elias Nunes (servidor) e Ana Cecília (aluna), no Laboratório de Tecnologia Mineral do Campus Parelhas

O Seridó Potiguar é dono de uma geologia abundante em minerais, e há um grande interesse por parte de empresas mineradoras em se instalarem nesta região. O campus do IFRN Parelhas tem foco na atuação no eixo tecnológico de recursos naturais e serve como suporte para mineradoras no local. O campus em questão dispõe do Laboratório de Tecnologia Mineral (LTM), que tem como objetivo gerenciar conhecimento científico e tecnológico em processamento mineral e áreas afins, atuando na formação de seus alunos e comunidade.

Considerando não só a formação de técnicos, mas também o desenvolvimento de projetos e pesquisas que avaliam o potencial mineral da região, o LTM possui parceria com o Centro de Tecnologia Mineral (CTM), que está em processo de implantação no IFRN Currais Novos e também vai desenvolver projetos junto ao IFRN Natal-Central (tradicional no trabalho com a mineração) e à Funcern. “Essas parcerias vão fazer com que a gente trabalhe muito junto. A união do LTM com o CTM só tem a trazer coisas muito boas para o IFRN e para a região”, afirmou Gerluzia Azevedo, diretora geral do campus Parelhas.

Segundo a diretora, o LTM é um lugar para práticas das disciplinas voltadas para alunos de mineração do Instituto Federal. Abre espaço ainda para o surgimento de parcerias com empresas que futuramente se voltam para os alunos do Instituto, com intuito de oferecer estágios e contratações. Ela também afirma que vários projetos vêm surgindo desde a implantação do campus, e agora com a parceria com o CTM de Currais Novos, as demandas só irão aumentar: “Há uma expectativa de aumento de demandas e parcerias também com relação às empresas do estado e da região”.

O Laboratório de Tecnologia Mineral visa reconhecimento como formador de profissionais, assim como se estabelecer como referência nacional e internacional em tecnologia mineral, principalmente nas áreas de processos de cominuição e concentração mineral. Há também o objetivo de manter e incrementar um relacionamento transparente com colaboradores, para ampliar o alcance da atuação do laboratório tanto na área de ensino e pesquisa, como em inovação tecnológica.

O LTM possui uma equipe técnica composta de servidores com formação em Engenharia de Minas, Engenharia Química, Tecnologia de Materiais, Geologia e Técnicos de Laboratório em Tecnologia Mineral, além de alunos pesquisadores. Todos com a finalidade de desenvolver e aplicar tecnologias que buscam aumentar a eficiência dos processos produtivos, e contribuir na formação dos discentes no setor mineral.

Dentre os equipamentos disponíveis no laboratório, estão os de cominuição, classificação, flotação, concentração gravimétrica, separação magnética e eletrostática, assim como equipamentos para manuseio de sólidos e separação sólido-líquido.

Currais Novos » IFRN » Meio ambiente » Prefeitura » Rio Grande do Norte » Sustentabilidade » UFRN

MEIO AMBIENTE: IFRN, UFRN e Prefeitura promovem I Fórum de Meio Ambiente e “Oficina de Podas”

Tornar Currais Novos uma cidade mais arborizada e com temperaturas mais agradáveis é o objetivo principal de um trabalho de extensão desenvolvido por alunos do curso Ead de Gestão Ambiental do Campus Currais Novos do IFRN, que contará com a parceria da UFRN e da Prefeitura Municipal na realização do “I Fórum de Meio Ambiente de Currais Novos”.

O evento deu início na noite da última segunda-feira (08) com uma palestra do professor Diógenes Felix da Silva Costa (Geógrafo e Doutor em Ecologia, atualmente Professor de Ecologia e Biogeografia do Depto. De Geografia da UFRN – Campus de Caicó) que abordou o tema “Sustentabilidade socioambiental na região do semiárido Rio-Grandense”.

Em seguida, a professora Ana Helena da Silva (Mestre em ensino de Ciências Exatas e Ambiental, professora do Campus Ead do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental e secretária acadêmica do curso) mediou uma mesa redonda.

A programação se estende até a próxima quarta-feira (10) com o plantio e entrega de mudas para os participantes.

Através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento a Prefeitura terá uma participação importante no evento através de uma “Oficina de Podas”, como destaca a engenheira ambiental da SEMAAB, Andrezza Maiara. “Queremos diminuir as podas drásticas que acontecem na nossa cidade e, para isso, vamos realizar uma Oficina de Podas para que a população interessada participe e nos ajude”, comentou.

Concurso Público » IFRN

OPORTUNIDADE: Com salário de até R$ 9,9 mil, IFRN realiza Processo Seletivo

Imagem: Reprodução

Dois Professores Visitante ou Visitante Estrangeiro serão selecionados por meio de Processo Seletivo realizado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – IFRN.

As oportunidades para profissionais com Doutorado e disponibilidade de 40h por semana são destinadas ao Campus Apodi nas áreas de Química (1) ou Engenharia Química (1). (mais…)

PCI Concursos
IFRN » Notícias » Rio Grande do Norte

EDUCAÇÃO: Editais do IFRN abrem vagas para Curso Superior com nota do Enem

Campus central do Instituto Federal do Rio Grande do Norte

Na tarde de ontem (13), a Pró-Reitoria de Ensino do IFRN divulgou a publicação dos editais Nº 06/2017 e Nº 07/2017, referentes aos processos seletivos para Cursos Superiores utilizando a nota do ENEM.

As inscrições serão abertas no dia 15 de fevereiro, quarta-feira, a partir das 14h, e seguirão até às 22h, do dia 1º de março. Os interessados poderão usar suas notas das últimas sete edições do ENEM (2010-2016). Os aprovados ingressarão no 1º semestre letivo de 2017.

O edital Nº 06/2017 está com oferta de 306 vagas, distribuídas entre 8 campi e 12 cursos. Dessas vagas, pela primeira vez no IFRN, estão sendo ofertadas 30 vagas para candidatos com deficiência. As vagas estão distribuídas entre cursos Superiores de Licenciatura e Tecnologia. Já o edital Nº 07/2017 é exclusivo para o Campus Canguaretama, 40 vagas estão sendo ofertadas e delas 4 vagas são reservadas para pessoas portadoras de deficiência. As ofertas são para o curso de Licenciatura em Educação no Campo, sendo 50% das vagas para habilitação em Matemática e os outros 50% para habilitação em Ciências Humanas e Sociais.

Como as seleções partilham do mesmo cronograma, as listas de aprovados serão publicadas no dia 9 de março de 2017. O prazo de pré-matrícula e matrícula acontecerá nos dias 13 e 14 de março de 2017.

Últimos Eventos

06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!