Fraude

Licitação para Restaurantes Populares é suspensa após prisões de empresários

Licitação era para fornecimento e distribuição dos alimentos.

Licitação era para fornecimento e distribuição dos alimentos.

A licitação para fornecimento e distribuição das refeições dos Restaurantes Populares foi suspensa após oito pessoas serem presas suspeitas de fraudes no processo. De acordo com a Secretaria do Estado de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), a investigação é restrita aos empresários que participavam da licitação e não há acusações contra os servidores da pasta.

As prisões aconteceram na manhã desta sexta-feira (18) no momento da abertura das propostas na sede da Sethas. Segundo as informações preliminares do Ministério Público, os empresários são suspeitos de combinarem preços anteriormente para apresentarem durante a licitação, de aproximadamente R$ 21.118.284,00 para o fornecimento e distribuição de refeições para o programa Restaurante Popular do Rio Grande do Norte.

Porém, o esquema foi descoberto antes que a licitação fosse finalizada e a Polícia Civil junto ao Ministério Público realizou as prisões no local onde haveria a abertura das propostas.

Todos foram levados para a Delegacia Especializada de Crimes Contra a Ordem Tributária (Deicot), onde prestarão esclarecimentos. A Polícia Civil dará mais informações sobre o caso ainda nesta sexta-feira.

Tribuna do Norte

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!