Arquivos:

fátima bezerra

Fátima Bezerra defende reforma com mais recursos para estados

Representantes de estados nordestinos participaram nesta segunda, em Natal, da 4ª Assembleia Geral do Consórcio Nordeste

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, defendeu nesta segunda-feira, 16, na abertura da 4ª Assembleia Geral do Consórcio Nordeste, uma reforma tributária “para valer”, que não vise apenas simplificar os tributos, onerando as classes mais pobres, mas que taxe as grandes fortunas.

A governadora lembrou que, apesar da importância para o futuro do Brasil, as discussões sobre a proposta sempre esbarram em obstáculos. “Esta é uma das reformas mais impactantes, mais essenciais, no entanto, até hoje não conseguimos avançar nesse tema. Nosso papel, no fórum de governadores do Nordeste, é formular uma proposta para levar a debate no fórum geral de governadores”, disse Fátima durante o evento, que foi realizado em Natal, com a presença de sete governadores e um vice-governador.

Segundo entidades municipalistas, 60% da arrecadação de tributos ficam com a União, cabendo a estados e municípios o rateio dos 40% restantes. “É impossível os estados e municípios sobreviverem com essa distribuição tão injusta. Temos o compromisso de lutar para inverter esta lógica. É lamentável que, em pleno século 21, o Brasil seja um dos poucos países que ainda não taxaram as grandes fortunas”, observou Fátima Bezerra.

A reforma foi um dos temas da reunião. Os governadores discutiram, ainda, a agenda Europa, concessões, situação da Petrobras na região e o projeto Nordeste Conectado. “Não basta apenas cuidar da infraestrutura física – ferrovia, porto, estradas. Isso é fundamental. Mas a chamada infraestrutura tecnológica se impõe pelos tempos que vivemos hoje. Não podemos, de maneira nenhuma, negligenciar isso”, enfatizou a governadora do Rio Grande do Norte.

SISTEMA TRIBUTÁRIO

Antes da reunião, em entrevista coletiva, o governador do Maranhão, Flávio Dino, defendeu um sistema tributário mais adequado ao momento, “que ajude a impulsionar a retomada do crescimento, que combata as desigualdades socais, que faça com que o atual sistema, concentrador de renda, seja substituído por um sistema mais equilibrado no qual quem ganha menos pague menos e que ganha mais, pague mais”. “Esse é o parâmetro de justiça que nossa Constituição exige e que hoje, lamentavelmente, não é atendido”, ressaltou Dino.

BRASIL-ALEMANHA

Governadores do Nordeste também participaram, nesta segunda-feira, da abertura do Encontro Econômico Brasil-Alemanha, que acontece em Natal. Na oportunidade, Fátima Bezerra defendeu a criação de um ambiente favorável para os investidores estrangeiros e ressaltou que a criação do Consórcio Nordeste caminha neste sentido.

“É preciso adotar medidas para o enfrentamento da crise fiscal e financeira e criar um ambiente favorável ao desenvolvimento dos negócios, mas sem tirar o foco de avançar no campo da igualdade de oportunidades e redução das desigualdades sociais. Queremos avançar na parceria com a iniciativa privada, por meio do diálogo e da transparência. Ações concretas já foram iniciadas como a modernização dos marcos regulatórios e políticas de incentivos fiscais, gerando empregos dignos para o nosso povo e o crescimento da economia”, disse a governadora do RN.

Presente na reunião, o governador da Bahia, Rui Costa, presidente do Consórcio Nordeste, falou que a entidade em si é uma resposta ao enfrentamento desta crise financeira, uma ferramenta de gestão coletiva que busca fazer política de desenvolvimento regional e trazer investimentos por meio de parcerias com setor produtivo.

Um dos setores que concentra expectativa de investimento das empresas alemãs é o de energia, no qual o Nordeste lidera a produção nacional e o Rio Grande do Norte desponta como o maior produtor brasileiro, com grande potencial para ampliação e desenvolvimento deste setor. Embora tenha sido reiteradamente afirmado o interesse de investidores em diversos outros setores produtivos, como tecnologia, mineração, fruticultura e turismo.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, a reunião foi positiva para estreitar os laços com as empresas e com o governo alemão, além de afinar a agenda de compromissos prevista para novembro próximo. “Entre os dias 16 e 28 de novembro os governadores que integram o Consórcio Nordeste visitarão quatro países, entre eles a Alemanha, para dar continuidade ao processo de apresentação dos potenciais da região e para a formação de parcerias entre os países”, explicou.

Agora RN
fátima bezerra » Política

Fátima explica que Reforma da Previdência da forma que está não terá apoio dela nem dos governadores do Nordeste

Ao participar de café da manhã oferecido aos governadores nesta quarta-feira (08) pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre, a governadora Fátima Bezerra considerou necessário um debate amplo e transparente sobre a reforma da previdência, mas deixou claro que a proposta, da forma como foi concebida, não terá o apoio dela, nem dos demais governadores do Nordeste, conforme Carta de São Luís, divulgada em março.

Fátima citou como pontos prejudiciais aos trabalhadores a redução em 60% do benefício de prestação continuada, a aposentadoria rural, e o sistema de capitalização semelhante ao do Chile, que levou os idosos daquele país à miséria.
“Não daremos aval a uma proposta de Reforma da Previdência que contenha tais pontos, porque vai prejudicar cada vez mais os mais pobres. Essa posição não é apenas da governadora Fátima Bezerra, é também de todos os governadores do Nordeste”, enfatizou Fátima, acrescentando: “retirados estes pontos, entendemos, sim, que se faz necessária a reforma, mas através de um amplo e transparente debate com todos os segmentos da sociedade.”

Ao falar durante o café da manhã, Fátima classificou como “inaceitável” a estratégia do Governo Federal de vincular a aprovação do Pacto Federativo, uma das principais reivindicações de governadores e prefeitos, à aprovação da reforma previdenciária nos moldes como está foi concebida.

Segundo ela, os estados enfrentam problemas que exigem medidas urgentes para ajudar na recuperação fiscal, diante da grave crise financeira. “Não dá para ficar nessa espécie da toma-lá-dá-cá. Isso não é sensato, não é republicano, afronta o pacto federativo e torna os governadores totalmente reféns do andamento da reforma da Previdência”, afirmou Fátima.

Blog do BG
Bolsonaro Presidente » fátima bezerra

Fátima se reúne com Bolsonaro para discutir pacto federativo e Fundeb

Governadora Fátima Bezerra (PT) se encontra com o presidente Jair Bolsonaro (PSL)

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT) estará acompanhada de outros governadores do Brasil nesta quarta-feira, 8, para discutirem com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), o pacto federativo.

De acordo com Fátima, ela também pretende discutir na reunião o novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), e uma emenda constitucional para prorrogá-lo. O fundo promove exatamente o financiamento da educação básica pública.

O encontro, organizado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre, ocorre em sua residência oficial, em Brasília. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, também participa, assim como o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Todos os líderes do Senado foram convidados, inclusive os da oposição e da minoria.

Dos 27 governadores, apenas três, o do Paraná, de Mato Grosso e do Amazonas, não participam. Os governadores da Paraíba, de Pernambuco, São Paulo e da Bahia estão representados pelos seus vices.

Enquanto a Câmara trabalha na tramitação da reforma da Previdência, o Senado está empenhado em se debruçar sobre o novo pacto federativo.

A expectativa de parlamentares, governadores e prefeitos é de que a medida contribua para melhorar a situação financeira de seus governos e, consequentemente, das economias locais.

No último dia 17 de abril, Alcolumbre se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e os dois defenderam que o trato político, social e econômico entre o Executivo e os entes federados precisa ser aperfeiçoado, com nova redistribuição de recursos.

Agência Brasil
fátima bezerra » Governo do Estado » Lagoa Nova » Luciano Santos

Prefeito de Lagoa Nova, Luciano Santos, se encontra com Governadora do Estado

O Prefeito Luciano Santos, cumprindo agenda na cidade do Natal/RN, no final da tarde da última sexta-feira (12) encontrou-se com a Governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra.

Na oportunidade, foi pautado o assunto “Meio Ambiente”, mais especificadamente sobre o Consórcio Público de Resíduos Sólidos do Seridó e sobre a questão do lixo do nosso município.

A governadora frisou que estava sensível a situação dos resíduos dos municípios, lamentou a situação que o estado se encontra financeiramente e que todo o dinheiro que arrecada é para folha de pagamento, mas mesmo assim irá fazer todo esforço orçamentário para atender as necessidades dos resíduos sólidos.

Pediu também ao IDEMA (Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte), que ajudasse Lagoa Nova a resolver a questão de onde colocar o lixo, uma vez que o lixão do nosso município está estagnado, já não cabe mais nada. Onde precisa-se fazer um tratamento, e o município infelizmente vem sendo penalizado por essa questão.

fátima bezerra

Fátima Bezerra anuncia instalação de 50 novos parques eólicos no Estado

Durante a apresentação do balanço das atividades realizadas nos primeiros 100 dias de gestão, a governadora Fátima Bezerra anunciou que o Estado vai produzir ainda mais energia oriunda dos ventos, com a instalação de 50 novos parques eólicos a partir deste ano, com um investimento de R$ 4 bilhões. A governadora destacou que geração de energia também significa a chegada de novas empresas para investir no Estado.

Na avaliação de Fátima Bezerra, o Estado está cada vez mais preparado para receber investimentos e as empresas precisarão de energia barata para produzir mais e, como consequência, gerar empregos diretos e indiretos. “Daremos continuidade, de maneira racional e acelerada, das instalações das câmaras setoriais. Começamos com a indústria, agora será a vez do comércio e serviços e depois virão as câmaras de mineração e energia”, disse a governadora.

Para Fátima Bezerra, a atração de investimentos é fundamental para o desenvolvimento econômico. A governadora frisou que muitas empresas querem investir no Rio Grande do Norte e que o terreno está sendo preparado com os estudos para a liberação de licenças ambientais. “Precisamos estar seguros e oferecer segurança jurídica aos investidores. Mais de 700 licenças foram liberadas nestes 100 dias”, acrescentou Fátima Bezerra.

Ainda na questão energética, a governadora informou que o Estado também vai receber investimentos na geração de energia solar. Para a governadora, apesar dos problemas financeiros enfrentados neste início de governo, um novo momento para a economia do Estado foi iniciado. “O mais importante é que as energias eólica e solar fazem parte do perfil de desenvolvimento econômico sustentável, que é o que buscamos. Estas duas formas de energia também geram empregos”, explicou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, informou que o governo está preparando o atlas eólico e solar. “Será um mapa da mina e haverá locais que a geração de energia se dará das duas formas ao mesmo tempo. Essas usinas – chamadas de híbridas – farão parte de um novo tipo de indústria de geração de energia. Ainda teremos o modelo offshore, ou seja, vamos gerar energia no mar. Vamos receber grandes investimentos e exportaremos toda esta energia. Já temos cinco usinas solares grandes e mais de 1.000 pequenas”, detalhou Jaime Calado.

Agora RN
fátima bezerra » Política

Em viagem a Brasília, Fátima solicita liberação de verbas para melhoria de estradas no RN

A governadora Fátima Bezerra entregou nesta terça-feira, 9, ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, pedidos para a liberação de recursos destinados à melhoria da infraestrutura rodoviária no Rio Grande do Norte. A audiência garantiu recursos para iniciar em caráter emergencial a recuperação da ponte de Igapó e a conclusão das obras da Reta Tabajara até o próximo ano.

A governadora destacou a importância para a economia do RN da continuidade das obras de duplicação da BR-304, no trecho conhecido como Reta Tabajara, assim como a construção de dois viadutos. Um, em Parnamirim, para facilitar o acesso de veículos da BR-101 para a Avenida Omar O’Grady, conhecida como Prolongamento da Prudente de Morais. O segundo viaduto é em Macaíba, na interseção da BR-304 com a estrada que leva ao Aeroporto Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante.

“Tratamos de pleitos de muito interesse da população do Rio Grande do Norte, como a recuperação da ponte de Igapó. Nesta sexta-feira será assinado o contrato com a empresa, e portanto o serviço será iniciado. Sobre a obra da Reta Tabajara, que se arrasta já há bastante tempo, a duplicação, segundo o ministro, será entregue até 2020. A obra do Gancho de Igapó será retomada em setembro e, segundo ele, também será entregue até 2020”, destacou Fátima.

A audiência resultou em avanços significativos para RN. “O ministro se comprometeu em incorporar dois viadutos importantes que não estavam incluídos no projeto original, e que serão construídos pelo Governo Federal. Além da definição de um cronograma para as obras no gancho de Igapó e também para a recuperação da ponte de Igapó”, ressaltou o senador Jean Paul Prates, que acompanhou a audiência.

A duplicação da BR 304 está no rol de prioridades eleitas pelo ministério. “Contratamos com o BNDES 5.750 km de estudos sobre estradas e a BR 304 está incluída. Vamos analisar a viabilidade do projeto”, disse o ministro. A governadora Fátima destacou que esta obra é fundamental para o Rio Grande do Norte e por duas vezes o projeto foi incluído nos estudos e no orçamento, mas não houve avanços.

Na reunião desta terça-feira, em Brasília, a governadora pediu atenção especial ao processo de federalização de trechos de rodovias estaduais. O ministro argumentou que vai estudar melhor esses casos específicos e que visitará o Rio Grande do Norte ainda no primeiro semestre de 2019.

SOBRE A BR 304

Em janeiro, a governadora se reuniu com deputados federais e senadores do RN em busca unir esforços para a conclusão das obras da Reta Tabajara – trecho que vai da BR-304/RN a BR-226, atinge os municípios de Natal, Parnamirim e Macaíba. A rodovia desempenha um importante papel no transporte de cargas dentro do Estado, além de ser a principal via que integra a Grande Natal ao restante do Estado.

São previstos R$ 350 milhões para a execução das obras, que são de responsabilidade do Ministério dos Transportes e serão executadas pelo DNIT.

PORTO ILHA

Também foi tratado na reunião sobre o Porto Ilha, primeiro investimento do PAC no Rio Grande do Norte, que é o grande responsável pelo desenvolvimento da produção salineira potiguar e que enfrenta dificuldades de manutenção por falta de investimento, acarretando perdas para o patrimônio. O Porto Ilha têm um importante papel na indústria química brasileira e faz parte da logística nacional da produção salineira, sem esquecer a sua função social, como grande gerador de emprego na região. O equipamento passa por estudos de viabilidade para abertura de licitação de arrendamento, ainda sem prazo definido.

Também participaram da audiência os senadores Jean Paul Prates, Zenaide Maia e Styvenson Valentim, os deputados federais Walter Alves e Natália Bonavides, além do diretor geral do DNIT, general Santos Filho, o secretário nacional de portos e transporte aquaviário, Diogo Piloni e o secretário Gustavo Rosado, responsável pela pasta de Infraestrutura no RN.

Agora RN
fátima bezerra » Política

Gestão Fátima chega aos 100 dias; especialistas avaliam novo governo

Ao comentar os 100 primeiros dias de governo Fátima Bezerra, a ex-secretária de Educação, Cláudia Santa Rosa, afirma que ainda não descobriu explicação para o corte de R$ 4,5 milhões no recurso assegurado pelo Banco Mundial para equipar escolas da rede estadual com laboratórios de informática.

“Com isso, 49 escolas deixarão de receber esses laboratórios, o que no mínimo deveria ter sido objeto de um debate maior dentro do governo”, lamentou a ex-secretária.

Sem querer se colocar com uma crítica do 100º dia da atual administração, Cláudia Santa Rosa, que voltou a integrar o Instituto de Desenvolvimento da Educação, uma ONG criada em 2004 e voltada ao desenvolvimento da área, confessa que ainda não ficou claro para ela as prioridades do governo Fátima.

“Espero sinceramente que ela (Fátima) saiba dar continuidade aos seis programas deixados pelo governo Robinson, já que são de interesse do Estado e podem auxiliar no esforço para combater os péssimos indicadores ainda ostentados pelo RN na Educação”, afirmou.

Entre eles, o Promédio, com foco no ensino médio em tempo integral; o Profundamental, com ações em desenvolvimento no ensino fundamental, o Progestor com ações sobre a gestão das escolas e foco na aprendizagem; o Renova Escola, com foco na manutenção permanente de prédios e renovação de equipamentos escolares; o Prof Mais, de valorização dos professores e qualidade de vida desses profissionais no âmbito das 16 diretorias regionais de ensino e o RN Alfabetizado, um programa para diminuição dos altos índices de analfabetismo no RN.

Ela avalia que, impendentemente de questões políticas e partidárias, a manutenção desses programas e seu aperfeiçoamento definirão o grau de interesse público do gestor e a extensão de seus compromissos com a população. “Estamos esperando para saber a que o governo Fátima veio e espero que ela tenha todo o sucesso na missão de administrar o RN”, conclui.

Segurança precisa de investimento, diz a ex-secretária Kalina Leite

A ex-titular da secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do RN (Sesed-RN), Kalina Leite avalia que a governadora Fátima Bezerra acertou na escolha dos nomes para ocupar uma das pastas mais sensíveis de qualquer administração – a de Segurança.

Kalina Leite, que é delegada da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, lembra que o recuo nos índices de criminalidade registrado do ano passado para cá são, em boa parte, resultado de efetivos investimentos no sistema prisional e no sistema sócio educativo, já que os índices de reincidência de crimes no Brasil são altíssimos. Ela geriu a Sesed entre 2015 e 2016.

Para ela, os primeiros dias da governadora, que começaram positivamente, necessitarão de doses de apoio permanente às ações que cuida diretamente do sistema prisional.

“É preciso lembrar que o sistema socioeducativo do RN saiu de uma intervenção exitosa e é preciso que o atual governo mantenha-o assim para obter os efeitos que pretende para o futuro da administração”, finalizou.

Gestão começou bem com o Turismo, analisa Abdon Gosson

Para o presidente da Associação Brasileiras de Agências de Viagens do RN, Abdon Gosson, quando se fala de turismo, avaliações de 100 dias de qualquer governo jamais traduzem a verdade sobre uma administração. E por uma razão simples, como ele explica: “É muito pouco tempo”. Exemplo disso, segundo ele, é o próprio voo fretado para a Holanda, que inaugura em novembro. “Para acontecer foi resultado de dois anos de negociação de vários atores do turismo”.

No entanto, Abdon acredita que o governo Fátima já começou pelo caminho certo ao escolher Ana Maria da Costa a sua secretária de Turismo. “Trata-se de uma competente profissional da iniciativa privada que conhece os problemas e anseios do setor”, comentou.

Para o presidente da Abav, ao comprar a briga das diferenças das tarifas aéreas praticadas em Natal em relação a outros estados do Nordeste, sempre mais salgadas, a governadora ganhou muitos pontos com o setor e transmitiu uma confiança de que os trade turístico pode contar com ela.

Sobre uma possível privatização do Centro de Convenções de Natal, o empresário acredita que é apenas uma questão de tempo. “Trata-se de um equipamento muito caro que só dará certo sob uma gestão privada”, encerrou.

Agora RN
fátima bezerra » Pronunciamento

Fátima lamenta morte de Brunninha: “Entristece a todos nós”

A governadora Fátima Bezerra (PT) lamentou o falecimento da menina Brunninha. A petista disse que desde que tomou conhecimento da situação crítica da menina, esteve “aflita”.

Brunninha, de 7 anos, morreu no final da tarde do domingo, 7, após sofrer uma parada cardíaca em um hospital do Recife, capital de Pernambuco. Ela estava à espera de um transplante de coração que só foi conseguido na última quinta-feira, 4.

Por não ter estrutura para esse tipo de caso, o Rio Grande do Norte teve que encaminhar a garota para o Recife, onde ela recebeu o novo coração em um hospital especializado. Ontem, no entanto, Brunninha faleceu.

Confira o pronunciamento de Fátima na íntegra:

“A notícia da morte da menina Brunninha entristece a todos nós. Desde a semana passada estávamos aflitos, em orações, o Rio Grande do Norte todo torcendo para que a cirurgia de transplante de coração fosse realizada com sucesso. À família, amigos, aos profissionais que cuidaram de Brunninha com tanta dedicação e carinho, os nossos sentimentos, nossas preces. Nessas horas faltam-nos as palavras. Que as lembranças dos bons momentos por ela vividos ajudem os pais, parentes e amigos a superarem a dor e a saudade. Em nossos corações, Brunninha viverá para sempre!”

Agora RN
fátima bezerra » Governo do Estado

Fátima avalia três primeiros meses de governo e anuncia 50 parques eólicos

Governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT)

A governadora Fátima Bezerra (PT) reuniu seu secretariado, neste fim de semana, para fazer um balanço dos três primeiros meses de gestão e lançar o processo de elaboração do Plano Plurianual 2020-2023 que será discutido com a sociedade.

De acordo com a governadora, o balanço apresentado pelos secretários mostra que o Governo está adotando medidas para redução de despesas enquanto reforça os mecanismos para aumentar a arrecadação. O controle no abastecimento de veículos projetava uma economia de R$ 1 milhão em 2019, mas segundo a petista, a meta deve ser batida ainda no primeiro semestre. Isso porque nos dois primeiros meses do ano, a economia foi de 133 mil litros, ou cerca de R$ 530 mil. Com a revisão de contratos na administração direta e indireta, a Controladoria Geral do Estado estima uma economia de R$ 100 milhões no quadriênio 2019-2022.

A revisão dos contratos não afeta os serviços prestados à população, lembra a governadora Fátima Bezerra. “Estamos combatendo o desperdício e fortalecendo setores como a saúde e a segurança pública.” Com mais viaturas e policiais nas ruas, houve recuo nas estatísticas da violência. O número de crimes contra o patrimônio foi reduzido; o de homicídios também. No mesmo período de 2018 foram 184 mortes violentas a mais.

Enquanto a área econômica luta pelo equilíbrio das finanças, as secretarias ligadas ao desenvolvimento vão tocando os projetos de melhoria da infraestrutura e do ambiente de negócios. Cinquenta novos parques eólicos serão instalados no RN até 2023, demandando investimentos de mais de R$ 4 bilhões. Hoje existem 151 em funcionamento, produzindo 4 gigawatts, três vezes mais que a demanda interna.

Para aumentar a arrecadação, a Secretaria de Estado da Tributação realizou uma série de ações de combate à sonegação do ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. Em outra ponta, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) iniciou o processo de cobrança de dívidas em atraso. De acordo com a PGE, a dívida ativa do Estado é de R$ 7,8 bilhões, dos quais R$ 5 bi referentes ao período 1978-2012. As dívidas acima de R$ 1 milhão representam 57% do valor total. “O foco neste primeiro momento são as dívidas de 2012 para cá”, explicou o procurador Luis Antônio Marinho.

A governadora Fátima Bezerra destacou a importância da reunião e elogiou a unidade, o engajamento e o compromisso da equipe. “Estamos trabalhando, todos em sintonia, com as diretrizes do programa de governo. Nossos objetivos são, primeiro, tirar o Rio Grande do Norte da calamidade financeira em que se encontra, normalizar a vida dos servidores públicos, não só pagando o salário dentro do mês a todos, indistintamente, mas saindo em busca de recursos para quitar os atrasados. Ao mesmo tempo estamos trabalhando pela recuperação econômica do Estado, adotando medidas para que o Rio Grande do Norte tenha um ambiente favorável aos negócios, para que os investimentos cheguem aqui – como já estão chegando -, gerando empregos para o nosso povo.”

Agora RN

Últimos Eventos

03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!