Arquivos:

Esporte

América atropela ABC e é campeão estadual Sub-17

FOTO: DIEGO SIMONETTI / AMÉRICA

O América é campeão Potiguar Sub-17. O Alvirrubro venceu o ABC por 4 a 1 nessa quarta-feira (27), na Arena das Dunas, em Natal, e ficou com o título da competição.

O primeiro tempo terminou com zero a zero no placar. Já na segunda etapa, o América foi pra cima e rapidamente fez os quatro gols, com Luciano, Allan, Rodrigo e William. Erick Sergipano descontou para o ABC.

Além do título, o América também ficou com a premiação de Lucas, como o melhor goleiro da competição e de Luiz Eduardo, artilheiro do certame, com seis gols marcados.

Portal no Ar
Esporte » Rio Grande do Norte

RN conquista 71 medalhas nas Paralimpíadas Escolares

FOTO: DIVULGAÇÃO/SEEL

A delegação do Rio Grande do Norte que participou das Paralimpíadas Escolares em São Paulo encerrou a competição com 71 medalhas conquistadas (29 de ouro, 23 de prata e 19 de bronze). Destaque para os atletas das modalidades de atletismo e natação, que juntos somaram 68 pódios. A bocha paralímpica ganhou pelo segundo ano consecutivo o título por equipe, enquanto o tênis de mesa foi prata por equipe e bronze individual.

O Governo do Estado, por meio da Subsecretaria de Esporte e Lazer (SEEC/SEL), garantiu a presença de 37 atletas na delegação potiguar. Para o coordenador do paradesporto, Tibério Maribondo, os resultados obtidos mostraram a qualidade paradesportiva e que o objetivo é aumentar o número de modalidades e praticantes em todo o estado a partir de 2020.

“Conquistamos medalhas em todas as modalidades disputadas, mostrando a qualidade do trabalho realizado pelas instituições, mas o desafio para os próximos anos é trabalhar para aumentar o numero de modalidades e o número de praticantes no Rio Grande do Norte”, revelou.

QUADRO DE MEDALHAS DO RN

Atletismo

18 ouro

9 prata

3 bronze

Natação

10 ouro

13 prata

15 bronze

Bocha

1 ouro – BC2

1 bronze – BC3

Tênis de mesa

1 prata por equipe

1 bronze individual

Portal no Ar
Esporte

Palmeiras perde do Grêmio e Flamengo garante título do Brasileirão

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

O Flamengo é campeão brasileiro. Mesmo sem entrar em campo, o rubro-negro garantiu seu sexto título nacional neste domingo após o Palmeiras perder em casa para o Grêmio por 2 a 1, neste domingo, em duelo válido pela 34ª rodada. Foi o segundo título seguido do time carioca em apenas 24 horas. No sábado, o Fla faturou a Copa Libertadores, no Peru.

No Allianz Parque, o Palmeiras precisava vencer o Grêmio para manter escassas chances de título e ao menos adiar a nova conquista do Flamengo. Mas a equipe gaúcha buscou a vitória, com gols de Everton Cebolinha e Pepê e garantiu matematicamente a vaga na próxima edição da Libertadores. Pelo time paulista, Bruno Henrique balançou as redes, de pênalti.

Com 81 pontos ganhos, o Flamengo não pode ser mais alcançado por nenhuma equipe nas quatro rodadas restantes do Brasileirão. Com o resultado deste domingo, o Palmeiras estacionou nos 68 pontos, mesma pontuação do Santos, que assume a vice-liderança por ter uma vitória a mais: 20 a 19. Já o Grêmio chega aos 59 e se consolida na quarta posição.

Campeão da Libertadores no sábado, ao derrotar o River Plate por 2 a 1, no estádio Monumental, em Lima, o Flamengo se tornou o primeiro time brasileiro a celebrar a conquista do Brasileirão pela televisão, sem estar em um jogo. Desde a adoção do formato dos pontos corridos, em 2003, o campeão sempre estava em campo quando o título foi definido.

O JOGO

Após dois empates consecutivos, com Corinthians e Bahia, o técnico Mano Menezes resolveu testar alterações no time do Palmeiras para tentar fazer o ataque voltar a funcionar. Lucas Lima e Borja entraram nos lugares de Gustavo Scarpa e Deyverson na equipe titular. Apesar das mudanças, os dois não conseguiram aproveitar a oportunidade dada pelo comandante.

Logo nos primeiros minutos, Geromel errou dentro da área e Borja acabou finalizando por cima do gol. Se não estivesse tão ansioso, até pela grande cobrança que sofre das arquibancadas, o colombiano poderia ter ajeitado para Zé Rafael, que estava livre na entrada da área.

Mesmo sem ser brilhante, o Palmeiras conseguiu encurralar o Grêmio nas primeiras ações do jogo. Dudu, o mais lúcido do setor ofensivo, conseguia levar vantagem em quase todas as jogadas sobre Cortez e levava perigo nos cruzamentos, seja pelo chão ou pelo alto.

Mesmo com força máxima, o Grêmio pouco ameaçou o gol de Weverton Principal jogador da equipe gaúcha, Everton Cebolinha ficou isolado pela esquerda e nem de longe lembrou aquele jogador que brilhou nas quartas de final e tirou o Palmeiras da Libertadores deste ano.

Sem muito obrigação, os defensores do time alviverde se lançaram ao ataque. Thiago Santos e Vitor Hugo apareceram duas vezes na área rival e, por pouco, não abriram o placar.

Na volta para a segunda etapa, Mano Menezes tirou Borja e colocou em campo Luiz Adriano. O atacante só não começou a partida por estar voltando de lesão na coxa direita e não ter condições de atuar por 90 minutos.

A troca, no entanto, não surtiu muito efeito. O Palmeiras continuou tentando atacar, mas sem ser efetivo. Mais confortável em campo, o Grêmio começou a sair mais nos contra-ataques, tentando aproveitar a velocidade de seus atacantes. E foi em uma dessas escapadas que Everton invadiu a área e foi derrubado por Gustavo Gómez. Pênalti claro. Na batida, o gremista bateu no canto. Weverton ainda acertou o canto, mas não conseguiu pegar.

Mesmo sem brilho, o Palmeiras foi para o abafa e foi encurralando o Grêmio, que abriu mão de ficar com a bola. E foi em um lance despretensioso que o empate surgiu. Dudu se posicionou para dominar uma bola mal cortada pela defesa e foi derrubado por Cortez. Pênalti. Na batida, Bruno Henrique não deu chances para Paulo Victor.

O time alviverde até pressionou no fim, mas não conseguiu o gol que adiaria a conquista do Flamengo e ainda ouviu muitas vaias das arquibancadas no apito final.

Por Renan Fernandes
Esporte

CBF divulga calendário do futebol feminino para temporada de 2020

Ao todo serão cinco competições em âmbito nacional durante a temporada de 2020.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quarta-feira, pela primeira vez, o calendário do futebol feminino de forma exclusiva. Ao todo serão cinco competições em âmbito nacional durante a temporada de 2020.

Destes eventos, dois serão na categoria adulta e três na base, movimentando 96 equipes em 382 jogos por toda a temporada. A ideia da entidade é deixar reservadas, na programação, dias para contemplar datas Fifa e competições que envolvam a seleção brasileira em todas as categorias.

Estão mantidas as duas divisões no Campeonato Brasileiro – Séries A1 e A2 -, sendo que este ano a principal contará com a presença de São Paulo, Palmeiras, Cruzeiro e Grêmio, que conseguiram o acesso da Série A2 este ano e se juntarão a Corinthians, Santos, Flamengo e Internacional, clubes tradicionais que já disputaram o título nacional este ano, vencido pela Ferroviária-SP.

Na Série A2, que dará lugar a 36 equipes na disputa novamente por quatro lugares na elite em 2021, conforme a CBF, a proposta é contar cada vez mais com times de todas as regiões do Brasil.

“O futebol feminino é prioridade para a CBF. Este ano avançamos no calendário, especialmente com a reformulação das duas séries do Campeonato Brasileiro Adulto e o início de competições nacionais de base Sub-18 e Sub-16. E vamos continuar direcionando atenção e investimentos em escala inédita para fomentar seu crescimento em todo o País”, comentou Rogério Caboclo, presidente da entidade.

Além dos campeonatos Sub-18 e Sub 16, o Torneio de Desenvolvimento Sub-14, organizado em parceria com a Conmebol em 2019, ganhará mais uma edição en 2020.

WASHINGTON – A CBF anunciou na noite de terça-feira que o ex-atacante Washington é o novo Diretor de Desenvolvimento do Futebol Brasileiro. Ele estará à frente da pasta criada pela CBF em abril deste ano, quando da posse de Rogério Caboclo. Anteriormente, a Diretoria de Desenvolvimento teve Juninho Paulista no comando até julho, quando o pentacampeão mundial assumiu a Coordenação da seleção brasileira principal.

A Diretoria de Desenvolvimento do Futebol é responsável por guiar as ações de fomento do futebol brasileiro em um horizonte de longo prazo, integrando os diversos departamentos da CBF. Cabe a ela a realização de estudos e análises centralizados de informações técnicas, apoio a elaboração de estratégias específicas de desenvolvimento do futebol, além do controle da destinação dos recursos oriundos da Fifa e da Conmebol, incluindo o Legado da Copa do Mundo de 2014.

“É um prazer enorme assumir a Diretoria de Desenvolvimento da CBF. O nosso futebol está crescendo cada vez mais e buscando soluções para que esteja sempre em evolução. A pasta do Desenvolvimento do Futebol é vista como estratégica pela entidade para fomentar o esporte em todo o país”, declarou o ex-jogador de Athletico-PR, Ponte Preta e Fluminense.

Agência Estado
Currais Novos » Educação » Esporte

JOMEC 2019: Atletas e escolas campeãs serão homenageados nesta quarta

A Prefeitura de Currais Novos, através da Secretaria Municipal de Educação e Esportes – SEMEC, irá premiar os atletas e as escolas campeãs na XVI edição dos Jogos Municipais Esportivos e Culturais – JOMEC.

A solenidade especial, que irá acontecer na próxima quarta-feira (20), às 9h, no Ginásio de Esportes “Geraldão”, irá homenagear 74 atletas “ouro”, que se destacaram nas categorias mirim, infantil e juvenil nas modalidades Handebol, futebol society, futsal, judô, natação, vôlei in door, vôlei de dupla, badminton, atletismo, tênis de mesa, dama, xadrez e queimada, além das escolas campeãs dos jogos que aconteceram entre os dias 04 e 14 deste mês, com a participação de 3.100 atletas.

As escolas campeãs também serão homenageadas. A campeã geral foi mais uma vez o Centro Educacional Logos, com 18 medalhas de ouro, 08 de prata e 06 de bronze. Da rede municipal, a Escola Municipal Professora Trindade Campelo foi a que obteve o melhor resultado, ficando em 6º lugar no geral, com 04 medalhas de ouro, 07 de prata e 05 de bronze.

Esporte

Brasil vira sobre o México e é campeão do Mundial Sub-17

Kaio Jorge marcou o primeiro gol do Brasil de pênalti – Foto: Sergio Moraes

A virada épica contra a França na semifinal preparou a torcida. Mas a seleção brasileira sub-17 gosta de emoção. Empurrado pelo “Eu acredito!” nas arquibancadas, o Brasil reagiu após sair perdendo, venceu o México de virada por 2 a 1 e conquistou seu quarto título do Mundial Sub-17. A estrela novamente ficou com Lázaro, atacante do Flamengo, que entrou no segundo tempo para fazer o segundo gol brasileiro. A seleção ainda exorciza a freguesia que mantinha para os mexicanos na competição.

O Brasil foi para o intervalo com 13 finalizações e quatro chutes ao gol. E muita frustração. A equipe brasileira criou muito. Apenas Veron desperdiçou três boas oportunidades. Peglow acertou a trave. Patryck obrigou García a fazer uma boa defesa com chute de fora da área. Mas faltou pontaria. E diante do volume de jogo com o placar zerado, bateu nervosismo em um momento. O México foi mais cadenciado, mas assustou na bola aérea. No entanto, não conseguiu marcar.

Os primeiros minutos foram no mesmo tom da etapa inicial. Kaio Jorge desperdiçou uma chance, Patryck parou em Garcia novamente, Peglow errou por um triz. O Brasil não vencia o gol mexicano. Até ser vencido. Após boa jogada de Pizzuto, o camisa 6 cruzou da esquerda, e González venceu a zaga brasileira para, de cabeça, abrir o placar. Dalla Déa se lançou ao ataque. Colocou Matheus Araújo e Lázaro. Mas foi com a ajuda do VAR que a equipe reagiu. Com ajuda do vídeo, o árbitro marcou pênalti após revisão, e Kaio Jorge converteu. Aos 47, Yan fez cruzamento primoroso para Lázaro estufar as redes e garantir o título brasileiro.

O Brasil chega ao seu quarto título do Mundial Sub-17. Conquistou a competição também em 1997, 1999 e 2003. Os mexicanos seguem com duas taças. Agora, a seleção brasileira encosta na Nigéria, que é o maior vencedor da Copa do Mundo para menores de 17 anos, com cinco taças.

Blog do Ismael Medeiros
Currais Novos » Educação » Esporte

Abertura do JOMEC reúne grande público no “CJB”

Um grande público prestigiou na noite de ontem (04), a abertura oficial da XVII edição dos Jogos Municipais Esportivos e Culturais de Currais Novos – JOMEC, que aconteceu no Estádio Municipal Cel José Bezerra.

Com o tema “Esporte e meio ambiente: nesse jogo quem ganha é você!”, o evento de abertura foi marcado por várias apresentações culturais e contou com a presença de várias autoridades municipais.

Atletas da rede municipal, estadual e privada participaram da tradicional cerimônia de acendimento da pira olímpica.
O JOMEC 2019, que será realizada de 04 a 14 de novembro, terá uma vasta programação esportiva, dividida em 13 modalidades diferentes, com a participação de 3.100 atletas.

“A Prefeitura de Currais Novos realiza essa grandiosa competição esportiva para incentivar os atletas escolares, descobrir novos talentos e valorizar o esporte como agente transformador da sociedade. Nosso reconhecimento a Secretaria Municipal de Educação e Subcordenadoria de Esportes pela organização desse grandioso evento”, disse o prefeito Odon Júnior.

Esporte

Após derrota para o Flamengo, Fábio Carille é demitido do Corinthians

Fábio Carille não é mais técnico do Corinthians. O treinador deixou o comando do Timão após a derrota por 4 a 1 para o Flamengo, neste domingo, no Maracanã.

Além de Carille, deixam o clube o auxiliar Leandro da Silva, o Cuca, e o preparador físico Walmir Cruz. O coordenador de futebol Emerson Sheik e o gerente de futebol Vilson Menezes também têm cargo ameaçado. Todos voltam no mesmo voo da delegação a São Paulo.

– Nós tiramos. Foi uma conversa, toda conversa de demissão é triste, ainda mais de um treinador que tem história grande no Corinthians. Tivemos de tomar essa decisão – afirmou o presidente Andrés Sanchez, após a partida. Carille ficou por quase duas horas no vestiário do Maracanã e não passou pela zona mista do estádio, saindo por outro setor.

Sem Carille, Dyego Coelho, técnico do sub-20, vai comandar o Timão contra o Fortaleza, quarta-feira, na Arena Corinthians. Em entrevista coletiva, Andrés prometeu mudanças drásticas até o fim do ano, mas ainda não iniciou a busca por um novo comandante – Tiago Nunes, do Athletico-PR, e Sylvinho, recém-demitido do Lyon, da França, aparecem como nomes favoritos.

Sem Carille, Dyego Coelho, técnico do sub-20, vai comandar o Timão contra o Fortaleza, quarta-feira, na Arena Corinthians. Em entrevista coletiva, Andrés prometeu mudanças drásticas até o fim do ano, mas ainda não iniciou a busca por um novo comandante – Tiago Nunes, do Athletico-PR, e Sylvinho, recém-demitido do Lyon, da França, aparecem como nomes favoritos.

Globo Esporte
Esporte

Flamengo faz 5 a 0 no Grêmio e vai à final da Libertadores

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

Com mais um atuação de gala do seu ataque, o Flamengo atropelou o Grêmio em um Maracanã praticamente lotado e garantiu seu retorno à final da Copa Libertadores após 38 anos. O time carioca goleou o rival gaúcho por um contundente placar de 5 a 0, na noite desta quarta-feira, e selou sua classificação à decisão, após empate por 1 a 1 no jogo de ida.

A goleada contrastou com o primeiro tempo do aguardado duelo, em que a equipe de Jorge Jesus parou na marcação gremista. O Flamengo deslanchou somente na etapa final, com quatro gols em 25 minutos, e aplicou uma surpreendente e sonora goleada no adversário gaúcho. Gabriel comandou a vitória, com dois gols e participação nos três primeiros da partida.

A equipe mandante anotou apenas um gol na etapa inicial, mas ampliou logo no primeiro minuto do segundo tempo. Anotou o terceiro aos 10 e passou a controlar a partida com total domínio, diante do espanto e do desânimo da equipe de Renato Gaúcho. Até os zagueiros Rodrigo Caio e Pablo Mari balançaram as redes. Aos 30 do segundo tempo, a torcida rubro-negra já fazia a festa, com direito a “olé”.

O triunfo garantiu o Flamengo em sua segunda final da Libertadores. Na primeira, ainda em 1981, foi campeão. Na decisão deste ano, em jogo único, o adversário será o River Plate, atual campeão e com a confiança elevada após eliminar o arquirrival Boca Juniors na outra semifinal. A grande final está marcada para 23 de novembro, em Santiago, no Chile.

O JOGO – Como era esperado, o Flamengo partiu para cima assim que iniciou a partida. Mais atento, após os vacilos do jogo de ida, o time gaúcho conteve as investidas do rival. Com uma formação ofensiva reforçada por Arrascaeta, que voltou de lesão antes do previsto, o Fla testava a defesa gremista pelo meio e pelas laterais, sem sucesso.

Na defesa, tentava não ser surpreendido, principalmente pela direita de sua defesa, diante dos avanços de Everton Cebolinha. Para tanto, contou também com o retorno de Rafinha, atuando com uma proteção no rosto após cirurgia.

Afora uma cabeçada de Gabriel sem maior perigo, aos 10, o Flamengo esteve aquém do esperado nos primeiros 30 minutos do duelo. Parava com frequência na marcação gremista, que mantinha o confronto concentrado no meio-campo.

Tanto que a primeira chance clara de gol foi dos visitantes. Aos 18, Everton investiu pela esquerda e cruzou com perigo na área. Diego Alves deu rebote nos pés de Maicon, que desperdiçou chance incrível. Como resposta, Bruno Henrique cabeceou com perigo aos 26.

A partir dos 30, o time carioca passou a encontrar maior espaço na defesa rival. Gabriel tentou de bicicleta aos 34 e, numa rápida finalização, aos 39. A insistência foi premiada aos 41, novamente em jogada do atacante. Ele recebeu livre pela direita, bateu forte e Paulo Victor deu rebote, devidamente aproveitado por Bruno Henrique na pequena área.

O gol acendeu o Fla na partida. E nem mesmo os 15 minutos de intervalo amenizaram o novo ímpeto da equipe carioca. Logo no primeiro minuto da etapa final, chegou ao segundo gol. Após cobrança de escanteio, Gabriel pegou a sobra, girou rapidamente e acertou belo chute, direto para o fundo das redes.

A vantagem ficou ainda maior aos 10 minutos, quando Bruno Henrique sofreu pênalti duvidoso. Gabriel bateu no canto esquerdo de Paulo Victor e voltou a fazer a festa da torcida no Maracanã.

A vitória rubro-negra se transformou em goleada em apenas quatro minutos, em dois lances de bola parada. Aos 21, Arrascaeta bateu escanteio na área e Pablo Marí surgiu por trás da defesa gremista para cabecear para o gol. Em seguida, aos 25, foi Everton Ribeiro quem cobrou falta na área e Rodrigo Caio escorou de cabeça com facilidade. Nos dois casos, Kannemann não conseguiu acompanhar os zagueiros do Fla.

Com a vitória sacramentada, Jorge Jesus colocou Diego em campo, na vaga de Gerson. O meio-campista voltava ao gramado após três meses, recuperado de grave lesão. Foi o suficiente para coroar a festa da torcida, satisfeita com a goleada e o retorno do jogador.

Por Felipe Rosa Mendes
Esporte

Após nova vitória, Flamengo tem 97% de chances de título brasileiro

Após os 2 a 0 sobre o Fluminense e o empate do vice-líder Palmeiras com o Athletico, em 1 a 1, o Flamengo está ainda mais perto do título brasileiro. De acordo com o site Infobola, do matemático Tristão Garcia, o rubro-negro, agora, tem 97% de chances de conquistar o troféu.

Segundo o matemático, o Palmeiras tem 2% de chances, enquanto o Santos aparece com 1%, faltando 11 rodadas para o fim do campeonato.

Na quarta-feira, o time dirigido por Jorge Jesus decide a vaga à final da Libertadores contra o Grêmio, no Maracanã. Pelo Brasileiro, o próximo rival é o CSA, domingo, no mesmo estádio.

O GLOBO

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!