Arquivos:

Economia

Bandeira tarifária deve ficar vermelha até o fim do ano, prevê ONS

A bandeira tarifária que está vermelha desde junho deverá persistir até o final do ano, apesar de reconhecer que a definição não é atribuição do órgão. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o sistema de bandeiras foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica.

As cores verde, amarela ou vermelha indicam se a energia custa mais ou menos por causa das condições de geração. A Aneel acredita que, com as bandeiras, a conta de luz ficou mais transparente.

Economia

Crediário e cartão de crédito foram os tipos que mais negativaram usuários

Quando não bem controlado, o uso do crédito pode gerar um volume de compras que excede o orçamento, levando os consumidores à inadimplência. Dados de uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), apontam que 58% dos consumidores que recorreram ao crediário no último ano já ficaram negativados por atrasar prestações e 48% dos usuários de cartão de crédito por não pagarem a fatura. Por outro lado, o cheque especial (30%) foi a modalidade que menos deixou quem utiliza o serviço com nome sujo.

O levantamento mostra também que antes de contratar crédito, parte de seus usuários costumam analisar as tarifas e os juros praticados ao fazer um financiamento (71%) ou contrair um empréstimo (70%). Enquanto 45% ignoram as taxas do cheque especial e três entre dez (30%) reconhecem que não avaliam os encargos do cartão de crédito na hora de aceitar uma proposta.

Economia » Transporte

ANTT quer multa de R$ 5 mil para transporte de carga abaixo da tabela


A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou hoje (10) que estuda aplicar multa de R$ 5 mil por viagem àqueles que contratarem transporte rodoviário de carga com valor inferior ao disposto pela Agência. A ANTT disse estudar também a aplicação de R$ 3 mil para quem anunciar ou intermediar a contratação de frete com valor inferior aos piso mínimo.

As propostas constam de audiência pública, aprovada pela agência regulatória na semana passada, cuja documentação foi apresentada nesta segunda-feira (10) pela ANTT. Segundo a agência reguladora, a audiência “tem o objetivo de discutir medidas adicionais para garantir o cumprimento dos pisos mínimos de frete”.

As sugestões à proposta apresentada poderão ser enviadas até as 18h do dia 10 de outubro, por meio de formulário disponível no site da ANTT, por via postal ou durante a sessão pública de audiência, que ocorre no dia 9 de outubro, na sede da ANTT, em Brasília (DF).

Na última quarta-feira (5), a ANTT publicou alterações na tabela de frete mínimo, após o reajuste, no dia 31 de agosto, de 13% no preço do diesel nas refinarias. A tabela considera o preço mínimo por quilômetro, eixo e carga transportada, além dos custos.

Agência Brasil
Economia

Custo da construção tem alta de 0,35% em agosto, aponta levantamento

O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil em São Paulo atingiu R$ 1.365,94 por metro quadrado em agosto, crescimento de 0,35% na comparação com julho. Já em um ano, a alta acumulada atingiu 3,55%, de acordo com dados apurados pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O CUB é o índice oficial que reflete a variação dos custos mensais das construtoras para a utilização nos reajustes dos contratos de obras. Dentro da composição do indicador, os custos médios com mão de obra representaram 60,94%, materiais, 35,86%, e despesas administrativas, 3,19%.

(mais…)

Economia

Número de endividados e inadimplentes cresce em agosto

O percentual de famílias endividadas e inadimplentes cresceu de julho para agosto, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (5) pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo). A parcela de famílias com dívidas passou de 59,6% para 60,7%.

O número daqueles com contas e dívidas em atraso (inadimplentes) também subiu, ao passar de 23,7% para 23,8% no período. Também foi observado aumento daqueles que dizem não ter condições de pagar dívidas, de 9,4% em julho para 9,8% em agosto

Economia

Pedidos de recuperação judicial sobem 36,1% em agosto

Os pedidos de recuperação judicial subiram 36,1% em agosto em relação a julho, mas caíram 23,3% na comparação com o oitavo mês de 2017, conforme a Serasa Experian. Foram 132 requerimentos no período.

As MPEs (micro e pequenas empresas) ficaram na liderança, com 74 pedidos, seguidas pelas médias (33) e pelas grandes empresas (25).

Economia

67% preferem pagar dívidas em atraso à vista

Estudo feito pela Serasa Consumidor aponta que 67% dos brasileiros preferem pagar suas dívidas vencidas à vista, caso recebam um bom desconto. Hoje, o Brasil tem 61,6 milhões de inadimplentes ou devedores, sendo 2,4 milhões apenas no Ceará, conforme dados da Serasa Experian, que relançou ação para ‘limpar o nome’ de consumidores
negativados.

Além disso, a empresa constatou que 75% das pessoas com dívidas em atraso preferem receber informações sobre as pendências nanceiras via e-mail. Em seguida, os meios de comunicação preferidos pelos brasileiros são WhatsApp (46%), SMS (30%) e telefone (17%).

Economia » Trânsito

CAMINHONEIROS: Tabela de fretes será ajustada pela ANTT, após alta do diesel


A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou que irá ajustar a tabela de fretes por causa da variação do preço do óleo diesel. A agência deu a informação em nota divulgada na noite de ontem (1º).

De acordo com a ANTT, a Lei 13.703, de 2018, prevê que uma nova tabela com frete mínimo deve ser publicada quando houver oscilação superior a 10% no preço do óleo diesel no mercado nacional. A lei instituiu a Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas.

Desde a última sexta-feira (31), o preço médio do diesel nas refinarias da Petrobras subiu em 13,03%. Com o aumento, o preço passou de R$ 2,0316 para R$ 2,2964. É o primeiro rejauste desde junho, quando, em acordo com os caminhoneiros em greve, o governo congelou o preço do produto nas refinarias em R$ 2,0316 por litro.

O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Felix, disse que o governo não deve atuar para conter a alta do preço do diesel, por falta de recursos para uma nova tentativa de estabilização dos valores.

Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal (STF) realizou audiência pública sobre a tabela de frete, que foi contestada na Corte. Foram ouvidos representantes do setor produtivo e dos caminhoneiros, que apresentaram argumentos contra e a favor da tabela mínima do frete, criada em maio pelo governo via medida provisória e convertida em lei pelo Congresso, neste mês. Após a audiência pública, o ministro Luiz Fux afirmou que levará as três ações diretas de inconstitucionalidade (ADIs) sobre o assunto para análise diretamente no plenário da Corte.

No último dia 29, a ANTT também alertou que o descumprimento da cobrança do preço mínimo do frete pode implicar em multa. Na nota, a ANTT lembra que está em vigor resolução que trata do frete mínimo “até que se encerrem todos os trâmites administrativos necessários para a publicação de nova norma que trata dos pisos mínimos de frete”.

Agência Brasil
Economia » Greve » Trânsito

Alta no diesel ameaça nova paralização dos caminhoneiros

BR 427, saída para Acari, durante paralisação no mês de maio. (Foto: Jean Souza)

O preço médio do óleo diesel nas refinarias da Petrobras em todo o país estão, desde sexta-feira (31), 13,03% mais caro.

Há uma grande movimentação nas redes sociais e grupos de Whatsapp dos caminhoneiros e algumas associações cogitam manifestações.

As redes sociais e o WhatsApp foram os principais meios de mobilização usados pelos caminhoneiros durante a paralisação de 11 dias em maio.

É o primeiro aumento do preço do derivado desde junho, quando, em acordo com os caminhoneiros em greve, o governo congelou o preço do produto nas refinarias em R$ 2,0316 por litro.

BR 226, saída para São Vicente, durante paralisação no mês de maio. (Foto: Jean Souza)

Economia

Liquida Natal começa nesta sexta com expectativa de faturar R$ 16 milhões

A 17ª edição da Liquida Natal começa nesta sexta-feira, 31 de agosto, e se estende até o dia 9 de setembro. A expectativa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal) é de que os comerciantes faturem, nos 10 dias de campanha, R$ 16 milhões além do que faturam em um mês de vendas.

O lançamento da campanha foi realizado na noite dessa quinta-feira, 30 de agosto, na Escola de Governo e contou com a presença de empresário, funcionários do comércio e autoridades.

(mais…)

Últimos Eventos

06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!