Arquivos:

Brasil » Economia » Notícias

ECONOMIA: Brasil lidera pagamento em leilões de exploração de petróleo no mundo

Foto: Agência Petrobrás

O Brasil obteve 75% de todos os bônus de assinatura pagos em leilões de exploração de petróleo, que foram realizados no mundo desde 2016. Segundo o diretor-geral da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), Décio Odonne, neste período, 82 países fizeram 100 processos de certames de áreas de exploração e foram contratados US$ 7 bilhões, na forma de bônus de assinaturas de 3 mil blocos.

Odonne acrescentou que, do total de blocos oferecidos no mundo, 72 foram ofertados pelo Brasil nas rodadas que realizou desde 2016. “Os 72 blocos do Brasil representaram 75% de todos os bônus de assinatura pagos no mundo desde 2016. É impressionante quando a gente compara o sucesso que tivemos no trabalho de atração de investidores em relação a outros países. Em segundo, distante da gente, é o México”, afirmou.

Quanto a continuidade dos leilões da ANP com a mudança de governo, Odonne destacou que não quer arriscar dizer se o novo governo vai cumprir o calendário de leilões, mas está otimista diante do interesse que o Brasil tem despertado nesse mercado e com investimentos em exploração que ainda devem entrar no país.

Em 2019, estão previstas a 6ª Rodada do Pré-Sal, a 16ª Rodada de Licitações de blocos sob o regime de concessão em áreas próximas ao polígono do pré-sal, além da expectativa do leilão do excedente de petróleo do pré-sal, chamado de cessão onerosa. “A gente quer e vai continuar, no Brasil, atraindo estes investimentos”, afirmou.

Confiante na manutenção dos leilões, o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, lembra que, por causa do mandato, o diretor-geral da ANP vai permanecer no cargo até 2020. Isso, para o ministro, reforçará a segurança do mercado na área de óleo e gás.

“Ele vai ficar porque tem uma tarefa a cumprir. Nós, a sociedade brasileira, precisamos da força, da pujança e do retorno financeiro que este setor dará para que melhore, não só as condições fiscais do país, mas sobretudo a vida das pessoas”, afirmou o ministro de Minas e Energia.

Fonte: Agência Brasil

Brasil » Economia » Notícias

ECONOMIA: Conta de luz pode chegar a bandeira verde em dezembro

As últimas chuvas no país foram dentro da expectativa mês de outubro. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) disse que a bandeira tarifária da conta de energia elétrica para dezembro dificilmente retornará para a bandeira vermelha.

O diretor-geral da Agência, André Pepitone disse que reverter é difícil, no pior estágio seria manter a amarela.

A Aneel pode inclusive analisar a possibilidade de adotar a bandeira verde no próximo mês. O estudo levará em conta a melhora nos níveis dos reservatórios diante da quantidade de chuva no Brasil durante novembro. Segundo o diretor-geral do órgão regulador, André Pepitone, é preciso aguardar mais um pouco para avaliar alguns fatores que influenciam o modelo que determina a escolha da cor da bandeira.

Entre os fatores está o nível de armazenamento e o GSF- fator que mede o nível entre a energia produzida pelos geradores do Mecanismo de Realocação de Energia (MRE) e a soma das garantias físicas deles. É com este fator que se avalia quanta energia será alocada em cada usina.

Conforme o diretor-geral, as chuvas estão boas e dentro das expectativas, ainda assim é preciso esperar, porque está no começo do mês, mas ele acrescentou que o prognóstico é bom.

Pepitone estimou que após o dia 20 será possível “ter uma sensibilidade com grande precisão” para definir a cor da bandeira.

Fonte: Portal No AR

Economia » Notícias » Rio Grande do Norte

ECONOMIA: Governo precisa de R$ 1,2 bilhão para concluir salários dos servidores em 2018

Segundo informações da Tribuna do Norte, o Governo do Estado precisará arcar com pelo menos R$ 1,2 bilhão para finalizar o ano com todas as obrigações salariais em dia.

Segundo levantamento do Fórum de Servidores, faltam R$ 140 milhões para regularizar o restante do décimo-terceiro de 2017 e o mesmo valor para o restante do salário de outubro.

Além disso, faltam as folhas de novembro e dezembro, que custam R$ 450 milhões cada. Falta ainda o décimo terceiro de 2018, cuja parcela de 40% já foi paga para servidores da educação e administração indireta.

Brasil » Economia

ECONOMIA: Mercado reduz de 4,43% para 4,40% estimativa de inflação para este ano

A estimativa de instituições financeiras para a inflação neste ano caiu pela segunda vez seguida. De acordo com pesquisa do Banco Central (BC), divulgada nesta segunda-feira (5), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve ficar em 4,40%. Na semana passada, a projeção estava em 4,43%.

Para 2019, a projeção da inflação permanece em 4,22%. Também não houve alteração na estimativa para 2020: 4%. Para 2021, passou de 3,95% para 3,97%.

A meta de inflação, que deve ser perseguida pelo BC, é 4,5% este ano. Essa meta tem limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2019, a meta é 4,25% com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%.

Já para 2020, a meta é 4% e 2021, 3,75%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente).

Fonte: Portal no AR

Economia » Notícias » Rio Grande do Norte

SONDAGEM: Produção industrial volta a cair no RN, mostra Fiern

Reprodução/Google

A Sondagem das indústrias Extrativas e de Transformação do Rio Grande do Norte, elaborada pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Fiern), revela que, no mês de setembro, a produção industrial potiguar voltou a cair, após ter registrado aumento nos meses de junho e julho, e ficado estável em agosto. Acompanhando o desempenho negativo da produção, o nível médio de utilização da capacidade instalada (UCI) caiu de 71% para 69% entre agosto e setembro, e foi considerado pelos empresários consultados como abaixo do padrão usual para o período. O emprego industrial também recuou. Além disso, os estoques de produtos finais aumentaram, mas ficaram abaixo do nível planejado pelo conjunto da indústria.

No terceiro trimestre de 2018, tanto a margem de lucro operacional como a situação financeira foram avaliadas como insatisfatórias pelos empresários industriais potiguares, e o acesso ao crédito tornou-se mais difícil. Além disso, os empresários apontaram que os preços médios das matérias-primas subiram em relação ao trimestre anterior.

O principal problema do trimestre, na opinião dos empresários potiguares, foi a elevada carga tributária, que cresceu em assinalações relativamente ao segundo trimestre de 2018; seguida pela competição desleal, pela falta ou alto custo da matéria-prima e pelas dificuldades na logística de transporte.

Economia » Notícias

ECONOMIA: Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir deste sábado

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (19), que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o país a partir deste sábado (20). Com a decisão, valor cairá de R$ 2,1490 – preço que vigorava desde o último dia 12 – para os R$ 2,1060 anunciado pela estatal para vigorar neste sábado.

O preço do litro do combustível atingiu maior valor nas refinarias no dia 14 de setembro último, quando a estatal passou a cobrar pelo litro da gasolina R$ 2,2514, preço que se manteve por 12 dias, até o dia 22 do mesmo mês, portanto por doze dias consecutivos.

Economia » Notícias » Paraíba

COFRES ABASTECIDOS: Prefeituras da PB irão receber mais de R$ 101 milhões de FPM nesta quarta-feira

As prefeituras da Paraíba irão receber R$ 101.011.966,22 referentes ao primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês de outubro. A quantia é superior R$ 17.044.923,34 em relação ao mesmo período do ano passado quando o repasse foi de R$ 83.967.042,88.

De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a Prefeitura de João Pessoa receberá o montante de R$ 11.080.101,92 . A Prefeitura de Campina Grande terá depositado em seus cofres a quantia de R$ 3.052.073,46.

Das 223 prefeituras, 135 terão seus cofres abastecidos em R$ 275.517,31 e três terão um reforço de R$ 1.102.069,23.

A CNM destaca que o 1º decêndio, historicamente, é o maior do mês e representa quase a metade do valor esperado para outubro. A entidade também fez um levantamento do acumulado de 2018 com o FPM. Até agora, o valor total do Fundo tem apresentado crescimento positivo.

O montante repassado aos Municípios desde janeiro até o 1º decêndio de outubro de 2018 indica aumento de 7,74%, em termos nominais em relação ao mesmo período de 2017. Ao considerar o comportamento da inflação, o FPM acumulado do ano de 2018 cresceu 4,10% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Economia » Exportação » Mercado » Rio Grande do Norte

PRODUÇÃO DO RN EM ALTA: Camarão potiguar volta a ganhar espaço no mercado brasileiro e no exterior

Ex-presidente e atual secretário da Associação Brasileira dos Criadores de Camarão (ABCC), Itamar Rocha não hesita em dizer que os bons tempos estão de volta à carcinicultura do Rio Grande do Norte.

Com uma produção atual ao redor de 15 mil toneladas, o Estado – que, no passado, liderava a produção nacional -, amargou anos de descaso e preconceito por parte das autoridades. Até a aprovação, em julho de 2015, da Lei Cortez Pereira, que dispõe sobre o desenvolvimento sustentável da carcinicultura no RN.

Com a lei, produtores passaram a contar com o apoio que precisava para enfrentar problemas globais da produção do camarão, como a mancha branca, a doença mais devastadora do crustáceo no mundo.

A partir do apoio governamental, os produtores potiguares foram capazes de se armar com a doença, que não pode ser vencida, apenas por meio da convivência obtida com a assimilação de tecnologias. “Basta manter os viveiros a uma temperatura constante entre 30 a 35 graus para afastar a proliferação da doença, que mercado para todo o tipo de camarão não falta. Não podemos nos queixar do governo Robinson e muito menos da direção do Idema, que compreendeu o potencial da carnicicultura e passou a colaborar com o desenvolvimento de uma atividade economicamente muito importante para o estado”, explica.

O resultado foi que, na gangorra entre Rio Grande do Norte e o Ceará pela liderança da produção nacional -, a balança voltou a pender para o RN, que pelo terceiro ano consecutivo vai sediar a Feira Nacional do Camarão, que acontece em dezembro, atraindo produtores do mundo.

Economia

Inadimplência das empresas cresce 9% em agosto, aponta levantamento

O volume de empresas com contas em atraso e incluídas nos cadastros de inadimplentes continua crescendo a taxas elevadas. Em agosto de 2018 foi registrado um aumento de 9%, ante o mesmo período do ano passado. A alta foi puxada mais uma vez pela região Sudeste, que subiu 16,31% no número de empresas devedoras.

Com exceção da região Norte, que teve um avanço na quantidade de devedores (1,9%), as demais também apresentaram aceleração: 4,4% no Sul, 3,2% no Centro-Oeste e 3,1% no Nordeste. Os dados são do Indicador de Inadimplência da Pessoa Jurídica apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Com relação ao número de pendências devidas pelas empresas, o crescimento foi de 7,4%. Ao avaliar as dívidas por setor credor, serviços apresentou maior alta: um crescimento de 9,7% na comparação com o ano passado. Em seguida aparece a indústrias (5,8%) e o comércio (1,8%). Já o ramo da agricultura foi o único a ter queda na inadimplência (-1,7%).

Economia

Agências da Caixa abrem mais cedo para atender cotistas do PIS

As agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo nesta quinta-feira (27) e sexta-feira (28) para pessoas com menos de 60 anos, cotistas do PIS, que ainda não resgataram seu benefício. O prazo para o saque termina esta semana. De acordo com a Caixa, exceto nas regiões em que esse horário não for a melhor condição de atendimento aos clientes, o critério será definido pela superintendência local.

As pessoas que ainda não fizeram o saque podem consultar a página do banco na internet (www.caixa.gov.br/cotaspis) para saber quanto tem para receber. Caso o dinheiro já tenha sido creditado em conta, o site também informará qual a conta e o banco em que foi creditado o PIS.

(mais…)

Últimos Eventos

06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!