Arquivos:

Doação » Notícias

Hemonorte apela por mais doação de sangue no RN

Pode doar sangue qualquer pessoa que tenha entre 16 e 69 anos e mais de 50 quilos (Foto: Alberto Leandro/Arquivo/Portal No Ar)

O Hemocentro do Rio Grande do Norte precisa de sangue de todos os tipos. Os estoques estão em níveis críticos e o fornecimento de sangue e hemocomponentes para a rede hospitalar está comprometido.

No momento, o Hemonorte tem em estoque pouco mais de 300 unidades, número bem abaixo do necessário para suprir a demanda diária. “Para que possamos atender a rede hospitalar precisamos ter em estoque 600 bolsas de sangue pronta para uso. Hoje estamos bem aquém desta realidade. Para se ter uma ideia, sangue do tipo AB- (negativo) está zerado,” ressaltou a diretora geral do Hemocentro, Linete Rocha.

O sangue não tem substituto e por isso a doação voluntária é fundamental. Pode doar sangue qualquer pessoa que tenha entre 16 e 69 anos e mais de 50 quilos, além de não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tomado a vacina contra a gripe nas últimas 48 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade. Os jovens com 16 e 17 anos podem fazer sua doação acompanhados de um responsável legal. Os intervalos para doação são de 60 dias para homens e de 90 dias para mulheres, com o máximo de quatro doações ao ano para o homem e três doações para a mulher.

O Hemocentro do RN é responsável por cobrir 100% dos hospitais públicos e mais os leitos dos planos de saúde cadastrados. Para doar a pessoa deve procurar as unidades de coleta de sangue que estão localizadas em Natal, Pau dos Ferros, Mossoró, Caicó, e Currais Novos.

Portal No Ar
Currais Novos » Doação » Saúde

Esperança e Fé permeiam Campanha de Doação de Medula para a menina Sara

Sara Sâmela continua esperando por transplante de medula. Faça parte dessa corrente você também, e ajude!

Sara Sâmela continua esperando por transplante de medula. Faça parte dessa corrente você também, e ajude!

“Eu preciso de medula e meus amiguinhos também!”, é com este slogan que a pequena Sara Sâmela, 09 anos, continua lutando pela vida à espera de uma medula compatível para realizar seu transplante e assim, vencer a luta contra a leucemia.

Há exatamente nove meses realizando o tratamento, Sara conta com a ajuda e dedicação integral dos pais, Luiz Valmir e Denilza Dantas, que diariamente enfrentam dificuldades, principalmente financeiras, para que nada lhe falte durante seu processo clínico. A leucemia é uma doença maligna que se desenvolve na medula óssea e afeta glóbulos brancos (leucócitos) no sangue, provocando sua produção excessiva de células anormais, prejudicando ou impedindo a produção dos glóbulos vermelhos (causando anemia), dos glóbulos brancos (causando infecções) e das plaquetas (causando hemorragias).

Depois de instalada, a doença progride rapidamente, exigindo com isso que o tratamento seja iniciado logo após o diagnóstico e a classificação da doença. Em muitos casos, apenas o transplante é a forma de tratamento mais adequada para alcançar a cura, no entanto, a probabilidade de encontrar um doador compatível com o paciente é de 01 em 100.000. De acordo com o pai de Sara, Luiz Valmir, “a luta é contra o tempo para encontrar um doador compatível e realizar o transplante, pois devido às intercorrências que já aconteceram, pela baixa imunidade de Sara, temo que ela não suporte até a chegada do dia do transplante”, desabafou ele.

O caso da menina ganhou uma repercussão muito positiva na busca por um doador compatível, tanto é que os Hemocentros em Currais Novos e Caicó conseguiram cadastrar no banco de dados nacional cerca de 500 doadores voluntários, durante as campanhas que realizaram. Entretanto, é preciso uma mobilização ainda maior.

Paralela à campanha de doação de medula óssea, a venda do CD beneficente em prol de Sara continua, com um valor simbólico de R$10,00, e quem puder ajudar com alguma contribuição financeira a conta para depósito bancário é AG. 0361-1, CONTA 15.843-7 – Banco do Brasil, ou pode entrar em contato com Valmir pelo telefone (84) 9811-3029.

Valmir agradece de coração o empenho de todos os voluntários para a recuperação da sua filha e diz que tudo isso só está sendo possível graças a Deus e à generosidade das pessoas, que direta ou indiretamente se dedicam para ajudar ao próximo.

Do Jornal Expresso RN - Lílian de Souza

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!