Arquivos:

Diversos » Política

Em carta a Jean Wyllys, Lula pede ‘enfrentamento’ a Bolsonaro

Da prisão em Curitiba, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua se mostrando um dos principais opositores ao presidente Jair Bolsonaro. Em carta divulgada nessa quinta-feira (17) pelo deputado Jean Wyllys, o petista pediu “forte enfrentamento político” ao novo governo.

Wyllys contou que enviou o seu livro “Tempo bom, tempo ruim”, escrito por ele, a Lula. Em resposta, ele recebeu uma carta feita à mão pelo ex-presidente, em que ele agradece o presente e a dedicação do deputado à política e pede oposição ao governo de Bolsonaro:

“Eu estou convencido que temos que consolidar um forte enfrentamento político com o governo, e ao mesmo tempo, tratar de organizar politicamente o nosso povo”, escreveu Lula.

Diversos » Oportunidade

UnP abre Processo Seletivo em Currais Novos

Universidade Potiguar – Polo Currais Novos torna público o processo para Seleção Docente 2019.1. Os futuros professores terão a oportunidade de fazer parte da maior Universidade privada do Norte-Nordeste. As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site www.unp.br na aba “Trabalhe Conosco”.

A seleção acontecerá em três etapas: Triagem de Currículos, Apresentação e Análises dos Documentos e Banca Examinadora. O processo seletivo poderá ocorrer simultaneamente ao período de inscrições, que se encerra no dia 10 de dezembro. Os inscritos depois dessa data ficarão como cadastro reserva.

Para se inscrever, os candidatos deverão ter Graduação na área e titulação mínima exigida conforme descrito no perfil da vaga. A comunicação durante o processo seletivo será feita através dos contatos informados durante inscrição. Os candidatos aprovados na prova didática poderão ser convocados ou não, dependendo das necessidades institucionais e também da sua disponibilidade de tempo para a vaga pretendida.

Inscreva-se na Seleção Docente 2019.1 acessando o site www.unp.br e clique no botão “Trabalhe Conosco”.

Diversos

Campo magnético da Terra está se movendo mais rápido do que o esperado; mudança pode afetar rotas de navios, aviões e até o funcionamento do Google Maps

Como a Terra tem o núcleo feito de metal líquido, o campo magnético – e, portanto, os pólos, mudam de forma gradual e muitas vezes imprevisível. Isso faz com que os cientistas precisem atualizar periodicamente o Modelo Magnético Mundial para mapear esse processo. A versão mais recente, produzida em 2015, deveria durar até 2020, mas não é isso que está acontecendo.

O campo magnético tem mudado mais rapidamente do que era esperado. Enquanto realizavam uma verificação de rotina no início de 2018, pesquisadores britânicos e norte-americanos perceberam que a mudança era tão grande que estava prestes a exceder o limite aceitável para erros de navegação. Isso afetaria rotas de navios, aviões e até o funcionamento do Google Maps.

O movimento do Pólo Norte, que vem se acelerando nos últimos 40 anos, aumentou o deslocamento do campo magnético. O novo modelo deveria ser arrumado urgentemente, mas a paralisação das atividades administrativas do governo dos Estados Unidos fez com que isso fosse adiado até o final de janeiro.

Como a mudança é sentida mais intensamente no Ártico ao redor do Pólo Norte, a região tem mais riscos de ser afetada pelo modelo impreciso, prejudicando suas embarcações. “O fato de o pólo estar indo rápido torna esta região mais propensa a grandes erros”, diz o geomagnetista da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos, Arnaud Chulliat, ao site Nature.

Os cientistas ainda não são capazes de explicar o motivo das mudanças. A suspeita é que pode estar ligada um jato de ferro líquido que está se movendo sob a superfície da crosta terrestre na região do Canadá.

Galileu
Diversos

Mistério do espaço: astrônomos detectam sinais de rádio vindos de galáxia distante

Astrônomos revelaram detalhes dos misteriosos sinais emitidos em uma galáxia distante, captados por um radiotelescópio no Canadá.

A natureza e a origem das ondas de rádio exatas ainda são desconhecidas.

Entre os 13 pulsos rápidos de rádio, conhecidos como FRBs, havia um sinal repetitivo muito incomum vindo da mesma fonte localizada a cerca de 1,5 bilhão de anos-luz da Terra.

Tal evento só havia sido registrado anteriormente uma vez, e por um radiotelescópio diferente.

“Saber que há um novo indica que pode haver mais lá fora”, afirma Ingrid Stairs, astrofísica da Universidade de British Columbia.

“E com mais repetições e mais fontes disponíveis para estudo, poderemos ser capazes de entender esses quebra-cabeças cósmicos – de onde vêm e quais são suas causas.”

O observatório Chime, no Vale do Okanagan, é formado por quatro antenas semicilíndricas de 100 metros de comprimento, que varrem diariamente o céu do hemisfério norte.

O radiotelescópio só passou a funcionar no ano passado, detectando 13 pulsos de rádio quase que imediatamente, incluindo a repetição.

A pesquisa foi publicada agora na revista científica Nature.

“Nós descobrimos uma segunda repetição e suas propriedades são muito similares à primeira”, disse Shriharsh Tendulkar, da Universidade McGill University, no Canadá.

Até agora, cientistas detectaram cerca de 60 FRBs, lampejos curtos (com duração de milissegundos) e luminosos em frequência de rádio, e dois deles se repetem. Os especialistas acreditam que deve haver milhares de FRBs no céu todos os dias.

Há uma série de teorias sobre as possíveis causas. Elas incluem uma estrela de nêutrons de campo magnético muito forte que gira rapidamente, a fusão de duas estrelas de nêutrons e, segundo uma parcela pequena dos observadores, algum tipo de nave extraterrestre.

BBC Brasil
Diversos

Governo editará esta semana medidas sobre posse de armas e fraudes na Previdência

Esta semana será de mudanças na legislação com a edição de um decreto e uma medida provisória (MP), ambos aguardando aprovação do presidente Jair Bolsonaro. Uma delas flexibilizará a posse de armas de fogo no país. A outra combaterá fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

As duas propostas passaram os últimos dias em fase de ajustes finais pela equipe técnica do governo e chegarão à mesa de Bolsonaro esta semana.

Facilitar o acesso do cidadão à arma de fogo foi uma das principais propostas de Bolsonaro durante a campanha eleitoral. Em menos de um mês de governo, ele cumprirá sua promessa e vai desburocratizar a posse desse tipo de arma.

Licença

A MP deve tirar do delegado da Polícia Federal (PF) a decisão de conceder ou não a licença apenas com base na justificativa do solicitante. “[Atualmente,] se o delegado não for com a sua cara, ele pode dizer não porque esse requisito da necessidade comprovada é subjetivo, depende do arbítrio do delegado. Com o decreto, isso desaparece”, disse o deputado Alberto Fraga.

Na semana passada, Fraga foi chamado por Bolsonaro para tratar do assunto, uma vez que relata na Câmara um projeto de flexibilização do Estatuto do Desarmamento.

Segundo o deputado, ainda será necessário embasar o pedido de posse de arma, mas a justificativa não poderá ser usada como fundamento para uma negativa. Conforme o parlamentar, serão exigidos que o cidadão não tenha antecedentes criminais e a aprovação em teste de aptidão psicológica.

O decreto deverá aumentar para dez anos o prazo para renovação do registro de arma de fogo, além de conceder uma espécie de anistia para armas sem registro ou com o registro vencido. Será concedido um prazo para o cadastro dessas armas na Polícia Federal, desde que não tenham sido usadas para cometer crimes.

Fraudes

Bolsonaro também está prestes a assinar uma MP que visa a diminuir de R$ 17 bilhões a R$ 20 bilhões as perdas na seguridade social até dezembro. O secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, esteve reunido com os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, na semana passada, para tratar do texto que promete fechar o cerco às fraudes em benefícios previdenciários.

“[O presidente] assinando, passa a ser do conhecimento público e a gente vai poder explicar em detalhes o que pretende nesse projeto, que combate a fraude, aperfeiçoa os mecanismos de validação de benefício em todo o país e atende a uma preocupação da sociedade como um todo”, disse na ocasião.

Conforme o secretário, a MP também vai trazer “segurança jurídica” para o INSS. “Estamos prevendo algumas alterações na legislação que vão dar uma segurança jurídica ao próprio trabalho do INSS. Ao longo dos últimos anos, várias ações feitas pelo INSS para aperfeiçoar o sistema esbarraram na falta de fundamentação legal. Essas dificuldades que foram identificadas estão sendo corrigidas”.

De acordo com ele, existem mais de 2 milhões de benefícios que devem ser auditados pela Receita Federal. São benefícios que têm indícios de ilicitude e devem passar por um mutirão de investigação. “Há relatórios de ações anteriores, inclusive convalidados pelo TCU [Tribunal de Contas da União], que demonstram uma incidência de 16% a 30% de fraudes nesse tipo de benefício”.

Agência Brasil
Diversos

VÍDEO: Internautas se mobilizam pra recuperar Mobilete de lavador de carros, apreendida em blitz

Durante uma blitz realizada na manhã deste sábado (12), na Av. Sílvio Bezerra de Melo, um trabalhador curraisnovense, lavador de carros ambulante, conhecido como Laércio, teve sua bicicleta motorizada (Mobilete) apreendida pela PRF, devido a falta de emplacamento.

Pois bem, lei é lei e não se discute. Contudo, nas redes sociais pessoas estão se mobilizando para ajudá-lo a recuperar seu único meio de transporte, comprado com muita dificuldade.

No vídeo, Laercio se emociona e pede o apoio da população para ajudá-lo a recuperar sua moto, haja vista que depende dela para poder continuar realizando seu trabalho – lavando carros pelas ruas de Currais Novos e assim permanecer ajudando sua esposa, que vem passando por um sério problema de saúde.

Quem quiser ajudar, só entrar em contato: Jean Souza (99962-5232) ou Marcio Center Car (99988-4887).

Diversos

FOTOS: Em despedida do Exército na cerimônia de Troca de Comando, general Villas Bôas, debilitado, chora e é abraçado por Bolsonaro

O general Eduardo Villas Bôas chorou e foi abraçado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) durante a transmissão do comando do Exército, nesta sexta-feira (11), em Brasília. O general fez um discurso em que disse que 2018 foi ano “desafiador para as instituições e para a identidade nacional”. A cerimônia marca o início do comando do Exército sob o general Leal Pujol.

Após a leitura do discurso, Villas Bôas foi aplaudido de pé. O primeiro a levantar foi Bolsonaro, que lhe prestou continência e se aproximou para ouvir do general poucas palavras, em privado, e o abraçou.

O pronunciamento do agora ex-comandante do Exército foi concluído com “Brasil acima de tudo”. O brado é um dos símbolos de maior vibração e expressão entoado pelos integrantes da Brigada de Infantaria Paraquedista. O brado foi criado pelo movimento que ficou conhecido como Centelha Nativista, que teve atuação política durante a ditadura militar. Embora o movimento não exista mais, foi incorporado pelas organizações atuais e é associado à ideia de patriotismo e lealdade. Além disso, a frase foi parte do slogan da campanha de Bolsonaro em 2018.8 foi ano rico.

Com auxílio mecânico para respirar, Villas Bôas entrou no salão em uma cadeira de rodas, sendo deslocado por um ajudante. Ele discursou com um microfone preso à cabeça. O general tem uma doença neuromotora degenerativa.

Em posição de destaque na primeira fila no palco, Bolsonaro e o vice-presidente, Hamilton Mourão, sentaram-se entre o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, além dos comandantes do Exército.

Atrás deles, ficaram outros militares e ministros do governo Bolsonaro como o ex-juiz federal Sergio Moro, da Justiça e da Segurança Pública, e o general Augusto Heleno, do GSI (Gabinete de Segurança Institucional).

O ex-comandante fez uma declaração via Twitter após a cerimônia, dizendo ter sido “uma honra comandar uma das instituições em que o brasileiro mais confia e ter mantido elevada essa confiança”.

Antes da leitura da Ordem do Dia do general VIllas Bôas, o mestre-de-cerimônias anunciou que seriam prestadas honras militares ao presidente, agraciado nesta sexta com Ordem do Mérito Militar, grau grão mestre.

Esta é a mais alta medalha do Exército, recebida por generais do alto comando. Bolsonaro a recebeu porque, mesmo tendo chegado só até a patente de capitão, é agora o comandante-em-chefe das Forças Armadas.

A maioria das autoridades (inclusive civis) se virou para Bolsonaro em posição de continência. O presidente do STF, Dias Toffoli, no entanto, permaneceu parado na posição que estava.

Das 3 cerimônias de transmissão de cargo das Forças Armadas, a única que não teve discurso do novo comandante foi a do Exército. O general Edson Leal Pujou limitou-se a bradar “assumo o comando do Exército de Caxias”.

A cerimônia marca a terceira e última troca no comando das Forças Armadas. Na última sexta-feira (4), o tenente-brigadeiro Antonio Carlos Moretti Bermúdez tomou posse como comandante da Aeronáutica. Nesta quarta (9), foi a vez de o de almirante esquadra Ilques Barbosa Junior assumir a Marinha.

UOL
Diversos

Presidente diz que Brasil jamais se recusará a ajudar imigrantes

Após confirmar nesta quarta-feira (9) a revogação da adesão do Brasil ao Pacto Global para Migração Segura, Ordenada e Regular, o presidente Jair Bolsonaro disse que o país não fechará as portas para “os que precisam”. Em duas postagens na sua conta no Twitter, ele afirmou que o processo de imigração precisa ser submetido a critérios e regramento.

“Jamais recusaremos ajuda aos que precisam, mas a imigração não pode ser indiscriminada. É necessário [ter] critérios, buscando a melhor solução de acordo com a realidade de cada país. Se controlamos quem deixamos entrar em nossas casas, por que faríamos diferente com o nosso Brasil?”, disse.

Na rede social, o presidente ainda reiterou o discurso de campanha quando defendeu por mais de uma vez a soberania do país. Segundo Bolsonaro, assegurar a autoridade e liberdade de decisão do Brasil, sem pressões externas, garantirá mais segurança a todos.

“A defesa da soberania nacional foi uma das bandeiras de nossa campanha e será uma prioridade do nosso governo. Os brasileiros e os imigrantes que aqui vivem estarão mais seguros com as regras que definiremos por conta própria, sem pressão do exterior”.

Acordado em 2017 e chancelado no ano passado, o pacto estabeleceu orientações específicas para o recebimento de imigrantes, preservando o respeito aos direitos humanos sem associar nacionalidades. Dos representantes dos 193 países, 181 aderiram ao acordo. Estados Unidos e Hungria estão entre os que foram contrários. República Dominicana, Eritreia e Líbia se abstiveram.

Diversos

Mega-Sena pode pagar hoje prêmio de R$ 8 milhões em sorteio

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país.

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira, 9, o prêmio de R$ 8 milhões do concurso 2.113, que será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

Segundo a Caixa, o valor do prêmio, aplicado na poupança, pode render mais de R$ 29 mil mensais. O dinheiro também é suficiente para comprar uma frota de 50 carros de luxo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Diversos

Ministro Paulo Guedes ameaça acabar com patrocínio da Caixa no futebol

Paulo Guedes, ministro da Economia no governo de Jair Bolsonaro, afirmou nessa segunda-feira (7) que a verba da Caixa poderia ser investida de outras formas ao invés do futebol.

“Às vezes, é possível fazer coisas cem vezes melhores com menos recursos do que gastar com publicidade em times de futebol”, afirmou.

A afirmação do ministro foi feita na posse de Pedro Guimarães como presidente da Caixa Econômica Federal. Guedes não deu mais detalhes sobre o assunto. Atualmente, a verba da Caixa é uma das principais fontes de receita de diversos times do País, entre eles o Flamengo.

Últimos Eventos

03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!