Arquivos:

Diversos

Mulher empurra Padre Marcelo Rossi de altar durante missa; veja vídeo

Mulher empurrou padre durante missa na Canção Nova — Foto: Reprodução

Uma mulher invadiu o altar e empurrou o padre Marcelo Rossi durante uma missa em Cachoeira Paulista neste domingo (14). A mulher furou a segurança, invadiu o palco durante a celebração que acontecia na Canção Nova e empurrou o padre de cima da estrutura. Apesar da queda, ele não ficou ferido e a mulher foi contida pela Polícia Militar.

O padre estava no local para a missa de encerramento do acampamento ‘Por Hoje Não’ (PHN). Por volta das 14h50 a mulher, que participava do evento, conseguiu furar a segurança, invadiu o palco por trás e empurrou o padre, que caiu da estrutura.

No momento, pelo menos 50 mil pessoas participavam da celebração. Apesar da queda, o padre voltou ao palco minutos depois e continuou a celebração.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher está sendo encaminhada para a delegacia de Lorena para o registro do caso. A PM informou que a ocorrência está sendo feita pela Canção Nova porque o Padre Marcelo Rossi decidiu não registrar a agressão.

A polícia informou que a mulher tem 40 anos e que fazia parte de um grupo que veio do Rio de Janeiro para o evento. Os acompanhantes informaram à PM que ela sofre de transtornos mentais.

G1
Diversos

Barragem rompe na Bahia e famílias são retiradas de suas casas

A barragem do Quati, em Pedro Alexandre (a 435 km de Salvador), se rompeu quase completamente por volta de 11h desta quinta-feira (11) após fortes chuvas que atingiram a cidade, que fica na divisa entre Bahia e Sergipe.

O rompimento inundou casas, bloqueou estradas e fez com que famílias fossem retiradas de suas casas. Até o momento, não há registro de feridos e vítimas fatais.

De acordo com o diretor-superintendente da Defesa Civil da Bahia, Paulo Sergio Menezes Luz, a barragem ainda não rompeu completamente.

“Ela começou um processo de rompimento no sangradouro, como se tivesse aberto uma brecha, mas ainda não rompeu completamente. De qualquer forma, já tem muita água saindo dela”, afirmou.
Caso termine de romper, a água e a lama atingirão bairros da cidade vizinha de Coronel João Sá, que fica numa região abaixo da barragem e tem 17 mil habitantes.

As famílias que estão nas áreas consideradas de risco estão sendo retiradas de suas casas, em alguns casos com ajuda da Polícia Militar. Cinco escolas da cidade foram disponibilizadas para receber os desabrigados.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito de Coronel João Sá Carlos Sobral pediu que os moradores deixassem suas casas.

“É uma situação atípica, nunca aconteceu isso com essa barragem e nós não sabemos das consequências. Eu peço encarecidamente a todas as pessoas que morem nas áreas de risco que saiam de suas casas”, afirmou.

ROMPIMENTOS

No início deste ano, em janeiro, o rompimento de uma barragem da mineradora Vale, em Brumadinho, deixou mortos e causou destruição no município de Minas Gerais.
Nesta semana, a Justiça Estadual de Minas Gerais condenou a mineradora a reparar prejuízos causados pelo rompimento.

O desastre, considerado um dos mais trágicos da história da mineração brasileira, deixou 247 mortos e 23 desaparecidos, num total de 270 vítimas. Esta é a primeira condenação da mineradora relacionada a esta tragédia.

A decisão foi proferida na terça-feira (9) pelo juiz Elton Pupo Nogueira , da 6ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias. Na decisão, o magistrado condenou a Vale a reparar os prejuízos provocados pela tragédia.

Folhapress
Diversos

Tribunal de Contas desiste de projeto para reajustar salários de conselheiros

Prédio do TCE, em Natal

O projeto de lei que tratava do reajuste salarial dos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN), enviado à Assembleia Legislativa em 21 de fevereiro deste ano, foi retirado de tramitação após solicitação encaminhada pelo presidente da Corte, conselheiro Poti Júnior.

O projeto se referia ao reajuste de 16,38% para os conselheiros do Tribunal. O valor versa sob uma adequação constitucional de 90,25% do salário de um ministro do Superior Tribunal Federal (STF), que é de R$ 39,29 mil. Com isso, os sete conselheiros do TCE passariam a receber R$ 35,46 mil, cada.

A desistência levantou questionamentos. Especula-se que a Corte de Contas possa seguir o exemplo do Tribunal de Justiça, alegando autonomia administrativa e financeira dos Poderes, para assim conceder o reajuste. Pela assessoria, o presidente do TCE disse que não vai se pronunciar.

Agora RN
Diversos

Indicador de emprego registrou crescimento em junho, diz FGV

Fundação Getúlio Vargas divulgou resultados coletados no mês de junho

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou hoje, 9, dois indicadores referentes ao mercado de trabalho, coletados em junho. O Indicador Antecedente de Emprego ( Iaemp) subiu 0,8 ponto e agora registra 86,6 pontos. O índice registrou este crescimento em junho após recuo nos quatro meses anteriores.

O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) caiu 1,1 ponto, no mesmo período. Indo para 94,6 pontos, depois de registrar crescimento nos três meses anteriores. O ICD é um indicador com sinal semelhante ao da taxa de desemprego, ou seja, quanto menor o número, melhor o resultado. O Iaemp é uma combinação de resultados das sondagens da Indústria, de Serviços e do Consumidor e mostra os rumos do mercado de trabalho no país.

O ICD é construído com base em quatro faixas de rendas salariais. Em junho, a classe de renda que mais contribuiu para o recuo do ICD foi a dos consumidores com renda familiar mensal entre R$ 2.100 e R$ 4.800.

Agência Brasil
Diversos

RN tem mais de 10 mil unidades do DIU, método ainda pouco procurado

Entre as vantagens do DIU, estão o baixo índice de gravidez e poucos efeitos indesejados

O Governo do Estado desmentiu boatos de que dispositivos intrauterinos (DIU) estão em falta no Rio Grande do Norte. A Secretaria de Saúde Pública (Sesap) confirmou ao Agora RN que há cerca de 10 mil unidades do contraceptivo no estoque da Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat).

A coordenadora da Área Técnica de Saúde da Mulher da Sesap, Suzete Queiroz, esclarece que, se algum município potiguar não oferece DIU às mulheres, é porque a gestão local não fez a solicitação dos contraceptivos. “A gente vem trabalhando e intensificando o eixo da saúde da mulher no RN, e podemos confirmar que não há falta do DIU”, ressaltou a coordenadora.

A preocupação das natalenses com o estoque de DIU surgiu depois que uma revista online publicou que o Ministério da Saúde (MS) não compra novas unidades do contraceptivo para a rede pública desde 2015.

A coordenadora da Sesap informou que não há necessidade de o Ministério de Saúde realizar a compra do contraceptivo com frequência, já que o DIU possui validade de 10 anos. De acordo com ela, o governo federal realiza uma programação anual com os estados para avaliar a demanda dos métodos contraceptivos.

Apesar da preocupação, apenas 1,9% das mulheres brasileiras em idade fértil e que usam algum tipo de contracepção utiliza o dispositivo intrauterino, segundo dados do Ministério da Saúde com base na Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher do IBGE para a última década.

Entre os meses de abril a setembro de 2018, 540 médicos e enfermeiros da Área Técnica de Saúde da Mulher do Rio Grande do Norte participaram de um ciclo de capacitações feitas pelo Ministério da Saúde para ampliar a oferta do DIU. “A mulher tinha muito medo de colocar o DIU, por conta do medo de engravidar e por não saber como funciona. Depois do treinamento, os próprios profissionais passaram a orientar melhor as mulheres, que começaram a procurar mais”, conta Suzete.

Segundo o Ministério da Saúde, o dispositivo intrauterino tem eficácia contraceptiva média de 99,3%, índice próximo ao da camisinha. Entre as vantagens do uso do DIU de cobre estão o longo tempo de ação (10 anos), baixo índice de gravidez, intervenção única para seu uso e poucos efeitos indesejados.

Agora RN
Diversos

ALRN promove ação de combate ao câncer de cabeça e pescoço

Com o objetivo de conscientizar os servidores e a sociedade sobre os riscos, fatores causadores e tratamento do Câncer de Cabeça e Pescoço, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, por meio do Setor de Saúde e Bem Estar, junto com a Diretoria de Políticas Complementares e a deputada estadual Cristiane Dantas (SDD), promoverá uma ação na próxima quinta-feira (11), no auditório Cortez Pereira, em alusão ao “Julho Verde”. O evento é aberto aos servidores da Casa Legislativa e contará com a presença de palestrantes especialistas da LIGA contra o câncer.

De acordo com a chefe do setor de saúde da Casa, Geane Augusto, o Dia Mundial de Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço é celebrado no dia 27 de julho. “A Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP), que vem há 50 anos buscando o melhor para a prevenção e tratamento da doença, promove durante todo o mês de julho atividades de conscientização e informação no combate a este tipo de câncer”, disse.

A deputada Cristiane Dantas foi a propositora do Projeto de lei nº 10.132 de 2016, que dispõe sobre a inclusão, no calendário oficial do RN, do mês de Julho como o mês de Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço e institui a campanha “julho Verde”, estabelecendo o dia 27 de julho como Dia Estadual de Conscientização do Câncer de Cabeça e Pescoço.

O câncer de cabeça e pescoço é o nome que se dá ao conjunto de tumores que se manifestam na boca, na faringe e na laringe, entre outras localizações da cabeça e do pescoço. De acordo com a médica da Divisão de Políticas Complementares de Saúde e Bem-Estar da ALRN, Almira Dantas, “segundo estimativas do INCA, o câncer de cabeça e pescoço é hoje o segundo tipo de tumor maligno mais frequente entre os homens no Brasil, atrás somente do câncer de próstata. O câncer da tireoide, três vezes mais frequente entre mulheres, é apontado como o mais comum da região da cabeça e pescoço. Na maioria dos casos tem muita relação com tabagismo e abuso de álcool que são situações frequentes na população”.

“Ações como esta têm o objetivo de disseminar informações sobre prevenção e detecção precoce desse tipo de câncer, pois, quando diagnosticado logo no início, as chances de cura podem chegar a 80%. O diagnóstico é feito por meio de avaliação clínica — que muitas vezes pode ser realizada por um médico ou dentista. Esperamos com a ação que mais pessoas procurem assistência e possam descobrir e tratar precocemente”, explicou a médica.

Seridó 360
Diversos

Ministério assina portaria que altera áreas poligonais de portos do RN

Terminal Salineiro de Areia Branca

O ministério da Infraestrutura e a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) assinaram, na última sexta-feira, 5, portarias que alteram as áreas das poligonais do Porto de Natal e do Porto Ilha, em Areia Branca, ambos no Rio Grande do Norte. Além disso, a pasta também inclui mais 14 áreas portuárias espalhadas pelo país, sendo elas: Angra dos Reis (RJ), Belém (PA), Estrela (RS), Fortaleza (CE), Ilhéus (BA), Itaguaí (RJ), Itajaí (SC), Maceió (AL), Niterói (RJ), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Santarém (PA), São Francisco do Sul (SC) e São Sebastião (SP). As antigas poligonais apresentavam obstáculos frente às regras da Lei dos Portos (12.815/2013).

A revisão das poligonais, que compreende as áreas destinadas às instalações portuárias, bem como à infraestrutura de proteção e de acesso ao porto, tem por objetivo definir com maior clareza quais são os limites geográficos da jurisdição e da atuação (pública e privada) desses portos.

Para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, a revisão vai acelerar as solicitações para a instalação ou ampliação dos terminais de uso privado (TUPs). “Nosso o objetivo é o de simplificar as operações, reduzir a burocracia, dando incentivo para que a iniciativa privada realize investimentos”, explicou Freitas. “A definição das poligonais representa, no final das contas, segurança jurídica. Dá clareza e possibilidade de que novos investimentos sejam feitos em função dessa segurança e da clareza que a definição dessas poligonais traz”, completou.

Agora, apenas os bens públicos necessários ao cumprimento das funções das autoridades portuárias estão sob domínio de cada uma delas. Nas antigas áreas, havia terrenos de propriedade ou sob a posse de particulares, como shopping center, casas, prédios empresariais, hotéis, museus, praças e até aeroportos, não relacionados a operação do funcionamento dos portos.

A construção do novo desenho das poligonais passou por amplas discussões com as comunidades portuárias, onde os interessados apresentaram suas sugestões ao longo de consultas e audiências públicas.

Para o secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNTPA), Diogo Piloni, as contribuições foram de extrema importância para a revisão das propostas. “Em todos os processos a SNTPA acatou, de forma democrática, uma ou mais modificações provenientes das centenas de interessados que participaram do processo”, afirmou Piloni, que avalia a assinatura das portarias como um marco muito esperado pelo setor e pela comunidade portuária. “A partir da revisão é que teremos a segurança jurídica necessária para que novos investimentos sejam realizados”, afirmou.

Ainda neste ano, o ministério da Infraestrutura pretende publicar as poligonais dos portos de Santos (SP), Imbituba (SC), Rio Grande (RS), Itaqui (MA), Suape (PE) e Manaus (AM).

Agora RN
Diversos

Em Natal, viagem de trem passará a custar R$ 1 a partir de segunda-feira

VLTs que circulam em Natal e Grande Natal

Os usuários dos transportes sobre trilhos no Rio Grande do Norte precisarão desembolsar R$ 0,30 a mais por cada viagem que fizerem a partir da próxima segunda-feira, 8, na Grande Natal. Isso porque a tarifa cobrada pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) subirá dos atuais R$ 0,70 para R$ 1,00.

O reajuste faz parte do cronograma anunciado ainda no primeiro semestre deste ano e que envolveu até uma audiência de conciliação na
15ª Vara da Justiça Federal de Minas Gerais. Como não havia reajuste há 15 anos, a Justiça interveio e determinou o aumento gradativo das tarifas em Natal e em outras três cidades brasileiras.

O primeiro aumento foi aplicado no dia 6 de maio, quando a tarifa saiu de R$ 0,50 para os atuais R$ 0,70. O segundo será na próxima segunda-feira, como informado. O terceiro acontecerá em 8 de setembro, passando para R$ 1,25, e o quarto em 3 de novembro, subindo para R$ 1,50. Já em 2020, ocorrerão outros dois reajustes: para R$ 1,75 e R$ 2,00.

Agora RN
Diversos

Com ajuda de Fátima, cadeia de carne do RN pode ser recuperada, diz Anorc

O diretor-presidente da Associação Norte Riograndense de Criadores (Anorc), Marcelo Passos, disse que a iniciativa do governo em isentar o abate de bovinos do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), pode, a longo prazo, modificar totalmente a atual situação dos pequenos criadores.

“Essa medida do governo se enquadra numa estratégia desenvolvimentista que vai possibilitar novos caminhos de sustentabilidade. Com o governo ajudando o produtor rural a reaver sua produção e a conseguir sair do abate feito na clandestinidade, logo mais o mercado local e o de fora do RN ganharão força”, destacou o representante da Anorc em entrevista concedida ao Jornal Agora, apresentado na Rádio 97,9 FM.

Ainda de acordo com Passos, o incentivo possibilitado pela isenção do ICMS poderá mudar a atual situação de vários produtores em todo o RN.

“Só pra se ter uma ideia, o RN tem hoje 18 mil propriedades rurais abandonadas por falta de uma política desenvolvimentista. No caso dos criadores, praticamente todos faliram por não suportarem as falhas da cadeia da carne no nosso estado”, afirmou.

No início do mês passado, a governadora Fátima Bezerra anunciou a assinatura do decreto que isenta o abate de bovinos no Rio Grande do Norte do ICMS.

A expectativa, segundo Marcelo Passos, é de que com o decreto posto em prática, as liberações de créditos aos pequenos produtores sejam facilitadas, bem como a geração de novos empregos no setor.

Agora RN
Diversos

Construtora do RN é condenada a pagar R$ 236 mil à atriz Claudia Raia

Claudia Raia, atriz da Globo

Uma construtora de condomínios em regiões nobres no Rio Grande do Norte, a Mar de Pipa Empreendimentos e Participações Ltda., foi condenada a pagar R$ 236.266,62 à atriz global Claudia Raia por usar indevidamente a sua imagem.

Segundo o portal iG, Claudia foi contratada pela construtora para ser garota propaganda do empreendimento Ilê de Pipa Resort. O contrato firmado teve duração de três meses, mas a construtora continuou usando a imagem dela após a vigência do acordo por, pelo menos, outros seis meses.

Com isso, a atriz entrou com o processo por uso indevido de imagem, e o caso vem se arrastando na Justiça desde 2018. Depois da reclamação, ela e sua empresa, a Raia Produções, ganharam em segunda instância R$ 206.266,62 de indenização mais R$30 mil por danos morais.

O processo está disponível para consulta na internet sob o número 1103736-81.2018.8.26.0100.

Agora RN

Últimos Eventos

03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!