Corrupção

COM CAUTELA: Fátima diz que “não pagará na mesma moeda” como sempre fez Agripino

Rival política do senador Agripino Maia (DEM-RN), que poderá ser investigado pela Procuradoria-Geral da República por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) diz que não vai se “antecipar”. “Não vou fazer como ele, que, quando há denúncia contra seus adversários, fica muito afoito, vai para a tribuna e já condena as pessoas”. O presidente do DEM classifica a acusação de inverídica e descabida. A informação é de Mônica Bergamo, na sua coluna da Folha de S.Paulo desta quinta-feira.

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta quarta-feira (7) abertura de inquérito para investigar Maia por suposta prática de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O pedido de inquérito foi feito pela Procuradoria Geral da República e resulta de investigações da Operação Lava Jato, que apura desvio de recursos e corrupção na Petrobras. De acordo com o pedido, as investigações apontaram que o senador combinou pagamento de propina com executivos da OAS, uma das empreiteiras alvo da Lava Jato. O dinheiro teria sido desviado da obra do estádio Arena das Dunas, em Natal.


Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!