Corrupção

Áudios reforçam indícios de propinas para Temer e sua turma


O inquérito em que a Polícia Federal colecionou evidências de repasse de propinas da Odebrecht para Michel Temer contém indícios sonoros que complicam a defesa do presidente da República. Os investigadores anexaram ao processo quatro gravações. Nelas, a voz do coronel João Baptista Lima Filho, amigo e operador de Temer, soa em diálogos com entregadores de propinas.

Em notícia veiculada no seu site, O Globo revela o conteúdo de quatro áudios. Foram gravados por funcionários da Hoya Corretora de Valores. A empresa pertence ao doleito Álvaro Novis, contratado pela Odebrecht para realizar as entregas de dinheiro sujo a políticos. O material foi entregue à PF como parte do acordo de colaboração judicial celebrado pela empreiteira.

O inquérito que envolve Temer corre no Supremo Tribunal Federal. Apura a destinação de R$ 10 milhões do departamento de propinas da Odebrecht para caciques do MDB. Coisa alinhavada num jantar no Palácio do Jaburu, em 2014, quando Temer ainda era vice-presidente. Entre os presentes estava Marcelo Odebrecht. A PF sustenta que a parte do bolo que coube a Temer somou R$ 1,4 milhão.

Procurado, o Planalto informou que Temer não comentaria interpretações policiais que se baseiam apenas em “fantasias”. Nos áudios, porém, o operador do presidente fala de coisas reais. Acerta o recebimento de “encomenda”, eufemismo para a verba de má origem. Reclama do valor de uma das “atas”, outro apelido para propina. “Tem alguma previsão pra mais alguma coisa?”, indaga o coronel Lima numa das fitas. Leia abaixo as transcrições:

– Áudio Um: gravado em 19 de março de 2014, às 10h25. Ouvem-se na conversa as vozes de João Baptista Lima e Edimar Moreira Dantas, funcionário da Hoya Corretora de Valores. De acordo com a PF, o entregador combinava com o operador do presidente o horário da entrega:

Coronel João Baptista Lima – Alô?

Edimar – Seu João?

Coronel Lima – Ele mesmo.

Edimar – Meu pessoal tá ai … o senhor já tá no local da … aquela encomenda?

Coronel Lima – Não! Eu tô fora. Não… nós não falamos antes. Eu tô ai com uns compromissos agora. Eu só vou estar lá na minha base por volta das 14:30. Como é que o senhor vê ai? Dá pra passar às 14:30?

Edimar – Eu vou ver aqui e retorno. O senhor tá longe de lá, né?

Coronel Lima: – Estou longe. Eu tô aqui pro lado de Santo Amaro, viu? E … ai com um compromisso que eu não posso deixar de atender, viu? Então 14:30, 15 horas é que eu tô chegando lá na minha base.

Edimar – Então vou ver se consigo marcar para as 15 horas. Qualquer coisa…

Coronel Lima – O senhor faz o favor, me dá uma ligada, fá bom?

Edimar – Tá bom, tchau!

Coronel Lima – Obrigado!


Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!