Coronavírus

Itália tem primeira redução de pacientes em UTIs por coronavírus

Foto: Divulgação

O número de pacientes em unidades de terapia intensiva (UTIs) diminuiu pela primeira vez na Itália desde a explosão da pandemia de coronavírus no país, há mais de um mês, anunciou a Proteção Civil neste sábado (4).

De acordo com o chefe da Proteção Civil, Angelo Borrelli, o total de doentes de Covid-19 em UTIs nos hospitais italianos voltou a ficar abaixo de 4 mil (3.994, na véspera havia 4.068).

“É uma notícia importante, porque permite aos nossos hospitais respirarem. É a primeira vez que este número cai desde que administramos esta crise”, explicou Borrelli.

A queda foi detectada em particular na Lombardia (norte), a região mais afetada, onde os hospitais estão lotados, com 1.326 pessoas em UTIs, ou seja, 50 a menos do que na véspera.

O país também registrou 681 novas mortes pelo coronavírus nas últimas 24 horas, no menor número nos últimos nove dias – em 25 de março, registrou 683 mortes -, ainda que elevando para 15.362 o total de vítimas na pandemia. O dado representa um recuo de 10% na comparação com o dia anterior.

“Esse número de mortes está em diminuição constante. Quero lembrar que em 27 de março alcançamos um teto, com cerca de 1 000 mortos”, destacou Borrelli.

Foram ainda registrados 4.805 novos casos de infecção, o que eleva o número total de pessoas infectadas desde o início da pandemia para 124.632. Há ainda 20.996 pessoas que se recuperaram da Covid-19.

Por Jovem Pan


Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!