Arquivos:

Consolo » Copa do Mundo » Esporte

Disputa: A seleção que conquistar o terceiro lugar na Copa ganhará R$ 48 milhões


A Copa do Mundo de 2014 será marcada pela humilhação sofrida pela seleção no Mineirão, e isso não dá pra mudar. Mas a CBF quer ainda faturar no Mundial. A diretoria e a comissão técnica vão exigir a vitória em Brasília.

Além de tentar amenizar o vexame em Belo Horizonte, o jogo de sábado (12), contra a Holanda, vai pagar US$ 22 milhões (cerca de R$ 48 milhões) em premiação para o terceiro colocado. Já a derrota, deixará a entidade administrada por José Maria Marin com menos US$ 2 milhões (R$ 4,4 milhões) nos cofres. Segundo a Fifa, o quarto colocado vai ganhar US$ 20 milhões (cerca de R$ 44 milhões).

O valor pago pela Fifa será usado pela CBF para arcar com o bicho dos jogadores pela campanha no Mundial. Mais da metade da premiação será distribuída entre os atletas e integrantes da comissão técnica. O valor ainda não foi definido. Se conquistasse o Mundial, Marin havia anunciado que repassaria integralmente aos atletas a premiação paga pela Fifa ao vencedor (US$ 35 milhões – cerca de R$ 77 milhões).

Consolo » Política

Consolando: Dilma afaga dissidentes do PMDB com cargo na Caixa

A presidente Dilma Rousseff participa da Convenção Nacional do PMDB, acompanhada do vice Michel Temer e do presidente do Senado Renan Calheiros, em Brasília (Foto: Alan Marques/Folhapress)

A presidente Dilma Rousseff participa da Convenção Nacional do PMDB, acompanhada do vice Michel Temer e do presidente do Senado Renan Calheiros, em Brasília (Foto: Alan Marques/Folhapress).

A presidente Dilma Rousseff decidiu fazer um aceno à ala dissidente do PMDB na semana seguinte à convenção do partido que decidiu pelo apoio à sua reeleição. Ela permitiu que um dos líderes dos rebeldes no partido, o baiano Geddel Vieira Lima, desse o aval a uma indicação para uma das vice-presidências da Caixa Econômica Federal.

Roberto Derziê, cujo nome foi publicado nesta terça-feira em edição do Diário Oficial da União (DOU), ocupará a área de operações corporativas, antiga logística, no lugar de Paulo Roberto dos Santos, que foi exonerado do cargo. Derziê é funcionário de carreira há mais de 20 anos no banco e ocupou o cargo de Geddel quando ele o deixou em dezembro de 2013 para disputar o Senado pela Bahia, em uma chapa que dará palanque ao senador Aécio Neves (PSDB).

Para conseguir o apoio do PTB à reeleição, Dilma nomeou para o cargo de Geddel Luiz Rondon Teixeira de Magalhães Filho, primeiro tesoureiro do partido. Quando Rondon foi nomeado, a Executiva Nacional do PMDB reclamou e, desde então, articulou uma estratégia para contemplar também o PMDB com outra vice-presidência. A nomeação de Derziê para o cargo, porém, só acabou vindo depois da convenção nacional do PMDB no dia 10 deste mês, quando o partido decidiu apoiar por 398 votos a favor (59,13%) e 275 contrários (40,87%) o apoio à aliança com Dilma.

Os dissidentes do PMDB alegam que o governo Dilma excluiu a legenda das decisões de governo durante todos os quatro anos de mandato. Além disso, afirmam que o PT priorizou candidaturas próprias nos Estados para ampliar suas bancadas no Congresso Nacional e minimizar a influência do partido no Legislativo.

Veja

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!